História You and I - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais
Visualizações 12
Palavras 1.247
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Sem você eu fico vulnerável : (


Fanfic / Fanfiction You and I - Capítulo 2 - Sem você eu fico vulnerável : (

              (Cap anterior)

Então fui dormir com um sentimento que a tempos não sentia FELICIDADE 

                     Taylor

Acordei cedo para ir trabalhar, mas não acordei de mau humor, até por que me diverti muito ontem.

Após me arrumar eu dessi para a sala de refeições, onde eu encontrei uma linda mesa cheia de coisas maravilhosa feita por uma pessoa maravilhosa (tia Alice= empregada da família desde que nasci) E como nem tudo e um mar de rosas, o meu pai estava sentado na mesa com uma cara de cu 👌 do tamanho do mundo  

Ta:iae coroa, como vai a vida?

Harry/Ha:Não use gírias comigo e não me chame de "coroa" seu muleque atrevido 

Ta:bom dia tia, eu já estou de saia tá tchau

Ha:Taylor Clark, não me ignore quando eu falar com vc -ele fala auto e autoritário 

Ta:pf não grite, a não ser que vc queira estourar meus tímpanos-falo colocando a mão nos meus ouvidos 

Ele da um suspiro profundo

Ha:chegue cedo hoje, darei uma festa para os novos sócios da empresa e quero que vc esteje aqui 

Ta: não vai da 

Ha:Porque? Tem compromisso para hoje?

Ta:sim, um compromisso muito importante 

Ha:posso saber com quem?

Ta:Claro, E com a minha cama 

Alice que estava atrás do meu pai estava se segurando para não rir, então dei uma piscadinha para ela 

Ha:E se não me respeitar minha mão vai ter um compromisso com a sua cara ja já também 

Ta:tchau tia - eu ia saindo quando escutei novamente a voz do meu pai 

Ha:esteje aqui as 7 Se não eu irei rasga aquelas fotos inúteis que vc tem da sua mãe lá no seu quarto 

Ta: vc não faria isso

Ha:quer testa? Experimenta chegar depois das 7 aqui e de a Deus aquelas sua fotinha ridículas 

Cheguei perto dele já com muita raiva 

Ta:eu te odeio com todas as minhas forças e queria que vc tivesse morrido no lugar da minha mãe, pq ela sim me entendia e me amava de verdade, agora vc, vc só se emporta com a merda daquela empresa que um dia vai fracassar que nem vc com seu papel  pai, quer dizer pai não né pq vc não merece ser chamado assim, Vc deve ser chamado de mostro pq e isso que vc é -falei tudo que eu queria e sai batendo a porta com força 

Sera que meu pai e tão ruim assim? Tauves eu esteje falando isso apenas por está com raiva, mas oq eu mais queria no momento e que ele tivesse morrido 

Derrepente cinto meu celular tocar, quando vi não acreditei quem era, eu fiquei super feliz 

                     ligação on  

Ta:meu Deus, eu não acredito que você está me ligando,Vc não faz ideia da saudade que eu tô de vc sua doidinha- falei sem deixar a pessoa do outro lado da linha falar 

?:Vc e o Taylor certo?

Ta:sim,Mas esse número e da kate quem está falando?

?:meu  nome é lisa,  eu estou aqui com a kate no hospital (******) pq....

Ta:pera, pq á kate está no hospital?

L:ok,parece que a kate tinha acabado de chegar aqui em nova York e estava indo te visitar, só que aconteceu augo inesperado....ela sofreu um acidente e esta no hospital em estado grava, Venha logo que eu terei que ir embora agora 

Quando a mulher do outro lado da linha falo aquilo meu mundo caiu, então eu desliguei o celular e fui direto para o hospital que o mulher me falou.

Ao chegar no hospital já fui querendo entrar em uma área reservada, que provavelmente era onde estava kate só que eu fui barrado por uma médica 

M:senhor você não pode entra desse geito, aqui é uma área restrita 

Ta:por favor me deixei ver a minha irmã- eu já falava em meio as lágrimas 

M:o senhor pode me dizer o nome da sua irmã?

Ta: o ne dela e ka-kate

M:ok você espera só um momento que irei ver se posso fazer augo para ajudar

Á médica saiu da recepção e entrou em uma sala, deve ter ido ver se conseguia fazer com que eu pudesse ver a kate, depois de meia hora esperando a médica volta 

M:senhor eu consegui, mas a sua irmã está em um estado meio complicado e ainda não acordou do coma 

Ta:Eu poderei ver ela?

M:sim..sim, me acompanhe por favor 

Eu acompanhei a médica até uma área cheia de quarto, acho que aquela era á uti do hospital, a moça a briu a porta para mim e quando eu vi a kate na quele estado parece que eu avia perdido toda a força que nem sei se eu ainda tinha

M: irei te dar um tempo com ela, para vc ficar mais a vontade 

Ta:o-ok muito obrigado 

Á moça saiu do quarto e eu fui em direção a kate, ela estava com uma aparência tão ruim, Não que ela estivesse feia mas quando eu disse "aparencia ruim" e por que ela estava pálida e com uma expressão tão cerena, e ela é uma menina tão animada, me aproximei mais e peguei na mão dela 

Ta:me disseram que talvez vc possa me ouvir...eu queria tanto te ver- nesse momento eu já não conseguia segurar minhas lágrimas-mas queria te ver feliz e não em uma cama de hospital, kate por favor...eu sei que você e forte, voce não pode me abandonar assim sabe por que? Porque você e meu ponto seguro, você e minha menininha fofa e alegre se você me deixar para quem eu irei falar as minhas burradas? É as minhas paixões? Você e tudo para mim, Eu sei que pode me ouvir e eu também sei que você e forte o suficiente para passar por isso, então por favor abre os olhos, eu tô aqui com você...por favor abre seus olhos, se isso for um sonho eu quero acordar logo, você lembra aquela vez em que eu estava tendo um pesadelo e você me acordou e disse que estava tudo bem? Agora e sua vez de acorda, Eu juro que eu tô tentando ser forte mais você tem que me ajudar...vamos por favor acorda 

Derrepente escuto um apito incessante da máquina que controlava os batimentos de kate e então umonte de médicos entraram na sala e foram direto para a maca de dela, dois médicos terão me botar para fora, eu me debatia muito mais eles co seguiram, eu estava desesperado com aquele barulho por que eu sabia que não era normal, eu sabia que podia perde kate e aquilo acabava comigo por completo

Ta:seja forte por favor, por mim, por você,  voce prometeu que iríamos ser amigos para sempre você não pode me deichar assim, kate Eu te amo muito minha menina não me deiche- eu falava para mim mesmo ja em desespero e ajoelhado no chão do hospital 

Depois de 30 minutos saiu um médico daquela bendita sala 

Ta:me diz que tem uma notícia boa 

M:Eu queria te dizer que sim...mas a kate...

Eu já sabia que ela não estava mais entre nós só pelo geito dele fala

M:me desculpe mas ela não resistiu 

O médico veio até mim e me acompanhou em meus prantos por um bom tempo, até eu me levantar e ver que eu teria que dar conta de tudo para kate 

Ta:mu-muito obrigado doutor, mas eu preciso ir 

Depois disso fui para casa tomei  banho e mandei prepararem as coisas para o interro de kate, já sabia que não conseguiria ir lá então mandei que prepararem tudo, cancelei todas as sessões fotográficas que tinha para hoje, não queria fazer mais nada a única coisa que eu queria era ter morrido junto de kate...






 









 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...