História You are always by my side - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Suga, V
Tags Bts, Jimin, Suga, Yoonmin
Visualizações 45
Palavras 1.268
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoal, eis que chegamos ao último capítulo da fic, espero que tenham gostado, prometo me esforçar mais nas próximas fanfics.
Aproveitem o final de Yoonmin

Capítulo 10 - Depois da tempestade o final feliz


Fanfic / Fanfiction You are always by my side - Capítulo 10 - Depois da tempestade o final feliz

Jimin

 

Acordei, estava deitado em uma cama macia com vários travesseiros e cobertores, tentei sentar na cama mas estava sentindo uma tontura horrível e a dor de cabeça estava pior ainda, mas tudo isso passou quando senti alguém me tocando, sentando-me na cama:

            - Jung...kook ?

Ele sorriu, se aproximou de mim e acariciou meu rosto:

            - Não precisa se preocupar meu pequeno, agora você está comigo meu amor.

Tentei me soltar de Jungkook mas ele me apertava com força, comecei a chorar:

            - Por favor... me solta Jungkook.

            - Shhh.... eu já te tirei daquele monstro do Yoongi, agora estamos só nós dois na nossa casa meu amor. – ele me beijou e a única coisa que queria fazer era vomitar; Jungkook se levantou e foi para a porta do quarto. – Kihyun já vai trazer algo para você. – saiu me trancando no quarto.

 

Kihyun

 

            - Faça um lanche para Jimin e leve no quarto, ele precisa comer. – Jungkook disse.

Eu não suportava Jimin por que ele tinha roubado Yoongi de mim e Jungkook queria agora que eu fosse babá dele, cada minuto que passava eu odiava aquele pirralho ainda mais.

Coloquei o sanduíche e o suco na bandeja, levei até o quarto de Jimin, ao abrir a porta vejo que ele estava tentando destrancar a janela:

            - O máximo que vai conseguir é fazer o alarme disparar e... claro, deixar Jungkook muito irritado.

Jimin se assustou ao me ver e se encolheu perto da parede:

            - Venha comer, Jungkook só me autoriza a sair desse quarto com a bandeja vazia.

            - Não estou com fome. – Jimin disse.

Revirei os olhos, fui até ele e o arrastei pelo braço:

            - Eu disse para comer Jimin.

Percebi que ele havia chorado e voltou no momento em que empurrei ele para a cama:

            - Por que... está fazendo isso Kihyun ? – ele disse choroso. – O que eu fiz ?

Comecei a rir:

            - O que você fez Jimin ? – tentei conter meu tom de voz para não assutá-lo mas eu não consegui. – EU ESTOU A ANOS TENTANDO SER MAIS DO QUE SEXO CASUAL PARA O YOONGI E VOCÊ EM CINCO DIAS FAZ ELE CAIR DE AMORES POR VOCÊ, ELE É MEU JIMIN, MEU ! VOCÊ ENTENDEU ?

Jimin se encolheu na cama e começou a chorar mais ainda, peguei o copo de suco e segurei o rosto dele:

            - Beba agora garoto, não tenho todo tempo do mundo. – ele engasgou com o suco, paciência não era meu nome e dei um tapa em seu rosto: - Isso é para você aprender a não roubar o homem dos outros. Quando eu voltar quero que essa bandeja esteja vazia.

 

Alguns dias depois

 

Yoongi

 

            - EU NÃO QUERO UM CALMANTE JIN !  - gritei. – EU QUERO ENCONTRAR O JIMIN !

Jin suspirou e se sentou ao meu lado:

            - A polícia está procurando ele Yoongi, você precisa se acalmar.

Voltei a chorar:

            - É tudo culpa minha Jin... Jimin me contou sobre o ex dele; eu devia ter levado ele lá para casa, eu falhei em protege-lo.

Jin me abraçou e olhou para Namjoon:

            - Ligue para aquele seu amigo que trabalha para o governo Nam.

Namjoon saiu da sala e Jin ficou acariciando meus cabelos:

            - Vamos encontra-lo e colocar Jungkook e Kihyun atrás das grades.

As horas se arrastaram até que a campainha tocou, Namjoon atendeu e um homem entrou na sala:

            - Oi Nam, eu descobri algumas coisas.

            - O que ? – me levantei do sofá. – Onde está o Jimin ?

            - Calma senhor Min, estou fazendo de tudo para encontrar seu namorado, peguei o sistema de segurança do prédio que Jimin mora o porteiro foi pego aceitando suborno para liberar a entrada de um homem. – Ken me mostrou as fotos das imagens de segurança e reconheci Jungkook, depois outra foto que ele me mostrou era Jimin saindo com Jungkook do prédio deu para ver que ele estava apavorado.  – Agora que você já reconheceu um dos sequestradores precisamos que você reconheça o cúmplice dele. – Ken colocou outra foto, era um homem mais ou menos da minha altura, com cabelos castanhos ele colocava um pano no rosto de Jimin na imagem.

            - É... Kih..yun... ele é um dos meus estagiários.

Ken trabalhou ali de casa mesmo e entrou em contato com seus contatos da polícia duas horas depois ele recebeu uma mensagem:

            - Estão em uma casa na região oeste a polícia está indo para lá.

Me levantei:

            - Eu vou com vocês.

            - Nós também vamos. -  Jin olhou para Namjoon ao dizer aquilo.

Fomos todos para a delegacia, lá Ken nos deu instruções para ficarmos fora da operação para não colocar a vida de Jimin em risco pois não sabíamos qual seria a reação dos dois, óbvio  que na hora eu iria ignorar tudo aquilo.

Chegamos na casa, os policiais tinham entrado, eu estava no banco da frente e Jin e Namjoon no banco de trás, quando ouvi um tiro entrei correndo na casa.

 

Jimin

 

Eu e Jungkook estávamos vendo um vídeo, ele tinha feito pipoca mas eu não conseguia comer, ouvi um barulho lá embaixo e Jungkook se levantou com sua arma em mãos:

            - Não se mexa Jimin. – ele foi até a porta e chamou por Kihyun. – Kihyun está tudo bem ?

Um estrondo na porta e alguém falou:

            - Jeon Jungkook é a polícia.

Jungkook voltou até a cama me tirou dela e colocou a arma em minha cabeça:

            - Não faz isso Jungkook, comecei a chorar, por favor.

A polícia entrou no quarto e eu escutei um tiro lá embaixo.

 

Yoongi

 

Entrei na casa quando escutei o tiro, Kihyun estava caído no chão com um tiro no braço, passei pelo policial que o prendia e fui para o quarto:

            - Jimin ?

            - Yoongi. – escutei a voz baixa de Jimin através do cerco policial.

            - Quem deixou ele entrar ? – Ken perguntou irritado.

O resto foi questão de segundos, a negociação não estava indo bem, Jungkook continuava apontando a arma para Jimin, peguei a arma de Ken e atirei na mão de Jungkook:

            - AI ! – ele gritou e soltou Jimin, corri para o quarto e o tirei daquele lugar.

            - Estou aqui meu amor, agora você está a salvo.

Nós dois estávamos chorando.

 

Um mês depois

 

Yoongi

 

            - Jimin, você não precisa ir, sei que ainda não está totalmente recuperado. – abracei a cintura dele.

            - Óbvio que eu vou, o julgamento dos meus sequestradores.

Aquilo ia ser traumatizante para mim e para Jimin. Chegamos no tribunal às onze da manhã; o jurí primeiro escutou Jimin, depois eu, Hope e V, quando chegou a vez de Kihyun depor ele só disse que foi coagido por Jungkook e que fez aquilo por que me amava, Jungkook foi o que ficou mais tempo dando declaração, ele tentou inverter a situação ao seu favor dizendo que eu havia coagido Jimin a ficar comigo e que o monstro era eu. O julgamento durou sete horas, o júri declarou Kihyun e Jungkook culpados, Jungkook pegou 20 anos de prisão sem direito a regressão de pena e Kihyun 10 anos de tratamento em um hospital psiquiátrico, agora eu poderia viver meu amor com Jimin.

 

Três semanas depois

Jimin

 

            - Ah Yoongi não sabia que você chorava em casamentos. – falei rindo.

Yoongi me deu um chute na perna:

            - Ai seu bruto. – resmunguei.

Namjoon e Jin finalmente se casaram e eu pude tirar o peso da consciência por ter arruinado meses de preparação.

Yoongi sorriu para mim:

            - Você sempre esteve ao meu lado Jimin.

Beijei-o:

            - E você do meu lado Yoongi.


Notas Finais


Até uma próxima pessoal <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...