História You are mine - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 2 - Fear of death


Fanfic / Fanfiction You are mine - Capítulo 2 - Fear of death

S/n já não via mais saída para isso, pós para ela era uma sentença de morte,em ser chamada pelo maior e mais perigoso do mundo, era sim uma morte certa. Várias coisas vinheram em sua cabeça,uma delas é está sendo vigiada pelo Jay,algo de deixar qualquer com frio na espinha, enquanto a garota  está assutada pelas mensagens  o terrível senhor Jay Park,  ele sentado em sua cadeira de couro admistrando os seus negócios ilegais para mundo,mesmo com a polícia em sua cola ele não parava e achou uma grande oportunidade na garota na qual perturba seu estado emocional. Uma grande oportunidade para subir seus negócios a usando sua brilhante mente.

 _ ela vai fazer tudo que eu quizer!

Jay falava com o seu braço direito nos negócios, senhor Thomas, que ao contrário do Jay não é nenhum criminoso e muito menos mata pessoas como o próprio Jay, Thomas só quer o melhor para sua família,mesmo se arriscando profundamente nos perigos que trazem as mercadorias de Jay.

_ não acha que ela pode denunciar o senhor por isso?

O olhou de canto com o seu cigarro não acesso em seu lábios carnudos,ele sabia que Thomas estava preocupado com a garota pós tem uma filha com a mesma idade dela.

_ se ela denunciar está morta,tenho certeza que não fará isso!

Jogou uma pasta em cima de sua mesa feito de mármore cinza e com detalhes de ouro  em formado de uma petula de rosa.

_o que é isso?

Thanas abriu vendo fotos da garota e seus familiares,tinha tudo da menina naquele arquivo, lugares que a menina frequenta ou frequentava,prazeres   que fazem feliz,comidas favoritas, praticamente toda a vida da jovem em pedaços de papéis.

_ eu sei tudo sobre ela,se recusar irei mata ela e sua família sem pena alguma!

Pegou o esqueiro na mesa e enfim acendeu o seu cigarro  e aspirando uma boa quantidade da fumaça entrando em seus pulmões e saindo pela suas narinas. Thomas continuava lendo o arquivo e se surpreendeu onde a menina fazia faculdade,que por coincidência  é onde sua filha faz faculdade de jornalismo o que deixou perplexo mas não queria dizer porquê já sabia que seu chave saberia dessa coincidência.

_ está na hora!

Pegou sua arma pistola  380 em baixo da mesa colocando em sua cintura,apagou  o seu cigarro e foi andando  até a porta na qual foi aberta pelos seus seguranças,Thomas só abaixou a cabeça rezando mentalmente para que a próxima vítima não tenha  família pronto para morrer junto.

Jay entrou em seu carro acompanhado de seus capangas pronto para matar e dá a vida por ele,assassinos de primeira sem dó e sem piedade,sem remose. Todos seguiram para uma casa não tão moderna mais não tão decadente, arrombaram a porta casa vendo o cara saindo correndo para o andar de cima,Jay apenas fez um sinal e seus capangas correram atrás da sua vítima,ou não.

_ ora,ora,ora...

O cara de mais ou menos um metro e  setenta de altura,cor parda e olhos esverdeado um pouco vermelhos,sinal que estava usando drogas.

_ o que temos aqui! Achou que é só pedir minhas mercadorias e sair ileso sem pagar, Johnny?

O garoto estava com medo,Jay via isso em seus olhos o medo que causava no garoto. Sentou-se na cadeira em sua frente olhando no fundo dos seus olhos lhe passando o monstro que existe dentro de si.

_ olha,eu vou te pagar cara ,eu só preciso de um tempo.

Jay se levantou já furioso com ele em sua frente,pegou sua arma e apontou em sua cabeça, seus capangas assistam de longe  a emocionante trajeidia que irá acontecer.

_ você diz isso a  dez meses e é sempre pedindo mais e mais, você acha que é de graça?

O garoto negou com o seu coração a mil e sua respiração desregular, o medo da morte é pior que o medo de viver,nunca se sabe que lugar iremos depois que fechamos os olhos em um sono profundo.

_ você sabe que seu tempo acabou, não sabe?

Antes mesmo do garoto responder Jay atirou em sua cabeça se espalhando o sangue para tudo que é canto. Se aproximou do cadáver satisfeito de fazer um bom trabalho, o Park ordenou pegar as suas drogas de volta e claro o dinheiro que tiver por aí e queimar a casa. Ainda perto do corpo deixou o seu símbolo "JP"  de ouro maciço na mão do cadáver.

_ descanse em paz!

Jogaram gasolina no local e saíram vendo a casa em chamas, um sorriso maligno  surgiu em seus lábios,agora satisfeito com o trabalho tinha mais uma missão que era pegar a garota e a converter para o seu lado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...