História Yoongi-Suga(Caminho à perversão!) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Suga, Yoongi
Visualizações 407
Palavras 2.755
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Okay

Capítulo 28 - O grande dia! Part.02


Fanfic / Fanfiction Yoongi-Suga(Caminho à perversão!) - Capítulo 28 - O grande dia! Part.02

O plano para ver Min Yoongi rir nem que seja um pouquinho, era simples, eu só precisava ousar mexer na eletricidade da escola para que a iluminação fosse embora, provavelmente levando minha vida junto, mas depois eu cuido disso. 


Enquanto eu arriscava minha vida fazendo isso, Tae iria instalar o balde de tinta a cima do palco - basicamente no telhado - e seguiria meu comando para que após sua parte concluída, eu ligaria as luzes e o primeiro que se apresentar, ganharia um banho de tinta. Era perfeito o plano, correção, seria perfeito o plano se Jin e Jungkook não chegassem e ouvissem nossa conversa. Jin se recusou de imediato participar de tudo, mas Jungkook apenas falou: "É uma oportunidade de nos metermos em encrenca, Jin! Vamos!" Ele simplesmente falou como se alguém tivesse o chamado, mas agora já era, precisaríamos por o plano em prática e os meninos iríam ajudar, fazer o quê? 


Trocamos nossos números de celular e seguimos com o plano. Fui em direção a sala onde ficavam os cabos da escola, mas parei logo que vi um homem sentado ao lado da porta. Como vou passar agora? Sai em passos lentos para que o homem não me visse, eu estava escondida atrás da parede. Corri até o jardim da escola e mandei uma mensagem para os meninos que estavam agora no auditório esperando as luzes serem apagadas para colocarem o balde de tinta a cima do palco. Como conseguimos o balde de tinta? Simples, na sala de Arte! 


WhatsApp On


Grupo: ~ Segue o Plano 


Eu: Aí, galera! Tem um cara sentado perto da porta, me ajudem a distraí-lo (15:53

Tae: A apresentação aqui tá muito boa, você sabia que a Galáxia de Andrômeda se chocará com a Via Láctea? Estão falando sobre isso (15:54

Eu: QUE INFERNO, TAE!!! ME AJUDEM!! EU QUERO É QUE ESSA MERDA SE CHOQUE MESMO. QUE ELAS ACASALEM E TENHAM FILHOS! (15:54

Tae: Se forem duas mulheres, como irão acasalar?  (15:54 )

Jungkook: Que preconceito, elas dão um jeito, vai que elas só precisem de... calma! Galáxias têm sexo? (15:54

Tae: A S/n quer que as galáxias se choquem, mas onde iremos viver? Se isso acontecer, o plano dela não vai funcionar! (15:54

Jungkook: Verdade, não vai ter mais Planeta Terra, calma, onde você está, S/n? (15:54

Jin saiu do grupo

Eu: Droga (15:54

S/n adicionou Jin

Jin: Pela milésima vez, não quero fazer parte disso (15:55

Jungkook: Vamos atrás da S/n, quero mostrar meu jeito ninja p/ aquele cara, vou dá muitos socos nele! (15:55

Tae: Tô me sentindo em um filme de ação huashuas (15:55

Eu: Tô aqui no Jardim, venham logo! (15:55


WhatsApp Off


- Beleza, agora que vocês estão aqui, vamos planejar como vai ser! - Falo ao perceber os três garotos se aproximando 

- Você ainda pergunta como vai ser? - Jungkook rir irônico - Eu vou chegar oferecendo um café para ele e quando o cara aceitar, derramo "acidentalmente'' o líquido em suas partes íntimas. É simples! 

- E como isso pode funcionar? - Tae levanta sua sobrancelha 

- Aí é a parte que você entra com o fósforo, acende um e joga na calça dele! - Jeon responde animado e Jin bate na testa, preciso falar sobre minha cara de decepção ainda? 

- Gente, assim, até poderia dá certo! - Falo com uma voz calma - SE O HOMEM NÃO FICASSE SEM UM PÊNIS NO MEIO DAS PERNAS! - Grito e eles tapam os ouvidos - Galera, lembram da parte em que eu falei sobre não chamar atenção? Se fizermos isso, envolveremos até o presidente do país de tão grave a situação! Querem isso? 

- Seria legal conhecer a Dilma! - Tae fala animado - Eu iria perguntar se ela só veste vermelho - Ele dá de ombros - Será que é promessa? 

- Que Dilma, Taehyung? A Presidenta do Brasil? Ela não é a nossa! - Dou um tapa em sua testa 


Jeon bufa revoltado e Tae coloca sua mão no queixo em sinal de pensamento, Jin continuava com a mesma cara de: "Não queria está aqui, me matem"


- Que tal finguirmos que Tae está engasgado e eu chamo o carinha lá pra ajudar, enquanto isso, Jin e eu desligamos tudo? - Sugiro 

- Vamos! - Jeon fala 

- Eu não vou! - Jin cruza os braços e bate os pés. Todos olhamos para o mesmo e ele rapidamente tentou correr, mas claro, nós o seguramos, ele já estava metido nisso,  e sua ajuda seria necessária. - ME SOLTEM! ME SOLTEM!  


Seguramos Jin pelas suas pernas e seus braços e fomos em direção ao cara que permanecia sentado em sua cadeira, estava tão sonolento, talvez o trabalho explicava sobre isso, afinal, parecia tão monótono passar o dia sem fazer nada. Falo isso porque quando não estava nessa penitenciária, minha vida era muito calma, não me mexia mesmo, e nem fazia questão. 


- Tive uma ideia! - Falo e os garotos me olham estranho - Jin, infelizmente teremos que prender você em uma sala isolada, você sabe demais e eu não quero ir pra Diretoria! - Pisco para os garotos de modo que Jin não visse e Jungkook concorda 

- Por que você piscou, S/n? - Tae faz uma cara de confusão e Jungkook pisa em seu pé o repreendendo

- NÃO! NÃO! EU JURO NÃO FALAR NADA! NÃO ME DEIXEM PRESO IGUAL UM POLÍTICO CORRUPTO! EU ACEITO PROPINA, FICO CALADO! - Jin gritava enquanto era levado a força por nós 


Chegamos até o homem que rapidamente se espantou pela gritaria de Jin e logo perguntou o que estava acontecendo 


- Nos ajude! Nosso amigo está louco e não sabemos o que fazer! - Faço minha melhor cara de desesperada, bela atuação, o prêmio da Globo já é meu 

- NÃO ESTOU LOUCO! VOCÊS É QUE ESTÃO! ELES QUEREM ME PRENDER NO CATIVEIRO! - Jin se debatia ali, Jeon e Tae o deixaram no chão e eu segurei o garoto para não ir embora, mas estava difícil, ele estava tão estérico 

- Minha nossa! Isso é verdade? - O homem pergunta, parecia acreditar na nossa grande farsa 

- Claro que não! Quem prenderia alguém em um cativeir... 


De repente, o corpo do homem foi jogado para o lado e um Taehyung juntamente a um Jeon se encontravam felizes com uma vassoura em mãos 


- V-vocês acertaram o cara? - Estava estática 

- Claro! A situação tinha que ficar o mais dramático possível! - Jungkook fala com um sorriso vitorioso no rosto 

- Eu já vi isso em um filme, não custava nada fazer igual! - Tae fala 

- Fazer igual? - Estava com uma cara de psicopata e eles parecem ter notado, pois logo se encolheram - Fazer igual? Tem ideia do que fizeram? O QUE EU DISSE SOBRE NÃO CHAMAR A DROGA DA ATENÇÃO? COMO VAMOS FAZER AGORA PARA ESCONDER O CORPO? 

- Esconder o corpo? V-vocês são psicopatas, mataram o cara! - Jin se arrastava no chão assustado - Não f-façam nada comigo, por favor! - Ele cobre o rosto com a mão 

- Para de drama, Jin - Bufo - E agora, o que fazer? - Ponho a mão na cintura e começo a pensar 


De repente, Tae arrasta o homem que estava no chão até dentro da sala que desde o início eu ansiava entrar. Ele voltou ao lugar onde estávamos e pegou uma lata de cerveja que estava escondida detrás da cadeira do indivíduo e colocou na mão do desacordado. Tae limpou as mãos, olhou bem ao seu redor, parecia pensar em algo, de repente, mas muito de repente mesmo, o garoto puxou todos os cabos que haviam ali e gritos em toda a escola já eram possíveis serem ouvidos.


- Pronto, trabalho concluído com eficiência! - Tae faz um like com a mão e dá um sorriso 


Todos nós com excessão do psicopata do Taehyung, estávamos incrédulos, como ele foi capaz de pensar em tudo isso tão rápido? Qualquer um que chegar e ver o homem desacordado com a lata de cerveja na mão, vai achar que ele foi o responsável pelo apagão por está bêbado. Tae era brilhante! 


- O cara vai ser demitido! Minha consciência tá pesada! - Jeon abaixa a cabeça e Jin apenas assistia tudo do chão 

- Você não quer ajudar nossa amiga que só nos desmotiva? -  Tae fala sério e aponta para mim - Não quer vê-la feliz mesmo ela fazendo umas piadinhas sem graça? 

- Eu nem ao menos sei porque estamos fazendo isso! - Jungkook parecia desesperado 

- Você está nessa, você escolheu essa vida, e se quiser continuar com ela, terá que terminar o serviço 


Tae falou com uma cara que me deu medo, e se todo esse tempo eu estiver enganada? Vai que ele é um gênio ou até um mafioso e eu não desconfiava? Ele falou com uma voz tão grossa e tão séria que me fez tremer, suas palavras foram tão bem colocadas. 


- Lagarto Verde! - Tae vai até a parede - Você está aqui! - Ele parece feliz 


Não, eu estava enganada, Tae é apenas um idiota, mas um idiota inteligente. 


 - Beleza, quem vai colocar o balde de tinta no auditório? 


Ao ouvir as palavras de Jungkook, arregalo os olhos e puxo Tae pelo braço, começamos a correr em direção ao auditório. Tentaria chegar a tempo de concluir o trabalho, chegamos tão perto, tão perto de ver um sorriso brotar nos lábios de Min Yoongi, não podia parar agora, não até conseguir o que queria. 


- Vai lá e termina tudo! - Ordeno a Tae, o garoto apenas abre a grande porta na qual podia se notar a escuridão no local e a gritaria por parte dos alunos 


Já aflita, caminho até o banheiro e olho meu reflexo no espelho, meu olhar denunciava tudo, parecia uma condenada que acabara de fugir da prisão, ou até mesmo, uma fugitiva da lei. Saio do banheiro e espero Tae do lado de fora, roia as unhas de desesperada, tudo tinha que dá certo, Tae precisava concluir tudo e alguém precisava se apresentar.


- Pronto! - Tae chega e fala na maior calma possível 

- Como fez tão rápido? E aliás, como conseguiu colocar um balde de tinta tão alto sem nem ao menos ver nada? 

- Não pergunte, apenas avise para os garotos ligarem a energia 


WhatsApp On

Grupo: ~ Segue o Plano ~ 

Eu: Galera, liguem a energia, o plano vai começar! (16:35


WhatsApp Off


Passado algum tempo, nós finalmente pudemos ouvir algumas pessoas gritarem "Aleluia'' e outros reclamarem da luz ter voltado. Tae e eu entramos no auditório e nos sentamos, queria só ver quem seria o otário que se apresentaria, iria levar um belo banho de tinta. 


 - Agora que a luz voltou, podemos seguir com as apresentações! - Fala o professor de História, ele não estava no palco, estava com sorte aquele dia - Na sequência, Jungkook e Jin! - Ele anuncia 

- Como? - Falo assustada 


Minha boca estava aberta em um perfeito "O" como assim "Jungkook e Jin"? Eles não podem... quero dizer, agora lembrei que eles não estão aqui, afinal, agora pouco ligaram a energia e a luz voltou, não tem como eles terem chegado tão rápido assim, e além do mais, eles sabem do balde de tinta 


- Obrigado! Obrigado! - Jungkook pega o microfone da mão do professor, o idiota estava com um sorriso no rosto 

- Mas que caralho o Jeon está fazendo aqui? E cadê o Jin? Esses loucos sabem do plano! 

- Faço minhas, as palavras de Platão quando ele fala que a música é um meio mais poderoso do que qualquer outro porque o ritmo e a harmonia têm a sua sede na alma. Ela enriquece esta última, confere-lhe a graça e ilumina aquele que recebe uma verdadeira educação - Jeon é aplaudido pela plateia -  E Arthur Schopennhauer ainda cita que a música é um exercício de metafísica inconsciente, no qual o espírito não sabe que está a fazer filosofia 

- Sábias palavras, menino Jeon! - Elogia o professor de História que parece orgulhoso 


Jungkook sobe no palco com um violão em mãos e ao notar um balde de tinta, faz uma careta e fala: 


- Não entendi a funcionalidade desse balde, mas vou precisar retirá-lo 

- Eu não lembro de ter o colocado aí! - O professor de História faz uma cara confusa e tira o objeto de lá, logo faz um sinal para Jeon começar sua apresentação. 


Tae juntamente a todos que estavam no auditório gritavam por Jungkook, o garoto cantava uma música em Espanhol, não sabia que ele tinha talento para cantar, me surpreendi, mas estava tudo tão confuso, será que eu tinha sonhado? Olho para Yoongi que estava sentado distante de mim e o mesmo permanecia com seu semblante neutro no rosto, eu apenas suspiro em resposta. 


 - Obrigado, Obrigado! - Jungkook agradece a plateia 


Saio rapidamente de meu lugar e vou até Jungkook, ele se encontrava rodeado de garotas no momento, eu apenas puxo a gola de sua camisa e logo o levo até onde Tae estava 


- Que loucura é essa? - Ponho a mão na cintura - Você não tinha colocado o balde de tinta no palco, Tae?  

- E eu coloquei 

- Mas era pra cair na primeira pessoa que pisasse no palco, e isso não aconteceu! - Estava com as mãos na cintura 

- Cair? Como ele iria cair se estava em cima do palco? - Tae faz uma cara de quem não estava entendendo nada 

- Eu mandei você colocar em cima, tipo, no telhado! 

- Tá louca? Acha que sou o Super Man? Eu achei que era apenas em cima do palco, tipo no chão! - O garoto dá de ombros 


Bato na testa em resposta, por isso ele voltou tão rápido, Tae apenas pegou o balde de tinta e colocou em cima do palco, isso até eu fazia.


- E você, Jungkook? Como chegou aqui tão rápido se estava ligando as luzes da escola? 

- Ligando as luzes? Eu não liguei nada! Assim que vocês correram, eu fui atrás de vocês e logo entrei no auditório os procurando, mas não achei ninguém, por isso, apenas sentei e esperei meu nome ser chamado, minha apresentação foi demais, não foi? Não duvido nada que agora eu passo em Filosofia - Jungkook comemora 

- Eu avisei que isso não acabaria bem! 


Olhamos para a porta e percebemos que Jin era o dono da voz e estava sendo segurado pela gola de sua camisa pelo homem que os garotos quase mataram a vassouradas. 


Estávamos ferrados? 


 - Diretora, acho que esse garoto e seus amigos foram os responsáveis pelo apagão na escola! - A frase proferida pelo homem indicou que sim, todos nós estávamos ferrados! 


A atenção logo foi voltado para nós e a Diretora rapidamente veio ao nosso encontro 


- Isso é verdade? - Ela nos perguntou com a mão na cintura, estava com raiva 

- Sim! - Jin respondeu receoso 

- Sendo assim, não há outra opção, os quatro terão um castigo, vamos! - Ela sai do auditório, lugar esse em que se podia ouvir a galera nos vaiando, ela seguiu até a direção onde nós recebemos uma boa punição: Limparíamos a escola inteira por duas semanas. 


         ¤         ¤         ¤


 Era apenas mais um dia que eu acordei cedo para limpar as mesas da escola, limpava agora uma na qual minhas amigas tomavam seu café. 


 - Ainda bem que não sou você! - Lisa fala e eu reviro os olhos 


Ao me abaixar para limpar os pés da mesa, ouço uma risada, era de Summer, procuro a mesma, não duvido nada que ela vai rir da minha situação, ao notar que ela estava sentada distante, suspiro aliviada. Mas quem era aquela garota que estava ao seu lado? Summer parecia tão animada perto da garota, mas a outra não parecia tanto assim, mas ao mesmo tempo mostrava interesse pelas coisas que Summer falava, como estava distante, não conseguia ouvir o que falavam 


- Quem é aquela garota ao lado da Summer? - Levanto e pergunto para as garotas 

- Aquela? Não sei, parece ser uma amiga dela, vai me dizer que nunca a viu? - Lisa responde desinteressada 

- Não, nunca a vi! 

- Faz muito tempo que a Summer só anda com essa garota! - Ela completa e dá de ombros - Tá sujo aqui, S/n. Limpa aí! - Lisa aponta para uma mancha na mesa e dá uma risada 


Ótimo, sou uma escrava agora! 


Notas Finais


*E essa amiga "nova" da Summer? Que na verdade não é nova?
*Yoongi continua tristinho :(

Eu tenho uma coisa pra dizer, e é o seguinte: Próximo capítulo está muito quente, aguardem!



* Quentíssimo *


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...