História You are my only love. (Jikook) - Capítulo 7


Escrita por: e JinKookie92

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook, Namjin, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Yoonseok
Visualizações 264
Palavras 880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ignore os erros ❤😊

Capítulo 7 - Capítulo 7


Fanfic / Fanfiction You are my only love. (Jikook) - Capítulo 7 - Capítulo 7

•Jimin on•


Jimin: Jin, você já está pronto? 


Ele não me respondia, ficava apenas rindo feito bobo para o celular.


Jimin: Kim SeokJin, dá para o senhor me responder?


Jin: Oii Jimin, o que foi? -Diz ainda rindo.


Jimin: A gente tem que visitar a casa daquele homem! Afz.


Jin: Uiui, está irritado é? Coisinha fofa. -Diz apertando as minhas não bochechas.


Jimin: Eu não sou fofo!


Jin: E eu sou virgem! Jimin você pode ser um psicopata, mas tu é fofo. Olha essa carinha de neném. -Diz novamente apertando minhas não bochechas.


Jimin: Vamos embora antes que eu corto isso que você chama de...


Jin: Calma menino! Tpm tá foda hein.


Jimin: Vamos logo. -Digo puxando ele.


•Jungkook on•


Taehyung: Tá falando com quem hein. 


JungKook: Yoongi.


Taehyung: Achei que eu era seu único amigo, tirando o Jimin.


JungKook: Você é meu melhor amigo e ele é meu amigo, melhorou?


Taehyung: Ótimo. Opa! Que cara gato JungKook, esse Yoongi é um pitel. -Diz quase pulando em cima de mim para ver a foto de perfil do Yoongi.


JungKook: Pode tirar o olho que ele já tem namorado que também é um amigo meu ai.


Taehyung: Estou me sentindo trocado.


JungKook: Sem dramas por favor.


Taehyung: Ele é gay?


JungKook: Claro né! Eu disse namorado.


Taehyung: Credo, grosso. Isso é falta de matar.


JungKook: Estou sem tempo para isso.


Taehyung: Bom, você anda muito ocupado com Jimin pra cá, Jimin pra lá.


JungKook: Quando você achar o amor da sua vida, você vai entender.


Taehyung: Beleza. Vamos hoje então? Preciso esticar as pernas.


JungKook: Desculpa Tae, mas eu tenho um compromisso.


Taehyung: Deixa eu adivinhar... -Diz fingindo que está pensando. -Jimin! -Diz revirando os olhos.


JungKook: Errou.


Taehyung: Com quem então?


JungKook: A mãe do Jimin.


Taehyung: Ih JungKook, desde quando você curte mulheres? Ainda mais mulheres mais velhas.

JungKook: Estou conquistando a família dele por pouco, quero ficar com o Jimin.


Taehyung: Aiai. Bom, eu vou indo porque eu tenho mais o que fazer. Tchau Kook.


JungKook: Tchau Tae.


Depois do Tae ir embora, eu vou para o meu quarto e escolho uma roupa para ir ao "encontro" com a senhora Park. Eu precisava ir bem arrumado, eu não iria usar aquelas minhas calças muito coladas ou largas, nem minhas blusas grandes, eu iria optar por um terno mesmo. Jimin disse que a mãe é bastante obcecada por dinheiro, ela e a minha dariam ótimas amigas.


Depois de me arrumar, pego as chaves do carro e dou partida para casa dos Park's. Chegando lá comprimento todos, os pais de Jimin e avó dele. A senhora Park disse que Jimin não estava, tinha saído com o Jin.


No carro a senhora Park ficou tagarelando o quanto ela é rica e não saberia o que fazer se perdesse tood seu dinheiro.


JungKook: Então Jingin, me diz porque adotou Jimin? -Digo tentando mudar de assunto.


Sra Park: Foi meio que amor a primeira vista, sabe? Ele estava brincando sozinho com seu coelhinho de pelúcia, e cantando uma música... Aish! Eu achei tão fofinho, e quis levar ele para mim. Eu descobri que eu não poderia ter um filho, sabe? Então meu marido disse para irmos até um orfanato e então vi o Jimin. Ele no começo era uma criança adorável, mas depois se tornou uma pessoa rebelde. Começou a beber, fumar, sair para baladas e estudando pouco, mas passou de ano, ele deu bastante trabalho! Mas agora que ele está crescido, não me preocupo muito.


JungKook: Hum, entendi.


Sra Park: Soube que você era bastante amigo do Jimin lá né?


JungKook: Sim, a gente se divertia muito, mas até eu ser adotado.


Sra Park: Chegamos! Olha só que lindo.


JungKook: Sim.


•Jimin on•


Sr Jinsug: Boa noite senhor Park e senhor Kim.


Jimin: Vamos direto ao ponto. -Digo enforcando ele. -Queremos que venda tudo para nossa família.


Sr Jinsug: Mas Park, isso é tradição de família, não posso.


Jimin: Acho que o senhor não entendeu. Se você não me vender isso, você morre.


Jin: O senhor é muito jovem para morrer.


Sr Jinsug: Acho que vocês se enganaram.


Ele sorri e joga uma coisa no chão e depois acende um isqueiro, que eu não de onde esse homem tirou isso. Ele sai correndo e as chamas começam a ficar maiores. Eu não sabia onde o Jin estava, ele sumiu. Eu estava berrando até cair no chão e tossir muito. Quando eu já estava totalmente jogado no chão eu vi uma pessoa, sim uma pessoa, uma mulher na verdade, ela ria de mim, era tudo ilusão, mas parecia tão real. Senti minha visão ficar preta, eu tentava andar para chegar na porta, mas a minha cabeça foi acertada com a madeira que caiu do andar de cima. Eu não acredito que eu vou morrer assim.


Jungkook on•


Jin me ligou eufórico dizendo que estava em uma casa e ela estava pegando fogo, e para piorar o Jimin ficou preso lá. Sai correndo do museu com a senhora Park e fui para a tal casa que eles estavam.


 JungKook: Ele ainda está lá?


Jin: Ele berrava, mas os gritos pararam. Meu braço está com um corte enorme, se eu fosse lá eu iria fracassar.


JungKook: Eu vou.


Sra Park: JungKook!


Jin: Os bombeiros já estão a caminho.


•Jin on•


JungKook estava lá já tinha cinco minutos, os bombeiros chegaram e algumas pessoas curiosas foram ver o que tinha acontecido. Eu estava nervoso, eles não apareciam.


Jin: Não! Não! Não!


A casa avia explodido.


-Sinto muito senhor. -Diz um homem segurando em meu ombro.


Sra Park: Não... -Diz chorando no ombro do outro bombeiro.


Jin: Eu vou matar Jung Jinsung.











Notas Finais


Hihi bye bye👋❤ Será que eles estão vivos?🌚👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...