História You Are The Best - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Ban, Diane, Elaine, Elizabeth Liones, Gowther, King, Meliodas, Merlin
Tags Baine, Kiane, Melizabeth, Nanatsu No Taizai, Romance
Visualizações 513
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey hey!
Mais um capítulo saindo fornooo
Boa leitura! ヽ(*゚ー゚*)ノ

Capítulo 15 - Vamos Brincar um Pouco


Fanfic / Fanfiction You Are The Best - Capítulo 15 - Vamos Brincar um Pouco

POV Diane

King abre a porta da sua casa e entramos, me jogo no sofá, pego meu celular e vejo algumas mensagens:

Diane! Vocês estão bem? Aonde vocês estão?     Baixinha

Oi Elaine, estamos bem sim e estamos em casa, não se preocupe

POV King

Vou até à cozinha e pego água para beber, quando termino de beber vou até a sala e quando chego, Diane está mexendo deitada no sofá, chego até ela e olho seu telefone:

— Quem é? - Pergunto ao seu lado e ela se assusta - Está me escondendo algo? - Sorrio maliciosamente

— É Elaine e por que esconderia algo de você? - Ela ri

— Ah não sei, sou um pouco inseguro - Me sento no braço do sofá e ela se senta rapidamente - V-Vamos lá pro quarto, aqui está um pouco quente né? - Pergunto, mas me desculpa mundo, eu falei com pensamentos maliciosos

— Vamos - Ela sorri, se levanta, sobe as escadas e acompanho-a - Vamos pra qual quarto?

— Vamos pro meu, Elaine não gostaria que nós ficassemos em seu quarto - Abro a porta, entro e Diane faz o mesmo, fecho a porta e ligo o ar-condicionado - Você quer fazer o que? - Pergunto

— Não sei... - Diane fala se deitando - King... Deita comigo... - Ela pega minha mão meio corada e eu aposto que estou do mesmo jeito

— M-Mas por quê? - Pergunto

— E-Eu quero ficar com v-você... - Ela fala, me deito ao seu lado e ela acaricia meu rosto - Sabe, eu queria saber, como não gostei de você antes, você é tão perfeito... Eu te amo - Essa hora meu coração começa a acelerá e me tremer, Diane se aproxima mais de mim e entrelaça nossas pernas e sela nossos lábios, o beijo é quente e doce, era a mistura adequada para esse momento, seguro sua coxa e levanto-a até a minha coxa e acariciando-a da sua coxa até a perna, cessamos o beijo ofegantes, por causa da falta de ar, olho Diane de baixo pra cima e  parto pra outro beijo, só que mais selvagem, ela pega minha mão colocando-a em seu seio, fazendo com que me excitasse, ela morde meu lábio inferior no meio do beijo, fazendo-me delirar, tiro minha mão do seu seio e boto ela em sua bunda, apertando-a com força, fazendo com que Diane se separe do beijo

POV Diane

King desce sua mão até minha bunda apertando-a, fazendo com que separasse nosso beijo, gemo sem querer e uma chama acende dentro de mim

Ah King, você é irresistível!

— Por favor, mais! - Peço e ele sorri maliciosamente e chega em meu ouvido

— Primeiro vamos brincar um pouco - Ele lambe minha orelha delicadamente, fazendo-me arrupiar por inteiro, ele se levanta fica sobre mim e tira meu cropped e o joga, ele começa a chupar o meu pescoço, que provavelmente ia marcar, sua mão livre vai até meu seio, apalpando o mesmo, ele sai do meu pescoço e retira meu sutiã e chupa meus seios, fazendo com que queire King dentro de mim

— Você quer brincar? Então vamos! - Jogo King pro lado e subo em cima dele, seduzo ele mordendo meu lábio inferior, fico de joelhos em cima dele e tiro meu short, só me deixando de calcinha, fico de quatro e mexo na cabeça de seu membro, fazendo com que se excite mais do que já estava, tiro seu short e só deixo de cueca, sento na frente de seu membro, esfrego lentamente minha intimidade em seu membro e King morde seu lábio inferior impedido dele gemer, mas King não resiste e arfa - Agora vai ficar na vontade! - Continuo a esfregar e ele só mordia o travesseiro e lutava contra seus gemidos. Até que paro e percebo que minha calcinha está úmida e para não gozar de uma vez, poupo King - Tudo bem, vou parar, agora pode me dominar... - Beijo King, dessa vez com paixão, me separo do beijo e tiro minha calcinha, o mesmo se senta e me puxa pro seu colo, entrelaço minhas pernas em sua cintura e ele me estoca bruscamente, fazendo com que grite, era uma dor prazerosa, mas foi violento. Beijo King enquanto sentia suas estocadas ficarem mais rápidas e menos dolorosas - Ah, King, mais! - Peço e ele aumenta a velocidade

— Diane... E-Eu vou... - Antes de King terminar a frase, sinto um líquido dentro de mim sendo despejado, King respira ofegante e me levanto, antes que saísse de seu quarto para tomar banho, coloco uma toalha e saio, corro pro chuveiro e me limpo rapidamente, coloco a toalha em meu corpo e vou até o quarto de King e o mesmo estava botando um short, peguei um vestido e me visto, saio de seu quarto e desço para a sala e me deparo com Elaine


— Elaine? O que faz aqui? - Pergunto

— Bom, eu moro aqui - Ela ri - Onde está King?

— No quarto - Respondo - Você estava aqui à muito tempo?

— Sim e quando cheguei só fiquei ouvindo isso "Ah King!" "Aah!" - Coro e ela ri

— Parecia que estavam quebrando o chão - Ban aparece atrás de mim com um copo de água e me assusto

— Você também ouviu!? - Pergunto trêmula

— Aham, você estava gemendo muito alto - Ban fala
 rindo

—  Verdade! Mas enfim, só viemos buscar minhas coisas - Elaine sobe às escadas junto com Ban. Meu Deus! O que eu faço?

Notas Finais


Tá aí uma lemon bosta pra vocês e.e
Até o próximo capítulo (。・ω・。)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...