1. Spirit Fanfics >
  2. Yoü And I >
  3. Conhecendo a Chefe

História Yoü And I - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Conhecendo a Chefe


Fanfic / Fanfiction Yoü And I - Capítulo 2 - Conhecendo a Chefe

Acordei por volta das 06 horas, teria um novo trabalho pra fazer, hoje era dia de gravar um videoclipe com a cantora famosa Lady Gaga, eu já tinha ouvido falar, até mesmo escutar suas músicas, ela era uma mulher totalmente diferente, diria que a sociedade iria impor ela de "esquisita ou satânica" achava engraçado as vezes, se você era normal demais era taxado de sem graça, muito quieto santo, eu não entendia muito o que as pessoas queriam uma das outras.
Preparei um banho, e logo fiz o necessário, eu precisava chegar cedo para que não tivesse problemas tão rápido com a chefe e o seu diretor. Coloquei uma camisa branca social básica, junto com minha calça jeans escura, calcei meus sapatos pretos e então caminhei até o banheiro para arrumar meu cabelo, ele não estava difícil de arrumar depois que escolhi deixar o mesmo curto.

Talvez a ansiedade tivesse me ajudado a ficar sem nenhuma fome, então acabei não tomando café e me dirigindo até meu carro que estava estacionado perto de onde eu estava. Após ligar o carro e começar a seguir minha estrada, liguei a rádio, e era engraçado a tamanha coincidência de estar tocando a música da Lady Gaga, e eu estar indo me encontrar com ela nesse momento.
Poker Face soava por todo o carro, enquanto eu batia meus dedos as vezes no volante ao som da música. Eu não pude deixar de notar várias vezes que Lady Gaga era muito bonita, tinha um corpo incrível, sua voz era linda, seus olhos eram verdes da cor de algumas águas cristalinas, sua boca era na qual me chamava mais atenção, seus lábios carnudos, acho que qualquer pessoa desejava beija-los.

"Eu quero sair com ele, seremos um casal durão
Um joguinho de azar é divertido quando você está comigo (eu amo isso)
Roleta Russa não é a mesma coisa sem uma arma
E, querido, se o amor não for violento, não é divertido, divertido
...
Oh, oh, oh, oh, oh
Oh, oh, oh, oh, oh, oh
Eu vou deixá-lo excitado
Mostrar o que eu tenho"


-Taylor Kinney! -um homem me cumprimenta assim que saio do carro-
-Prazer, ahn...
-Troy... Troy Carter e empresário da Lady Gaga! -ele aperta minha mão-
-Ah sim claro, é que nunca tínhamos se visto pessoalmente.
-Tudo bem querido, você já sabe o que deve fazer né? Leu o script?
-Sim claro, mesmo que eu ache algumas coisas meio fora do contexto é...
-Você só precisa agir como está escrito, não ficar se perguntando se tem algo certo ou errado. -ele da de ombros-
-Tudo bem, me desculpe.
-Então vamos conhecer a sua chefe! -ele ri- Ela não é muito humorada não, então sem gracinhas.
-Pode deixar.

Acompanho ele por todo o local, até avistar um trailer enorme, ele me apresenta para várias pessoas, aparentemente todas trabalham por aqui, sem excessão de nenhuma. O sol hoje estava no alto, quente, até demais, eu serrava meus olhos por causa da grande quantidade de luz que tinha. Coloquei a mão acima da testa, tentando fazer sombra para eles, mas nada resolvia, acho que no dia de hoje era difícil parar a quantidade imensa de calor que fazia.
Confesso que achei Troy um pouco rude e ignorante, talvez até tenha sido impressão só, ou porque o mesmo estava ansioso para que tudo desse certo. O que eu li no script era algo bizarro, sem entendimento, não tinha conclusão, eu só sabia que faria experimentos com Gaga, não sei, era confuso demais, eu evitei tentar entender, mas iria fazer o meu melhor para que tudo desse certo. Troy me puxou para dentro do trailer, enquanto eu tirava as mãos do rosto e pude ver ali Lady Gaga sentada em sua cadeira de maquiagem.

-Gaga! -Troy a chama-
-Sim. -ela gira a cadeira até mim-
-Esse é o Taylor Kinney!
-Prazer, Kinney, Gaga! -ela estende sua mão pra mim-
-É um prazer Gaga. -ela era tão bonita que não pude notar sua beleza- Um prazer imenso -aperto sua mão-
-Então você já leu o script não é? Sabe o que tem de fazer?!
-Sim, sim. Eu sei.
-Tudo certo então, confio no seu potencial Kinney! Espero que esteja pronto pra contracenar comigo.
-Pode confiar, eu estou preparado. -falo enquanto a olho-
-Isso é ótimo! -ela sorri- Então Troy vai levar você pra se arrumar.
-Exatamente, só queria te apresentar o Taylor mesmo.
-Foi ótimo te conhece Kinney. -ela gira a cadeira de volta-
-Então vamos Taylor, seu trailer fica aqui atrás. -ele desce as escadas do trailer-
-Ele é bem bonito! -escuto a voz de uma mulher enquanto saio-
-Taylor?
-Ah, desculpa! Trailer ali atrás.
-Sim exatamente, tem uma equipe pronta a te ajudar com tudo lá dentro. Se precisar de alguma coisa, não chame por mim. -ele ri-
-Ah tá okay, obrigado.

Caminho até o trailer, paro um pouco na porta, e escuto ainda mais risadas do trailer de Gaga, abro a porta e entro no trailer, encontro uma equipe pronta pra me atender, logo me sentam na cadeira e começam a me arrumar, eu tento me relaxar um pouco, mas a ansiedade estava no pico hoje. Me levantei depois de um tempo, me espreguicei um pouco, e deixei o trailer todo pronto.
Primeira cena, na qual Gaga estava sentada na banheira vestida de sereia, enquanto eu vestida apenas um pequeno short, em uma das cenas eu estaria apenas coberto por um lençol, onde nós dois estariamos numa cena um tanto quente. Entrei no estúdio de gravação, e encontrei já Gaga sentada na banheira, a água batia até abaixo do seu quadril, enquanto ela apoiava a falsa calda na beirada da banheira.

Então estavamos encenando, me posicionei em cima de Gaga, enquanto minha boca ia até seu pescoço, lhe dando alguns beijos, meu corpo se esfregava ao dela, conforme passava a cena, confesso que fiquei um pouco excitado com essa situação, mas eu deveria ser mais profissional, então não me deixei levar tanto, até que por fim a cena se encerrou, eu me levantei rapidamente de cima dela, e corri até o banheiro mais próximo.
Gaga era linda, tinha um jeito que encantava qualquer um, mas que chances eu teria de sair com uma mulher dessas, nenhuma! Joguei uma água no rosto, ajeitei minha intimidade na box e então voltei até onde estávamos, Gaga já não estava mais ali, talvez ela já estaria se arrumando pra próxima cena, então subi até meu trailer e comecei a me preparar, para que logo pudéssemos terminar, e eu ter certa coragem de dizer algo pra ela, que não fosse estúpido.



Faríamos a cena de um casal, recém casados, Gaga estava vestida de noiva, e parecia um cadáver, estava completamente branca, sem cor nenhuma, enquanto brincava um pouco com sua maquiadora que lhe dava uns tapas com o pó nas bochechas. Eu ajeitava meu terno, enquanto a minha maquiadora dava um jeito em mim também, Gaga queria que fosse o mais perfeito possível, ela me encarou por um instante e então foi até o lugar onde gravariamos, um fundo todo preto, e só nós dois ali, de branco.

-Gravando! -escutamos o diretor-

Estávamos tão próximos, prestes a dar um beijo técnico, mas eu simplesmente não pude evitar de olhar tanto prós seus olhos e pra sua boca, que acabei me deixando levar pela cena de romance, vários beijos no queixo, e quando cheguei ao seus lábios, lhe dei um beijo, mas não um técnico, um real, daqueles que deixavam escapar que nada dali seria falso.
Gaga me empurrou olhando pra mim, e me acertou em cheio com o tapa na cara, ela virou as costas pra mim e saiu andando, todos ficaram sem entender sobre o que havia acontecido, eu tentei sorrir pra disfarçar, passei a mão no rosto tentando aliviar um pouco a ardência do seu tapa, enquanto me encostava na parede. Avistei Troy vindo em minha direção, ele parecia um tanto nervoso, tá, eu sei que errei, sei que não deveria, mas não consegui me conter.

-Kinney! -ele me chama- Qual foi o problema? Porque Gaga te deu um tapa.
-Achei que fazia parte do script dela, não sabia que ia terminar assim. -ri-
-Não venha com palhaçada, o seu script e o dela são iguais!
-Tá, tudo bem...
-Olha, estamos gravando a última cena com você! Sabe que se ela desistir em questão a você Kinney, sabe que teremos que gravar tudo isso de novo, não sabe?
-Eu sei.
-Então faça por onde, seja profissional! -ele berra-
-Mas eu estou sendo, não deixei de ser profissional em nenhum momento aqui! -me irrito-
-Eu só quero saber que merda que houve aqui!
-Nada Troy. -escutamos a voz de Gaga- Está tudo certo, vamos voltar.
-Que tapa foi aquele?
-Não foi nada, okay? Vamos continuar!
-Tudo bem, se é você que quer assim...

Troy saiu, e ela se posicionou aonde estávamos na primeira vez, desencostei da parede passando a mão no rosto mais uma vez, e caminhei até ela devagar. O diretor começou a gravar de novo, o mesmo processo, olhares por olhares, beijo sua mão, levanto o véu que estava no seu rosto, seguro seu maxilar, enquanto me aproximo, eu novamente não resisto, sinto sua respiração muito próxima da minha, ela então logo se aproximou delicadamente, e de novo eu a beijei de verdade, ela correspondeu, o que eu achei extremamente estranho naquele momento.
Primeiro um tapa depois do primeiro beijo, agora ela realmente gostou, e não me bateu, isso era diferente. A cena foi terminada, Gaga não me disse nada e saiu, então fiz o mesmo, voltando pro meu trailer, assim que cheguei lá, tirei toda a minha roupa, e entrei no chuveiro, precisava tirar toda essa maquiagem e o grude que eu estava sentindo depois de entrar naquela banheira. Escutei algumas batidas na porta do meu trailer, amarrei a toalha na cintura, e então fui até a porta abrindo novamente, era Gaga, ela já estava vestida sem nada do figurino.

-Se você me beijar de novo daquele jeito, eu vou fazer coisa pior! -ela me olha-
-Mas quem me beijou depois foi você. -eu ri-
-Porque eu quis! Agora você me beijou a força!
-Ah é? E quando você quer você pode, e quando eu quero não?
-Claro que não! Não seja ridículo.
-Eu não sou, okay? Desculpa por isso, eu deveria ter me controlado.
-Tudo bem. -ela suspira- E diz pro seu amigo de baixo ser um pouco mais discreto! -ela se vira e sai-
-Você é esquisita. -dou risada enquanto falo baixo-

Fecho a porta do trailer enquanto volto pra me trocar, coloco minha roupa de quando cheguei, arrumo meu cabelo e desço do trailer, encontro todo mundo que trabalhou conosco, todos conversavam ou brincavam sobre alguma coisa, eu me encostei no meu trailer, enquanto observava tudo por lá. Gaga estava com sua amiga e o empresário do lado. Ela dançava as vezes, enquanto bebia sua cerveja, até que ela parou olhando pra mim, e virou de novo, comentando alguma coisa na orelha de Troy.

"Observando a vida através da janela
Ela encontra o furtivo vagabundo
Ele tosse enquanto ela passa no seu Ford Mustang, mas
Deus a livre, ela quer de qualquer jeito
Mas o esquisito, e outros como ele, tudo por nada
Ela pisa em falso e corta a mão, mas
Fingindo não ser nada, ele voa como uma canção
Ela grita: Para onde foram todos os heróis de papai?
...
A noite toda
Ela deseja o jovem americano
Jovem americano, jovem americano, ela deseja o jovem americano
É isso aí
Ela deseja o jovem americano"


"Young Americans" de David Bowie tocava, a música da uma pausa enquanto Troy fica na frente de todo mundo junto com Gaga ao lado, ela da mais um gole na cerveja, enquanto eu a observo de longe, olha as unhas, mexe no cabelo, não consegue ficar parada por nenhum minuto, acho a cena engraçada, solto um sorriso, e talvez ela tenha percebido, porque seus olhos me encararam.

-Só queriamos agradecer pelo trabalho de todos vocês!
-E... -Gaga atrapalha- Obrigada por sempre tirarem um tempo pra cuidar de mim, e de tudo por aqui. Tenho certeza que esse videoclipe saiu perfeito, porque confio na capacidade de cada um de vocês! Obrigada por tudo sério.
-Então hoje é dia de curtir um pouco, mas sem muitos exageros! -Troy ri-
-Claro que temos que exagerar! Hoje é só comemoração!

Gaga volta a conversar com sua maquiadora, enquanto me retiro do lugar, preferi voltar para o hotel, eu estava cansado e precisando só dá minha cama nada mais. Abro o carro e então entro nele, escuto uma batida na lataria do carro e então olho pra trás e vejo Gaga, ela estava vindo na minha direção, desligo o carro e abro o vidro. Ela se encosta na janela e me olha, balança a cerveja e dá um gole.

-Não vai ficar?
-Não, eu preciso voltar pro hotel.
-Hm, tem namorada te esperando então?
-Não é isso, só quero descansar.
-Então quer dizer que tá cansado de mim?
-Ah meu Deus, não. -dou risada-
-O que é que tá tão engraçado? -ela levanta a sobrancelha-
-Você, e seu drama.
-Posso ir pro hotel com você?
-Que? -olho pra ela sem entender- Você tá bêbada não tá?
-Só um pouco. Mas não é muito. -ela ri- Vamos, deixa eu entrar ai.
-Gaga é melhor você voltar pra festa.
-De jeito nenhum, só se você voltar comigo.
-Ah então você tá ai! -escuto a voz de uma mulher-
-Porra Tara! -ela reclama-
-O que foi? Atrapalhei?
-Não. -eu ri- É melhor levar ela de volta pra festa, antes que peça pra ir pro hotel com mais alguém.
-Ela fez isso? -a tal Tara olha surpresa- Vamos logo Gaga.
-Então me dá um beijinho Kinney, igual aquele da cena. -ela coloca a cabeça pra dentro do carro-
-Você é engraçada bêbada! -eu ri-
-Só saio daqui se você me beijar.
-Gaga...

Fui interrompido pelo seu beijo estalado, ela tira a cabeça da janela e abraça Tara, vejo que ela estava vermelha, então Tara a puxa de volta pra festa. Olho pelo retrovisor e elas estão caminhando até lá, ligo o carro e volto a dirigir, Gaga é atrevida, e quer o que ela deseja na hora, se não for assim, ela dá um jeitinho, igual fez pra tirar um beijo de mim, ela era quente e eu adorava seu jeitinho.




Notas Finais


espero que tenham gostado, obrigada por ler ♥️|


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...