História Yoongi é um homem!! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Preconceito, Taegi, Trans*, Transsexual, Yoongi, Yoongi!trans, Yoonji, Yoontae
Visualizações 39
Palavras 1.000
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Seinen, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tô morrendo de sono mas tive a ideia dessa fic

¡ O perfil dos meninos do Bangtan Boys não é como apresentado aqui, isso é uma história fictícia e não tem nenhuma ligação com a realidade !


Tchau vou dormir, boa leitura

Capítulo 1 - Taegi: a dupla


Yoongi mais uma vez estava possesso, e, Taehyung, como um bom namorado, mais uma vez tentava acalmá-lo. Seu coração doía ao ver Yoongi tal machucado, não era justo ele sofrer apenas por que as pessoas não entendiam quem ele era

V: Meu amor...

Yoongi desferiu outro soco forte contra a parede do banheiro e sentiu seus ossos da mão estralarem, logo depois uma dor maior invadiu seu punho, grunhiu de dor e de raiva

Y: Aqueles malditos começaram de novo! Continuam usando o pronome errado e fazendo piadas idiotas!

Taehyung suspirou, sem nenhuma intenção de tentar privar Yoongi de sentir-se frustrado, afinal, ele mesmo sentia a frustração do namorado por ter que lidar com pessoas tão baixas e sem caráter.

Os dois foram interrompidos pelo barulho da porta do banheiro, mas, os dois conheciam bem o rosto masculino que acabará de adentrar o banheiro, e, antes que o mesmo passa-se sem perceber as presenças ali e entrasse em um dos cubículos, o homem de nariz arrebitado riu sarcástico e revirou os olhos

?: Ih, Taehyung! Sua namorada tá putinha, é?

Yoongi virou para o Homem, sentindo seu sangue ferver, mas ao mesmo tempo, não conseguiu fazer nada já que se sentia completamente surpreso por alguém ter realmente a coragem de desferir palavras tão ofensivas para sua pessoa. Antes que pudesse dizer qualquer coisa, Taehyung respondeu com sua voz clara, mas um tanto impaciente

V: Não, Jin-hoo, eu não tenho namorada alguma, até porque nem gosto de garotas, mas isso não te interessa, então, se veio aqui para usar o banheiro vá, agora, se veio cuidar da minha vida sugiro que não perca seu tempo porque não sou de escutar opinião de gente do seu nível...

Jin-hoo por um momento pareceu desnorteado por um tempo, e sua expressão deixou isso claro quando ele abriu sua boca e seus olhos desfocaram do casal, mas, logo o dito cujo voltou a sua postura convencida e riu sarcástico, pó mais que seus olhos transbordassem ódio

Jho: Vocês dois são nojentos! Yoonji era uma gostosa até você estragar ela, Taehyung! Não sei por que teve que se transformar nisso, você já gostava de homens mesmo, mas teve que se mudar porque esse viadinho não consegue foder mulher!

Yoongi revirou os olhos e avançou em Jin-Hoo, levantou sua mão e mirou no rosto mas antes que pudesse acertar o soco, seus braços foram puxados para baixo, para ficarem ao lado do corpo, e logo, seu corpo todo foi rodeado por trás pelos braços fortes de Taehyung, que se inclinou e deixou um selar suave sobre a pele exposta do pescoço do namorado

Th: Nós poderiamos passar horas te explicando a diferença entre identidade de gênero e orientação sexual, mas, pessoas como você não valem a pena, você não vai entender, de qualquer forma...

Yoongi continuava sobre os braços de Taehyung, e, sentia como se os seus problemas tivessem sumido, como se nada mais importasse, não sentia mais raiva e não ligava mais para o cara possesso com desejo de estrangular os dois a frente, Taehyung tinha um enorme poder sobre Yoongi, e nada era um remédio melhor do que se agarrar ao mesmo e dormir a tarde toda, na visão de Yoongi

Jho: Eu não vou perder tempo com dois viadinhos! Vão se foder!

Jin-Hoo gritou e Yoongi riu pela explosão repentina do temperamento do mais velho, mas, não podia deixar para trás seu sarcasmo, então, desferiu uma piadinha cotidiana sobre o "valentão"

Y: Se quiser podemos ser três "viadinhos", é só você sair do armário primeiro!

O dito cujo desistiu do recinto e saiu batendo o pé, e bateu a porta do banheiro com força, como um adolescente revoltado, o que não estava longe da realidade. Enfim, o casal conseguiu um tempo sozinho, Yoongi rodou o corpo para ficar cara a cara com o namorado e encostou seus lábios num selinho inocente, sentindo Taehyung sorrir durante o beijo, acabou por sorrir também

Th: Eu te amo....

Yoongi se separou de Taehyung e recostou sua cabeça sobre o ombro do mais velho, apenas para logo depois retribuir em um sussurro

Y: eu também...

Para quem os olhassem do lado de fora, falariam que são apenas dois adolescentes revoltados com a vida, pegos em um amor superficial e fazendo juras de amor que não podem cumprir, mas, os dois sabiam qual era a realidade: eram dois jovens decididos, com a cabeça cheia de problemas e os olhos embaçados pela realidade cruel da vida que chegou cedo demais para ambos, os dois não prometiam o "felizes ara sempre", já que não sabiam o que os aguardava no futuro, mas, conseguiam botar em palavras o que sentiam atual e reciprocamente, era amor, mas, acima disso, era admiração e proteção, como amigos, namorados e irmãos, a relação que passa do superficial e atinge no profundo, por que era uma relação a base de respeito...

Taehyung respeita Yoongi por quem ele é, e Yoongi respeitava Taehyung por quem ele é, os dois o admiravam por defender um ao outro com sangue, suor e lágrima, e, a única coisa que os dois discordavam um do outro era quando Yoongi dizia que era o homem mais sortudo do mundo por ter Taehyung, e, Taehyung discordava, já que se achava o homem mais sortudo do mundo por ter Yoongi ao seu lado...

Yoongi sentia seus olhos brilharem ao lembrar que Taehyung foi o primeiro que o olhou e o percebeu como um homem, que o ajudou a aceitar quem ele mesmo era e entender que não tinha nada de errado em ser quem era

Por outro lado, Taehyung lembrava claramente que Yoongi foi sua última tentativa, foi por Yoongi, "uma garota esquisita" que Taehyung decidiu que sua missão na terra ainda não havia sido finalizada, e agradecia por Yoongi por ter aceitado-o em sua vida de braços abertos e ter sido seu porto seguro nós piorar momentos de sua vida ...

No fim, os dois se amavam independente de tudo, independente das falhas, independente das brigas, independente da aceitação social. Eram apenas Kim Taehyung e Min Yoongi contra o mundo...


Notas Finais


Cuidado com o que falam e nunca fiquem calados por nenhum tipo de preconceito. Já vi trans sofrendo preconceitos dentro da comunidade LGBT, ent pls, que essa fic conscientizem vcs a entenderem os colegas antes de falarem algo que pode magoar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...