História YoonMi-OneShot "Nossa Diversão" - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bts, Crazycrazyarmy, Especial De Aniversário, Min Yoongi, Suga, Wangyibo12, Yoonmi
Visualizações 40
Palavras 1.665
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fiz essa fic como um presente de aniversário e de despedida a minha prima, quero desejar um feliz aniversário a ela!♡♡♡♡♡♡ TE LOVE MUITO MINHA PRIMA!❤❤❤

(Sorry não sou boa com textinhos desse tipo, mas te amo, japa!❤)

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction YoonMi-OneShot "Nossa Diversão" - Capítulo 1 - Capítulo Único

-Vamos logo Suga, senão seremos pegos! - diz Yumi ao fugir da escola que a pouco tempo estava sendo vandalizada pelos dois amigos.
-Já vou, espera... - fala ao terminar de colocar suas ferramentas de vandalismo na mochila e colocá-la no ombro, logo correndo para fora dos muros da escola com a amiga.
-Essa foi por pouco, aquela velha quase nos pegou! - toma ar ao virar a esquina de seu apartamento após correr da fuga.
-Vem, vamos pra casa logo antes que nos pegue mesmo.

Min YoonGi e Yumi eram amigos desde pequenos, sempre sendo cúmplices um do outro. E agora sendo maiores de idade podiam ter seu próprio apartamento e dividir entre eles o apê, mas claro, sem deixar a  diversão de lado - dado o nome de vandalismo.

•••

-Yoon, você não tem medo de ser pego? - Yumi pergunta ao deitar em sua cama - essa que dividia com YoonGi. - Sabe, agora que somos considerados adultos podemos ser presos... - abraça o amigo que acabará de deitar consigo.
-Você nunca será presa, está me ouvindo? - beija o topo de sua cabeça.
-Sim... Mas e você? Você pode ser pego pelos meus erros... Acho que você deveria arrumar outro parceiro... - olha em seu rosto notando a expressão relaxada de Suga - apelido dado ao começar a fazer os vandalismo.
-Nunca irei arrumar outra parceira, ok? - a menina assente com a cabeça voltando a olhar em volta.
Seus olhos percorreram todo o quarto, parando em objetos denominados especiais para si, como; seus pôsteres de grupos do seu gênero favorito de músicas, das  paredes que deu um longa e engraçada história e o piano marrom no canto do quarto - ocupando todo o espaço, mas não deixando de ser importante. 
-Yoon? - fala continuando com sua cabeça em seu peito.
-Sim? - a olha.
-Quando irá voltar a tocar o piano? Sinto falta de ouvir suas músicas nele.
-Provavelmente nunca!
-Mas por quê? Você amava tocar nele... - o abraça apertado.
-Então quando será nossa próxima diversão? - YoonGi muda de assunto provocando um suspiro da amiga.
-Não sei...  Que tal arriscar?
-Tipo? 
-Nos divertirmos em frente a polícia civil?
-'tá louca? - Suga pronúncia com um sorriso no rosto. - Como nunca me disse isso? É a melhor ideia que tivemos!
-Não, não, esqueça, vai ser perigoso e a gente pode ser preso!
-Já lhe falei que você não ira ser presa. - se levanta sentando na cama, consequentemente fazendo Yumi se sentar também.
-MAS E VOCÊ? VOCÊ É IMPORTANTE PARA MIM TAMBÉM PORRA! - estoura ficando furiosa.
-Calma, não grite comigo, já falei como me sinto.
-Mas isso é idiotice! - Yumi se levanta andando em direção a porta a abrindo e saindo batendo a fortemente. 
-AAAAA... - YoonGi grita, colocando um travesseiro para o grito ser abafado.

Após algum tempo YoonGi decide se arrumar para sua diversão, porém dessa vez sozinho.

-Tudo pronto! - pronuncia ao fechar a mochila com spray de tinta e mais umas coisa, dessa vez iria usar apenas os sprays.

No caminho á delegacia civil foi pensando em tudo que Yumi lhe falou e como aquilo tinha mexido com sua cabeça.

-Bom vamos começar com isso... - diz ao chegar no seu destino e ao perceber estar só na noite escura de quinta-feira. YoonGi tira um spray de dentro da mochila, na cor preta e segue em direção a parede lateral esquerda do prédio da polícia. - Vamos ver... O que eu posso fazer? - coloca a mão em seu queixo tentando pensar em algo - Já sei! - exclama após ter uma ideia. Então ele começa com sua obra de arte - assim denominada por Suga.
-EI, VOCÊ! PARADO AI! - um policial grita ao ver o que o garoto estava fazendo. - Se correr será pior, moleque! - se aproxima de YoonGi, já preparando suas algemas de metal. - Vamos ver se agora você irá fugir, Suga! - se aproxima do garoto já colocando suas mãos para trás e o algemando. - E cadê aquela sua parceira? A Yumi, aquela gata! - sussurra no ouvido de YoonGi, fazendo o mesmo se debater ao ouvir coisas da garota que gosta.
-Nunca mas, a chame assim... - falou rangendo os dentes em raiva - Ou você será um homem sem emprego.
-Melhor tomar cuidado com as palavras garoto, eu sou um policial e você um muleque que pratica vandalismo... Quem será que sai ganhando? - pronuncia levando o garoto para dentro da delegacia.
-O máximo que vou levar é detenção de um mês a seis meses ou multa... Ou pensa que não conheço as leis?
-Acha que não sei que está fazendo faculdade para ser um policial como eu?!
-Como você não, você é lixo. Eu vou ser um policial que não chama as amigas dos outros de gata e insinua com tom de voz sexual. Babaca!

•••

-YoonGi, onde você 'tá? - Yumi pronúncia preocupada do outro lado da linha.
-Delegacia, me pegaram me divertindo aqui do lado!
-VOCÊ NÃO FEZ ISSO... Eu te odeio YoonGi.
-Não fale isso, já lhe falei.
-Você sabe que eu não tenho ninguém desde a entrada do policial Lee aí.
-Ele vai pagar por tudo e eu vou ser quem irá por ele nas grades! - "Vamos Min, seu tempo está se esgotando!", um policial fala ao ver seu tempo acabando para usar o telefone. - Volto em seis meses, beijo e se cuida. - ao terminar a fala a ligação cai só se ouvido o barulho chato feito pelo telefone.
-Senhor Jung, cuida dela pra mim... Você sabe o quanto o Lee é obsessivo por ela! - fala ao policial, seu amigo.
-Pode deixar garoto... - da tapinhas em suas costas o levando até o carro que o levaria onde ficaria hospedado até sua detenção acabar.

•••

-Sabe YoonGi, será que o policial Lee está aproveitando bem aquela sua parceira? - um garoto de detenção pronuncia ao dar seu segundo soco no estômago do Min. - Ela deve estar rindo da sua cara... Como é um idiota por ela. - desfere um terceiro soco.
-V-vai s-e fuder! -xinga Suga, mas logo gemendo de dor ao sentir um soco em seu rosto sendo jogando no chão.
-Fica aí, que eu vou ir me divertir com a Yumi, YoonGi! - chuta seu estômago.

•••

Após fazer os seis meses de detenção YoonGi é liberado, com alguns machucados por seu rosto pálido e hematomas pelo corpo inteiro.
YoonGi segue em direção ao seu apartamento que dividia com a amiga, até então.

Ao chegar em casa o mesmo abre a porta, encontrando Yumi a dormir no sofá da sala com uma expressão nada relaxada, porém ignorando completamente a amiga e seguindo em direção ao banheiro tomar um banho e relaxar.

-YoonGi? - Yumi grita ao perceber alguém no banheiro.
-Sim. - Suga a responde curto e grosso.
-Posso entrar?
-Não vê que estou tomando banho?
-Não, tem uma porta tampando minha visão! - fala em tom de humor, mas logo percebendo que não ouve humor para o outro. - O que houve lá YoonGi? - fala ao entrar no banheiro, vendo o amigo nú, mas não se importando com isso. - O que são essas marcas? - disse assustada.
-ME DEIXA EM PAZ! - grita o garoto.
-Eu esperei por seis meses notícias suas e você é assim comigo... - disse com os olhos cheios de lágrimas.
-Vai se fingir de coitada pra outro idiota. - sai de dentro do box para empurrar a menina para fora do banheiro. Após o ato a garota se escorregou até chegar ao chão se derramando em lágrimas, até ouvir o chuveiro desligar e correr para seu quarto.

Ao terminar o banho YoonGi entra no quarto ignorando a existência de Yumi.

-YoonGi, você está mesmo fazendo isso? Você está me dando um gelo? - Yumi fala ao notar a situação que se encontra.
-Cala a boca, apenas me deixa em paz, ok? - diz grosso.
-YoonGi, eu não posso te deixar em paz... - diz em tom baixo.
-Você pode e deve!
-Você sabia que eu te amo? Você não se importa nenhum pouco comigo? - se declara, ficando com as bochechas rosadas e um YoonGi afetado pela declaração.
-Você não pode me amar.
-Por quê? - responde decepcionada.
-Porque eu tenho medo...
-Medo do quê? - fala sem entender nada.
-Medo de me tornar um... Um MONSTRO!
-Como assim YoonGi?
-Porque talvez... Eu me torne um monstro por amar você!
-POR QUÊ? QUEM FALOU ISSO PRA VOCÊ? - tudo continua no silêncio após a fala acabada. - FALA YOONGI.
-Cansei dessa porra... - fala e se aproxima rapidamente da garota a beijando.

O selar de bocas era tranquilo, calmo, sem pressa alguma. Mas logo Yumi tratou de apressa ló, pedindo passagem com a língua - que foi aceita de imediato -, levando sua mão aos cabelos recém-pintados de loiro. YoonGi levou suas duas mãos para o lado da cintura de Yumi.

-Sei que nesse momento os policiais devem estar vindo neste momento pra cá, mas aceita namorar comigo? - Yumi diz ao separar o beijo.
-Como assim a polícia vindo pra cá? 
-Durante o dia de hoje eu fiz uma coisa... Mas isso é assunto pra outra hora. Então aceita ou não? 
-Lógico que aceito! Mas o que a gente faz agora?
-Arruma suas coisas e vamos pra Denver*... Comprei uma passagem pra mim e bem, comprei uma pra você caso você aceitasse ir comigo...
-E suas coisas?
-Então arrumadas faz uma duas e pouco... Só estava esperando por você!
-Você me ajuda?

(Denver*=Capital de Colorado E.U.A)

•••

Lá estavam eles, Yumi e YoonGi indo em direção ao avião que os levaria a Danver, imaginando como os policiais deveriam estar ao ver que não estariam mas lá.

-Onde eles estão? Onde ela está? - o líder daquela missão pronuncia.
-Eles não estão aqui... Figuram! - um policial diz ao entrar no quarto e ver roupas faltando no armário.
-DROGA! - o líder bate na mesa de madeira com raiva. - Mandem fechar todos os aeroportos e rodoviárias, não quero que essa garota saia deste país.

•••

-Não vai me contar o que aconteceu pra gente ter que fugir da Coréia?
-Na hora certa te conto, querido! - dá um selinho no mesmo.

•••

-Eu vós declaro marido e mulher, pode beijar a noiva!

E então Sr.Min e Sra.Min se beijam, findando um destino como marido e mulher, tendo uma criança na barriga de Sra.Min.


Notas Finais


Irei postar a spin-off após esse ser postado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...