1. Spirit Fanfics >
  2. YeY Semore o Surgimento >
  3. Início da caçada

História YeY Semore o Surgimento - Capítulo 1


Escrita por: e _duda_neah_


Notas do Autor


Essa é a primeira vez que faço algo do tipo.
Perdoe-me pelos erros ortográficos e tudo mais, não costumo escrever e muito menos ler livros,
Acho que é só isso que tenho a dizer... então boa leitura a você :)

Capítulo 1 - Início da caçada


O início da caçada. 

Em um dia qualquer, dois amigos estava andando pela floresta despreocupados,  porém atentos a qualquer barulho que pudessem ouvir próximo deles. Sem muito coisa para fazer além de seguir o caminho, imposto por quem estava a frente ditando o caminho a ser seguido murmurou.

~já estou cansado disso... 

Logo em seguida foi ouvido a resposta de seu amigo mais a atrás. 

- nah imagina  Carlos,  você está super revigorado e pronta para corre,  caso um urso apareça por aqui! 

~eu. revigorado?  Deve estar delirando,  depois de andar por uma hora nessa mata fechada. Disse Carlos. 

-Que nada eu to suave que nem pavê! Mas cara falta muito pra chegarmos até a sua cabana na montanha? Disse Psice amigo de Carlos. 

~não, então não precisa se preocupar meu consagrado, logo logo chegaremos. Disse Carlos. 

antes que pudesse terminar sua fala, Carlos e psice escutam um barulho vindo um pouco mais a frente, como se uma explosão e um raio tivessem acontecido ao mesmo tempo. Carlos logo pensa que um deslizamento de terra poderia estar acontecendo mas então sente um cheiro forte de vegetação queimada vinda um pouco a frente não muito longe de onde eles estão.  Então instintivamente Carlos e psice começam a correr em direção ao barulho, mas logo Carlos percebe que o caminho leva ate sua cabana. Ao chegarem, percebem que um barranco próximo a cabana deslizou para próximo do mesmo e logo encima desse barranco, mais próximo de árvores,  quase caindo e espalhadas pelo barranco que outrora tenha cedido.  marcas de queimado como se um raio tivesse caído ali não um raio comum mais um bem grande e poderoso que foi capas de despedaçar uma árvore e mover a baixo um barranco. 

Quando se aproximam, eles começam a sentir um cheiro de podridão misturada com cheiro de carne queimada, vindo de onde o barranco havia desmoronando,  mas o mais estranho era que nao havia nenhum corpo ali, nem de animal ou de pessoa... entao como aquele cheiro estáva sendo sentido por eles?  Era oque eles se perguntavam. 

Carlos:: nossa...  *cof* mas*cof* que cheiro horrivel*tosse tosse tosse* minha nossa...  Eu acho que vou vom.. 

Antes que pudesse concluir oque estava dizendo,  Carlos vomita! 

Já psice,  apenas parecia atordoado com o cheiro e mal respirava, mas parecia estar um pouco acostumado a esse cheiro.  Então psice se aproximou um pouco mais do barranco,  que deslizou e viu que estava húmido e não só isso, bastante molhado psice olhou para Carlos e disse com uma voz trêmula e de quem não estava conseguindo respirar direito. 

- Psice hufh... *tose* ah...  por..  por acaso tem canais...  *tose*  ou mantos de agua *tose* debaixo desse solo? 

Carlos: *tose tose rose* nao....  agrrg..  ta difícil respirar *tosse profunda* não...  não deveria...  *tose,  se afasta um pouco da cabana*

 


Notas Finais


Bom por enquanto isso pois estou bem canso e já é madrugada não consigo raciocinar direito
Espero que tenha gostado ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...