História You are the music in me - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Alzack, Angel, Aquarius, Aries, Bisca Connell, Chelia Blendy, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gildartz, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Romeo Conbolt, Wendy Marvell, Zeref
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Miraxus, Musica, Nalu, Rogura, Skino
Visualizações 145
Palavras 915
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo minna
Desculpa a demora, mas a vida tá corrida.
Arigatô pelos favoritos e comentários
Boa leitura 💜

Capítulo 10 - Kagura


Fanfic / Fanfiction You are the music in me - Capítulo 10 - Kagura

Yukino on


Yukino: eu sei...- disse cabisbaixa.

Kagura: estou falando isso pro seu próprio bem. Eu já vou indo, tenho que desfazer as malas.

Yukino: até amanhã.- disse e fui para qualquer lugar bem longe dali.

Eu sei que Kagura tem razão, eu não posso me envolver demais, só que... acho que já me envolvi. E pensar que eu ainda terei que acabar com essa escola...

Cheguei numa parte afastada da escola e sentei em um banquinho caindo aos pedaços.


Sting on


Eu não queria admitir, mas fiquei feliz que tudo tenha se resolvido.

Mira: alguém viu a Yukino?- perguntou e agora eu percebi que ela saiu do nada e ainda não voltou.

Sting: eu vou procurar.

Todos: huummmmm.- disseram com aquele sorrisinho.

Sting: não é nada disso, é que faz um tempo que ela saiu daqui e....esquece.- disse me rendendo sabendo que não conseguiria fazê-los mudar de ideia.

Eu sai e comecei a procurar pela escola inteira e estava quase desistindo, mas resolvi olhar em mais um lugar e como suspeitava lá estava ela. Uma albina um pouco azulada, sentada no que restou de um banco nos fundos da escola, com as apoiando a cabeça, com uma tristeza no olhar

Me apaixonei dela que tomou um susto ao perceber a minha presença.

Yukino: S-sting...- disse surpresa.

Sting: posso sentar?- ela assentiu.

Yukino: o que tá fazendo aqui?

Sting: você não voltou, então eu decidi te procura- eu me interrompi ao  perceber o que havia dito- quer dizer o povo mandou eu vir te procurar.- disse me atrapalhando um pouco e ela riu.- mas...o que você tá fazendo aqui?

Yukino: queria ficar um pouco sozinha.

Sting: tá tudo bem?- perguntei arqueando uma sombrancelha.

Yukino: claro!- ela logo botou um sorriso no rosto- arigatô...

Sting: pelo que?

Yukino: por ter se preocupado em vir aqui.- sua expressão era tão serena e suas bochechas levemente vermelha...meu Kami o que eu tô pensando?! Desviei o olhar antes que pensasse mais coisas.

Sting: vamos voltar.- disse me virando.

Yukino: hai!-  disse séria eu ri.

Sting: não precisa responder como se  eu fosse seu chefe, não é uma ordem, é um convite.

Yukino: desculpa...

Sting: Yukino, de que esquadrão você vem?- perguntei brincando.

Yukino: de um você não vai querer conhecer...- disse baixinho.

Sting: você vem mesmo de um esquadrão?- perguntei surpreso.

Yukino: não, era brincadeira...


Autora on


Não era brincadeira, Yukino realmente veio de um lugar que era obrigada a receber ordens e cumpri-las.


No dia seguinte...


Gildartes: bom dia alunos! Como eu disse: hoje teremos uma aluna nova. Se apresente, senhorita Kagura.

Kagura: meu nome já foi anunciado, não há necessidade de eu me apresentar.- disse fria e todos ficaram com medo.- onde posso me sentar?

Gildartes: na cadeira na frente do emo e ao lado da Yukino.- disse apontando para a aubina e o moreno.

Rogue: eu não sou emo!- disse com uma veia saltando da testa.

Kagura: "emo" é o nome popularmente dado para pessoas que tem a franja grande e a usa para cobrir o olho, então sim, você é emo.- todos ficaram mais assustados ainda.

Levy: vai ser um longo ano...- as meninas concordaram com a cabeça.

Mais duas aulas se passaram e o sinal do intervalo tocou. As meninas e os meninos sentaram na mesa de sempre.

Mira: que tal chamarmos a aluna nova para sentar com a gente?

Lucy: Mira sempre boa com todos...

Erza: não podemos julgar antes de conversar com ela.

Rogue: eu acho que ela é metida, sabe tudo e...

Kagura: yukino.- disse brotando do além, o que fez Rogue dar um pulo na cadeira.- preciso falar com você.

Yukino: hai.- disse saindo com Kagura.

Natsu: elas se conhecem?

Sting: parece que sim.



Kagura: recebemos novas ordens: precisamos pegar os papéis da escritura da propriedade da escola.

Yukino: sabe onde eles são guardados?

Kagura: provavelmente na sala do diretor.

Yukino: podemos ir lá de noite.

Kagura: pensei a mesma coisa... agora é melhor voltarmos antes que desconfiem de algo.

Yukino: hai!- elas voltaram para a mesa, Kagura já estava indo embora, mas Mira a chamou.

Mira: Kagura, por que não senta com a gente?

Erza: é, senta com a gente.- Kagura olhou para Yukino, que apenas assentiu.

Kagura: acho que não vejo nenhum problema.- disse se sentando.

Rogue: eu vejo.

Lucy: você é amiga da Yukino?- disse ignorando ele.

Kagura: digamos que somos colegas.- todos estranharam um pouco.

Sting: então...como se conheceram?

Yukino: estudávamos na mesma escola.

Natsu: por que só entrou aqui agora?

Kagura: tinha uns assuntos para resolver.

Jellal: qual é sua especialidade?

Kagura: especialidade?

Erza: é, que instrumento você toca?

Kagura: guitarra.

Sting: o Rogue também... olha, vocês tem muito em comum.- disse debochado.

Rogue: vai se ferrar.

Kagura: sem querer ofender, mas não acho que tenho coisas em comum com um emo aparentemente meio sad.- todos ficaram boquiabertos.

Rogue: o que você disse?!

Yukino: err...acho melhor irmos para sala.- disse puxando Kagura.

Kagura: exatamente o que você ouviu, mas se não consegue aguentar a verdade...- disse dando de ombros.

Yukino: Kagura...- disse com medo do rumo dessa conversa.

Erza: eu vou no banheiro...- disse saindo antes que isso piorasse.

Rogue: você quer falar de "verdade"? Então a verdade é que você é uma metida, sabe tudo...

Jellal: eu já voltou...

Os dois ficaram alí tretando e Jellal foi atrás de Erza e encontrou ela saindo do banheiro.

Erza: Jellal?- ele não perdeu tempo, a pressou contra a parede e deu-lhe um beijo, que ela retribuiu imediatamente, eles se separaram quando o ar se fez falta- aqui não, Jellal...- disse o empurrando.

Jellal: por que?- disse agarrando a ruiva de volta.

Erza: quando vamos assumir isso ein?

Jellal: vamos esperar um pouco.

?: Jelly!!- eles olharam para trás e viram uma aubina com a cor do cabelo igual a da Yukino, ela correu e se jugou em cima dele.

Jellal: o que está fazendo aqui, Angel?!

Angel: eu vou estudar aqui!

Erza: com licença, mas quem é você?

Angel: sou a futura noiva dele.



Notas Finais


Vishi.... quantos mistérios
Bye bye até o próximo 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...