História You and I - Capítulo 114


Escrita por:

Postado
Categorias Behati Prinsloo, Candice Swanepoel, Justin Bieber, Kendall Jenner, Maluma, Max Irons, One Direction, Paul Wesley, Paulo Dybala
Personagens Candice Swanepoel, Harry Styles
Tags Candice, Harry, Romance
Visualizações 72
Palavras 2.758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 114 - Cap. 114


HARRY POV’s

 

Parece que Candice comentou com Zayn ou ele adivinhou o pior dia pra estar aqui, Behati não chegou até agora e o colega que anda rondando minha ex mulher chegou cedo. 

 

Eles mais uma vez estão no quarto, acho que ela ainda nem pôde se trocar de tão cedo que ele apareceu. Eu pedi pra governanta levar o café dela, e só percebi depois as duas xícaras na bandeja, achei desnecessário servir Zayn também.

 

Quando o relógio bate nove horas eu começo a ficar impaciente. Mando mensagem pra Behati e ela me avisa que o Anacã quer passar o dia por lá brincando. Eu sei que poderia aproveitar o momento para ir embora, descansar mais e fazer qualquer coisa, mas não darei o braço a torcer tão fácil assim hoje. 

 

Candice ter me mandado dormir ontem em sua cama foi o suficiente pra eu entender que as coisas podem não estar tão feias assim, ela ainda me aceita próximo e dessa vez é questão de tempo até colocarmos todas as cartas na mesa. 

 

Ouço risadas se aproximando e vou pra escada ver o que é. 

 

“O que é isso?” Questiono imediatamente 

 

“Lá em cima estava muito chato” Zayn diz sorridente com Candice no colo 

 

“Você não devia estar de repouso?”   

 

“Não estou fazendo nenhum esforço” Candice ri 

 

Ele a leva pro jardim e os dois se sentam por lá, a governanta me olha rapidamente e eu bufo. 

 

“Vou sair e volto mais tarde, pode deixar o jantar pronto?” Pergunto 

 

“Claro” ela concorda

 

Eu saio sem avisar pra Candice e muito menos pro Zayn, entre o caminho da porta até o carro penso pra onde devo ir e dou a partida sem se quer ter decidido um lugar.

 

CANDICE POV’s

 

Zayn é fantástico, por todas as vezes que veio me visitar ele sempre foi atencioso e tentou fazer com que esse meu tempo parada tivesse alguma utilidade. Já treinamos mais no teclado e conversamos muito sobre o jardim, ele até perguntou se eu queria ir pra piscina, mas preferi ficar sentada olhando tudo.  

 

“Você é incrível.. de verdade. Eu nem imaginava vir aqui pra baixo durante esses dias” 

 

“Aquele quarto é grande, mas não dá pra passar dias e dias morando somente ali” ele ri 

 

“E as musicas, essa sua paciência pra me ensinar.. não sei como vou te agradecer” 

 

“Quando eu precisar ficar em casa de repouso você já sabe pra quem vou recorrer” ele ri e me beija 

 

Eu rio, mas quando sinto os lábios dele no meu a sensação é diferente. 

 

“Aconteceu alguma coisa..?” Ele se afasta um pouco

 

“Não, de jeito nenhum.. “

 

“Tem certeza?” Ele segura minha mão 

 

“Eu.. acho estranho, ele tá ali na sala.. ou na cozinha” admito 

 

“Mas você mesma disse que não seria um problema..” 

 

“Eu sei, desculpa.. é que ontem ele veio me falar umas coisas, chegou a dormir no quarto.. você sabe que tudo é bem complicado agora”

 

Ele suspira. “Ele dormiu com você..?”

 

“Não.. quer dizer, sim, mas foi só porque ele não dorme a noite aqui, ele passa literalmente a madrugada toda andando de um lado e outro do corredor” 

 

“Candice.. eu entendo que ele tem a preocupação dele, mas não esquece do que aconteceu..”

 

“Eu não esqueci, só não concordei com ele passar a noite em claro, sabe? Me incomodou porque eu acho que ele nem deveria estar aqui esse tempo todo, me servindo” 

 

“Ele faz a obrigação dele.. e também não concordo com ele aqui o tempo todo” ele ri 

 

“Isso não devia ser assunto pra agora” rio junto a ele 

 

“Então me promete que não vai tirar o sorriso do rosto quando me beija” Zayn me beija mais uma vez 

 

Nós almoçamos lá fora e depois entramos e ficamos conversando por horas na sala.

 

“Pra ser bem honesto cheguei mais cedo hoje porque tenho que viajar agora, vou gravar umas coisas e isso vai demorar” ele diz

 

“Quando volta?”

 

“Amanhã.. pela tarde, provavelmente”

 

“Certo, então bom trabalho”

 

“Obrigado, mal posso esperar pra voltar e te mostrar alguma coisa já pronta” 

 

“Estou ansiosa” 

 

“Logo, logo estarei de volta” ele se levanta “Vamos, vou te deixar no quarto”

 

“Não precisa, o Paul vem deixar o Anacã mais tarde, peço ajuda, ou até o Harry quando ele voltar.. quero passar mais tempo aqui” digo

 

“Tem certeza?”

 

“Sim, por favor” sorrio 

 

“Claro.. então eu já vou” ele me beija devagar 

 

Mas a porta abre e nós paramos disfarçadamente. Harry para na porta e depois de nos encarar entra direto pra cozinha. 

 

“Tchau..” digo

 

“Tchau” Zayn vai embora.

 

Olho no celular e já são sete da noite, o tempo passou voando com Zayn aqui.

 

Eu me levanto com calma e caminho devagar até a cozinha, Harry está sentado na ilha observando a janela do jardim. Eu ia me aproximar mais, mas ele repousou uma garrafa de cerveja do seu lado e isso me fez parar. 

 

Desde que brigamos em Tulum que rezo pra nunca mais vê-lo bebendo, mas parece que agora é inevitável. 

 

“Harry..” digo e me sento na cadeira alta, esperando que ele se vire pra mim

 

“Você não devia estar caminhando assim..” ele não olha pra mim

 

“Não fiz tanto esforço” 

 

“Então o Zayn voltou e te deixou aqui na cozinha?” Ele continua calmo 

 

“Não, você ouviu ele saindo”

 

 

“É.. Eu ouvi ele entrando também, mais cedo.. ouvi ele tocando, ele rindo na escada, ouvi até ele te beijando agora ha pouco, né” o tom dele ainda é o mesmo 

 

“Ele.. só ta me ajudando” 

 

“Ajudando?” Ele se vira pra mim rapidamente “Ele tá te rondando isso sim, quando o bebê nascer não vai dar nem tempo de você se recuperar e ele vai te penetrar! Isso não é ajuda Candice, não quando ele tem outro interesse.. o que o Zayn faz é investimento. Quem está te ajudando sou eu” 

 

“Ele não é assim Harry, todo mundo sabe que vocês não se dão bem.. mas precisa entender que ele não é um monstro pra outras pessoas. E você também me ajuda.. o que ele faz é só tornar menos monótono, porque é chato passar dia e noite naquele quarto” 

 

“Nossa, ele é maravilhoso mesmo.. mil perdões, o garoto é um príncipe, nunca fez mal a ninguém, pra você muito menos” ele debocha e desce do balcão, coloca a cerveja no lixo e se vira pra mim 

 

“Eu acho melhor você ir embora.. eu tô conseguindo andar bem, já tem uns dias, Paul e a Behati sempre me ajudam quando pode e o Zayn também” 

 

Ele sorri e encara o chão, suspira algumas vezes antes de me da uma resposta e então para e me encara. 

 

“Quer mesmo que eu vá?” 

 

“Eu acho que é melhor, pra evitar mais desentendimento..” explico

 

“Eu me calo então” 

 

“Não sei se é suficiente..”

 

“Não entro mais no seu quarto, só fico pra garantir que você não vá ter mais sangramento.. e se tiver eu posso dirigir até o hospital”

 

“Harry, eu tenho motorista..” 

 

“Caralho Candice!” Ele fala mais alto “Porque não me disse que queria descer?! Era só me pedir que eu teria feito, eu te carregaria por todo o jardim, durante horas! Eu te ensinaria a tocar qualquer coisa ou passaria horas falando com você.. era só ter me pedido, só isso.. eu não tenho iniciativa por medo da sua reação, mas não custava nada me avisar que se sentia entediada!”  O tom de voz dele ainda é bem alto 

 

“Eu também não precisei falar pra ele...”

 

“Ele não é tudo o que pensa.. não é” os olhos do Harry marejam e eu começo a ficar sem respostas, e então ele continua “Eu entendo que você esteja vivendo uma coisa boa agora, talvez se sinta como nunca se sentiu comigo, mas não é certo.. não me parece certo! Eu ainda te amo e vejo que você me corresponde, nos desencontramos ao logo da vida por diversas vezes.. nem é mais novidade. Se eu fui um escroto em Tulum, me desculpa! Porque eu só fiquei farto de nunca superar suas expectativas, de parecer que nunca conseguia te surpreender ou fazer com que você se sentisse 100% bem.. Eu ainda me sinto imaturo pra muitas coisas, parece que ainda sou o adolescente que esbarrou contigo na festa, que te agarrou no hotel em Sydney e comemorou quando o Justin te deixou sozinha na virada. Eu sou o mesmo de sempre, porque por mais que os anos tenham se passado, pouca coisa mudou.. e me desculpa mesmo por isso, eu queria ser tudo o que te prometi, queria ser o Zayn nesse momento, não queria ter errado um dia se quer.. você me fez aprender coisas incríveis, que eu jamais teria aprendido tão rapidamente, sinto que me tornei homem em boa parte do tempo.. porque tenho um filho pra lá de especial, mas no resto eu ainda sou um imbecil adolescente... Caramba.. eu não sei o que fazer! Porque eu não aguento ter que fingir que não quero me aproximar de você, ou que as coisas entre nós estão completamente acabadas, muito menos de ter que ficar com cara de paisagem todas as vezes que Zayn vem aqui! Eu posso tá muito errado.. mas a vida nos escolheu, e nisso tudo ele é só um detalhe, um mísero plano B. Então por favor só me diz o que eu preciso fazer, se você quer isso ou aquilo que eu faço, mas não me manda ir embora e nem tenta me fazer engolir essa de que você tá feliz com ele.. porque eu sei que não ta..” ele derramou algumas lágrimas e acho que tem um pouco de raiva e tristeza nisso tudo 

 

Parece que tudo o que ele disse é verdade e eu ainda estou em choque com toda essa informação. 

 

“Passei dias com isso preso.. eu precisava falar. Ele não vai parar, ele vai ser esse príncipe pelos próximos meses, vai fazer de tudo pra vocês ficarem juntos.. e eu sinceramente quero saber quando você vai perceber que mesmo com toda essa perfeição, esse carinho, o cuidado, ele ainda não é o cara certo pra você..? Pretende o que? Casar com ele? Ter filhos? E nós dois? Fica por isso mesmo? É até arrogante falar isso já que eu comecei nossas ultimas brigas, mas eu me arrependo.. e tô torcendo pra que você tome a decisão certa pra não se arrepender quando já for tarde” ele volta a se acalmar

 

“Eu não... tava esperando por isso..” digo e enxugo meu rosto 

 

“Eu vou te levar lá pro quarto, você toma um banho e pensa” ele me pega devagar e sobe 

 

Quando ele me senta na cama parece que eu já pensei. Eu sei que Harry fez tudo no mundo e eu tenho todas as justificativas plausíveis para não chegar nem a considerar o que ele disse. Mas é impossível. 

 

Eu o seguro antes q ele me solte em definitivo na cama e ele sente, então se senta do meu lado e me abraça. 

 

“Eu não tenho o porque de te dar mais uma chance.. depois de tantos erros, e você sabe disso..” digo baixo e ele continua me abraçando e acariciando minhas costas lentamente. “Mas acho que Deus e o mundo sabem o que sinto por você e como estou com tudo isso... Zayn é fantástico, ele me trata como ninguém, me coloca em suas prioridades e eu nunca precisei pedir. Não foi com ele que me casei, nem com ele que tive filho ou muito menos estou esperando um filho dele, mas ele esteve aqui por todo esse tempo e um pouco mais.. ele assumiu a responsabilidade em momentos que você só foi um menino imaturo. O Zayn foi indescritível pra mim Harry, e eu sei que você sabe disso.. eu diria até que se fosse pra escolher um exemplo de namorado, companheiro ou coisas assim, eu diria ele.. mesmo sem nunca termos algo sério, ele me passa tranquilidade.. muita tranquilidade por sinal. Eu odeio dizer mas em determinados momentos você se igualou ao Justin.. Eu não preciso ser humilhada, ou sentir que eu deva voltar pra casa porque você surtou.. eu em momento algum das nossas vidas eu deveria me sentir em segundo plano, mesmo que as coisas estivessem uma merda.. eu ainda sou a mãe dos seus filhos, você me amando ou não.. entende isso?” 

 

Ele só concorda e então nos soltamos. 

 

“Eu diria que o único problema de Zayn, na frente de todos os seus... é que ele não é você, infelizmente. Eu não me imagino cansando com ele, tendo filhos.. eu nem sei se consigo imaginar um longo relacionamento com ele. Porque ele nunca vai ser quem eu quero que ele seja, independente do que ele faça.. ele não poderia te substituir. Eu me sinto tola por pensar dessa maneira, porque sei que deveria ficar com quem me deixa melhor, mas é momentâneo.. porque basta você chegar e alguma coisa muda” suspiro

 

Ele enxuga minhas lágrimas e fecha os olhos encostando o meu rosto no dele.

 

“Então não fica mais com ele... deixa isso tudo pra lá, por favor” ele pede 

 

“Não, não posso.. não posso fazer isso com ele e nem comigo, você vai ter que esperar...”

 

“Todo o tempo que for preciso.. eu prometo, só não me deixa ir” ele concorda 

 

“Ta..” 

 

Harry se levanta e vai no banheiro, ouço ele ligar a torneira da banheira e digo que vou apenas tomar uma ducha.

 

“Depois que ele te encheu de regalias eu não posso deixar que você tome apenas uma ducha” ele volta sorrindo pro quarto

 

“Então agora é uma competição?” Brinco enquanto tiro minhas roupas

 

“Não existe competição de um homem só... e só existe a mim em sua, além é claro dos nossos filhos” 

 

“Então a sua autoconfiança voltou assim em questões de segundos? Muito bom saber Sr. Styles”

 

“Não.. eu não me confio em ter você por palavras ditas como as de hoje, já aconteceu isso antes” ele se encosta na parede

 

“E como acredita?” Eu me levanto 

 

“Logo verá..” Harry então se aproxima de mim e segurando minha mão ele me leva até a banheira 

 

Me sento devagar com sua ajuda e encosto minhas costas, relaxo um pouco e aproveito a água quente. 

 

“Não sabia o quanto estava com saudades disso” rio

 

“Então aproveita” ele se senta ao lado da banheira e fica me observando

 

Eu fecho os olhos, não me incomodo que ele olhe, por já ter me acostumado com todas essas suas observações. Realmente relaxo e só saio quando meus dedos começam a engilhar.

 

“Se sente bem?” Ele me cobre com o cobertor e segura a minha mão 

 

“Sim”

 

“Então vou pegar o jantar” 

 

“O que é o jantar?” 

 

“Acho que sopa”

 

Reviro meus olhos e ele sorri. 

 

“Parece que estou doente...” reclamo 

 

“De qualquer forma precisa se recuperar... Se não fosse sopa, o que queria?” 

 

“Nhoque..” 

 

“Você quer que eu peça?”

 

“Acho que seria bom”

 

“Certo” ele concorda e se levanta 

 

Harry me deixa no quarto sozinha por um tempo e depois volta para avisar que logo a comida chegará. 

 

“Quer ver um filme?” Pergunto

 

“Que filme?” Ele para 

 

“Qualquer um.. ou prefere conversar?” Eu puxo os lençóis para que ele se deite

 

“Acho que prefiro ficar conversando..” ele se deita do meu lado 

 

“Se sente cansado?”

 

“Não muito” 

 

“Porque bebeu hoje..?”

 

“Fiquei irritado com vocês dois”

 

“Eu tenho um certo receio quando você bebe... e antes eu adorava” 

 

“Eu sei que fiquei estupidamente bruto na praia.. mas não é do meu normal” 

 

“Eu sei...” suspiro 

 

“Já pensou em um nome?” 

 

“Nome? Não...” 

 

“Eu tenho um..” 

 

“Qual?”

 

A campainha toca e ele sorri e se levanta. Harry vai pegar o nosso jantar e quando volta me deixa comendo enquanto vai tomar banho, somente quando está limpo é que se deita novamente ao meu lado e começa a comer. 

 

Mais tarde, depois de jantar e escovar os dentes ele continua conversando comigo.

 

“Não me disse o nome”  digo 

 

“Vou falar na hora certa” ele começa a se levantar mais uma vez

 

“Pra onde vai?”

 

“Vou te deixar dormir” 

 

“Porque não fica aqui..?”

 

“Ele deve chegar cedo amanhã.. e não vou ficar no meio disso até que decida” 

 

“Ele não vem amanhã” eu seguro sua mão e o puxo devagar 

 

Harry volta a se deitar e entrelaça os dedos nos meus. Então nós fechamos os olhos juntos. 

 

“Ariel.” 

 

Isso faz um sorriso se formar em meu rosto, mas não digo nada, só ouço a pronuncia clara de Harry e o imagino chamando nosso filho. Me parece bom. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...