História You are just mine - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Sana, Tzuyu
Tags Sana, Satzu, Twice, Tzuyu
Visualizações 20
Palavras 849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só para avisar:

As idades dos personagens não são as verdadeiras.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Volta às aulas


Eu deveria me apresentar? Acho que sim.

Olá, eu me chamo Minatozaki Sana, ou apenas Sana. Nasci no Japão mas me mudei para a Coréia com os meus pais faz uns quatro ou cinco anos, tenho dezessete anos e estou no terceiro ano do colegial.

·

Volta às aulas, ninguém gosta né? Eu também não. Dizem que o terceiro ano é a pior série de todas, porque os assuntos são mais complicados, às provas bem difíceis e a coisa fica mais séria.

Mas eu não estava me importando com isso, eu sempre tive notas boas e sempre fui uma exelente aluna.

Minha única preocupação era garantir que eu ficasse na mesma sala que Chou Tzuyu, a garota que eu gosto. Talvez eu tenha esquecido de falar mas eu sou bissexual e os meus pais aceitam numa boa minha sexualidade.

Tzuyu é extramamente linda, não é à toa que todos queiram ela. Lógico que eu não tenho chance alguma com ela, sempre fiz de tudo para chamar sua atenção, desde tropeçar "acidentalmente" na sua frente ou mandar cartinhas como se eu fosse um adimirador secreto.

E esse ano eu consigo, nem que seja para ser apenas sua amiga.

Depois de passar uns minutos pensando em como seria ótimo ser amiga de Chou Tzuyu, finalmente levanto da cama e vou ao banheiro tomar banho.

··

Tomei café da manhã e peguei uma carona com meu appa até a escola. Me despedi com um estalado beijo na bochecha e ele seguiu para o hospital onde trabalhava.

Arrumei a mochila nos ombros e passei pelo enorme portão da escola, vendo todos aqueles alunos que estavam no corredor.

- Com licença, o terceiro ano será dividido em quantas turmas? - Perguntei a uma secretária que estava encostada em uma parede mexendo no celular. 

- Em duas, na porta das salas tem uma lista com o nome dos alunos. - Guardou o celular e respondeu calmamente.

- Obrigado. Continuaremos no segundo andar? - A mulher assentiu e eu acenei para ela, subindo as escadas para ir ao segundo andar.

Em uma porta pintada de branco tinha uma plaquinha escrito " TERCEIRO ANO B" e ao lado uma lista com vários nomes.

Procurei o meu e não achei, procurei também o de Tzuyu e não estava lá. Se serão apenas duas turmas e os nossos nomes não estão no terceiro ano B, NÓS FICAMOS NOVAMENTE NA MESMA SALA.

Ao lado, outra porta da mesma cor tinha uma placa indicando que ali era a sala do terceiro ano A e na lista estava o meu nome e o de dela.

Abri a porta e poucos alunos já estavam lá dentro, olhei a enorme sala e vi Tzuyu já sentada em uma das cadeiras do fundo e, atrás dela uma cadeira vaga.

Passei por ela sorrindo e apenas recebi um sorriso amargo em troca, tentei ignorar e me sentei.

- Ahn, tudo bem? - Cutuquei Tzuyu até ela me olhar. A garota balançou a cabeça e virou-se para frente. DROGA, POR QUE ELA NEM FALA COMIGO DIREITO?

Abaixei minha cabeça e fechei meus olhos, eu ainda estava com bastante sono.

Tudo o que eu queria era que um dos professores fizessem trabalhos em duplas e me colocassem para fazer dupla com ela, igual acontecia com os casais nas fanfics que eu lia. Não custa nada ter esperanças, não é?

- Bom dia terceiro ano - Todos os alunos se calaram quando uma voz grossa e rouca se fez presente na sala de aula. Professor Kwon, desde o primeiro ano do ensino médio ele nos ensina matemática e química -, é um prazer imenso estar mais um ano com vocês.

É normal os alunos odiarem essas matérias, não é mesmo? Mas é impossível quando se tem um professor como ele, sempre arrumando uma maneira para que a aula seja divertida e não chata e tediosa.

- Continuarei ensinando química e matemática, se preparem porque esse ano é bem mais difícil - Ele falou e todos sorriram, dizendo que estavam preparados - Vamos começar.

E depois de se apresentar aos poucos calouros, começou dizendo os assuntos que estudaríamos. Me desconcentrei no momento que Tzuyu prendeu o cabelo e eu pude ver seu pescoço. Ah, Deus!

···

- Sana! - Ouvi alguém me chamar quando eu estava indo para o refeitório. Virei-me para ver quem era.

- Unnie! - Corri e pulei nos seus braços, sorrindo - Eu estava com saudades - Soltei Nayeon e ela respirou fundo.

- Eu também estava - Ela passou a mão nos cabelos para tirá-los do rosto - Infelizmente não ficamos na mesma sala.

- Pois é - Respondi em um tom triste - O diretor gosta bastante de você, talvez conseguisse convencê-lo.

- Vou tentar, prometo.

Passamos o resto do intervalo conversando e contando sobre nossas férias, sobre o namorado dela que estava fazendo intercâmbio e sobre eu ainda gostar de uma pessoa que não dá a mínima para mim.

Nayeon é a minha melhor amiga e sempre foi uma boa conselheira.

- Até depois, pom pom - Falou quando o sinal tocou, anunciando o fim do intervalo. 

- Pom pom? - Perguntei sem entender nada. 

- Eu estava tentando arrumar um apelido para você e eu lembrei de uma prima minha que eu chamava de pom pom.

····


Notas Finais


Aí está.
Bem ruim e pequeno, me desculpem
Devo continuar???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...