1. Spirit Fanfics >
  2. You Are My Everything >
  3. Capítulo 99

História You Are My Everything - Capítulo 102


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente! Eu falei que iria postar, e confesso que iria postar mais cedo mas não lembrei onde rimh6a colocado o celular😅, procurei e agora que eu achei, eu sou meio desligada, vai desculpando a demora

Capítulo 102 - Capítulo 99


Por: Violetta

Eu já estava cansada de tanto correr com as crianças, incluindo León, o crianção, rsrsrsrs.

Pietro:- Tia Vilu!!_ abriu os braços e o peguei no colo. - Você é bonita. _ sorri o abraçando.

Violetta:- Da vontade de te morder de tanta fofura. _ o apertei de leve.

León:- Eu também sou fofo, pode me morder. _ sentou perto da gente fazendo bico.

Violetta:- Depois. _ sussurrei piscando pra ele, o mesmo mordeu os lábios concordando.

León:- Gostou da titia Vilu, Pietro?

Pietro:- Sim. _ beijou minha bochecha.

León:- Quer que ela venha mais vezes aqui?

Pietro:- Sim!!!!!! _ gritou nos fazendo sorrir.

Violetta:- Temos que ir agora?

León:- Temos, está ficando tarde. _ suspirei.

Violetta:- Tá bom. _ me despedi de todas as crianças, que pediram pra eu ficar e como luta as convenci de que voltaria para brincar com eles novamente, na verdade nem todos eu convenci, o Pietro ainda estava agarrado em meu pescoço, não queria que eu fosse embora.

Pietro:- Pomete que volta?

Violetta:- Prometo amorzinho. _ beijei seu rosto. - Mas agora a titia e tio León tem que ir.

Pietro:- Ta bom. _ desceu dos meus braços. - Pomete que tás ela tio León? _ olhou para ele fazendo bico.

León:- Prometo garotão. _ sorriu pra mim.

Violetta:- Tchau Pietro!

Pietro:- Tchau tia Vilu, tio León!

León:- Tchau! _ beijamos mais uma vez sua bochecha e uma mulher o levou para tomar banho.

León:- Vamos procurar o pessoal? _ assenti, nos direcionamos a entrada onde todos estavam, nos despedimos da senhora Susi que convidou-noz para voltar quantas vezes quisermos, demos tchau ao senhor Otávio.

Ludmi:- Já estou com saudades daqueles baixinhos.

Diego:- Cara, que demais... tinha uma menininha que me pediu em casamento, ela tinha cinco anos.

Fede:- Deve ser por isso._ provocou nos falando rir.

Samuel:- Foi muito divertido, essas crianças possuem uma energia e tanto... gostei muito daqui.

Cami:- Quando podemos voltar?

León:- Quando vocês quiser! Mas agora vamos por que estou um pouco cansado. _ enlaçou minha cintura com seus braços colocando seu queixo em meu ombro.

Violetta:- Vamos. _ cada qual subiu na moto, e antes que eu subisse o Lê me para. - Que foi?

León:- Dorme comigo hoje? _ fez bico usando aquele olhar que derrete eu toda.

Violetta:- Durmo... agora posso subir na moto?

León:- Deve. _ beijou rápidamente meus lábios, coloquei o capacete subindo na moto com a sua ajuda.

O caminho não foi muito longo, rapidinho chegamos nem nossas casas. Eu tinha pedido pelo Lê parar na minha, já que eu precisaria de algumas coisas.

Olga:- Vilu minha princesa!! Estava passeando?

Violetta:- Sim olguinha, estávamos em um orfanato que o León ajuda, brincamos com a galerinha.

Olga:- Deve ter sido incrível!

Violetta:- Sim foi.

Olga:- Então quer dizer que você León presta esse tipo de ajuda? _ assentiu. - Não disse que esse menino é um príncipe? _ rimos e o Lê agradeceu com uma reverência. - Eu fiz uns biscoitinhos, não querem?

Violetta:- Não estou com muita vontade, mais pode ir Lê se quiser, enquanto isso pega as minhas coisas.

León:- Já que insisti meu amor, vamos lá Olguinha..._ abraçou os ombros da Olga indo para a cozinha. Aproveitei, subi para o meu quarto, e fui pegar o que eu precisaria para hoje a noite.

Fede:- Vai dormir fora? _ olhei e ele estava encostado na porta.

Violetta:- Vou dormir na casa do Lê hoje.

Fede:- Humm, vou chamar a Ludmi para vir aqui hoje assistir um filme... comer pipoca...

Violetta:- Sei..._ estreitei os olhos.

Fede:- Onde está o León?

Violetta:- Na cozinha, a Olga fez uns biscoitos e... _ saiu correndo antes sem deixar eu terminar de falar. - O que foi que deu nele? _ encarei meu reflexo confuso no espelho e voltei a arrumqe mimhas coisas já colocando o último utensílio em minha bolsa.

Desci as escadas indo até a cozinha.

León:- Pode comer ele. __ olhou para o Federico com os olhos semicerrados, o mesmo estava olhando igual para o León.

Fede:- Come você.

León:- Não, pode comer.

Violetta:- O que está havendo? _ perguntei pra Olga que estava sorrindo olhando a cena, na qual eu não entendia nada.

Olga:- Estão vendo quem vai comer o último biscoito. _ sorriu e voltei a olhar para os dois com as mãos perto do desejado biscoito.

Fede:- Eu não vou comer, pode ficar.

León:- Não, fica você. _ bufei a tamanha besteira, andei até eles, peguei o biscoito e meti todo em minha boca.

León:- Mas...

Fede:- Porquê?

Violetta:- Come você... não, come você... não...ahhh me poupe vocês parecem duas crianças._ revirei os olhos enquanto eles me olhavam com ainda aberta.

León:- Meu amor por que?

Violetta:- Vocês estavam enrolando então comi. _ dei de ombros.

Fede:- Eu só estava tentando enrolar o León para pegar o biscoito e correr. _ riu e o Lê lhe olhou.

León:- Eu ia fazer o mesmo.

Violetta:- Vocês são impossíveis. _ bufaram.

León:- Eu não gosto de você. _ mostrou o dedo do meio para o Fede.

Fede:- Compartilhamos o mesmo sentimento então. _ se olharam por longos segundos até caírem aos risos que foi interrompido pelo celular do meu primo. - É a Ludmi, vou falar com ela... e assim que os dois sair, pedirei a Olga para fazer algumas guloseimas, sem vocês por aaui_ piscou enquanto o Lê lhe olhava inconformado.

León:- Seu...

Fede:- Bye bye gente. _ correu sorrindo para o seu quarto.

Violetta:- Vocês são hilários. _ enlaçei nossas mãos.

León:- Eu gosto dele... mas, não diz pra ele. _ falou baixinho o que me fez sorrir. - Vamos?

Violetta:- Vamos. _ nos despedimos da Olga, deixei um beijo pro Ramalho e saí com o meu bebê.

Por: León

León:- Finalmente em casa!! _ joguei meu corpo no sofá.

Violetta:- León, toma um banho primeiro para depois deitar em algo. _ me repreendeu.

Mãe:- Como é bom ter uma pessoa adulta nesta casa além de mim. _ desceu as escadas toda arrumada, mas do que o normal, revirei os olhos pelo que ela falou. - Olá Violetta!

Violetta:- Oi Esmeralda!_ cumprimentaram-se. - Como está ?

Mãe:- Muito bem obrigada ! E você ?

Violetta:- Estou ótima.

Mãe:- Fico feliz em vê-la, agora eu posso sair em paz sabendo que o León estará em boas mãos.

León:- Não sou criança. _ cruzei os braços emburrado.

Mãe:- Mais age como uma._ sorriram. - E o Samuel disse que iria ficar com a namorada dele hoje a noite, então você só tem uma criança cuidar mesmo. _ riram mais uma vez.

León:- Samuel nada, a Vilu tem que cuidar só de mim. _ fiz bico.

Mãe:- Como eu disse criança. _ bufei. - Queria ficar mais um pouco para conversamos, porém tenho que ir a um jantar.

León:- Jantar é? Hummm, com quem? _ dei um sorriso de lado.

Mãe:- Humm nada, vou jantar com um amigo.

León:- Amigo? Sei...

Mãe:- Agora achei, vou indo antes que você fale mais besteiras. _ falou com as bochechas vermelhas. - Tchau Vilu, presta atenção nessa criança.

Violetta:- Tchau, e prestarei sim, bom jantar.

Mãe:- Obrigada... já vou indo, juízo hein Leonard Vargas.

León:- Sempre. _ revirei os olhos enquanto ela passava pela porta. - Ela ficou envergonhada, ser a que está saindo com alguém?

Violetta:- Não sei, mas você se importa? _ sentou em meu colo.

León:- Bom... eu estou gostando de como estamos agora, você viu como minha relação com ela mudou? Estamos mais unidos. _ sorri.

Violetta:- Fico feliz em ver você assim. _ me abraçou forte. - Feliz em saber que a relação de vocês é de mãe e filho de verdade agora. _ concordei.

León:- Antes ela saía e nem dizia nada, hoje não, ela passa meia-hora falando pro Samuel e pra mim se comportar e tudo mais, é chato mais ao mesmo tempo gosto . Ela se preocupa e agora me trata como uma criancinha.

Violetta:- Ahhh meu amor. _ beijou minha bochecha.

León:- Bem... estamos só agora... e estou com saudades. _ deslizei os dedos em sua perna fazendo uma carícia o que causou nela um suspiro. - Quer jantar? _ mordisquei sua orelha.

Violetta:- Não. Quero outra coisa. _ se remexeu inquieta em meu colo.

León:- O que? _ sussurrei em seu ouvido. - Me diz! _ olhou em meus olhos, segurou minhas madeixas firmemente... seu olhar desceu para a minha a boca.

Violetta:- Você. _ roçou nossos lábios de uma forma tentadora.

León:- Também quero você. _ sem mais delongas serei nossos lábios de forma excitante, peguei em seus cabelos dando uma leve puxada. Nossas línguas entraram em uma batalha bem selvagem. Passei minha mão em sua cintura a puxando mais pra mim. Ela separou nossos lábios, os seus estavam bem vermelhos. Começou um passeio com eles pelo meu pescoço me deixando arrepiado, até ela resolver dar uma mordida, o que levou um gemido alto meu. Senti meu membro endurecer ainda mais quando ela friccionava seu centro nele. Meu corpo já estava em chamas, seu corpo se moldada de um jeito tão perfeito ao meu.

Peguei em seu queixo erguendo, dando vista de seu pescoço o qual suguei deixando marcas, sua respiração descompassado batia em minha testa, suas mãos estavam em mãos estavam em meus cabelos e as vezes descia para a minha costa arranhando-a por cima da camisa. Sua boca soltava de vez em quando gemidos abafados.

Violetta:- León..._ gemeu entre o beijo me fazendo acender completamente. - Dona Mada deve está aí.

León:- Então vamos pro quarto. _ a peguei escutando seu gritinho de surpresa e subi as escadas na pressa . - Pronto. _ fechei a porta , ela sorriu e voltei a beijá-la enquanto a deitava na cama.

Levei minha mão até a barra de sua blusa levantando-o vagarosamente enquanto devoro seus lábios com volúpia, separei rapidamente do nosso beijo para tirar completamente a blusa voltando a beijar ela e tirando a minha camisa. Por um momento quando vacilei ela reverteu as posições. Ela estava no controle, ô se estava.

Sua boca desce pelo meu pescoço, passando pelo meu abdômen . Sua boca, Ahhh aquela bendita boca, beijava cada gominho até parar, eu não buscava ar onde não tinha. Ela levantou da cama parar tirar meus sapatos jogando em algum lugar, suas mãos apressadas se voltam para o cós da minha calça descendo o zíper puxando-a até tirar. Olha pra mim sorrindo sapeca, eu? Eu não respirava mais rápido que uma pessoa que tinha corrido uns 10 Km sem parar.

Subiu na cama aproximando-se mim tocando em por cima da minha boxe bem devagar.

León:- Ohhh_ fechei os olhos tombando com a cabeça pro lado. - Vilu!!_ a chamei.

Sua mão retirou minha coeca, olhei para os seus olhos que transbordava puro luxúria, os meus não devem estar diferente. Respirava muito rápido e quase perdi o fôlego completo quando seus lábios tocaram minha glande.

León:- Ahhh... _ quase urrei alto quando sua boca o abocanhou. -Meu Deus !!_ meu corpo queimava de desejo. Segurei em seus cabelos enquanto sua boca subia e descia. Suspirava de olhos fechados sentindo chegar quase lá, seus lábios desciam com rapidez. Agora não. Puxei seus lábios pra os meus bastante selvagem. Sentindo meu membro ficar duro novamente. Coloquei minhas mãos em sua costa procurando o fecho do seu sutiã verde militar. Sento na cama com ela em meu colo, tirando-o. Beijei novamente seu pescoço inalando seu cheirinho, levando minha mão a cobrir o seu seio esquerdo apertei devagar a fazendo suspirar. Mordisquei o o direito fazendo-a gemer de forma aguda

O suguei calmamente apertando o outro escutando seus gemidos. Voltei para o esquerdo o mordiscando, suas mãos passeavam pelo meu cabelo. Quando soltei seus seios, percebi que já estavam bem avermelhados, beijei novamente sua boca entreabertos. Deitando de novo agora eu por cima dela . Comecei a beijar seus pescoço, busto, sua barriga e por fim cheguei em seu short. O tirei, beijei a parte superior de seu pé a fazendo sorrir, subi os beijos para a panturrilha, coxas fiz um leve carinho, beijei a parte inferior escutando seus gemidos agudos, aquilo era música pra mim. Retirei sua calcinha da cor do sutiã e toquei em seu local prazeroso.

Violetta:- León... ahhhh. _ passei um dedo em sua umidade, tocando em seu clitóris o que fez ela arquejar. Adentrei com dois dedos. - Ohhh... _ movi os dedos dentro da mesma a fazendo respirar muito rápido. Eu investia com força enquanto massageava seu local prazeroso ao qual se encontrava inchado.

Levei minha boca adentrando-a, sua mão estava em meu cabelo aprofundando mais, aumentei os movimentos enquanto minha língua se movimentava bem ligeiro dentro dela. Senti seu corpo vibrar indicando que estava preta a chegar em sei clímax então movimentei mais rápido.

Violetta:- León!!!_ gritou de prazer ao chegar em seu ápice.

León:- Meu doce favorito. _ saboreei, me estiquei um pouco para pó criado-mudo, abri a gaveta tirando um preservativo, abri e o coloquei em meu membro. Olhei para a minha princesa a beijando enquanto me posicionava entre suas pernas. - Pronta?

Violetta:- Com você sempre! _ beijei seus pescoço e voltei para sua boca enterrando-me nela. - Ohhh meu amor..._ gemeu enquanto eu me movimentava nela.

León:- Vilu.... ah... sempre tão quente Ohh... e apertada ahhh... _ela estava bem molhada e isso fazia as investidas irem mais fundas. Meu corpo pegava fogo, essa mulher me enlouquecia. Ela entrelaçou suas pernas em volta da minha cintura enquanto mordia meu pescoço. Ela se virou ficando por cima de mim, coloquei minhas mãos em sua cintura para ajudar a se mover mais rápido e gemidos escapava da minha boca com as estocadas fundas e certeiras. Sentei mordiscando seus seios enquanto a mesma quicava em mim. Passei suas pernas por trás de mim. Levantei com ela em meu colo, a empresei em uma parede a penetrando.

Violetta:- Ohhh... León!! _ mordi seus lábios quando ela deu um gemido alto , seu corpo estava mole e sua intimidade apertava meu membro causando delírios meus, quando senti meu corpo vibrar.

León:- Violetta.... Ahhh._ um jato quente derramou entre suas pernas. Encostei nossas testas até nossas respirações se regulassem. - Uau. _ sorriu. - Eu te amo.

Violetta:- Eu também te amo._ lhe dei um selinho. 

León:- Vamos tomar um banho? Depois comer alguma coisa?

Violetta:- Tá bom!_ a peguei no colo levando-a para o banheiro.


Notas Finais


Pra quem queria um momento Leonetta daqueles?
E aí gostaram? Não dou muito boa com hot, mas espero que gostem.
Beijos.😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...