1. Spirit Fanfics >
  2. Yoga (Sexo) >
  3. Yoga

História Yoga (Sexo) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Não entendo nada de yoga, o nome das posições eu peguei tudo na internet.
Na foto a posição (cachorro olhando pra baixo).
Boa leitura, espero que gostem.

Capítulo 1 - Yoga


Fanfic / Fanfiction Yoga (Sexo) - Capítulo 1 - Yoga


Olá eu me chamo Maitê, estou aqui pra contar a minha experiência na yoga a uns dias atrás. 

Todo sábado de manhã eu faço yoga pra relaxar depois da longa semana de trabalho duro. Eu contratei uma profissional pra vir aqui em casa, assim fico mais a vontade. No último sábado ela teve que viajar e disse que seu amigo iria substituí-la. 

Acordei e preparei tudo pra aula, não demorou muito e ele chegou. 

~ Companhia toca ~ 

Fui abrir a porta e me deparo com um cara alto, moreno, olhos negros e um sorriso encantador. 

Entramos e fomos pra sala, começamos com um aquecimento básico. Começamos logo com a prancha, ele ao meu lado fazia também, depois fomos pra prancha invertida, ângulo lateral estendido, postura de árvore, postura do guerreiro 1 e depois a 2. 

Chegamos na posição extensão pra frente sentada, essa posição era mais difícil que as outras, então ele venho me ajudar, postura do peixe e quando chegamos na posição cachorro olhando pra baixo, ele me ajudou a arrumar minhas costas, estava atrás de mim, senti seu membro na minha bunda enquanto ele me ajudava e senti ele endurecer, aquilo me deixou excitada de um jeito, estava na seca a um tempo já, então imaginem o quão meu corpo ficou excitado. 

Rebolei pra ver se ele reagiria, então ele me encoxou e segurou na minha cintura, fingiu estar ajeitando novamente minhas costas e ficou ali encoxado em mim até acabar o exercício. Levantei ainda com minha bunda em encostada no seu membro. 

Estávamos perto demais um do outro, o olhei bem nos olhos, estava difícil resistir aquele sorriso perfeito dele. Ele finalmente toma um atitude e me beija, um beijo caliente, feroz, ele tinha uma pegada que meu deus, so de lembrar fico molhada. Levo minha mão até seu pau e ele ta duro, enfio minha mão na bermuda dele, sentia seu pênis latejando na minha mão. 

Me ajoelhei em frente a ele e abaixei sua bermuda junto com a cueca. Seu pau bateu em meu rosto e eu logo o peguei na mão e comecei a passar minha língua, vinha a expressão de prazer e seu rosto, aquilo me deixava mais louca ainda, logo enfiei o pau na minha boca o explorando por completo com meus lábios e minha língua. 

Parei e voltei a beija-lo. Logo ele me deitou no chão, tirou meu top e começou a mamar meus peitos um de cada vez e dava leves mordidas no bico do meu peito, estava difícil segurar os gemidos. 

Logo ele foi descendo dando beijos no meu corpo ate chegar perto da minha intimidade, tirou minha legue, me deixando só de calcinha. Começou a me chupar por cima da calcinha, depois a colocou de lado e começou a lamber minha buceta, ele sabia muito bem o que fazer com sua língua. O silencio da casa foi tomado pelo som dos meus gemidos. 

Não demorou muito e ele tirou minha calcinha por completo. Sentou e eu me levantei pra sentar nele, ajudei ele a colocar a camisinha e fui me ajeitando em cima dele, enfiei a cabecinha e fui enfiando devagar ate ficar tudo dentro de mim, aquele pau era grosso, tão gostoso. Comecei a cavalgar nele, ele gemia baixinho, quase não dava pra ouvir, mas a expressão de prazer no seu rosto e o jeito que me olhava, era tudo, se sentir desejada daquele jeito é bom demais. Exploramos a sala inteira, fizemos em todos os cantos da sala, o melhor de tudo é que ele conseguia controlar bem o seu gozo. Me penetrou de todos os jeitos possíveis. 

Fiquei de quatro e ele enfiou o pau no meu cu devagar, esperou um pouco e começou a me estocar com força, suas mãos na minha cintura, nossos corpos batiam com força, o som das suas bolas batendo no meu corpo, me levantei com ele me penetrando ainda, minhas costas encostadas no seu peito, suas mãos apertando meus peitos com força, sua boca na minha, nossos corpos pareciam lutar um com o outro. 

Ele saiu de mim e ficou em pé na minha frente e gozou tudo na minha boca e eu engoli tudo de uma vez. Depois ele venho pra trás de mim, encostou minhas costas no seu peito e abriu minhas pernas, começou a me masturbar e a me beijar, os movimentos dos seus dedos foram acelerando, afastei meus lábios dos seus por conta dos gemidos e finalmente cheguei no meu clímax, mas ele não parou de me masturbar, segurou minhas pernas com as suas pra eu não fechar, ate finalmente eu gozar. 

Gozei que nem nunca, so senti um líquido sair de dentro de mim e ele ficou com os dedos no meu clítoris ate ter certeza que não havia mais nada pra sair de dentro de mim. 

Minhas pernas estavam bambas, demorei muito pra recuperar as minhas forças e conseguir me levantar. Foi uma das melhores transas que ja tive, são poucos os caras que se importam com que a sua parceira chegue no seu clímax, admito que nem sempre gozo, mas hoje gozei como nunca, eu jamais vou esquecer dessa transa. 

Nos deitamos ali pra recuperar nossas forças. 

Essa foi minha última experiência de sexo e foi incrível, na verdade inesquecível, acho que vai demorar pra alguém superar ele. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, deixe nos comentários sua opinião por favor.
Obrigada por ler! Beijos se cuidem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...