História Yin and Yang - Singularity (Imagine Taehyung) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Visualizações 85
Palavras 859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Não minta para Taehyung


Fanfic / Fanfiction Yin and Yang - Singularity (Imagine Taehyung) - Capítulo 15 - Não minta para Taehyung

Ele puxou meu braço com tudo, me levando pra fora do colégio, todos estavam olhando sério, comentando preocupados, ninguém interferiu no que ele estava fazendo.

Começamos a andar sem rumo, já estava muito frio já não sabia onde ele estava me levando.

-Onde estamos indo?

Ele continuou, sem dizer uma palavra.

- Me solta!! Fala comigo!! - soltei meu braço.

Ele puxou meu braço novamente e me prensou contra a parede.

Taehyung- Com quem você acha que está mexendo?!! 

- ?

Ele virou o rosto como se estivesse com muita raiva.

- Não estou entendendo você, de manhã você nem fala comigo direito, aí é só me ver conversando com outro fica todo estressadinho!! Vai se foder!!! O que você quer comigo?!

Taehyung- Eu quero você.

- Hahahaha faça meu favor, quem me garante que eu só não sou mais uma?? Tá irritadinho porquê?? Porque eu não trato você como as outras, eu não sou elas entendeu?! Agora me dá licença e deixa eu ir pra casa.

Tentei sair mas ele impediu de novo.

Taehyung- Chegue perto do Jungkook de novo e você vai ver o que vai acontecer.

- Não sou sua!!

Ele virá meu rosto perto do dele e sorri de canto, mas aquele sorriso com olhar maldoso.

Taehyung- É claro que é...tudo que eu quero, é meu.

- Tem algo muito errado com você...O que aconteceu com Jong-hyun???

Ele muda sua expressão na hora.

Taehyung- O que te disseram sobre ele?!

...

-Nada...ele sumiu.

Taehyung- Eu não sei, nem quero saber...vamo embora.

Ele pegou minha mão e fomos para um ponto de ônibus, eu estava tremendo de frio. Ele olha pra mim e tira seu blazer do colégio e veste em mim.

- Você não vai ficar com frio??

Taehyung- Não.

- Mas você está só com duas blusas.

Taehyung- Não sinto frio.

- Kkkkkkk Elsa.

Do nada ele puxa e me beija, os lábios dele estavam quentes, e me esquentava por completo a cada segundo que me beijava. Eu fico sem reação.

Taehyung- A Elsa não é quente - ele sorri e se afasta.

Depois do beijo eu até tinha parado de sentir frio.

O ônibus chegou e deu o sinal, ele subiu e me deu a mão pra me ajudar a subir eu recusei. Ele logo olhou pra mim puto, ignorei.

Assim que sentamos no banco meu celular começou a vibrar pensei que fosse minha mãe, olhei, era um número desconhecido.

LIGAÇÃO ON

- Alô??

Xxxx- Alô?!!! (S/n)!?? Se você estiver com o Taehyung não diga meu nome!!! É o Jong-hyun!!!

Olhei para Taehyung ele já estava me olhando sério, de braços cruzados.

- Ok...por que me ligou??

Xxxx- Não importa, só fique longe do Taehyung!! Por favor!! Fique...

LIGAÇÃO OFF

Taehyung pegou meu celular e desligou a ligação.

-Eii meu celular!!!! Devolve!!!

Ele devolveu e não falou nada.

- Imbecil.

Taehyung- O que disse??

- Não interessa!!

Taehyung- Não grita.

- Quem disse que você pode ficar pegando meu celular assim?!

Ele ignorou ainda de braços cruzados olhando para a frente.

- Para de me ignorar!!!! - bati no ombro dele.

Taehyung- Fale baixo, você não está mais no Brasil!! - ele bateu sua mão na janela e chegou perto do meu rosto.

Taehyung- Eu sei quem te ligou.

Gelei na hora que ele disse aquilo.

-E-era minha mãe.

Ele deu uma risada e ficou alisando mechas do meu cabelo com os dedos.

Taehyung- Ela dizia o que?? Se afastar de mim?? - riu de novo - Você não me engana (S/N).

Caralho como ele sabia?! 

Eu levantei do ônibus rápido.

- Não!! Ela disse pra mim passar no mercado.

Ele puxou minha cintura me fazendo sentar no colo dele.

Taehyung- Que apressada...- Sorriu

SERÁ QUE EU SOU TÃO RUIM ASSIM PRA MENTIR?!!

Taehyung- Devolve meu blazer.

-A-ah claro!

Tirei o blazer e fui para a porta, dei o sinal para o ônibus parar. Não importa onde parasse só queria me afastar de Taehyung.

Taehyung- Não sabia que tinha mercado por aqui.

Ele olhou sério pra mim, desconfiado.

- Tchal Taehyung.

Desci e me senti aliviada, logo peguei meu celular e fui tentar ligar Jong-hyun de novo. não

-DROGA!! Ele apagou o número.

O que aconteceu com ele?! Estou com muito medo de Taehyung sinceramente...

Olhei ao meu redor estava um deserto, parecia uma cena de Sillent Hill. Ficava mais frio a cada segundo.

- Merda... porque fui inventar de sair do ônibus.

Esperei, esperei, e nada do ônibus.

- Aigr droga!!!

...

Sinto algo em meus ombros.

Taehyung- Você vai congelar aqui.

Ele havia vestido seu blazer em mim de novo.

Como ele brotou aqui?!!!

-M-mas você estava no ônibus...como?

Estava chegando um carro todo preto em nossa direção, eu olhei para o Tae, ele estava sério abrindo a porta de trás do carro.

Taehyung- Entre.

- Que?!! Pra onde vamos?!!

Taehyung- Entra logo!!

Estava me cagando de medo, o que ele faria agora. Ele entrou e sentou do meu lado, e me aproximou pra perto dele.

Taehyung- Ligue o ar condicionado.

Motorista- Sim senhor.

-Não sabia que tinha Uber na Coréia..

Taehyung- É, tem.

Durante o caminho o motorista não parava de me encarar.

- Moço o endereço é...

M- Eu já sei.

- Ah...ok.

Ficou um tempo em silêncio Taehyung encostou minha cabeça em seu peito.

...

Taehyung- Não quero que se afaste.

- O que?

Taehyung- Não quero que se afaste de mim.

- Por quê?

Taehyung- Você me faz bem, não te quero longe de mim.

Ele pegou meu rosto com as duas mãos e me beijou.

Eu não sabia o que fazer nem dizer, apenas concordei com a cabeça. Ele se despediu com um beijo na testa, e saí do carro.

Taehyung- Se cuida!!

Apenas acenei e entrei pra casa.

...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...