História You Are Mine - Park Jimin (BTS) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Imagine, Jhenxts, Jimin
Visualizações 163
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~ Boa Leitura! ❤

Capítulo 15 - Por Ela


Capítulo Quartoze


Casa da Jiyeon

14:37 P.M

O silêncio incômodo reinava na sala, Jiyeon não sabia por onde começar e o olhar irritadiço do Jeon sobre o Park e o curioso de Yura não ajudava em nada.

- Vai dizer ou vai ficar enrolando? - Resmungou o Jeon, recebendo um olhar severo de Yura.

- Jungkook! - O repreendeu e o moreno bufou.

Jiyeon respirou fundo antes de começar a falar.

- Bom, eu sei que neste momento você deve está achando que eu enlouqueci por estar tão perto do Jimin depois de tudo que aconteceu, porém, que fique bem claro que o que passou, passou, já estamos bem, assim como eu a Yura também está segura e não vamos meter o que aconteceu no passado, no nosso presente e futuro. - Falou Jiyeon, então ficando séria e encarando o irmão. - Jungkook, tenho certeza que a Yura te contou o motivo de eu ter ajudado o Jimin a sequestra-la, ele estava doente e precisava de ajuda e eu não vi outro caminho a não ser esse, eu realmente sinto muito por tudo que eu fiz e causei e também sei que o Jimin sente, mas enquanto ela estava presa na casa, ela percebeu que as medicações que o Jimin tomava não eram as certas e o indiciou o que ele deveria tomar, depois disso eu acabei ficando doente e enquanto estava de cama o Jimin acabou se descontrolado com a Yura e a prendeu no porão por quatro dias, os dias que fiquei debilitada, depois disso eu não quis mais olhar pra ele ou falar com ele, nem Yura, ambas estávamos odiando ele e durante os dias que não falavamos com ele, ele estava se medicando como Yura instruiu e os medicamentos começaram fazer efeito, tanto que você pode ver a diferença não é Yura? - Se dirigiu a menina sentada ao lado do Jeon, que assentiu. - Bom, o Jimin já está melhor, não sem porcento mas está melhorando e ele precisa da minha ajuda, e eu vou ajudá-lo, porém ele quer se entregar ao tribunal para ser julgado pelo o que ele fez. 

- Acho justo, deixa eu facilitar logo e levar ele preso! - Disse Jungkook e Jiyeon o olhou feio, Yura estapeou sua nuca e o moreno bufou. - Tá, desculpa mas o que isso tem haver comigo?

- Meu deus Jungkook você é burro de nascença? Até eu já entendi onde ela quer chegar! - Debandou Yura indignada e o moreno a olhou de cenho franzido, fazendo Jimin e Jiyeon rirem da cena.

- Jungkook eu preciso que me ajude, não vou permitir que coloquem o Jimin em uma cadeia e até onde eu sei não podem, pelo o que eu estudei quem comente crimes alegando a insanidade são mandandos para algum lugar para serem tratados.

- E? Onde eu entro nessa conversa? - Perguntou Jungkook.

- Bom, não quero que o Jimin seja preso em um manicômio ou coisa do tipo, até por que ele não está louco e o estado de saúde mental dele está melhorando então, teria como você conseguir alguma...ahn... - Jiyeon ficou pensativa no que seria bom para Jimin agora. 

- Quer que eu consiga um mandando de prisão domiciliar para ele?! - Debandou Jungkook incrédulo, Jiyeon sorriu e apontou para o irmão como se ele tivesse dito a resposta que faltava para uma questão difícil.

- Isso, no dia do julgamento dê um jeito do juiz o mandar para prisão domiciliar, ai eu poderei ficar perto dele e acompanhar as medicações e os exames e consultas que ele precisa fazer. - Disse Jiyeon e Yura sorriu feliz ao ver que a jovem ainda estava disposta a ajudar o Jimin, Jungkook era o único contrariado no cômodo.

- Você ficou louca né? eu não vou f... - Foi interrompido por Yura.

- Vai sim, você vai fazer e eu ficarei responsável por aplicar as consultas de terapia para o Jimin. - Desta vez todos gritaram em uníssono um "Oquê?!", todos estavam chocados demais para pronunciar alguma coisa. - O que gente? Jimin você precisa de ajuda e eu quero te ajudar.

- Mas...o que eu... - O interrompeu.

- O que você fez está no passado, eu te perdôo, não se preocupe! - Yura sorriu de forma doce, Jungkook olhava chocado para a noiva, indignado e um tanto irritado. Em sua cabeça agora só passava que todo mundo enlouqueceu e só ele estava em sã consciência.

- Bom, até a Yura está disposta a ajudar Jungkook, o que me diz? - Questionou Jiyeon, todos agora olhavam para o moreno esperando a decisão final, Jungkook suspirou e abaixou a cabeça derrotado, ele sabia que aquilo não estava certo mas eram sua noiva e irmã contra ele, o que ele poderia fazer? Nada, a não ser aceitar ajuda-las.

- Espero não me arrepender disso. - Murmurrou Jungkook e ambas as mulheres sorriram e bateram palmas, Jimin suspirou aliviado.

Estava decidido, agora era esperar para ver onde tudo aquilo iria dar.


(...)


Uma Semana Depois 

Tribunal Judiciário de Busan

08:10 A.M


Todos já estavam reunidos no tribunal para o julgamento de Park Jimin, Yura e Jiyeon por serem as vítimas já estavam em seus devidos lugares junto ao advogado assim como Jimin estava no seu lugar com seu advogado, com Jungkook ao lado da mesa, Jiyeon não estava ligando muito se iria ganhar ou não o caso, ela só queria que tudo desse certo e Jimin pudesse ir embora para casa.

O juiz entrou no tribunal e todos se puseram de pé, assim que o mesmo sentou em sua cadeira, ordenou que todos se sentassem e assim foi feito.

- Muito bem, vamos iniciar o julgamento. - E o pequeno martelo foi batido contra a estrutura de madeira.

O julgamento ocorreu sem muita discussão, Yura e Jiyeon deram seus depoimentos e Jimin também deu o seu, contando tudo o que fez, Jungkook se manteve quieto a todo momento, os advogados de ambos clientes discutiam entre si sobre a situação de cada um, o julgamento durou em média duas horas e no final, o júri declarou Jimin como inocente, alegação de insanidade, Jiyeon e Yura queriam comemorar mas se mantiveram quietas e fizeram a melhor cara de indignadas que puderam, Jungkook só manteve a expressão mal humorada o tempo inteiro.

- Bom, de acordo com os exames mostrados aqui o Sr.Park não precisará ser internado então ficará sobre supervisão em prisão domiciliar! É só isso. - E o martelo foi batido encerrando o julgamento.

As meninas estavam felizes por dentro pois conseguiram o que queriam, o plano havia dado certo, Jimin também estava aliviado de não ter que ir parar em um hospício ou manicômio. Jungkook se aproximou do Park e o algemou, saindo puxando o mesmo pelo braço, no caminho até a viatura os repórters e câmeras dos canais locais de TV já estavam a todo vapor gravando a grande polêmica do dia sobre o filho do presidente das empresas Park. Jungkook pos Jimin dentro da viatura de polícia e entrou, Taehyung que estava no banco do motorista logo deu partida e saiu dali com os outros dois carros de polícia seguindo logo atrás, o destino deles seria uma casa recém comprada pelo Park, onde iria ficar preso por três meses em observação, Jungkook ficaria responsável por vigiar Jimin, Yura iria fazer as consultas, um médico iria uma vez por semana examinar Jimin e Jiyeon passaria a morar com ele, para o ajudar principalmente na hora de comprar mais remédios já que o mesmo não podia sair de casa.

- Espero que fique bem claro Park, que não é por que estou te ajudando que somos amigos, eu estou fazendo isso pela Jiyeon, apenas por ela. - Debandou Jungkook de forma grosseira, Jimin o olhou e sorriu de canto.

- Eu sei Dongsaeng, não se preocupe. - Disse Jimin e Jungkook o olhou sério mas por dentro ele se sentiu triste, já fazia muito tempo que não ouvia Jimin o chamar assim.

- Não me chame assim. - Resmungou e voltou seu olhar a janela da viatura onde passavam a visão da cidade grande e movimentada de Busan.

Mesmo sentindo raiva de Jimin por ele ser um idiota, Jungkook estava feliz por ver que seu amigo não iria parar em um hospício ou pior, em uma cadeia, mas triste também por não conseguir resolver as coisas com ele como realmente deve ser feito, já que agora ele estava bem.

As coisas as vezes são mais difíceis do que parece, mas depende de você dar o primeiro passo para achar a solução do problema.


Continua



Notas Finais


~ Deixe seu comentário e seu favorito caso tenha gostado! Até o próximo capítulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...