História YoonSeok: You're... - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga)
Tags Hoseok, Obra De Nina, Sope, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 165
Palavras 853
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Você é meu problema agora

Capítulo 15 - You're my problem now


Na hora de sair do colo de Yoongi, eu corri para o banheiro. 

- Você é tão estúpido, Jung Hoseok... Puta que pariu...

- Hyung!

- Kook - Choramingo e o menor me abraça - Me dá um tiro, por favor... Não quero olhar na cara dele novamente... O dia foi horrível... Primeiro, eu tenho um sonho erótico com ele... Depois ele me vê apenas de boxer no quarto e agora isso! Hoje não é mesmo o meu dia.

- Tá tudo bem, Hobi... O Yoongi apenas tá...

- Rindo descontroladamente de mim neste instante?

- Tipo isso.

Faço cara de choro e Jungkook afaga meu cabelo.

- Sou tão estúpido...

- Só um pouquinho...

- Você não está ajudando, Jungkook.

- Vai ficar tudo bem, oras. Não tem como tu superar o constrangimento de hoje.

- Me leva pra casa, é sério! Eu te imploro!

Jungkook me ajuda a levantar do chão. Traçamos o caminho para casa sozinhos.

Durante o trajeto, eu envio mensagem para Hoberta, dizendo que iria para casa após aquilo. Até ela achou melhor. 

É oficial agora: Nunca mais vou conseguir olhar na cara de Yoongi.

>>>

Abro os olhos e já escureceu. Jungkook está abraçado em mim. Eu somente sorrio para o mais novo, pois ele era tão cuidadoso comigo, nem parecia que o mais velho aqui sou eu.

Ouço um barulho vindo do andar de baixo e me solto de Jeon sutilmente. Levanto da cama e calço minha pantufa super hétero. Os gritos me assustam. O que está rolando lá embaixo?

- Você está dando mole pra porra do meu irmão! Acha que eu não percebi, Yoongi?! Eu não sou trouxa!

- Não justifica você ter beijado outro cara na minha frente!

- Me poupe, Yoongi! Eu nem conhecia aquele cara! Foi apenas para me vingar de você!

- Se vingar de mim? Pelo que? Eu não fiz nada!

- Poderia ter empurrado o Hobi! Era simples! Mas você o abraçou! Você dá mais atenção pra ele do que pra mim! No lugar de me olhar, você está sempre olhando para ele! Você parece só ter olhos para o Hobi! Eu sou a sua namorada! 

- Não é mais! Você beijou outro cara por culpa de um ciúmes idiota, Hoberta! Que tipo de namorada sensata faz isso?

- Eu faço!

- Ridículo! Eu te amo, mas não dá assim.

Me agacho perto da escada e Yoongi passa reto, saindo pela porta.

- O que houve, mana? - pergunto após a saída do mais velho.

- Nada, Hobi.

- Vocês terminaram?

- Isso não tem a ver com a tua vida!

Ela me empurra e eu facilmente caio, pois ainda estava agachado quando ela se aproximou de mim.

- Quer defender ele? Pode ir. Aproveita que a mamãe e o papai estão no trabalho, e vaza. 

Encaro o chão, pensativo e me levanto.

- Vou atrás dele.

- Vá em frente. 

Pego as chaves de cima do balcão e bato a porta. Ele não deve ter ido longe. Não acredito que eu destruí o namoro deles. Yoongi deve estar se sentindo péssimo. Eu sei como ele amava Hoberta incondicionalmente.

>>>

- YOONGI! QUE MERDA! SEU IDIOTA! AONDE VOCÊ SE METEU? FILHO DA PUTA!

São quase duas da madrugada e eu ainda estou na rua. Eu sei que ele não voltou para casa, pois a casa dele é do outro lado da cidade e hoje ele não estava de carro.

- Não posso ficar em paz nem agora?

Me viro e o encontro sentado na calçada em frente da casa do Jin. 

- Que merda aconteceu com você e a Hoberta?

Me sento ao seu lado.

- Quando saímos do cinema, ela agarrou um cara e o beijou na minha frente. Ela tava muito irritada por eu não ter te empurrado quando subiu no meu colo.

Coro e encaro o chão.

- Me desculpa...

- A culpa nem foi sua. Ela foi infantil em fazer aquilo pelo seu ciúmes infantil.

Assinto. 

Yoongi segura minha mão. Ele está frio.

- A sua mão tá quentinha...

Sorrio pela sua fala.

- Não posso dizer a mesma coisa da sua - digo e ele ri - Sinto muito pelo relacionamento de vocês... Eu sei o quanto a amava...

- Eu ainda amo, sabe? Mas se ela vai beijar outro cara sempre que sentir ciúmes, será ridículo demais...

- Me perdoa mesmo.

Yoongi me abraça.

- Você não tem culpa, Hobi. Obrigado por se importar e ter vindo até mim. 

Abraço-o de volta.

- Não se sinta mal, por favor.

- Vou tentar.

Seguro em seus ombros e o encaro firme.

- Prometo estar aqui por você, então não se sinta mal. Hoberta é meio infantil às vezes e impulsiva também.

Ele assente.

- Você tem aonde dormir?

- Não. Eu ia dormir com a Hoberta.

Respiro fundo.

- Fica no meu quarto. O Jungkook tá lá, mas nem vai se importar. É o mínimo que eu posso fazer, eu acho.

Ele sorri e isso aquece meu peito. 

Próximo passo é não ter um sonho erótico hoje porque Jungkook e Yoongi vão ouvir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...