História Yes, daddy - Kim Namjoon - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, BLANC7
Personagens D.L, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jean Paul, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), K-Kid, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Seungri, Shinwoo, Spax, T.O.P, Taeyang, Taichi, Teno
Visualizações 17
Palavras 415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei e pra ficar

Capítulo 2 - Não quero ficar aqui


Sook on

Estava na casa daquele homem, não gostei dele, eu quero ir para a minha casa. Nem era pra eu estar naquele lugar... Eu não sou uma puta e nem nada, eu tinha trabalho, eu era secretaria executiva. Não ganhava muito e nem pouco, meu chefe era muito legal comigo.

- eu não vou ficar aqui - digo empurrada 

Namjoon - não estou pedindo para você ficar, você  vai ficar aqui comigo e pronto final! Eu te comprei, você é minha!

- eu não sou de ninguém! Nem era pra eu ficar naquele lugar, eu não sou nenhuma puta. Eu tenho pai e mãe eu quero ficar com eles...

Namjoon - quando você se comportar eu vou deixar você ver eles. - disse se virando e indo pra algum lugar  da casa.

- por favor não me deixa aqui... Eu não gostei de você é nem err casa... por favor me deixa-me ir embora! - peço começando a chora. 

- não! - disse por fim - a minha empregada lin vai te cegar até o seu quarto- disse saindo e rachando uma porta.

Uma mulher no meu tamanho pediu para eu ir junto com ela para o quarto. Na hora eu não queria ir, mas, eu queria ficar trancada sozinha. 

Subo as escadas junto com a moça. Ela em seguida abriu uma porta a nossa frente e pediu para eu entrar. 

Entro de vagar olha do cada conto na quem é quarto. 

Lin - eu sei que ele é muito chato e Mandão mas... ele é um amor de pessoa. Algum momento você vai ver isso.

- eu não deveria estar aqui. Eu não conheço ele é nem ninguém daqui desse país. 

Lin- entendo, mas algum momento você vai se acostumar e depois você vai gostar muito dele. 

Ela diz quase fechando a porta. Mas logo ela ficou e me olhou.

Lin - cuidado se algum momento você se apaixonar por ele, você ia sofrer muito com ele.

- não se preocupe, não vou nunca me apaixonar por ele. - digo decidida.

Lin - e... tomara que sim. Bom... durma bem. Qualquer coisa estarei aqui para o que quiser 

Ela sorriu fraco e fechou a porta. Começo a chorar baixinho parecendo uma criança.

"Eu não quero ficar aqui, Quer o ir para casa"

Penso comigo mesma chorando.

Por que Deus me odeia tanto? Por que estou aqui? Não quero ficar aqui, não quero ficar junto a esse homem. Eu vou odia-lo para o resto da minha vida!



Notas Finais


Desculpa... Está pequeno... mas é por que não estou com muita criatividade ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...