História You Are The Difference - Yoonmin - - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Markson, Yoonmin
Visualizações 115
Palavras 2.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas, tudo bem?
bom, peço perdão pela demora e pelo capitulo curto
sorry

Capítulo 7 - Passado 1


Fanfic / Fanfiction You Are The Difference - Yoonmin - - Capítulo 7 - Passado 1

Já fazia algumas horas que Jimin havia chegado em sua casa, não falou com ninguém, subiu para o seu quarto e trancou a porta. Ele estava com raiva, pois sabia que uma hora ou outra Jackson acabaria por descobrir a volta do moreno,​ ​mas​ ​não​ ​esperava​ ​que​ ​fosse​ ​daquela​ ​forma.

Jimin​ ​estava​ ​tentando​ ​se​ ​manter​ ​calmo,​ mas ​quando​ ​descobriu​ ​que​ ​o​ ​moreno havia​ ​voltado​, ​levou​ ​um​ ​susto.​ Quis​ ​sumir,​ ​mas​ ​manteve​-se​firme.​ ​O​ ​alaranjado não​ ​queria​ ​mostrar​ ​que​ ​ainda​ ​sofria​ ​pelo​ ​o​ ​que​ ​o​ ​moreno​ ​tinha​ ​feito​ ​e​ ​estava se​ ​saindo​ ​bem. Realmente havia​ ​se​ ​saído​ ​bem​ ​no​ ​dia​ ​da​ ​escolha​ ​dos​ ​trainees.​ ​Jimin pensou​ ​que​ ​nem​ ​conseguiria​ ​olhar​ ​pra​ ​Jeon​, mas​ ​acabou​ ​que​ ​além​ ​de encarar​ ​o​ ​moreno,​ ​ainda​ ​conseguiu​ ​o​ ​dirigir​ ​palavras,​ ​e​ ​foi​ ​firme​ ​com​ ​as mesmas.  

 

Jimin​ ​era​ ​mole​ ​em​ ​relação​ ​a​ ​sentimentos,​ ​por​ ​mais​ ​que​ ​não​ ​quisesse​ ​mostrar que ele​ ​era​ ​um​ ​garoto​ ​doce,​ ​ainda​ ​sofria​ ​pelo​ ​seu​ ​ex​ ​namorado.​ ​Não​ ​no quesito​ ​de​ ​ainda​  ​amar​ ​Jeon​, mas ​sim​ ​porque​ ​o​ ​moreno​ ​havia​ ​partido​  ​o​ ​seu coração.​ ​Jimin​ ​não​ ​gostava​ ​de​ ​falar​ ​sobre​ ​o​ ​assunto,​ lembrar do passado o machucava muito.

- Flashback on -

Há​ ​três​ ​anos​ ​atrás​, ​quando​ ​Jimin​ ​tinha​ ​dezenove​ ​anos​ ​e​ ​Jeon​ ​dezesseis,​ ​os dois​ ​se​ ​conheceram​ ​por​ ​acaso​  ​em​ ​uma​ ​loja​ ​de​ ​roupas​ ​do​ ​shopping. ​Os​ ​dois acabaram​ ​se​ ​esbarrando​ ​quando​ ​saíam​ ​dos​ ​provadores,​ ​naquele​ ​momento eles ​já​ ​começaram​ ​a​ ​conversar​ ​sobre​ ​como​ ​tinham​ ​gostos​ ​parecidos​ ​para roupas.​ ​Acharam​ ​muitas​ ​coisas​ ​em​ ​comum​, ​e​ntão trocaram​ ​os telefones, ​marcaram de​ ​se​ ​encontrar​ ​e​ ​assim​ ​seguiu-se​ ​um​ ​mês​ ​de​ ​encontros.  

​ ​Jimin​ ​estava​ ​encantado​ ​com​ ​Jeon,​ ​achava​ ​o​ ​garoto​ ​extremamente​ ​lindo.​ ​Os seus​ ​eram olhos​ ​grandes​ ​e​ ​o​ ​sorriso​ ​​o​ ​lembrava​ ​o​ ​de​ ​um​ ​coelho.​ ​Jimin​ ​estava apaixonado,​ ​e​ ​apesar​ ​de​ ​ser​ ​três​ ​anos​ ​mais​ ​velho​, não​ ​se​ ​privou​ ​de gostar​ ​do​ ​garoto.​ ​Os​ ​dois​ ​se​ ​encontram​ ​durante​ ​dois​ ​meses​ ​e​ ​descobriram que​ ​tinham​ ​um​ ​amigo​ ​em​ ​comum: Jackson. ​​Apesar de Jackson​ ​ser ​mais​ ​próximo​ ​de​ ​Jimin​, não​ ​deixava​ ​de​ ​ser​ ​amigo​ ​de​ ​Jeon.  

Tudo​ ​seguia​ ​tranquilamente,​ ​os​ ​dois​ ​já​ ​haviam​ ​dado​ ​o​ ​primeiro​ ​beijo​ ​e​ ​até passado​ ​disso.​ ​Jimin​ ​estava​ ​decidido​ ​a​ ​pedir​ ​Jeon​ ​em​ ​namoro​,​estava apaixonado​ ​e​ ​não​ ​via​ ​problema​ ​em​ ​fazer​ ​tal​ ​coisa​; até​ ​porque​ ​pensava​ ​que​ ​o garoto​ ​sentia​ ​o​ ​mesmo​ ​em​ ​vista​ ​de​ ​tudo​ ​o​ ​que​ ​já​ ​haviam​ ​vivido.​ ​Jimin​ ​tinha preparado​ ​tudo,​ ​não​ ​queria​ ​fazer​ ​algo​ ​muito​ ​clichê​, então​ ​apenas​ ​reservou lugar​ ​em​ ​um​ ​restaurante​ ​e​ ​preparou​ ​um​ ​passeio​ ​no​ ​parque.​ ​Jimin​ ​planejava pedir​ ​o​ ​moreno​ ​quando​ ​estivessem​ ​na​ ​roda​ ​gigante​, ​no​ ​ponto​ ​mais​ ​alto,​ ​e​ ​foi isso​ ​que​fez.​ ​Quando​ ​estava​ ​no​ ​alto​ ​e​ ​a​ ​roda​ ​havia​ ​parado,​ ​Jimin se​ ​ajoelhou​ ​no​ ​pequeno​ ​espaço​ ​da​ ​cabine​ ​e​ ​pediu:

— Jungkook? - Jimin chamou e o moreno logo desviou seu olhar do céu estrelado​ ​para​ ​encarar​ ​Jimin​, que​ ​por​ ​sua​ ​vez​, ​já​ ​estava​ ​de​ ​joelhos.  

— O que pensa que vai fazer? - Jeon perguntou assustado — Jiminnie, se levante,​ ​vamos​ ​-​ ​completou​ ​puxando​ ​a​ ​blusa​ ​do​ ​mais​ ​velho​, mas o mais velho ​apenas​ ​ignorou o ato

— Você, Jeon Jungkook, aceita namorar comigo? - Jimin perguntou com suas bochechas vermelhas e um grande sorriso que faziam seus olhos ficarem pequenos  

Jeon nada respondeu, não tinha certeza se era realmente aquilo que queria. Sabia que gostava de Jimin, mas muita coisa estava em jogo. Havia acabado de ser chamado para ser trainee e o moreno não queria desistir da oportunidade. Estava se sentindo perdido, não queria machucar Jimin e dizer que o via apenas como uma transa​ ​e​ ​boa​ ​companhia.​ ​Então​, ​mesmo​ ​contra​ ​vontade​, ​aceitou.

— Aceito - respondeu baixo, Jimin estava muito feliz e acabou não percebendo​ ​o​ ​quanto​ ​o​ ​moreno​ ​estava​ ​desanimado  

O namoro seguia com algumas brigas. Jimin queria passar seu tempo livre com Jeon, mas o moreno preferia sair com os amigos. Os dois eram trainees da mesma empresa, por isso estavam sempre juntos, coisa que incomodava Jeon, pois Jimin sempre ficava em cima de si. Jimin sempre fora muito ciumento e possessivo e Jeon não gostava nem um pouco. Queria sempre sair sozinho, mas o namorado não concordava.

Jimin estava cego de amor, não percebia como o outro estava insatisfeito com o relacionamento. O laranjado havia se apegado muito ao moreno, no qual sabia de todos os problemas do mais velho, enquanto Jimin nem sequer havia conhecido os pais de Jungkook. O pai de Jimin não estava de acordo com o namoro, dos​ ​dois​ ​mas​ ​Jimin​ ​havia​ ​optado​ ​por​ ​ignorar​ ​as​ ​intervenções​ ​do​ ​pai.

Já se faziam quatro meses desde que haviam começado a namorar, Jeon estava mais insatisfeito do que nunca, mas nada dizia. Estava afim de sair, ver gente nova. O moreno havia sido convidado para uma festa que aconteceria em um final de semana. Como estava entediado da rotina com Jimin, optou por ir à festa. Assim que o dia chegou, Jeon inventou todas as desculpas do mundo para não se encontrar​ ​com​ ​Jimin. Apenas se​ ​arrumou​ ​e​ ​foi.

Jeon sempre fora muito bonito, e apesar da pouca idade chamava bastante atenção. Chegou na festa atraindo vários olhares para si, homens e mulheres não poupavam suas expressões desejosas pelo moreno. Entrou e logo deu um jeito de arranjar uma bebida; bebeu três, quatro, cinco copos de algum drink que o serviram e se dirigiu para a pista de dança. Estava feliz e sentindo-se livre, dançava sem se importar com quem estava olhando. A música que tocava tinha uma batida gostosa fazendo Jeon mexer o quadril de uma forma sexy; estava distraído com a batida da música quando sentiu ser abraçado por trás. Levou um susto e olhou pra trás, vendo um homem alto e loiro. Jeon não se separou do aperto do homem, pois não estava se importando com nada. Jimin não estava lá para o impedir, então o moreno apenas​ ​se​ ​deixou​ ​levar​ ​pelos​ ​toques​ ​do​ ​loiro.  

Com um tempo saíram das pista e foram para perto dos banheiros, beijavam-se freneticamente. Jeon estava cheio de adrenalina em seu corpo e já estava duro, enquanto o loiro não estava diferente. Iam seguindo para o estacionamento quando Jeon​ ​escutou​ ​alguém​ ​o​ ​chamando:

— Kook? - Jeon olhou pra trás vendo Jackson com uma cara confusa — O que​ ​significa​ ​isso?​ ​O​ ​que​ ​você​ ​está​ ​fazendo?​ ​-​ ​Jackson​ ​perguntou​ ​alterado

— O que você está fazendo aqui? - Jeon perguntou ainda segurando na mão do​ ​homem​ ​que​ ​nem​ ​sequer​ ​sabia​ ​o​ ​nome  

— Isso não interessa! É dessa forma que você ia passar a noite na casa dos seus​ ​pais?​ ​-​ ​Jackson​ ​perguntou​ ​com​ ​ironia

—​  ​Não​ ​é​ ​nada​ ​disso​ ​que​ ​você​ ​está​ ​pensando,​ ​Jack​ ​-​ ​Tentou​ ​se​ ​explicar

—​  ​Não​ ​é?​ ​-​ ​riu​ ​—​ ​Você​ ​estava​ ​aos ​beijos​​ ​com​ ​esse​ ​cara​ ​e​ ​não​ ​é ​​nada?  

Jeon não sabia como se explicar. Estava olhando para Jackson quando, sem querer, olhou para o lado vendo Jimin parado, com os ombros caídos e os olhos vermelhos. Rapidamente se soltou do homem e foi na direção de Jimin. Jeon ia falar, mas​ ​Jimin​ ​havia​ ​sido​ ​mais​ ​rápido:

— Se não estava satisfeito, era só ter me falado, doeria bem menos do que ver​ ​você​ ​aos​ ​beijos​ ​com​ ​qualquer​ ​um​ ​-​ ​Pronunciou​ ​baixo

— Jimin… - Jeon ia tocar no rosto do mais velho, mas o mesmo empurrou sua mão.

— Eu confiei tanto, tanto - gritou — em você, eu te amo tanto e pelo visto você​ ​só​ ​me​ ​viu​ ​como​ ​mais​ ​um,​ ​não​ ​foi?​ ​-​ ​perguntou​ ​sem​ ​olhar​ ​para​ ​o​ ​moreno  

—​  ​Não​ ​é​ ​isso,​ ​Jimin.​ ​Eu​ ​gosto​ ​de​ ​você,​ ​muito!​ ​Mas…-​ ​Jimin​ ​o​ ​interrompeu  

— Não me ama, típico - completou a frase do outro finalmente o olhando nos olhos — por que aceitou meu pedido? Por quê, se não me ama?! Sabe o quanto está​ ​doendo​ ​aqui?​ ​-​ ​perguntou​ ​apontado​ ​pro​ ​seu​ ​peito​ ​—​  ​MUITO!​ ​-​ ​continuou

— Jiminnie, desculpa... Eu aceitei porque fiquei com medo de te magoar. Eu estou tão focado na minha carreira... - Jeon pediu choroso e Jimin apenas soltou uma​ ​risada​ ​abafada  

—​  ​Em​ ​pensar​ ​que​ ​eu​ ​briguei​ ​com​ ​meu​ ​pai​ ​por​ ​você​ ​-​ ​Disse​ ​baixo  

—​  ​Jiminnie,​ ​vamos​ ​conversar,​ ​certo?​ ​-​ ​o​ ​moreno​ ​insistiu  

— Ele quer conversar, Jackson - Jimin exclamou com ironia olhando para o amigo que estava do seu lado — Me faz um favor, Kook? - Jeon balançou a cabeça positivamente — VAI SE FODER! - completou gritando a ultima parte chamando atenção​ ​de​ ​algumas​ ​pessoas  

—​  ​Minnie…

— Não se preocupe, vou pedir para deixarem suas coisas na sua casa. Passar bem, Jeon. - Disse por último e puxou Jackson pelo braço logo sumindo da visão​ ​do​ ​moreno

E assim os dois terminaram, Jeon traiu Jimin com a desculpa de que estava focado na carreira e Jimin ficou arrasado. Este até tentou dar a volta por cima, tentou ficar bem, mas o moreno o fazia falta. Apesar do que o mais novo​ ​havia​ ​feito​, ​Jimin​ ​ainda​ ​o​ ​amava  

Ele até seguiu Jeon por um tempo e sempre via o moreno sorrindo e saindo com outras pessoas, enquanto Jimin sequer comia direito. A única coisa que ainda deixa Jimin um pouco tranquilo era saber que Jeon não estava namorando, só saía com pessoas aleatórias sem nenhum compromisso. Jimin havia de fato virado um perseguidor, saiu da empresa cuja era trainee, pois​ ​não​ ​aguentava​ ​ver​ ​Jeon​ ​tão​ ​feliz​ ​longe​ ​de​ ​si.

​                                  [...]

Jimin estava péssimo, faziam seis meses desde que haviam terminado. Entrou em depressão, não saía mais de casa, nem vivia. O laranjado se sentia​ ​um​ ​lixo​ ​por​ ​sofrer​ ​tanto​ ​por​ ​alguém​ ​que​ ​sequer​ ​lembrava​ ​de​ ​si.

Em um determinado dia, Jimin estava em um café, havia decidido sair de casa estava tentando ficar bem, sair do buranco onde Jeon havia o jogado. Estava sentado de frente para a janela, na qual dava a vista para uma praça. Jimin tomava seu café enquanto olhava para as crianças brincando, quando um rosto​ ​familiar​ ​apareceu​ ​em​ ​seu​ ​campo​ ​de​ ​visão: Jeon​ ​Jungkook.

O moreno estava mais bonito do que nunca. Tinha um imenso sorriso em seu rosto e estava acompanhado. Um homem loiro caminhava ao seu lado, segurando sua mão e como se não pudesse piorar, os dois se beijaram rapidamente. Nesse instante a última peça que restava do coração de Jimin, caiu. Não​ ​podia​ ​acreditar​ ​no​ ​que​ ​estava​ ​diante​ ​de​ ​seus​ ​olhos.  

A pessoa cuja havia terminado consigo com a desculpa de estar focado na carreira e sem tempo para relacionamento, estava a namorar? E com o homem que havia o traído? Jimin não aguentou. Chorou, chorou muito até chamou a atenção de algumas pessoas, mas não se importou. Continuou ali, sentado​ e​chorando.

Não iria investigar para saber se era realmente verdade, não faria isso. O seu coração doía, Jimin se sentia idiota por sentir tanto a falta de Jeon. Se sentia desprezível por sofrer que nem uma criança quando se apaixona pela primeira vez. Por mais que o laranjado achasse patético sentir tudo aquilo,ele​ ​não​ ​aguentava​ ​mais,​ ​algo​ ​faltava.​ ​Se​ ​sentia​ ​vazio.

Já havia saído do café estava a caminho de sua casa, não olhava para a frente, apenas caminhava sem se importar em quem esbarrava. Estava a se aproximar de um pista, dessa vez o laranjado já olhava e viu a pista movimentada. Sentiu como se algo o chamasse para o outro lado, sabia que era morte e estava disposto a segui-la. Estava pronto para atravessar, passar na frente dos vários carros que passavam, já estava na beira da pista quando algo o puxou para trás. Olhou por cima do ombro vendo Jackson segurando sua jaqueta. Jackson tinha seus olhos cheios de lágrimas, logo se aproximou mais​ ​de​ ​Jimin​ ​e​ ​o​ ​abraçou​ ​por​ ​trás  

—​ ​Hyung,​ ​não​ ​faça​ ​isso​ ​-​ ​Jackson​ ​pediu​ ​com​ ​a​ ​voz​ ​embargada​ ​pelo​ ​choro  

—​ ​Eu…​ ​-​ ​Jimin​ ​ia​ ​falar​ ​mas​ ​Jackson​ ​o​ ​interrompeu  

— Eu sei que não tem sido fácil, sei o quanto o seu coração está doendo, o meu também está - fungou — Eu te a… Voccê é tão importante pra mim, não faça mais​ ​isso,​ ​certo?​ ​-​ ​pediu​ ​e​ ​Jimin​ ​apenas​ ​concordou​ ​com​ ​a​ ​cabeça

A Partir daquele dia, Jackson sempre ficava com Jimin; ia sempre visitá-lo e até o incentivou a ir para o psicólogo. Com o tempo, Jimin foi melhorando, já saía de casa e estava sempre na casa do mais novo. O coração de Jimin já estava sarando, estava esquecendo Jeon e seguindo sua vida, mas já não era o mesmo. O garoto fofo e sentimental havia sumido, Jimin havia se transformado em um homem amargurado e frio. Sempre saía com pessoas diferentes, passava apenas um noite e​ ​ia​ ​embora​ ​antes​ ​de​ ​amanhecer.

Tinha decidido tentar voltar para alguma empresa, mas por algum motivo não conseguia nada. Jimin queria ser trainee novamente, apesar de tudo que passou, o seu sonho continuava ali dentro de si, mas o destino não estava a contribuir para que acontecesse. Dois anos se passaram e Jimin ainda não havia conseguido nada. Vendo que não conseguiria nada, decidiu por aceitar a proposta de seu pai. ​Assumir a​ ​empresa​ ​da​ ​família.  

​    ​-​  ​Flashback​ ​of​ ​-  


Notas Finais


Bom gente, eu vou tentar postar sempre nas quintas feiras. eu ia postar esse na quinta mas aconteceu um imprevisto
Mais um vez peço perdão pela demora. Não desistam de mim, certo?
bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...