1. Spirit Fanfics >
  2. You are Mine - ABO >
  3. Sucker

História You are Mine - ABO - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Então galerinha, só gostaria de dizer que este capitulo estava pronto a mais de um mês e eu esqueci de postar :p
Sinto muito por isso kkjkjk
Enfim, boa leitura
Desculpem os erros.

Capítulo 3 - Sucker


Fanfic / Fanfiction You are Mine - ABO - Capítulo 3 - Sucker

SASUKE POV

(...)

 

 

As luzes, o tapete vermelho, os milhares de fotógrafos, os jardins da mansão Uchiha estavam todos decorados com rosas brancas e luzes. Havia também uma enorme tenda, com dezenas de mesas e um palco no centro. Eu só conseguia pensar nas milhares de entrevistas que tivemos de dar, tudo isso era um saco. Uma perda de tempo completo! 

Em poucos dias todos souberam que iriamos nos casar, algumas revistas declaravam "O casamento da década.", um grande exagero em minha opinião. Se todos soubessem a verdade, iriam preferir cobrir uma matéria sobre decomposição de frutas.

Naruto fazia questão de demonstrar "como estava feliz com isso". Porém quando nós nos esbarrávamos pelos corredores, não olhávamos na cara um do outro. Eu estava nitidamente infeliz com isso. Já Naruto, tinha momentos que até mesmo eu passava a crer que ele queria muito aquilo.

 Obviamente tudo isso me rendeu ainda mais confusões. Kiba, o alfa “pau mandado” de Naruto me encurralou no fim da aula junto com outros cinco Alfas durante a semana. Nunca imaginei que sendo um alfa Uchiha um dia eu apanharia tão feio. Todos sabiam o quanto eu e Naruto nos odiávamos, ninguém naquela escola parecia acreditar na faixada, e tudo isso só me irritava cada vez mais.

“Não devia deixar que casassem vocês em publico Sasuke, mesmo sendo faixada, ninguém quer ver noticias sobre o filho dos Uchiha trair o doce ômega Uzumaki. Você ta na merda” Foi o que Suigetsu me disse, porém, não era como se eu tivesse mais alguma escolha, era?

  No final não importava, eu só precisava posar para as câmeras por mais algumas horas, e depois, tudo estaria acabado. Naruto respondia á todas as perguntas de entrevistadores e jornalistas, e tudo que eu tinha de fazer, era concordar e sorrir quando ele dissesse “Né Sasu?”.

 

-Psiu... Eeei, Sasukeee. – Me surpreendi ao escutar ser chamado, olhei para os lados mas ninguém ali próximo parecia querer falar comigo. Naruto estava sentado ao meu lado, com um enorme sorriso no rosto enquanto cumprimentava os paparazzi e jornalistas presentes, falando o quanto estava feliz com a cerimonia e que hoje “seria um dia inesquecível”. – Apenas rolei meus olhos e voltei a olhar para o nada. – Sasuke! Aqui atrás idiota. – Suigetsu me chamava por trás de um enorme vaso de plantas. Karin, Sakura e Shikamaru estavam com ele. Pela primeira vez na noite dei um sorriso verdadeiro. Antes de me levantar, o garoto ao meu lado segurou a manga de minha camisa.

 

-O que pensa que está fazendo? – Disse Naruto irritado. – Não vai me deixar aqui sozinho!

 

-Eu já casei com você, o que mais você quer? – Olhei para ele revoltado. – Que eu te marque também!? –Puxei meu braço de volta, me retirando da mesa a passos largos sem nem olhar para trás.

 

 

-Caralho Sasuke... Você fica bem de smoking... – Falou a rosada me vendo passar por entre as plantas decorativas. – Se eu soubesse que pra te prender tinha que ser loiro, eu tinha parado de pintar meu cabelo há muito tempo... – Disse virando em sua boca uma garrafa de Jack Daniels. Que foi arrancada meio que de imediato por Shikamaru, fazendo a rosada mostrar a língua para o mesmo.

-Há-há-há, muito engraçado. – Peguei a garrafa, repetindo o mesmo ato de Sakura, porém, sem ser interrompido, eu estava nitidamente irritado com tudo aquilo. Havia uma pequena mesa de concreto há alguns metros dali, aonde eu não precisaria ficar olhando para todos aqueles convidados. Andei até lá, sendo seguido pelos outros enquanto dava outro longo gole.

-Whisky puro não combina muito com você Sasuke... –Respondeu a ômega ruiva. – Mas esse loiro ai também não... então explica ai, que merda toda é essa? – Todos olharam pra mim seriamente, Sakura se ajeitou ao sentar na mesa, abraçando Shikamaru em seguida. Suspirei.

-É um acordo comercial...

-E? –Karin questionou novamente, ajeitando seus óculos de marca. – O que mais? Essa parte a gente já imaginava Sasu... agora conta a verdade! Dá pra ver que tem mais coisa ai.

-Tsc... –Desviei o olhar, aquilo parecia ficar mais ridículo a cada segundo. - Consequência de uma merda que fiz há um tempo... Droga. – Virei novamente à garrafa, sentindo o liquido descer pela minha garganta e queimar. – Foi essa merda o mês inteiro! Fotos, jornais, entrevistas... Todo mundo tá interessado no casamento de elite dos adolescentes de 17 anos.

-E com razão né... – Sakura atraiu o olhar de todos da roda. – Vão dizer que não? Pelo simples fato de dois estudantes da melhor escola do país estarem se casando aos 17 anos já iria dar o que falar. Agora... imagina esses dois estudantes sendo um Uchiha e um Uzumaki!? Seria de se indignar se não houvesse tanta publicidade e tudo mais em volta de vocês...

 Conforme eu virava aquela garrafa, mais as coisas pareciam irrelevantes... Irrelevantes ao ponto deu estar começando a me divertir. Afinal, quanto tempo já havia passado? Sakura me puxou, cantávamos uma música que não devia fazer o menor sentido enquanto pulávamos e riamos junto com os outros que apenas observavam tudo com mais garrafas de bebidas. Tropecei em meu próprio pé, quando cai ao chão, levando comigo a ômega de cabelos rosa. Seu cheiro era adocicado como de uma cereja. Aquilo parecia ser a coisa mais engraçada do mundo, pois nós não conseguíamos parar de rir.

-Você ta fedendo a álcool Sasu! – Disse Sakura, cheirando minhas roupas. – Seu marido não vai gostar nadinha disso. -Sentia a presença de Shikamaru soltar-se aos poucos, eu apenas ignorei aquilo por instante, afinal, não estava fazendo nada demais certo?

-Sasuke. – Uma voz firme e conhecida me chamou, me fazendo revirar os olhos e sentar, o encarando.

-E falando no diabo... –Sakura sentou-se também. – Meus parabéns pelo casamento Naru! Que belo partidão que você arrumou. – Todos ao meu redor começaram a rir. – Só tenta manter ele no cercadinho, por que ele pula muito fácil...

-Sasuke! –Me chamou, ignorando a ômega que se esfregava em meu ombro com a única finalidade de provocar o loiro. – Você precisa voltar para o salão...

-E porque eu devia fazer isso? – rosnei para o mesmo, que se encolheu levemente, mas que logo recuperou a postura.

-Você devia fazer isso porque é o seu casamento... Todos vieram aqui por sua causa! – Bateu seu pé no chão.

-Não Uzumaki... foi por sua causa! – Me levantei da grama no mesmo instante - Toda essa merda aqui é por sua causa! Ômega puro? – Soltei uma risada nasal. - Que piada! De puro você não tem nada! – Foi mais rápido do que meus instintos poderiam ter acompanhado naquele momento, devido à bebida ingerida mais cedo, não doeu, mas uma raiva dentro de mim se alastrou rapidamente por cada parte de meu corpo. Naruto dera um tapa em meu rosto, e quando fitei seus olhos, os mesmos estavam cheios de lágrimas.

- O que...? – A ômega ruiva de mesmo sobrenome fitou o loiro. – Isso é verdade Naru? – Os olhos dela encheram-se de lagrimas. – Há quanto tempo sabe disso Sasuke?- A beta foi até o loiro e o abraçou como se tentasse protege-lo. O rosto de Naruto se escondia por entre os fios tão ruivos quanto os de sua mãe. – Me diz Sasuke a quanto tempo? – Gritou olhando para mim com certa raiva, eu apenas dei de ombros.

-Um mês... desde que toda essa merda começou... – Tirei um cigarro do bolso de dentro de meu smoking, acendendo-o. – Isso importa? Ta todo mundo aqui na merda mesmo... O Naruto só tinha uma opção, não é? – O encarei. - E escolheu a mais errada possível. Então prazer, sou seu alfa loiro! – Dei uma longa tragada. - Era isso que você queria não é? Me prender a você pelo resto da vida... deu certo... parabéns! – Bati palmas. – Só não espere receber uma marca minha, porque não vai! – Sai dali a passos largos. Estava cansado, cansado de toda essa merda e desse teatro. Eu só queria que essa noite acabasse, queria que todo esse pesadelo acabasse...


Notas Finais


Então, gostaram? Me contem o que acharam!
Dicas, sugestões ou opiniões? :3
Obrigada por ler até aqui e até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...