História You are my wonderwall - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cruella De Vil, David Nolan (Príncipe Encantado), Elsa, Emma Swan, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Príncipe James, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Bexana, Brigas, Casamento, Ciumes, Discussões, Drama, Escola, Família, Morrilla, Namoro, Romance, Snowing, Swanqueen
Visualizações 235
Palavras 2.762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLÁ GENTEEE!!!

ATENÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!: EU FIZ UMA MUDANÇA NO CÁP. ANTERIOR. HAVIA COLOCADO UM PARÁGRAFO EM QUE A EMMA CONTA EM QUE HAVIA COMPRADO ALIANÇAS PARA PEDIR REGINA EM NAMORO. EU RETIREI ESSA PARTE, FAZENDO COMO QUE SE A EMMA NÃO TIVESSE COMPRADO NADA. VOCÊS VÃO ENTENDER QUANDO LEREM ESTE CAPÍTULO. NÃO FOI ALTERADO NADA DA HISTÓRIA EM SI DO CAPÍTULO, ENTÃO NÃO HÁ A NECESSIDADE DE LER DE NOVO, APENAS SE QUISEREM. MUDEI TAMBÉM O GIF DO CAPÍTULO, ACHEI Q O DO ANTERIOR SE ENCAIXAVA MAIS NESSE, ENTÃO COLOQUEI OUTRO NO ANTERIOR. OBRIGADA PELA ATENÇÃO!

Gostaria d agradecer, os comentários, favoritos e tudo mais, estou amando esse feedback de vcs. Acredito que o título do capítulo tenha entregado o que irá acontecer e espero que gostem. Aqui se encerra a trama para o bem ou mal. O link da música está nas notas finais.

Divirtam-se!

Capítulo 27 - The one with "PYD"


Fanfic / Fanfiction You are my wonderwall - Capítulo 27 - The one with "PYD"

Regina Mills POV.

- Onde estamos?

- Estamos na lanchonete que eu venho desde pequena, é de uma pessoa muito especial. – Acenei para o meu avô vir. – Amorzinho quero que conheça meu avô Marco Gepeto Mills. Vovô, essa é Emma.

- É um prazer conhecê-lo Sr. Mills, Charming, Emma Swan Charming. – ele falou.

- Que isso, pode me chamar de Marco. Uau, você é uma Charming, minha neta se apaixonou por uma Charming, você não perde tempo em mocinha. – ele disse me cutucando e saiu.

- Vovô! – gritei fazendo-o rir. Fiquei vermelha.

- Você contou a ele?

- Ele tem os melhores conselhos do mundo, estava precisando de ajuda.

- Espero que tenha ajudado. Falta muito para chegarmos? Sinto que vou morrer de dor no pescoço. – ela riu.

- Não, estamos chegando, já estamos na cidade.

Pedimos mais algumas coisas para comer e seguimos viagem, em meia hora o porteiro abriu o portão para mim. Cumprimentei Howard o segurança da casa e Emma quando viu, ficou chocada, a casa realmente era linda.

- Gostou? – perguntei enquanto estacionava o carro.

- Se eu gostei? Essa casa é maravilhosa, olha isso, tem até um campinho!

- Na verdade ele não estava aí, mandei monta-lo enquanto estávamos vindo. Ele é seu, tem o seu nome. – disse apontando para a placa na entrada dele.

Não era nada grandioso, era mais ou menos do tamanho de uma quadra, apenas mandei colocar as traves e pintar as linhas.

- “Lago dos Cisnes, propriedade de Emma Swan”, eu amei, tem o meu nome... – ela disse sorrindo. – Obrigada Gina.

- De nada Ems, vamos vou te mostrar o lugar. – disse.

Mostrei em volta da casa primeiro, onde havia o campinho que ela fez questão de pegar a bola e dar o primeiro chute, seu sorriso estava de volta no rosto e estava começando a tudo ficar bem, logo depois mostrei à área da piscina e a churrasqueira. Entramos na casa e mostrei a sala, cozinha, banheiros e os três quartos, o último era o meu.

- Esse é o meu quarto, você pode escolher onde quer dormir. – disse receosa.

- Estou com chateada, mas não o suficiente para ficar longe de você, ficarei aqui, junto com você na cama de casal e sem contar que temos dois casais chegando amanhã.

- Tudo bem. Acredito estar cansada, afinal você estava lotada de coisas no técnico e eu também estou, mais tarde conversamos okay? Pode tomar um banho na suíte enquanto eu ligo para avisar Zelena que chegamos.

- Okay. – ela disse pegando alguma roupa na mala e entrando no banheiro.

Saí do quarto e fui à varanda ligando para Zelena.

Ligação On

- Chegamos Zel e está tudo bem, por enquanto... Mostrei o campinho à ela que amou, já foi até bater uma bola lá. Ela insistiu para ficar no meu quarto, disse que estava com raiva, mas não o suficiente para ficar longe de mim.

- Ela te ama minha irmã. Fico feliz que as coisas estejam se ajeitando aos poucos e agora o que vai fazer?

- Eu também a amo Zel, só espero não ser tarde demais. Vou esperar ela dormir e colocar meu plano em prática, quanto tudo tiver pronto te aviso.

- Pode ter certeza que não é tarde demais, vai dar tudo certo, até sis.

- Até.

Ligação Off

Desliguei o telefone e voltei para o quarto, sentei na cama esperando por Emma sair do banheiro, assim que ela saiu, entrei tomando um banho para relaxar, coloquei uma roupa folgada afinal fazia calor. Eram 16h, coloquei o despertador do celular no vibra para me acordar às 17h e o joguei debaixo do travesseiro para não acordá-la.

- Vem, deita comigo. – ela pediu, enquanto em ajeitava na cama.

Deitei e ela se aninhou nos meus braços, procurando um refúgio, assim cochilamos. Uma hora depois acordei com o tremer do celular, estávamos na mesma posição em que dormimos, devagar a soltei dos meus braços e sai da cama. Troquei de roupa e sai do quarto, ela provavelmente vai demorar a acordar, estava cansada devido à escola, o curso e o treinamento.

Pronto agora tudo começa, deixei um bilhete dizendo que fui comprar algo para comermos, o que era verdade, peguei a bolsa e saí. Entrei no carro e segui até o mercado, comprando tudo o que precisava para o jantar de hoje, eu realmente não sabia cozinhar nada, mas tinha uma receita que meu avô havia me ensinado que eu realmente sabia fazer: lasanha.

Andando pelas ruas, havia algumas lojas de roupas, vi um vestido lindo, era a cara da Emma, não pensei duas vezes e comprei, passei em outras e achei um para mim. Queria que fosse uma noite especial, então nada melhor do que se sentir linda. Voltei para casa e ela ainda dormia, pedi ajuda para um dos seguranças para me ajudar a colocar uma mesa ao lado de fora, faria uma noite bonita e seria legal jantar ao pôr do sol.

Eram 18h e estava começando a preparar o jantar, enquanto ele ia cozinhando, fui arrumando a mesa, as famosas velas não faltariam, ok era um jantar romântico. Coloquei a bebida no gelo e fiquei de olho na comida, quando o relógio marcou 19h entrei no quarto para acordá-la:

- Ems, vamos acordar. – disse tirando o cabelo de seu rosto.

- Que horas são?     

- São 19h. Tome um banho e se arrume, vamos jantar já já.

- Meu Deus, eu dormi demais. Ok.

Esperei ela entrar no banheiro e ouvi o a água do chuveiro cair. Arrumei a cama e fiz uma surpresa! 

Emma Swan POV.

Entrei no banheiro e tomei um banho que me ajudando a relaxar para essa conversa. Sequei-me e enrolei na toalha entrando no quarto que estava com as luzes apagadas. Acendi e tomei um susto quando olhei para cama, um coração gigante feito com pétalas de rosas vermelhas, com uma caixa de presente e um bilhete que dizia.

Ems,

Espero que goste do presente e use nesse jantar de hoje, me encontre às 20h na mesa ao lado de fora. Que dê tudo certo. Siga as pétalas...

Com amor,

Regina.”

Eu não preciso nem dizer que já estava com lágrimas no rosto depois disso, preciso? Ela me amava, eu sabia disso... Peguei a caixa e abri me deparando com um vestido lindo, fiquei chocada, eu havia amado o presente. Tratei logo de me arrumar, pois havia enrolado no banho. Quando o relógio marcou 20h eu estava pronta e linda.

Mandei uma foto minha a Zelena que ficou mandando diversas mensagens como: “Quem tem limite é cidade”, “ninguém segura vocês hoje”, “transem muito, quebrem a cama, acordem os vizinhos”, e como se esquecer da última, “não se esquece de me mandar um áudio do momento”. Zelena não vale nada mesmo. Saí do quarto e fui seguindo a trilha de pétalas que estava pela casa, quando passei pela sala, senti um cheiro maravilhoso vindo da cozinha, continuei e quando cheguei ao lado de fora, pude ver ela, linda de costas observando a noite, ao lado da mesa que estava maravilhosa também.

- Você está linda. – eu disse a tirando os pensamentos. Ela se virou para mim e puta que pariu, que mulher era aquela, seu cabelo perfeitamente arrumado, ela usava seus óculos que a deixavam mais linda ainda e sem contar o seu sorriso, o mais lindo de todos.

- Uau, você que está. O vestido lhe caiu muito bem. – ela respondeu. Ela nos serviu o vinho e sentamos a mesa.

- Obrigada, eu amei.

- Antes de servir o jantar eu gostaria de dizer algumas coisas, peço apenas que me deixe falar, antes que eu desista e saia correndo.

- Tudo bem.

- Emma, acima de tudo me perdoe, me perdoe por te fazer esperar esse tempo todo, por não acreditar em você, por muitas vezes em que te deixei de lado por causa dos outros, me perdoe por ter sido estúpida e não perceber tudo o que eu sinto, eu sempre tive muito medo como você sabe, tive medo de ser atingida pelas pessoas por causa da minha opção. – ela disse rindo com lágrimas no rosto. – Por achar que perderia meu emprego, por achar que não daríamos certo, mas principalmente Emma, eu te peço perdão, por não ter me entregado a você e demorado a perceber o quanto eu sou apaixonada por você. – ela disse me olhando enquanto tentava segurar em vão as lágrimas.

- É claro que eu perdoo você, porque eu te amo, você sabe que se você fosse acusada de algo eu estaria tacando sete pedras em cima do acusador, pode acontecer o que for, eu vou estar ao seu lado, te defendendo, te protegendo, te amando. Eu sei que tudo aquilo que eu disse hoje foi necessário para que estivéssemos aqui e agora, mas me desculpe pelo que eu disse e como eu disse, eu te fiz chorar, eu te machuquei e não gostei nem um pouco disso.

- Meu amor, você apanhou por mim, mais de uma vez, teve um ataque de pânico por mim e ainda desmaiou nos meus braços, eu acho que eu merecia. – ela disse sorrindo. – Pazes feitas? – ela perguntou se levantando e vindo em minha direção

- Mais que feitas... – disse fazendo o mesmo segurei em sua cintura e a puxei para perto, encostando os meus lábios nos seus, cada vez mais aprofundando o beijo.

- Tem mais uma coisa. – ela disse com um sorriso no rosto.

- O que? – perguntei curiosa.

Nos separamos do abraço, ela pegou sua bolsa que estava na mesa, abriu e tirou uma caixinha de veludo preta dela. Eu levei minhas mãos a boca como forma de surpresa. Regina era dessas, não ligava muito para namoros ou casamentos, o importante para ela era estar junto da pessoa. Ela sempre dizia, “Emma para com essas viadagens!”, mas sempre que eu fazia ou falava algo romântico ela ficava emocionada. Ela se fechou e mudou muito depois do Robin, era a minha tarefa mudar isso! E pelo visto eu mudei...

- Emma Swan Charming... – ela começou a falar e ajoelhou abrindo a caixinha em seguida, relevando um par de alianças lindíssimo. – Você aceita ser a minha namorada?

- E-Eu... – respirei fundo. – É claro que eu aceito! – respondi com um enorme sorriso no rosto.

Regina se levantou e colocou o anel no meu dedo, estendendo o outro para que eu fizesse o mesmo.

- Eu amo você. – ela disse para a minha surpresa.

- Eu também te amo Gina. – respondi enquanto voltava a beijá-la. Obviamente tiramos uma foto do momento.

Ela serviu o jantar e sentamos para comermos, estava delicioso, Gina sempre disse que não possuía dotes culinários, mas aquele prato estava espetacular. Jantamos em harmonia, cheio de conversas e risadas. Quando o jantar acabou, a ajudei levar as coisas para dentro. Após isso, coloquei a música “Let me Love you” do Dj Snake com o Justin Bieber. Dançávamos animadas e cantávamos alto enquanto acabávamos com a segunda garrafa do vinho. De tanto pular, caímos no sofá, ela por baixo e eu por cima, fiquei observando seu rosto, enquanto passava a mão por ele, retirando fios de cabelos que nele caia. Logo a música acabou e PYD invadiu os nossos ouvidos, melhor momento para tocar!

 

 

“PYD, PYD, PYD
Vou fazer amor com você
PYD, PYD, PYD
Vou fazer amor com você
PYD, PYD, PYD
Completamente.”

 

 

 

Aproximei nossos rostos e a beijei, mas dessa vez era um beijo diferente, carregado de amor, desejo e muito prazer, nossa línguas entravam numa batalha. Eu a levantei pegando ela em meu colo segurando em sua bunda enquanto ela colocava as pernas em volta do meu corpo. A coloquei sentada no balcão da cozinha americana e abri suas pernas, ficando entre elas, tudo isso sem quebrar os beijos.

- Em-Emma... – ela disse sem muito conseguir dizer enquanto minhas mãos passeavam pelo seu corpo.

- Faz amor comigo? – perguntei enquanto tomava fôlego

- É claro que eu faço! – ela disse com certeza e voltou a me beijar.

 

 

“Da porta até a parede
Da mesa de café, garota, se prepare
Vou fazer amor com você (PYD, PYD, PYD)
Completamente
Do fogão até o balcão".


 

 

Voltei a beijá-la e a desci do balcão, devagar abaixei o zíper de seu vestido e o desci, jogando em algum lugar da sala, deixando-a de roupas íntimas. Fomos caminhando em direção ao quarto esbarrando nos móveis e no meio do caminho a ajudei a tirar o meu, jogando pelo corredor, tirei meu sutiã e o arremessei também. A encostei na porta do quarto e continue a beijá-la, retirei seu sutiã e entrei no quarto deixando ele perdurado na maçaneta do lado de fora, fechei a porta e adentrei com ela, deitando-a na cama com as pétalas de rosas.

- Você é tão linda. – eu dizia enquanto fazia uma trilha de beijos pelo seu corpo e ouvia seus leves gemidos. – Eu esperei tanto por isso de novo. – falei antes de cair de boca nos seus seios.

 

 

“Na mesa da sala de jantar, você está pronta?
Vou fazer amor com você (PYD, PYD, PYD)
Suba as escadas para o meu quarto
Acenda algumas velas, prepare-se
Vou fazer amor com você (PYD, PYD, PYD)”.

 

 

Ouvi-a soltar um gemido mais alto e não pude deixar de soltar uma risada, chupava um de seus mamilos e massageava o outro, enquanto ela gemia mais. Fui descendo os beijos pelo seu corpo, deixando algumas marcas, ela vai me matar quando ver isso, sai dos seios, passei pela barriga até chegar à barra da sua calcinha, devagar fui descendo e pude ver o quanto ela estava encharcada.

- Tão pronta para mim... – disse massageando seu clitóris e pude vê-la jogar a cabeça para trás e agarrar os lençóis com força enquanto gemia meu nome.

- Em-Emaaaaa, m-meu-de-deus. – ela falava cada vez mais manhosa.

Abri suas pernas e cai de boca na sua intimidade, fazendo movimentos circulares, enquanto ouvia seus gemidos aumentarem, estoquei a língua dentro dela e ouvi um grito.

- Po-rra Emma... E-eu pr-eciso de m-mais... – ela dizia gemendo.

Fui indo cada vez mais fundo, entrava e saia cada vez mais rápido.

- Em-Emmaaa, eu v-vou... – ela dizia entre gemidos enquanto arranhava forte as minhas costas, mas nem liguei, na verdade estava adorando.

 

 

“Completamente (PYD, PYD, PYD)
Num avião, em um trem, num carro, não importa
Vou fazer amor com você (PYD, PYD, PYD)
Completamente (PYD, PYD, PYD)
E isso não faz nenhum sentido para mim, querida”.

 

 

 

 

Então eu coloquei um dedo dentro dela, esperei que ela se acostumasse e comecei a movimentá-lo. Continuei movimentando e adicionei mais dois dedos, ouvi ela gemer bem alto e acabei me assustando.

- Está tudo bem?                            

- S-sim, apenas con-continue...

Aos poucos comecei a movimentar os dedos dentro dela e quando percebi que o seu orgasmo estava próximo, retirei os dedos observando a sua desaprovação, retirei a minha calcinha que estava encharcada e colei nossos sexos nos movimentando juntas. Nós duas rebolávamos cada vez mais, era uma verdadeira loucura, suávamos cada vez mais, era uma coisa de outro mundo. Continuamos naquele movimento, gemendo alto, até sentir nossos líquidos escorrendo pelas pernas. Deitei ao lado dela, nossos peitos subiam e desciam ofegantes.

- O que achou? – perguntei.

- Foi maravilhoso! – ela disse eufórica.

- Pronta para o segundo round?

- Sempre!

 

 

“Você é toda minha, querida (PYD PYD PYD)
Fazer amor com você
Isso vai te mostrar o quanto eu te amo, pela minha gratidão
Vou fazer amor com você (PYD, PYD, PYD)
Ooh, porque você merece o melhor”.

 

 

 

Gina desceu os beijos até chegar à minha entrada e tratou logo de enfiar dois dedos sem que eu esperasse, soltei um gemido mais alto, ela soltou uma gargalhada, ela sugava meus seios enquanto ia me estocando cada vez mais.

- R-Reginaa eu v-vou...

Quando eu estava quase gozando ela parou, fiz uma careta e ela caiu de boca no meu sexo.

- Quero ver você gozar na minha boca. – ela disse e começou a me chupar cada vez mais, estocando a língua dentro de mim. Minutos mais tarde senti o líquido escorrer pelas minhas pernas e ela sugar tudo.

 

 

E nada mais do que o melhor
Por isso, vou te dar o melhor que você já teve
Vou fazer amor com você (PYD, PYD, PYD)
Vou fazer amor com você”.

 

 

Continuamos nos amando até não aguentarmos mais e cairmos de cansaço e sono uma ao lado da outra, lembro-me de levantar e pegar uma cueca boxer e olhar o relógio era quase três da manhã. Dormimos abraçadas uma a outra.


Notas Finais


Música do capítulo, PYD do cantor Justin Bieber feat. R. Kelly: https://www.youtube.com/watch?v=Q65DZfb6jzw
E aí o que acharam? Felizes? Esse é um dos meus capítulos favoritos, e espero que tenham entendido o fato de eu alterar o capítulo anterior, achei que se encaixava bem mais a Regina pedir a Emma em namoro, como forma de mostrar o quanto ela quer e se importa. Nos vemos quinta-feira.
Beijocas,

_missswan836


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...