História Yes, daddy - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Bts, Drama, Exo, Hot
Visualizações 69
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem a demora....boa leitura❤❤

Capítulo 21 - Desfile part2


Acordei e vi as costas de Jungkook que eram lisas e branquinhas, eu sabia que ele estava dormindo ainda pois estava agarrado ao seu travesseiro, como sempre. Experimentei Passar as mãos por ali, eram tão macias e largas e logo logo estariam cobertas por um smoking caro de cor preto que os homens usavam em desfiles e....O DESFILE!

Levanto bruscamente fazendo Jungkook resmungar algo como "Não se mexa". Corro pelo quarto a procura do meu telefone é o vejo em cima da poltrona de couro que estava abandonada no canto do quarto.

Ligação on.

-Sim, eu gostaria de fazer o cabelo e as unhas. Sim, dos pés também. Aaaa eu também queria marcar uma depilação na.... não, não é na axila, é..... não, não é na perna é na...na....aaa vocês sabem

-Aonde gostaria senhora? Tem que me dizer para que eu possa me preparar

Olho se Jungkook ainda dormia, mas ele estava sentado mexendo no celular e coçando os olhou, era tão fofo e..... fui interrompida pelo atendente da estética

-NA VAGINA!

-A claro... então... até as três e meia senhoras...e...obrigado pela preferência...bom dia...Eu acho

Jungkook ria baixinho mas eu ouvi, caminho preguiçosamente até ele 

-Achei que iria acordar sozinha de novo

-Eu sabia que era isso que te incomodava

-Deixa pra lá, agora temos que levantar e tomar café pois eu tenho um compromisso e... está me ouvindo?

-Desculpa baby, eu fico lembrando da sua conversa com o atendente ingênuo e...KKKKKKKKK

-Não se divirta as minhas custas Sr.Jungkook

-Por que tirou sua blusa?

-Eu não tirei minha.....a, eu tirei minha blusa, deve ter sentido calor ou algo do tipo

Eu não notei que estava só de calças de moletom, estava tão acostumada a ficar nua na frente dele que não liguei muito e vesti uma roupa normal para começar o dia.

Almoçamos juntos mas ele mal falava comigo e aquilo me irritava mas eu também não estava disposta a Seder. Quando estava saindo para a estética não achei daddy em lugar nenhum, até a governanta me dizer com um sorriso simpático que a organização do desfile o chamou para gravar um vídeo sobre o patrocínio.

Cheguei rápido na estética, era o mesmo que a chefe me levou no meu primeiro dia de "trabalho". Eu tomei coragem e cortei um pouco meu cabelo na altura dos ombros, pintei as unhas dos pés de branco e as das mãos de vermelho escuro. Quando cheguei em casa para me vestir Jungkook não estava e quando cheguei no quarto tinha um vestido preto que ia até os pés, sem mangas, era lindo e ficou certinho até me fez parecer que tinha bunda, ao lado tinha uma caixa que quando abri tinha uma lingerie preta com renda, não tinha sutiã pois o vestido já tinha bojo. Tinha um bilhete também, lia-se:

"Não pude te esperar pois precisaram de mim, mas quero que use o que eu deixei aí para você, ficará lindo. Tem um motorista te esperando quando quiser ir, irei te esperar no meu lugar ao lado do seu, beijo do Daddy"

Então eu vou sozinha?

Ótimo. Me vesti rápido e já tinha feito uma maquiagem no salão, quando mencionei o desfile e tudo sobre a Hyuna eles me contaram que também não gostavam dela pois ela vivia criticando o salão deles por que uma vez deixaram cair cera no cabelo dela, eu ri tanto quando soube disso.

-Boa noite senhorita

Disse o motorista ao abrir a porta para mim.

 

 

 

 

 

 

~NO DESFILE~ 

Subi as escadas do grande prédio que era sustentado por pilares como os das construções da antiga Grécia.

Assim que dei meu nome a recepcionista abriu um sorriso e se tornou mais simpática, ela me levou até meu lugar, Jungkook estava sentado olhando para o palco que ainda estava vazio. Sentei ao seu lado, ele me olhou e sorriu.

As primeiras modelos apareceram e eram todas muito magras (nada de novo) Daddy apenas mantia sua pose diante das câmeras sorrindo e cochichando algo pra mim de vez em quando, mas tinha algo estranho por que toda vez que eu ia pegar sua mão ou fazer um carinho discreto ele desviava ou negava aquilo. Acabei desistindo e fechando a cara, confesso que pensei no que Hyuna me disse sobre eu sor só "mais uma". Tinha medo de terminar meu intercâmbio e voltar para o Brasil é ficar sozinha ou de simplesmente não acordar ao lado dele no outro dia. Ele estava frio e um pouco estranho ultimamente então me obriguei enfiar na minha cabeça que era stress do trabalho e toda esta função do desfile mas isso não bastava e eu sabia que era mais do que isso.

O desfile acabou e chegamos em casa um pouco tarde, não falamos nada no caminho. Eu estava tirando meus sapatos ao lado da cama e ele estava tirando seu smoking em frente ao closet, tirei minha roupa e a lingerie permanecia ali, normalmente ela estaria jogada no chão do outro lado do quarto mas devido a situação do Daddy mal falar comigo ela permanecia ali, no meu corpo. Coloquei minha blusa e minha calça de moletom, ele fez o mesmo e se deitou e virou para o lado. Não sei por que mas aquilo me apertou o coração e me fez pensar no fim, eu não disse nada apenas fiquei parada como se tivessem me dado um empurrão. Sento na cama e apago as luzes com um controle universal. Reúno toda coragem que há em mim e digo quase com um sussurro:

-O quê eu fiz pra você?

Não pude ver mas senti que ele virou pra mim e me olhou. Falou:

-Huum?

-Por que não fala comigo?

Ele suspira e diz:

-Eu só estou meio cansado e...

-Eu também estou cansada

-Amanhã conversamos, (s/n)

-Ok, então amanhã você vai poder falar comigo?

-Por que está agindo assim?

-Eu realmente não sei o que eu te fiz, Jungkook

Se eu ficasse ali eu iria chorar e gritar com ele o quanto eu estou me sentindo sozinha, esperei ele dormir e fui para a sala, deixei a tv ligada e peguei no sono rápido, chorar sempre me fez dormir mais rápido.

Acordei com a governanta me chamando e dizendo algo sobre o café e Jungkook estar me chamando

-Por que ele não vem me chamar?

Levanto e agradeço a moça gentil e saio da sala mas no meio do caminho bato em Daddy que me olha sério

-Eu queria tomar café com você e não fui te chamar por que não te achei

Digo com ironia:

-Claro, afinal a sala é muito longe e improvável de alguém dormir lá

Ele me olha e passa a mão nos cabelos suspirando como se quisesse me matar

-Não faça isso, estou tentando da maneira que posso

-Ignorar alguém que te ama é uma ótima maneira, parabéns Jungkook

-Se não gosta do meu jeito de amar alguém então....

Ele se deteve antes de falar o resto como se nem ele acreditasse no que falava, eu também não acreditava no que ele ia dizer mas meu orgulho tomou conta e deixou as lágrimas rolarem pelo meu rosto devagar, sequei o mesmo com as mãos e disse em tom claro e sério:

-Se quisesse que eu fosse embora era só me dizer

Ele tentou segurar meu braço mas eu o puxei de volta. Subi as escadas correndo e chorando ao mesmo tempo, troquei de roupa bruscamente ele apenas me olhava dizia coisas que não me importavam como: "Não foi isso que eu quis dizer" ou "Não precisa ser assim". Peguei minha mala e joguei tudo lá, peguei meus óculos e meu telefone e sai do quarto. Me doeu quando ele não me segurou e disse "Desculpa". Ele falou tudo menos isso, ele sentia por mim o que eu sentia por ele? Ou era tudo passageiro e em vão? A sensação de solidão e abandono que eu sempre temia antes de ir dormir chegaram em mim quando eu entrei no carro e disse: "Me leve para o meu emprego, por favor".

Eu cheguei e não vi ninguém, as meninas estavam bem ocupadas esses dias. Agradeço por isso. Entrei no meu quarto e larguei tudo, tranquei a porta e me joguei na cama, chorei tudo o que podia e mais um pouco.

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpem a demorado mas é que é difícil postar quando seu pai quebra o telefone dele é usa o seu.
Farei o possível.
Obg por não desistirem de mim, amo vcs❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...