História You are My dad?----Jikook(bts) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Stray Kids
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 52
Palavras 808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não me joguem pedras, eu voltei

Capítulo 3 - Faz o café?


Fanfic / Fanfiction You are My dad?----Jikook(bts) - Capítulo 3 - Faz o café?

[ Chapter 3 ]

As horas passavam e nada de Jungkook aparecer naquela porta.

Afinal, Jimin sabia que aquele do qual julgava "irritante" era infelizmente, seu colega de quarto.

Também, já se passavam das 22:00 e Yun já até havia ido dormir na cama quentinha do loiro.

O garoto não queria admitir que estava um pouco "preocupado" por Jungkook não ter voltado, mas só um pouco mesmo.

—Onde aquele biscoito estragado se meteu?

Perguntou a si mesmo enquanto via um filme de terror no sofá.



Quando o filme havia acabado, Jimin já estava para fechar seus olhos, pois já se passavam das 23:40 agora.

Porém, no primeiro piscar sonolento do jovem, a porta se abriu com certa brutalidade.

O pequeno arregalou os olhos assustado, logo depois, ele viu um corpo cambaleante andar pela sala.

Como estava escuro o loiro não conseguia indetificar quem era, mas já tinha uma ideia de quem era....

—Eu quero você baixinho.

Falou Jungkook cambaleante se jogando no sofá ao lado de Jimin.

O loirinho apenas se encolhia no sofá tentando fazer com que o moreno não chegasse perto de si.

—Você bebeu Jungkook? Que droga, vá se deitar! Não sei porque me proucupei com você!

Logo após a fala do menor um sorriso maroto surgiu nos lábios do Jeon.

—Se preocupou comigo baixinho?

Ele estava se aproximando de Jimin, porém o mesmo se afastou.

— Vá a merda Jeon Jungkook!

Ele correu para seu quarto e fechou a porta assim que entrou.

Se agachou atrás porta e tocou em seu coração.

— Porque meu coração... Esta batendo rápido?

Jimin suspirou e se deitou ao lado de So-yun.

— Esqueça isso Park Jimin, ele é um babaca que te deixa irritado e confuso.

Após ditar aquela fala o loiro dormiu.




Como sempre, Jimin havia acordado cedo, às 6:00 em ponto, a pequena ao seu lado ainda dormia serenamente, então o garoto resolveu sair para fazer o café.

Só que estranhou algo quando passou pelo sofá, ele parou em frente ao ser que ainda dormia desajeitado naquele móvel cinza.

— Jungkook, o que caralhos você fez com seu cabelo?

— H-hãm?

Perguntou o moreno ainda zonzo por acabar de acordar.

— Aish, que dor de cabeça...

Resmugou Jeon tocando em sua cabeça e logo depois olhando para o pequeno com cara emburrada a sua frente.

— O que foi Jimin?

— Eu perguntei o que você fez com seu cabelo caramba.

— O que eu fiz no cabelo? Eu não fiz nada oras.

Jungkook se levantou um pouco cambaleante e se olhou no espelho para ver o que tanto o baixinho resmugava logo de manhã consigo

— Que merda eu fiz com meu cabelo!?

A única coisa que Jimin queria era rir da cara que o Jeon havia feito quando viu o cabelo dele mesmo estava vermelho.

— Você é uma piada Jeon Jungkook

Comentou o loiro indo para a cozinha fazer o café, porém alguém bateu na porta.

— Acho que já até sei quem é o ser que vem me ver toda plena manhã, só pra me irritar.

Falou Jimin indo até a porta para abrir a mesma.

— Sua namorada Jimin?

— Não me faça rir Jungkook.

O garoto abriu a porta sendo logo abraçado por seu amigo.

— Oxi, que carinho todo é esse? Changbin não te satisfaz o suficiente?

— Filho de uma boa mãe, nem carinho posso dar?

— Entra logo Félix.

Falou Jimin dando passagem para o amigo entrar.

— Faz o café Félix.

— Virei empregada por acaso?

— Te dou 25 reais

— Tô indo fazer

O Park ignorou totalmente o Jeon e foi ao quarto para acordar So-yun, porém a pequena já havia acordado e estava com uma camisa do Park, pois havia acabado de tomar banho.

— Minnie!

— Oi So-yun, olha nos precisamos arranjar roupas pra você.

— Aonde Minnie?

— Acho que... Ah! Já sei!

O loiro foi até suas coisas e de lá retirou algumas roupas que dariam em So-yun

— Onde arranjou essas roupas Minnie?

— Eu tenho uma irmã da sua idade, ela colocou essa roupa dentro da minha mala e só percebi isso quando havia chegado aqui.

Jimin sorriu fofo, porém logo sua expressão se desmancha em medo quando a porta foi aberta

— Oh Jimin, onde fica os... Quem é essa garota Park Jimin!?

— Cala a boca Félix!

— Vamo, me explica

Disse Félix entrado no quarto e se sentando na cama do loiro



Depois do que Jimin havia dito ao amigo, So-yun se apresentou a Félix e foi se trocar

— Como você explicar isso a Jungkook, Jimin?

— Não devo satisfação a ele.

— Chato - diz Félix

— Irritante

— idiota - devolve o amigo

— Ah, vá se ferrar

7:20, o horário que Jimin teria que ir para a faculdade.

O loiro já estava arrumando e muito bonito para ir a faculdade.

— Você fica sozinha aqui So-yun?

— Claro Minnie.

— Ok então

O garoto deu um selar na testa da menina e se retirou com sua mochila, logo saiu do dormitório e foi para o carro

— Err Jimin.

Falou alguém ao seu lado quando ia abrindo o carro.

— O que foi Jungkook?

Perguntou Jimin levemente irritado com a presença do maior.

— Poderia me dar uma carona?




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...