História Yes or Yes? - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


VOLTEI

Capítulo 2 - 1. A-l-e-r-g-i-a.


Desceu as escadarias, pois pegar elevador naquela altura do campeonato e ainda ver os vizinhos metidos o enchendo o saco era o inferno. No caminho, encontrou Doyoung, que discutia raivosamente com uma moradora do prédio. Nota: ela tinha 93 anos.

— ESCUTA AQUI Ó MÚMIA DO DESERTO, VOCÊ NÃO PODE SEGURAR TEUS GATOS FEDIDOS NA TUA CASA NÃO? EU NÃO SOU OBRIGADO A VER ESSES CAPETA NA MINHA CASA E AINDA SUJANDO MEU TAPETE DE 20000 WONS. — esbravejou, estava bravo pelo visto. Mas a senhora só o encarava sem entender.

— Me desculpe querido, eu havia deixado a porta aberta e-

— Não quero saber não, oh velha pelancuda, vou largar meu irmão na tua casa também. Aquela peste enche o saco por causa dos gatos, tá entendendo? Ele tem a-l-e-r-g-i-a. — colocou a mão na cintura e respirou fundo.

Mark riu, a cena era cômica mas tinha medo do Kim acabar metendo a velhinha no meio da rua e esfregando a cara dela no asfalto quente. Foi aí que o Lee se lembrou que precisava falar com o rapaz. Aproximou-se dos dois, via que as pessoas já pararam pra ver a treta. Cutucou o Kim de leve.

— A gente pode conversar rapidinho? A dona Chu pode esperar um pouco pra resolver a briguinha de vocês. — sorriu amarelo, mas Doyoung não parecia muito contente com a recente interrupção.

O mais velho se afastou da múmia coreana e acompanhou Mark até um dos bancos que ficavam na praça em frente ao condomínio.

— Desembucha, viadinho. O que tu quer? — Doyoung foi direto.

— Que você resolva a merda que fez. Agora mesmo que o Donghyuck nunca vai me aceitar. — bufou, mas o Kim riu da careta do outro. Se Mark achava que ele iria dar uma de cupido, estava completa e redondamente… certo?

— Ok, vamos lá: o que eu devo fazer?

Não. Não era possível que a bruxa do 71 tivesse aceitado ajudar o pobre canadense… É, o mundo tá perdido.

— E-então tu vai me ajudar de verdade? — os olhinhos brilharam de animação. Finalmente iria resolver tudo com o menor.

— Acho que devo essa ao Hyuck, apesar de não ir muito com a tua cara, eu gosto de ver ele feliz e contigo certamente estará. — sorriu de ladinho por meramente 2 segundos até voltar a carranca de velho. — Mas o que aconteceu pro boneco feio cair da janela?

— Longa história…


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...