História You are my only love. (Jikook) - Capítulo 6


Escrita por: e JinKookie92

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook, Namjin, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Yoonseok
Visualizações 262
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ignore os erros ❤🙆

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction You are my only love. (Jikook) - Capítulo 6 - Capítulo 6

•Jungkook on•


Haha eu adoraria falar para esse idiota que eu e Jimin tivemos uma noite.... Ah! Uma noite maravilhosa. Eu tive que provocar um pouco né?


Taekyun: Park Jimin você disse que iria para casa da sua avó.


Jimin: Sim, eu ia, mas...


JungKook: Eu encontrei ele no caminho machucado e então levei ele para casa.


Jimin: Foi isso.


Taekyun: Eu ainda estou desconfiado.


JungKook: Se o Jimin fez ou não alguma coisa comigo, não é problema seu! Afinal, Jimin não é seu ainda.


Taekyun: Mas será. -Diz chegando perto de mim.


JungKook: Mas não é. -Digo ficando cara a cara com ele.


Taekyun: Idiota. -Ele dá um soco em meu rosto.


JungKook: Eu vou quebrar a sua cara. -Digo dando um soco nele.


Os pais do Jimin tentaram separar eu e Taekyun, mas eu queria acabar com ele.


Jimin: JUNGKOOK! VEM. -Diz me puxando.


Eu e Jimin fomos para a cozinha. Ele "expulsou" todas as mulheres que estavam na cozinha, nos deixando a sós. Ele pega um gelo e senta do meu lado com um sorriso.


Jimin: Hahaha ele mereceu.


JungKook: Filho da puta. -Digo colocando o gelo na minha bochecha.


Jimin: Amei ficar com você ontem. -Diz sentando no meu colo.


JungKook: Eu também, temos que fazer isso mais vezes. -Digo passando a mão em suas coxas.


Jimin: Concordo.


JungKook: Quando vai dar um pé na bunda do Taekyun? Mas que cara chato. -Digo revirando os olhos.


Jimin: Eu sei, mas você tem que "conquistar" minha família bebê.


JungKook: Primeiro a sogra.


Jimin: O que? 


JungKook: Vou conquistar a sua mãe.


Jimin: Ela não é minha mãe, e porque vai fazer isso? Desistiu de mim? -Diz com uma carinha falsa de choro, que fofo!


JungKook: É claro que não Jimin-ssi, você que me falou para conquistar eles -Digo rindo e depois dando um selinho nele. -Vamos sair hoje?


Jimin: Não vai dar, tenho um compromisso com o Jin.


JungKook: Ahh... Tudo bem, deixa para a próxima.


Jimin: Vamos voltar para a sala, se não Taekyun vem atrás da gente -Diz revirando os olhos.


•Jimin on•


Chegando lá vimos Taekyun com uma cara nada boa, minha "mãe" tentando acalmar ele, minha "avó" dormindo no sofá, meu "pai" no telefone e Jin vindo em nossa direção com uma cara de preocupado.


Jungkook on• 


Jin: Taekyun queria matar o JungKook -Diz sussurrando.


JungKook: Acho melhor eu ir embora,  antes que eu cometa um homicídio.


Jimin: É....


JungKook: Senhora Park?


Sra Park: Sim JungKook?


JungKook: A senhora gosta de museus?


Sra Park: Amo! Ainda mais museu onde tem várias coisas sobre o universo e tals, não sei como se chama.


JungKook: Que coincidência, eu tenho dois ingressos para ir lá hoje, mas o Jimin disse que não iria poder ir. -Digo fazendo uma cara "triste".  -Mas....


Sra Park: Mas? -Diz com os olhos brilhando.


JungKook: Se a senhora quiser me acompanhar... Seria muito bom ir com uma pessoa que entende.


Sra Park: Amor, posso ir?


Haha, a senhora Park parecia até uma criança pedindo doce para o pai de Jimin. Aprendam comigo, como conquistar a sua futura sogra.


Sr Park: Pode sim, mas você ainda é só minha. -Diz dando um beijo nela.


Sra Park: Claro que sim. -Diz dando um risada.


JungKook: Não se preocupe, só tenho olhos para uma pessoa. -Digo olhando para Jimin, que vira o rosto de vergonha. Pera aí?! Jimin com vergonha?


Taekyun: Eu vou dormir. -Diz subindo as escadas furiosamente.


Acho que irritei alguém, certo? Taekyun, Taekyun, se você pisar no meu caminho, farei você se arrepender.


JungKook: Bom, te pego as 19:00, ok?


Sra Park: Ok. Não quer almoçar com a gente?


JungKook: Não, muito obrigado, tenho que visitar um amigo antes de ir para a empresa, deixa para a próxima.


Sra Park: Tudo bem, vou cobrar hein!


Me despeço de todo mundo, menos da avó de Jimin, já que a mesma estava dormindo que era uma beleza.


Fui para a delegacia visitar um amigo meu que sempre me ajuda a fugir quando eu mato alguém, Kim Namjoon. Namjoon é o delegado, mas ele na verdade também é um criminoso. Um delegado ser criminoso? Que louco né? Bem, eu já parei na delegacia algumas vezes, mas não foi por causa de assassinato e sim roubo. Isso ficava só entre ele, eu e me pai. Mas meu pai não sabia que Namjoon era um criminoso, achava que ele era só um interesseiro, já que meu pai o pagava quando eu parava na delegacia. Eu e Namjoon nos conhecemos na escola, ele sempre me "protegia" quando eu fazia alguma merda.


JungKook: Namjoon meu amigo! Quanto tempo.


Namjoon: Olá JungKook, o que te trás aqui? -Diz focado no celular.


JungKook: Só vim fazer uma visita, aproveitar que meu pai tem duas reuniões e eu não.


Namjoon: Ainda está naquela empresa chata?


JungKook: Pois é. Com quem conversa tanto? Mais uma vadia?


Namjoon: Não! É um garoto que eu encontrei ai.


JungKook: Kim Namjoon pegando um homem? Que novidade.


Namjoon tem seus vinte e três anos, sempre foi o "pegador" da escola. Ele é um homem bonito, tenho que admitir, e faz maior sucesso com a mulherada e alguns homens, mas principalmente com as mulheres. Mas eu não sabia que Namjoon gosta de pirulito não.


JungKook: Me conte mais sobre ele.


Namjoon: Ele hoje me disse que eu posso chamar ele de baby ou Jinnie, e ele me chama de daddy ou Nam.


JungKook: Jinnie... Já viu alguma foto dele? Me mostre? Mas não quero nudes não.


Namjoon: Ele me mandou essa. -Diz mostrando uma foto que era só a boca do garoto.


Não que eu tenha reparado muito no Jin, mas a boca é idêntica a dele.


JungKook: Acho que eu conheço ele.


Namjoon: Sério?


JungKook: Se você me fizer um  grande favor, eu te mostro uma foto dele e te falo onde ele mora.


Namjoon: Sério?


JungKook: E te pago uma boa grana.


Namjoon: Tá, qual é o "plano"?. -Diz fazendo aspas com o dedo.


JungKook: Quero que prenda Taekyun.


Namjoon: Quem é esse?


JungKook: Uma pessoa que está me atrapalhando a ficar com o amor da minha vida, quero ele por um bom tempo na cadeia.


Namjoon: Fechado.


Não seria difícil convencer o juiz que o Taekyun é um "criminoso", afinal, o juiz é meu amigo e ótimo em fazer negócios. Tadinho, Taekyun está totalmente fudido.













Notas Finais


Para quem ler minha fic "Se eu fosse você", eu não vou atualizar ela hoje👋❤🔪🌚 Só atualizei essa porque ela já estava prontinha🙆😘


Ah! E talvez o próximo capítulo seja um pouco menor, ok? Mas não sei o certo ainda. Beijinhos 👋😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...