História You are my family - TaeGi (Incesto) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Incesto, Taegi, Taehyung!top, Yoongi!bottom
Visualizações 752
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiii
Gente desculpa, ontem eu tava muito exausta e acabei desmaiando enquanto estava escrevendo, espero que gostem

<3

Capítulo 10 - Min Suga já não é tão pequeno assim



Yoongi havia chegado em casa totalmente cansado e exausto, e ainda tinha que ouvir velhos dizendo:


“— Mas você apenas estuda.”



Apenas o caralho, passar oito horas na escola, sofrer um pouco de bullying e estudar como um louco era “apenas”?



— Ah minha senhora, por favor, vai ‘toma no cu! — Mostrou o dedo do meio irritado enquanto sua noona loira ria um pouco a frente.



Yoongi andava muito pavio curto aquela semana.



— Suga, se acalma, mas que ranço de todo mundo! — Sun deu lhe um tapinha na nuca enquanto os dois iam andando a pé para a casa do mais velho.



— Olha, eu 'tô puto assim, porque… O Taehyung não 'tá mais me comendo!



— Faz quanto tempo?



— Dois meses.



— Tentou perguntar 'pra ele?



— Aquele merda não me diz o porquê. — Respondeu bufando, logo fazendo um biquinho fofo. — Porra.



— Pare de xingar, faça ciúmes, você sabe como seduzir ele, MinMin, vai com tudo viado.



— Vai toma no cu. — Riram, ambos os loiros se abraçando - Vulgo se matando. - em meio a rua.





Ao chegarem em casa, Sun já abandonou Yoongi, mas o loiro não ligava muito, já que sua noona estaria com Hoseok lá em cima.


O pequeno subiu as escadas calmamente e morrendo de preguiça, suas costas doíam de uma forma que chegava a arder, o deixando mais irritado.


— Estou ficando velho e rabugento.



— Posso te fazer sentir novinho se quiser. — Assim que sentiu as mãos quentinhas de seu hyung, ficou manhoso instantaneamente, tirando risos do Kim. — Você é um sem vergonha, sabia?


Virou o pequeno, o colocando contra a parede do quarto.



— E você é um chato. — Proferiu, com um biquinho tão grande nos lábios que Taehyung não sabia se apertava ou se mordia.


Mais uma risada nasalada, e Yoongi sentiu as mãos maiores descendo por seu corpo, chegando em suas coxas enquanto o mais velho beijava seu pescoço e mordia seu lóbulo da orelha vez ou outra, fazendo com que as mãos mais novas se apoiassem nos ombros morenos, enquanto tinha a face corada e os olhos semicerrados. Taehyung o destruia em segundos.



— Hy-Hy… — Mordeu o lábio, gemendo baixinho quando sentiu a mordida em seu pescoço, o fazendo arrepiar, tudo piorou quando foi puxado para o colo alheio, e logo seus lábios tinham sido tomados pelos alheios e simétricos. Yoongi se perdia como um pequeno bote num oceano.



Taehyung amava apertar o corpo de seu maknae, amava como as coxas tinham ficado grossas e um pouco roliças, sendo gostosas de se apertar, assim como a bundinha alheia, sendo redondinha e durinha, porém macia e gostosa de se apertar.


— Porra, Yoongi. — Praticamente rosnou, jogando o mais novo na cama de solteiro e logo ficando por cima, tirando o moletom cinza do pequeno, logo atacando os mamilos rosados e arrepiados, fazendo o pequeno se contorcer e arquear a coluna, gemendo manhoso. A boca de Taehyung era a 8 maravilha do mundo, fazia um trabalho excelente e Yoongi já sentia seu membro molhado, ainda por cima, o mais velho roçava seus corpos de uma forma incrivelmente gostosa, o Min apenas deixou sua cabeça ir para trás e os olhos reviraram quando sentiu a mordida moderada em seu mamilo, já vermelho de tanto o Kim lhe sugar.


Yoongi olhou o mais velho com uma mão em frente a boca, estava sendo despido lentamente enquanto o moreno lhe beijava e marcava seu corpo, o deixando em tons de roxo e vermelho, os quais combinavam perfeitamente com sua pele branquinha.


Taehyung sorriu, a entrada de Yoongi era extremamente fofa, e aindo por cima, extremamente apertada, o recebendo tão bem em todas as vezes.


— Deixa eu te chupar..? — Perguntou o menor, manhoso e se sentando em suas panturrilhas durinhas e fofas.



— Deve. — Se levantou, fechando a porta que estava até o momento aberta, e logo após retirou seu cinto, esperando o pequeno vir e tirar o resto de suas roupas.


Yoongi se ajoelhou, enfiando o cumprimento todo de Taehyung para dentro de sua boca rapidamente, sugando devagar e com precisão, apertando o restante que “não entrava” em sua pequena boquinha, a qual Taehyung tanto gostava de foder.



O Kim puxou os fios loiros, começando a estocar na boca pequena calmamente, vendo o estado o qual o Min estava decaindo, ficando mais sexy ainda.



Yoongi apertava as coxas do mais velho, relaxando sua garganta e fazendo o membro alheio ir mais fundo em sua cavidade bucal. Pouco se importava se iria engasgar, continuava chupando o caralho alheio.


Os gemidos roucos de Taehyung faziam Yoongi delirar, a voz tão gostosa do mais velho não podia ser real, para o Min era quase hipnotizante, e amava isso.


Tirou da boca assim que o membro estava totalmente babado e molhado, foi puxado pelos braços, logo sendo jogado na cama de solteiro, tendo o corpo moreno em cima do seu, e logo seus mamilos foram alvos da boca perfeita do Kim, que apenas brincava com o corpinho pequeno, mas tão gostoso do Maknae.


Gemeram quando suas ereções se tocaram, e assim Taehyung sorriu malicioso, tendo uma ideia pervertida em sua mente.


Juntou ambos os falos, masturbando-os juntos, esfregando as glandes e movendo numa velocidade gostosa para ambos.


Yoongi só mantinha a boca aberta, liberando gemidos e um pouco de saliva pelo cantinho de sua boca.


O hyung sorriu satisfeito, abrindo as pernas pequenas assim que soltou o membro do pequeno.



Pincelou sua glande vermelha e inchada nas preguinhas do cuzinho alheio, sua intenção hoje era destruir o Maknae.



Yoongi abriu a boca, sem soltar algum gemido, pois o mais velho havia o adentrado de uma vez, movendo o caralho grande dentro do buraco que fazia seu membro desaparecer.



O aperto era sufocante, e Taehyung se deliciou mais ao ver a entradinha rosa se contraindo e relaxando enquanto a fodia lentamente e o mais novo implorava por mais.


Sorriu malicioso, indo mais fundo e devagar, amassando a próstata alheia com força, ficando parado naquele ponto.


Yoongi chorou de prazer, arranhando as costas morenas. Saiu do pau do mais velho, o jogando na cama e sentando com tudo em seu membro veiudo que liberava pré gozo em abundância, Yoongi quicava rapidamente e com necessidade, amando ter sua entrada ser invadida com tamanha força, ainda mais quando Taehyung levantou o quadril, fodendo o pequeno ainda mais.



Logo já estavam numa posição diferente, com o mais novo de quatro e com os braços sendo puxados para trás, servindo de apoio para o mais velho o comer de uma forma mais gostosa, indo de uma forma rápida e funda no cuzinho rosado alheio.



Yoongi já estava pingando de suor, e gozou mesmo tendo seu membro intocado por maior parte da transa.



Taehyung agarrou a cintura fina, gozando em abundância em seu interior, mas gozou bem, bem fundo, fazendo Yoongi se arrepiar e quase gritar pela sensação quente e gostosa que o mais velho liberou em seu interior.


— Po-porra… — se apoiou na cabeceira da cama, tremendo enquanto o maior se despejava em seu interior. — P-para de gozar…!



— Ca-cala a boca..! — Apertou mais a cintura fina, indo até seu limite dentro do menor, e logo ambos estavam exaustos e suados na cama, Yoongi sujo, claramente.





— 'Cês transaram ‘pra caralho né?


— Aham!! — O Min sorriu. Estava satisfeito e manhoso, embora tenha crescido ainda era aquele mesmo garotinho, que precisava de proteção...


Notas Finais


Capítulo que vem tem mais treta <3

Trailer: https://youtu.be/IyaB1GpLCz0


Obrigadaaa e desculpe a demora!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...