História You and me (Chaekura, Yenyul, 2Kim) - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura💛💚❤

Capítulo 24 - Chaewon? Minju?


Fanfic / Fanfiction You and me (Chaekura, Yenyul, 2Kim) - Capítulo 24 - Chaewon? Minju?


Pov. Chaeyeon



Lá estava eu, dirigindo o mais rápido possível, isso tudo só pra chegar o mais rápido até a Kim Chaewon.

Não estava muito bem da cabeça, isso eu tinha certeza. Queria e ao mesmo tempo não queria consultar a Kim, eu ainda estou um pouco com medo dela.

Estava passando várias coisas na minha mente, como "Ela não vai ouvir você" ou "Ela te odeia". Mas isso não me importava no momento, queria mesmo é deixar a família Miyawaki o mais seguro possível.

Eu, ao chegar na casa da família Kim, estacionei o carro. Chego perto do portão da grande mansão.

Fico por um tempo olhando de longe aquela grande mansão, por mais que tivesse várias dessa na rua que eu estava. Fico olhando até eu me toca que tinha uma campainha com interfone para se comunicar com o proprietário.

Chaeyeon: Olá, sou Lee Chaeyeon e... Queria muito falar com Kim Chaewon, é urgente - depois que terminei de falar, demorou uns 3 minutos para o portão abri e deixando eu entrar.

Eu entrei e andei até um dos mordomos me comprimentar.

Yuki: Você deve ser Lee Chaeyeon - um mordomo já a flor da idade me pergunta, o que fez eu concorda com a cabeça - Por aqui.

Eu o sigo como o mesmo tinha me perdido. Ao entrar na grande mansão, o mordomo me levou até uma sala. Uma sala que era bem isolada das outras.

Yuki: Srta. Chaewon está nesta sala, ela está esperando por você - eu engolir em seco e entrei na sala.

Ao entrar na sala vejo uma Chaewon escrevendo em um monte de papéis, sua postura era firme, bem intimidador. Seus óculos estava a deixando mais intimidadora.

Chaewon: O que faz aqui Lee? - ela pergunta sem nem mesmo olhar para mim.

Chaeyeon: Eu... Me desculpa Chaewon, sei que isso deve tá doendo muito, mas você tem que entender que eu não fiz nada. Eu era criança na época - ela para de escrever e suspira tirando os óculos e fechando os olhos botando as mãos no rosto.

Chaewon: Eu sei mas... não consigo parar de te odiar, mesmo que não queira seu mal.  Essa foi uma das razões pelas quais me afastei de você - quando ela falou isso eu fiquei surpresa.

Chaeyeon: Então você sabe que a culpa não é minha? - ela concorda.

Chaewon: Sempre. Mas eu não conseguia controlar a minha raiva por sua família, e com esses sentimentos ruim me controlando, eu pedir a cabeça lá na sua casa. Foi uma grande falta de educação e ética, você me desculpa? - ela abaixa a cabeça, me deixando mais confusa que antes.

Chaeyeon: Eu pensei que você iria me comer viva - eu falei surpresa com a sua atitude repentina.

Chaewon: Eu bem que queria, mas minha mãe me fez pensar melhor na minha atitude - ela levantou a cabeça - Agora me responde, o que tá fazendo aqui?

Chaeyeon: Queria dizer que... - eu cocei a nuca - Que você estava certa, meu pai é um louco safado - ela sorriu.

Chaewon: Ele ainda é mais que isso. Agora fala, o que ele te contou? - ela voltou a sentar em sua cadeira, me chamando para sentar em outra logo depois.

Fui até aonde a mesma estava apontando e sentei, depois que me acomodei na cadeira comecei a falar

Chaeyeon: Bom... Eu sempre fui desconfiada quando a pessoa era o meu pai, mas nunca liguei para isso até hoje de manhã. Ele ficou maluco, completamente maluco.

Chaewon: O que ele falou para você na parte dos negócios? - ela pegou um papel, começando a escreve.

Chaeyeon: Quando eu toquei no assunto do sei pai, ele meio que... Bom, ele disse para mim que era bom eu ter finalmente aberto os olhos para os negócios. Ele também falou sobre planos pro futuro, e a família Miyawaki está no meio desse plano - ela parou de escrever na mesma hora.

Chaewon: Como assim?! - ela lagou o papel e olhou para mim com raiva - Ele pensa que vai fazer a mesma coisa duas vezes! Mas não vai mesmo. Esse filho da puta, com todo o respeito, Chaeyeon.

Chaeyeon: Tudo bem. Aliás, eu sei que e errado, mas eu não tô nem um pouco afim de ficar do lado dele, mesmo ele sendo meu pai - sorrimos juntas.

Chaewon: Tá, temos que trabalhar nisso, eu não quero que a Sakura sofra também - eu concordei - Vamos, temos que avisar a Sakura disso.

Chaeyeon: Eu queria deixar ela fora disso - ela me olha estranho, o que eu não entendo.

Chaewon: Nós não podemos, ela tem que saber disso. Sua família também - eu estava achando um pouco exagerado da parte da Chaewon, mas para ela, todo o cuidado é pouco.

Chaeyeon: Certo! - nos levantamos e fomos até a saída, mas uma figura de tempos atrás me deixou paralisada - Sra. Kim?

Sra. Kim - Quanto tempo não é mesmo Chaeyeon? - eu vou até a mais velha e dou um abraço na mesma, um abraço muito forte. Estava com saudades dela - Você tá tão grande, ouvir dizer que já está casada, parece que as ômegas de hoje não perdem tempo.

Chaeyeon: Sim, não precisa tudo isso Sra. Kim - ela sorriu. Eu adorava a rissada da mais velha, era tão doce, assim como a mesma.

Sra. Kim - Como não, olha só para você! - ela falou mirando o meu corpo todo, me deixando com vergonha - Tô brincando menina. Você é totalmente o oposto do seu pai - ela falou botando a não na minha bochecha - Você é uma pessoa boa Lee Chaeyeon, não deixe ninguém dizer o ao contrário.

Eu falei um "Certo" e deixei um beijo na bochecha da mesma, me despedindo dela. Ela era como se fosse a minha segunda mãe, sempre tão doce e amável. Mesmo depois do acontecido com o seu marido, ela ainda sim me dava todo o amor. Mas um dia ela teve que se afastar, o que me deixou muito triste.

Chaewon: Ela é minha mãe viu? - Eu dei um tapa no braço dela e nós duas fomos para os nossos carros.

Já estávamos chegando na minha casa, mas ao estacionar o carro na minha garagem, vejo uma Minju quase para bater na porta. Ela parou o seu movimento pelo fato de uma Kim Chaewon tá saindo do carro.

Minju: Chaewon? - Merda!

Chaewon: Minju? - MERDA!











Continua...


Notas Finais


Desculpa qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...