1. Spirit Fanfics >
  2. You >
  3. Beyond What The Eyes Can See

História You - Capítulo 12


Escrita por: AnaGabii_ e naruhinashipper

Notas do Autor


Oie!!

Eu e a @naruhinashipper fizemos o máximo possível para entregar esse capítulo hoje.

Aproveitem o capítulo!!💕🦋

Capítulo 12 - Beyond What The Eyes Can See


Fanfic / Fanfiction You - Capítulo 12 - Beyond What The Eyes Can See

Capítulo- Beyond What The Eyes Can See


O que eu faria sem a sua arrogância

Me atraindo, mas você me afastando

Minha cabeça está girando, sério, eu não consigo te decifrar

O que está acontecendo nessa mente linda?

Estou em sua jornada mágica e misteriosa

E eu estou tão tonto, não sei o que me atingiu, mas eu ficarei bem

Minha cabeça está debaixo d'água

Mas estou respirando bem

Você é louca e eu estou fora de mim

Porque tudo de mim

Ama tudo de você

Amo as suas curvas e seus contornos

Todas as suas imperfeições perfeitas

Me dê tudo de você

Eu darei tudo de mim para você

Você é o meu fim e o meu começo

Mesmo quando eu perco estou ganhando

Porque eu te dou tudo de mim

E você me dá tudo de você

Quantas vezes eu tenho que te dizer

Mesmo chorando você é linda também

O mundo está te castigando, eu estou por perto acompanhando tudo

Você é minha ruína, você é minha musa

Minha pior distração, meu ritmo e minha melodia

Eu não posso parar de cantar, está tocando, em minha mente para você

Minha cabeça está debaixo de água

Mas eu estou respirando bem

Você está louca e eu estou fora de mim

Porque tudo de mim

Ama tudo de você

Ama as suas curvas e seus contornos

Todas as suas imperfeições perfeitas

Me dê tudo de você

Eu darei tudo de mim para você

Você é o meu fim e o meu começo

Mesmo quando eu perder estarei ganhando

Porque eu te dou tudo de mim

E você me dá tudo de você

Me dá tudo de você

Cartas na mesa, nós dois estamos mostrando corações

Arriscando tudo, embora seja difícil

Porque tudo de mim

Ama tudo de você

Amo as suas curvas e seus contornos

Todas as suas imperfeições perfeitas

Me dê tudo de você

Eu darei tudo de mim para você

Você é o meu fim e o meu começo

Mesmo quando eu perder estarei ganhando

Porque eu te dou tudo de mim

E você me dá tudo de você

Eu lhe dou tudo de mim

E você me dá tudo, tudo


All of me -Jonh Legend


Naruto



Meu coração estava aliviado em saber que agora Hinata estava comigo novamente, evitei em encara-la quando ela saiu daquele carro para que não percebessem o quanto eu estava preocupado e aflito, a segurança dela era o que mais importava para mim.

- Canadá. - Pain falou depois que Hinata entrou no carro. O plano de Shikamaru tinha que funcionar.

- Que seja. - peguei meu telefone e coloquei no viva voz, um amigo que era de muitos anos e pouco conhecido fazer esse favor pra mim.

- Fala Naruto. - atendeu Utakata.

- Sabe aquele favor de deixar os membros da Akatsuki entrarem no Canadá?

- Ainda com essa idéia? - perguntou.

- Digamos que eles fizeram a gentileza de devolver o que me pertence. - revirei os olhos. - metade do Canadá é deles.

- Você é louco, mas se é assim que você quer. - desligou.


O celular de Pain notificou e ele foi como doido olhar o que era, esse tempo foi o que Kankuro precisou pra entrar no sistema de celular do idiota na minha frente e mandar notificações falsas. Agora Pain estava recebendo notificações de transações que nunca aconteceram mas isso ele só descobriria quando chegasse em casa.

- Foi bom fazer negócios com você, Naruto. - Pain disse sem tirar os olhos do celular.

- Diga a vadia da sua mulher que ainda tenho assuntos a tratar com ela. - Pain não disse nada apenas me encarou. - e que você não vai me impedir porque sabe que não conseguiria.

Bem depois que voltei para o carro e ouvi aquelas palavras duras de Hinata porém merecidas estava sentado encarando ela no jatinho, pedi pra aeromoça me trazer uma bacia com um pouco de água, esparadrapo, curativos e remédio para dor. Ela saiu sem me questionar.


- Vamos conversar Hinata. - disse calmamente.


Eu via em seu rosto que ela estava assustada, pagava de durona apenas para não demonstrar a dor que sentia e provocar qualquer descontrole meu.

- Vamos conversar Naruto. - falou ela com seu olhar cortante. - O que você quer falar? o tanto que mentiu pra mim? Que a quebra do contrato vai fazer com que eu seja presa? ou em como você ta em minhas mãos pois não pode fazer nada pelo meu sobrenome Hyuuga.

- Quero falar sobre tudo isso. - Suspirei. A aeromoça chegou com tudo o que eu pedi, levantei minhas mangas e me ajoelhei perante ela.

- Não quero que me ajude. - ela disse olhando pela janela mas com os olhos lacrimejados.

- Se eu não tratar disso agora Hinata vai infeccionar. - expliquei tranquilamente. - e se você morrer eu me mataria depois de matar todos que fizeram isso com você e até minha própria equipe. - peguei gentilmente no braço dela. - posso?


O Jatinho só voaria quando eu mandasse ou seja depois de terminar de fazer os curativos da minha garota. Primeiro molhei todo seu braço e onde estava roxo e machucado.


- Você vem da família Hyuuga. - eu dizia enquanto cuidava dela. - sua família paterna tem uma máfia enorme na China, fomos para a Rússia na esperança de ver Neji Hyuuga, seu primo.

- Nada foi de verdade? - ela perguntou.

- Eu senti tudo de verdade. - disse encarando seus olhos para ela ver que não estava mentindo. - me interessei por você quando vi suas fotos que a Chyio me mandou mas até então não sabia de nada. Nós nos relacionamos e quando te vi pela primeira vez fiquei com a reação de um menino de 10 anos quando ver uma mulher nua na capa da playboy pela primeira vez.

Ela gemeu um pouco pelo ardor do remédio e dei um beijo no lugar, fazendo ela se acalmar.

- Eu posso dizer que me apaixonei pelo seu corpo na tela do meu computador, mas frente a frente a única coisa que chamou minha atenção foi seus olhos. - eu sorri. - Por que acha que eu sempre peço pra que mantenha seus olhos abertos quando transamos?

"Aos poucos eu fui me apaixonando, ficava feliz quando te dava um presente e via sua animação, quando você fazia birra sempre que algo saía dos seus planos e fiquei feliz ao ver sua felicidade quando passou na universidade que você sempre quis. Minha reação não foi boa pois tive medo de perder mas quando você falou que me amava na Rússia eu sabia que podia confiar em você.

Porém nosso paraíso acabou há um mês atrás, estávamos bem demais Hinata então comecei a perceber que estávamos sendo espionados. Pedi para um dos meus homens, o Nara, investigar isso pra mim e soube que estávamos sendo investigados pela máfia Russa e pensei " o que eles devem ta querendo comigo?" E só me veio você, porque você sua mãe e Russa, então foi pra Itália e conheceu seu pai lá.

Procurei tudo sobre você, sua mãe e seus antepassados, absolutamente tudo e então encontrei seu pai." respirei fundo.

Os machucados nela depois de cuidados parecia muito melhor, em breve sua pele se fecharia. Peguei os comprimidos analgésicos e entreguei para ela.

- Você quer saber quem é seu pai? - perguntei.

- Agora não. - ela disse com a voz rouca. - Naruto eu tenho uma pergunta e quero que você seja bem sincero comigo. A sua resposta vai definir se vamos ficar juntos ou se vou embora.

- Sempre.

- O que você sente por mim? - ela perguntou.

Demorei para responder, ela ja estava impaciente, se eu dissesse em voz alta eu teria que assumir todas minhas ações mas olha o que não assumir causou. Querendo ou não eu era o culpado dela estar assim, pois se eu tivesse sido sincero antes...

- Eu me sinto vivo. - falei simplesmente. –-No mundo que eu faço parte Hinata, não podemos demonstrar sentimentos. - respirei fundo. - esses sete dias longe de você Hinata fizeram com que eu me destruísse quando estava sozinho mas tive que me manter erguido pois sabia que se eu mostrasse minha vulnerabilidade eu nunca a teria de volta. E não sei se você percebeu mas eu sou louco por você. Não me importo de qual família você venha pois sei que no fim de tudo isso você vai ser a mulher que para na minha cama todas as noites. Hinata Uzumaki e isso não vai mudar.

- Naruto...

- Não vai mudar porque...- aquelas palavras nunca dirigidas a ninguém e agora estavam pulando pela minha boca. - Porque eu te amo Hinata.

Hinata deu um sorriso fraco.

- Não me deixe de escanteio. - ela disse normal. - ou então vamos repetir esse discurso de ir embora mais uma vez mas agora, eu só quero um bom banho e nossa casa.

- Como quiser meu amor.

Peguei ela delicadamente pelos meus braços, a ergui e a tirei dali. Ela me abraçou e chorou baixinho mas não de tristeza ela estava feliz por ser reconhecida e por estar comigo novamente.

- Vou pedir lamen pra gente hoje. - falei e ela riu.



•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••




Estou determinado a casar Naruto com Fuka, o pai dela e Kenichi Shinoda conhecido como Shinobu Tsukasa é o atual líder do Yamaguchi-gumi, o chefe da Yakuza ou máfia japonesa, preciso ter cuidado eles não são muitos amigáveis.


Naruto, está com a Hyuuga mais Hiashi não vai aceitar, e vai querer guerra. Hiashi ja tem planos para sua filha com os Sicilianos, tem grande parceira com eles. Temos mais parceria praticamente cinco das 10 máfias mais poderosas do mundo.


Os amigos mais próximos de Naruto, são herdeiros então não prescisa me preocupar, Ukataka da Jamaica, Gaara e Kankuro da Sérvia, saíram da asa de Rasa por o acharem o controlador, mais Gaara e o próximo mesmo sendo o mais novo, Kiba faz parte da mexicana, enquanto Shino da Colômbia. Shikamaru Nara e de longe o mais inteligente de todos , podia ser líder de alguma família, mais dize que da muito trabalho. Sasuke Uchiha e outra coisa para se lidar, Fuzileiro Naval e ex-atirador de elite dos EUA.


Naruto sequer sabe onde eu e sua mãe estamos, as Maldivas são realmente incrível, mais devo dizer que me surpreendi, Hinata seria perfeita, mais se sua familia não fosse tão aliada do sicilianos, eles são chamados de Otsutsuki na Italia. Tivemos desentendimentos por parte deles.


Mais sei que Naruto não vai aceitar fácil, deu a porcaria da metade do Canadá pra Akatsuki , só pra ter a Hyuuga de volta, sinceramente ele deu um tiro no pé. Hiashi já me encheu a paciência, pra entregar sua herdeira, vai ser uma imensa dor de cabeça convecer Naruto a entrega-lá e depois falar de Fuka.


Kushina eu nos casamos por pura conveniência, e Naruto vai aprender a conviver com Fuka, Kushina não aceitou muito bem, e bem pro contrato ser desfeito, precisamos entrar em disputa de território e matamos todos eles. Naruto não seria capaz de travar uma guerra por conta de suas infantilidades.


Se Naruto não quiser, vou ter que por ele contra a parede, já sei tudo pro Shikamaru, ele e adotado, seu pai era uma grande amigo e um excelente conselheiro, quando Shikamaru tinha 2 anos saíram em direção ao aeroporto e quando já estava sobre as nuvens , infelizmente deu uma tempestade forte e o avião caiu. Então o criamos como se fosse nosso filho. O Shikamaru se parece comigo, calmo e paciente, Naruto pode-se dizer que um furacão, igual a Kushina.


Rio sozinho, sinto que meus garotos vão sofrer!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...