História Yandere Simulator - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Yandere Simulator
Personagens Ayano Aishi, Budo Masuta, Info-chan, Kokona Haruka, Kuu Dere, Mai Waifu, Midori Gurin, Mina Rai, Musume Ronshaku, Oka Ruto, Osana Najimi, Personagens Originais, Saki Miyu, Taro Yamada
Visualizações 73
Palavras 401
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoas morreram...

Capítulo 10 - Mundo dos mortos


Fanfic / Fanfiction Yandere Simulator - Capítulo 10 - Mundo dos mortos

                     Quando a espada entrou em mim, eu senti tanta dor mas senti tanto alívio ao mesmo tempo.

Oka Ruto: deu certo!

Hayano tira a espada de mim.

Eu vejo eu me curando.

Oka Ruto: agora só precisamos do corpo e uma pessoa.

Ayano: podemos pegar o corpo da Nara e sequestrar alguém no meio da rua.

Oka Ruto: pode ser.

Esperamos ficar muito escuro e fomos no cemitério onde a Nara foi enterrada e cavamos lá.

Levamos o corpo dela para meu porão, deixamos ela no freezer, pegamos uma pessoa aleatória na rua e cada um foi para sua casa.

Hayano: hoje foi uma loucura.

Ayano: nem me fale.

Hayano: você quase que morreu.

Ayano: por falar nisso, já me curei.(falo isso olhando para o peito.)

Ayano: Agora só falta abrir o portal.

Eu e Hayano fomos dormir.

                   Sexta-feira às 6:25

Alarme tocando.

Ayano: vou logo tomar banho.

Eu tomo um banho de 20 minutos no chuveiro.

Pesso uma pizza.

Coloco a roupa e vou chamar meu irmão.

Ayano: HAYANO, PEDI UMA PIZZA.

Ele desceu muito rápido.

Hayano: onde?

Ayano: ainda vai chegar.

Alguém bate na porta.

Ayano: quem é?

Tio Das pizza: é a pizza.

Abro a porta e pago ele.

Hayano: essa pizza está com uma cara boa.

Eu como três fatias e Hayano come duas, por que já tinha comido o resto da antiga pizza.

Fomos para a escola e eram 7:30

Ayano: temos que ir para o clube de ocultismo e matar a aula, vamos.

Chegamos no clube de ocultismo e lá estava o corpo da Nara e a pessoa que sequestramos.

Ayano: mas estavam no meu porão.

Oka Ruto: eu sabia que iam esquecer então peguei de lá.

Ayano: vamos.

Oka Ruto ergue seu colar, abrindo uma fenda na parede, a fenda suga a energia que estava no colar e suga a energia dos corpos.

O homem que sequestramos morre e o portal foi aberto.

Oka Ruto: pronto.

Eu sai correndo para a fenda e entrei.

Lá não tinha eletricidade, só tinha a luz do sol.

Ayano: NARAAAAAAAAAA!

Nara: Ayano?

Ayano: Nara, onde você está?

Nara: fala mais baixo e vem aqui no clube de drama.

Fui no clube de drama e não era a Nara, parecia uma espécie de demônio. Ele começou a correr até mim, corri dele e me esbarrei com a Nara.

Ayano: Nara, rápido, a fenda.

Nara se joga na fenda e eu consigo sair, mas o demônio conseguiu me segurar, eu consegui pegar a faca de ritual e esfaqueei o olho dele.

Parecia que a faca era sagrada, por que eu vi ele pegando fogo, voltei para minha dimensão e Oka Ruto fechou a fenda.

Ayano: Bem-vinda de volta, Nara.


Continua...



Notas Finais


Gente, estou sem criatividade para fazer os capítulos. Vou demorar para fazer os outros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...