História Yn Yang - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Tsunade Senju
Tags Sasuhina
Visualizações 540
Palavras 1.430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite.. Desculpem pela demora... Aqui esta mais um capitulo lindo para vocês.. Quero comentários bjs!!

Capítulo 15 - Capitulo XV



Hinata on
 
 Abrir os olhos sentindo um pequeno peso no meu braço, quando olho era a Nabi adormecida, sorrir ao ver aquele anjinho que estava crescendo tão rápido.
 - Nabi... - Chamei. - Nabi, acorda! - Ela resmungou algumas coisas que eu não entendi.
- Temos que nos arrumar.. É hoje! - Ela abriu os olhos em um susto.
 - Meu Deus Hina, vamos logo, que horas são, vamos perder a nomeação. - sorri ao ver o espanto dela.
 - Ainda são sete horas, calma, só queria te acordar um pouco mais cedo para termos tempo de nos arrumar e tomar um delicioso café da manhã. E adivinha quem vai cozinhar hoje? - Ela deu um sorriso.
 - Então se arruma que vou preparar o café da manhã. - Nabi disse, e logo saiu do quarto para a cozinha.
 Que bom que ela estava gostando de cozinhar, era um dos meus hobbys favoritos e estava passando tudo o que eu sabia para ela. Fui ao banheiro me arrumei, decidir colocar um vestido roxo meio rodadinho, hoje eu queria esta diferente. Passei uma maquiagem fraquinha pois a nomeação seria as dez e de dia não é bom colocar algo muito forte, passei um glos rozinha e desci para tomar café da manhã.
 Quando cheguei na cozinha tive uma surpresa.
 - Sasuke? - ele estava sentado na mesa.
 - Oi! - ele disse apenas, como se fosse uma coisa normal encontra-lo na minha cozinha.
 - Ele chegou faz pouco tempo, e o chamei para esperimentar meu café. - Hanabi falou colocando um pouco de café na xícara dele, e o mesmo provou na mesma hora.
 - Que por sinal é muito bom. - Ele falou e ela corou. - Mas e você, ele me olhou, a primeira vez que me olhou aquela manhã. - Vai ficar em pé, ou vai nos acompanhar no café? - ele perguntou depois de uns minutos me olhando.
 Sentei em uma cadeira a sua frente, e Nabi sentou ao meu lado.
 Quando eu ia perguntar o que ele estava fazendo na minha casa aquela hora da manhã a companhia toca.
 - Eu atendo! - Nabi falou e saiu correndo com um roupão atender.
 - Nossa, como essa casa está animada hoje! - Falei, bebericando meu café.
 - Isso seria uma indireta senhorita Hyuuga. - Sasuke falou me olhando.
 - Não vou mentir que estou curiosa para saber o que te trouxe aqui a essa hora da manhã. - Eu perguntei.
 - Não gosta da minha companhia? - Ele rebateu. Fiquei vermelha com a pergunta e não respondi o que o fez sorrir de lado.
 - Eu só achei que não seria apropriado você e sua irmã irem sozinhas hoje, eu como a pessoa responsável e quase seu sensei, decidir acompanha-las.
 - Hum... - Falei apenas.
 - Vocês sabem o porque da Nabi me ver e correr dessa maneira? - Konohamaru entrou na cozinha com um cara de interrogação.
 - Deve ser porque ela ainda não se arrumou e deve ter ficado com vergonha de você! - Eu respondi.
 - Ha... - ele falou. - Iai Uchiha! Como anda a força? - Ele perguntou brincando com Sasuke, o que fez o mesmo lhe lançar um olhar mortal e não responde-lo.
 Hanabi desceu depois de alguns minutos e já era nove e meia e nós quatro saímos de casa para o prédio da Hokage, onde seria a nomeação.
 Chagando lá vi Sakura e Naruto, de mãos dadas, ela estava passando confiança ao mesmo e ele agradecendo. Parei de olha-los, pois aquela sena já estava começando a me incomodar.
 - Hinaaaa! - Ino gritou chamando a atenção de algumas pessoas. - Como ousa voltar da missão e nem me avisar? - Ela pergunta quase pulando nos meus braços e me abraçando forte.
 - Desculpa Ino, não tive tempo! - Falei retribuindo o abraço.
 - Vem, vamos parabenizar o Naruto. - Ela me puxou e puxou o Sasuke pela mão.
 - Parabéns Naruto você merece! - Ela falou pulando nos  braços dele e o abraçando.
 - Obrigada Ino! - Ele agradeceu.
 - E você teme não vai me parabenizar? - Ele perguntou sorrindo.
 - Parabéns! - Sasuke falou indiferente.
 - Haa para com isso datebayo, vai ficar assim com seu irmão? - Naruto falou se aproximando dele. - Vem aqui teme! - E Naruto abraçou Sasuke. Que depois de um tempo retribuiu.
  Depois disso todos riram. Mas ai a atenção de Naruto veio a me. Ele parou um pouco me olhando até que eu decidir quebrar o silêncio. 

  - P-parabéns Naruto! - Falei nervosa com a aproximação dele. 


 - Valeu! - Ele respondeu e me abraçou. 


 - Acho que vai começar, é melhor irmos lá para a frente. - Sakura falou um pouco sem graça. 


 Todos nós fomos lá para frente e a cerimônia aconteceu, depois de um tempo tudo terminou e as pessoas foram embora. 


 - Acho melhor irmos! - Eu falei para Nabi que acebou com a cabeça. 


 - Você não vai a lugar algum. Naruto não pode, mas agente pode sim comemorar por ele. - Ino falou divertida. 


 - Eu apoio. - Sai falou. 


 - Bom, eu vou indo para casa, Konohamaru vai me acompanhar. - Nabi falou. 


 - Ta bom. Mas onde vai ser a comemoração? - Eu perguntei. 


 - Na casa do Uchiha! - Ela respondeu. 


 - Como é? Desde quando eu permitir isso? - Sasuke falou indignado. 


 - Desde agora. Para de ser chato pelo menos hoje Uchiha, vamos nos divertir pelo menos um pouquinho. - Ela falou fazendo uma carinha de carente. 


 - Ainda não me convenceu. - Sasuke falou. 


 - Ai quer saber, agente vai! Você querendo ou não. - Ela falou agora irritada. - Vamos! - ela puxou pela minha mão e eu fui carregada por ela. 


 Olhei para trás e vi Sasuke nos olhamdo, - Por favor! - Eu gesticulei para somente ele entender. Mas ainda assim, contrariado ele veio até nos. 


 Fomos caminhando até a casa de Sasuke, Ino chamou mas algumas pessoas como: Temari, Tentem, Kiba, Gaara e Shikamaru. 


 Todos entramos na casa do Sasuke, Kiba fez o favor de trazer bebidas, muitas bebidas para ser mais exata. 


 Ino colocou música, e começou a beber e dançar com Gaara seu namorado. Olhei para todos eles e realmente aquilo não era para me. Não conhecia muito bem a casa de Sasuke, mas arrisquei procurar a cozinha. Era um pouco grande para uma pessoa só morar. 


 Subi algumas escadas, e entrei em algum lugar que estava um pouco escuro. 


 - Ino já falei para não subir as escadas. Deixe a festa apenas lá embaixo. - Ouvi a voz de Sasuke mas eu não sabia onde ele estava, pois estava bastante escuro. 


 - Não é a Ino! - Eu falei. - Estava procurando a cozinha e...  Posso acender a luz? - Perguntei. 


 - É melhor não. - Ele respondeu. 


 - Está escuro Sasuke. - falei. 


 - Gosto do escuro. - Ele respondeu. E eu sentir alguem se aproximando de me. - Você não gosta? - Ele perguntou, bastante próximo de me, pude sentir seu hálito  quente na minha pele, o que me fez arrepiar. 


 - E-eu N-não... - Não consegui responder, por causa da a proximidade dele. 


 - Por que esta gagueijando, é só uma pergunta. - Ele falou, pude sentir sua provocação. Ele colocou sua mão na minha cintura e a apertou um pouco, o que me fez fechar os olhos e morder os lábios. 


 Ele foi em direção ao meu pescoço e passou seus lábios perto da minha orelha me arrepiando mais uma vez. 


 - S-sasuke... - Eu falei o que saiu um pouco como gemido. 


 - Hum? - Ele perguntou continuando o que estava fazendo. 


 - P-para! - Eu falei novamente. 


 - Quer realmente que eu pare? - ele perguntou, agora beijando o canto da minha boca. 


 Não consegui responder, eu não sabia o que responder. 


 - E-eu... - Não conseguia responder, meus olhos ainda estavam fechados, Sasuke colou ainda mais nossos corpos e me imprensou contra a parede. 


 - Quer? - Ele insistiu. 


 - E-eu tenho q-que ir. - O empurrei para uma distância com a qual eu pude abrir a porta ao lado e sair ofegante daquele quarto.
 Desci as escadas e fui embora sem avisar a ninguém, estava ofegante, não o respondi por que eu acho que queria ficar, mas eu não podia. O que estava acontecendo comigo? Cheguei em casa e fui tomar um banho gelado. O cheiro dele ainda estava em me. Sorri com esse pensamento. Eu estava mais confusa do que o normal.
  


Notas Finais


Olha só o Uchiha começando a atacar!! Gostaram?? Comentem favoritem, adoro vcS!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...