História You are the music in me - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Alzack, Angel, Aquarius, Aries, Bisca Connell, Chelia Blendy, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gildartz, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Romeo Conbolt, Wendy Marvell, Zeref
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Miraxus, Musica, Nalu, Rogura, Skino
Visualizações 42
Palavras 2.403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo desculpa a demora, é que eu me confundi toda com as músicas desse capítulo, e por falar nelas, leiam a letra pode ser importante
Boa leitura 💜

Capítulo 11 - Músicas que revelam sentimentos


Fanfic / Fanfiction You are the music in me - Capítulo 11 - Músicas que revelam sentimentos

Erza on


Erza: "noiva"?- perguntoi para a sonciane na minha frente.

Jellal: calma aí, Angel. Você não é minha noiva!

Angel: mas já fui!

Jellal: tínhamos 5 anos!

Angel: Jelly-kun, você é tão mau.- disse fazendo um bico.- e além disso, nós já namoramos e só nos separamos porque você mudou de escola e nossos pais estão começando a considerar essa ideia.

Erza: é, Jellal, você é muito mau! Como pôde não me apresentar para sua noiva de infância?- disse me juntando a ela e fingindo estar magoada.

Angel: viu, ela concorda! Prazer, sou a Angel, e você?

Erza: sou Erza e é realmente um prazer conhecê-la...bom, eu não quero atrapalhar o reencontro do casal.- disse com um pouco de sarcasmo, que ela não percebeu.

Jellal: peraí, Erza!- quando ele me chamou, eu já tinha virado o outro corredor.

Angel: agora podemos ficar juntos para sempre!

Eu não acredito nisso!- as lágrimas começaram a querer sair, mas eu segurei. Não era tristeza, mas raiva.

Cheguei no dormitório, bati a porta e taquei no chão a primeira coisa que apareceu na minha frente, que por coincidência era um ursinho de vidro. E adivinha quem me deu?!

Jellal.

Depois que descontei minha raiva fui para sala, pois o intervalo já havia acabado.

Gildartes: Erza?

Erza: desculpe, tava com um pouco de dor de cabeça e passei na enfermaria.

Gildartes: tudo bem, pode se sentar...ah, temos uma aluna nova!

Erza: eu conheci ela no intervalo. (Au: é o primeiro dia da pessoa e ela só chega depois do intervalo 😒)- disse e me sentei.

Mira: a dor passou?

Levy: Mira, é óbvio que não tinha dito nenhuma.

Lucy: então onde você tava?

Erza: em algum lugar...

Levy: você andou usando drogas? Tá meio brizada...

Erza: claro que não! Eu fiz Proerd.(au: crianças não usem drogas, façam Proerd, é muito chato, pior coisa que eu fiz na minha vida).

Yukino: você disse que conheceu a aluna nova?

Erza: é, pelo jeito ela é amiga de infância do Jellal. É sua amiga também né, Juvia?

Juvia: bom, eu não diria isso...

Lucy: como assim?

Juvia: nos conhecemos desde crianças, mas ela sempre ficou grudada no Jellal, por isso eu brincava mais com o Gray.

Levy: peraí, você disse que cantavam em trio.

Juvia: ela nunca gostou muito de cantar, depois que veio para cá, o Jellal terminou com ela, provavelmente é por isso que ela tá aqui.

Lucy: me desculpa, mas não acho certo alguém entrar aqui só para ficar perto de alguém, aqui é a Fairy Tail, as pessoas entram aqui porque amam música e amam cantar mais que tudo na vida.

Juvia: com certeza.

Mira: concordo.

Levy: é isso aí.

Gildartes: Lucy, já que está conversando... poderia me dizer o que compõe o corpo humano?

Lucy: me ferrei...


Mais tarde na aula de música...


Autora on


Lyra: boa tarde, alunos. Hoje temos duas alunas novas, Kagura e Angel. Como de costume elas irão cantar. 

Yukino: Kagura, você canta?- perguntou baixinho.

Kagura: não se preocupe, eu sei o básico.

Lyra: Angel, você começa.


Angel: Em troca de proteção, quebrei minhas asas de voo

Um pássaro numa gaiola

A lua se torna cheia, e então míngua, perdendo tempo

A luz da estrela traça a silhueta das asas

Por quanto tempo eu estive me sentindo do outro lado desta gaiola?

Quanto mais canto com o mais puro clamor

Mais impenetrável este castelo se torna

O veneno que goteja desta flor

Cura suas raízes ressecadas

Um borrifar de instinto enchendo esta gaiola

Sabe, mesmo se você não for um anjo

Eu quero ser um pássaro na mão

É por isso que estou dormindo aqui neste berço

A chuva com a qual me aproximo enquanto ela segue minha pele

Limpa a sujeira acumulada em todas as fendas

A cor da existência comprovada flui abundantemente

Chutando aquela poça de lama nos meus pés

Vou me esforçar para me libertar desta pequena moldura

Eu perco aquela flor que confiei ao vento de vista

Certamente ela florescerá em algum lugar distante

Uma vez que eu abrir esta gaiola

Eu espero que você também vá para lá

Abrindo incontáveis portas trancadas, tão numerosas quanto minhas solidões

Eu vou desejar descansar minhas asas sobre seu ombro

Sabe, mesmo se eu percebesse que eu poderia voar livremente

Sendo um pássaro em sua mão

Eu ainda ficaria cantando ao seu lado

Então com o calor de sua mão

Me afague, me treine


Lyra: isso foi bom, você tem técnica, mas foi muito frio, tente colocar mais emoções na próxima. Agora, pode subir Kagura.


Kagura: Escondi meus sentimentos no coração

Gravei-a com palavras em silêncio

Caminhando com tropeços pelo amanhã

Com um olhar forte sem hesitar

Queria me tornar alguém que

Possa aceitar qualquer futuro

Então agora não irei mais olhar para trás

Eu vou deixar meus instintos liderar o caminho

Rumo a um mundo sem limites

Acreditando que haverá resposta para a minha luta

O sonho daquele dia

Que o via tão claramente

Certamente me levará

Além de qualquer limite

Usando uma voz firme, eu tenho certeza que ele será ouvido alto e claro

Até que chegue o dia em que possa alcança-lo


Lyra: uau, esse ano promete! Quem sabe, até podemos ficar em primeiro na competição do final do ano...bom, vamos começar essa aula. Hoje faremos um exercício diferente: escolherei uma menina, um menino e uma música, que os dois terão que cantar.- alguns ficaram animados, outros nem tanto- os primeiros serão Erza e Jellal, vocês cantarão I hate you I love you.- eles subiram no palco.

Erza: que música conveniente...

Lyra: as meninas começam.


Erza: Sentindo-se utilizada

Mas eu

Ainda sinto sua falta

E eu não posso

Ver o final deste

Apenas quero sentir seu beijo

Contra meus lábios

E agora todo esse tempo

Está passando

Mas eu ainda não consigo dizer-lhe porquê

Dói-me cada vez que eu vê-lo

Perceber o quanto eu preciso de você

eu te odeio, eu te amo

odeio Amar-te

Não quero, mas eu não posso colocar

Ninguém mais acima de você

eu te odeio, eu te amo

Eu odeio que eu quero que você

Você quer que ela, você precisa dela

E eu nunca vou ser ela


Jellal: Eu sinto sua falta quando eu não consigo dormir

Ou para a direita após o café

Ou para a direita, quando eu não posso comer

Eu sinto sua falta no meu banco da frente

Ainda tenho areia nos meus sweaters

A partir noites que não se lembra

Você falta-me como eu sinto sua falta?

Mexer e ficou ligado a você

Amigos pode quebrar seu coração também, e

Eu estou sempre cansado, mas nunca de você

Se eu puxei a você em você, você não gostaria que essa merda

Eu coloquei isso real fora, mas você não iria morder essa merda

Eu digitar um texto, mas então eu Nevermind que merda

Eu tenho esses sentimentos, mas você não importa que merda

Oh oh, mantê-lo na baixa

Você ainda está apaixonado por mim, mas seus amigos não sabem

Se u me queria você teria apenas que dizer isso

E se eu fosse você, eu nunca me deixaria ir


Eu não quero dizer nenhum dano

Eu só sinto falta de você no meu braço

Sinos de casamento eram apenas os alarmes

fita do cuidado em torno de meu coração

Você já se perguntou o que poderia ter sido?

Você disse que não iria, mas você fez

Youlied que você diga que você nunca fez

Agora todos os meus thoughs e todos os meus sentimentos estão todos misturados

Sempre sentindo falta de pessoas que eu não deveria estar faltando

Às vezes você tem que queimar algumas pontes apenas para criar alguma distância

Eu sei que eu controlar meus pensamentos e eu deveria parar relembrando

Mas eu aprendi com meu pai que é bom ter sentimentos

Quando o amor e confiança são idos

Eu acho que isso está se movendo

Todo mundo que eu fazer o bem faz-me errado

Então, toda noite solitária, eu cantar esta canção.


Os dois: eu te odeio, eu te amo

odeio Amar-te

Não quero, mas eu não posso colocar

Ninguém mais acima de você

eu te odeio, eu te amo

Erza: Eu odeio que eu quero que você

Você quer que ela, você precisa dela

E eu nunca vou ser ela

Erza: Toda sozinha eu assisto você observá-la

Como se ela fosse a única garota que você já viu

Você não se importa, você nunca se importou

Você não dá a mínima para  mim

Sim sozinha Eu vejo você observá-la

Ela é a única coisa que você já viu

Como é que você nunca vai perceber

Que você está me matando lentamente

eu te odeio, eu te amo

odeio Amar-te

Não quero, mas eu não posso colocar

Ninguém mais acima de você

eu te odeio, eu te amo

Eu odeio que eu quero que você

Você quer que ela, você precisa dela

E eu nunca vou ser ela


Lyra: é assim que vocês têm que fazer!

Juvia: é impressão minha ou isso foi pessoal?

Levy: para mim também não pareceu só um exercício...- disse com a mão no queixo.

Lyra: Levy e Gajeel.

Levy: e lá vamos nós...- disse subindo.

Lyra: all your love on me.


Gajeel: Não era ciumento antes de nos conhecermos

Agora todo homem que vejo é uma ameaça em potencial

Sou possessivo e isso não é legal

Você me ouviu dizer que fumar era meu único vício

Mas agora, isto não é verdade

Agora tudo é diferente

Tudo que aprendi foi revirado

Eu imploro a você

Não desperdice seus sentimentos

Deixe todo o seu amor comigo

Levy: Foi como atirar em um alvo fácil

Uma conversa, um sorriso e me apaixonei

Ainda não sei o que fez comigo

Uma mulher crescida nunca deveria se apaixonar tão facilmente

Sinto um certo medo

Quando você não está por perto

Descontente, passo por cima do meu orgulho

E imploro a você querido

Não desperdice suas emoções

Deixe todo o seu amor comigo

Não divida seu afeto

Deixe todo o seu amor comigo

Gajeel: Eu tive alguns casos de amor

Não duraram muito e eles foram bem raros

Eu costumava achar que era sensato

Isso tornou a verdade ainda mais incompreensível

Porque tudo é diferente

E você é tudo

E tudo que aprendi foi revirado

O que posso fazer ?

Não desperdice suas emoções

Deixe todo o seu amor comigo

Não divida seu afeto

Deixe todo o seu amor comigo



Lucy/Mira: que fofinhos!!

Erza: cuidado, elas vão explodir!- disse brincando.

Juvia: vocês fazem um escândalo por tudo.- disse brincando também.

Lyra: os próximos são Juvia e Gray, cantarão IDGAF

Juvia: que?!

Lucy: quem tá fazendo um escândalo agora?

Juvia: vai se ferrar- disse subindo no palco junto com Gray.

Lyra: pode começar!


Juvia: Você me liga, todo amigável

Dizendo o quanto sente minha falta

Engraçado, acho que você ouviu minhas músicas

Bem, estou ocupada demais pra você

Vá achar uma garota que queira te ouvir

Porque se você acha que eu nasci ontem

Você não me conhece

Então, eu te mando embora!

Não preciso do seu amor

Porque eu já chorei o bastante

Eu me cansei!

Estive seguindo em frente

Desde que dissemos adeus

Eu te mando embora!

Não preciso do seu amor

Então pode tentar o quanto quiser

Seu tempo acabou, vou te dizer por quê

Você diz estar arrependido, mas agora é tarde demais

Então pare, some daqui, cala a boca

Porque se você acha que eu me importo com você

Bem, garoto, eu estou pouco me fodendo

Me lembro daquele final de semana

Quando meu melhor amigo te pegou espiando

Você colocou a culpa na bebida

Então eu tomei minha decisão

Porque você tomou a sua, aproveite-a

Banque a vítima e mude sua atitude

Eu superei, eu me cansei

Então, eu te mando embora!

Não preciso do seu amor

Porque eu já chorei o bastante

Eu me cansei!

Estive seguindo em frente

Desde que dissemos adeus

Eu te mando embora!

Não preciso do seu amor

Então pode tentar o quanto quiser

Seu tempo acabou, vou te dizer por quê

Você diz estar arrependida, mas agora é tarde demais

Então pare, some daqui, cala a boca

Porque se você acha que eu me importo com você agora

Bem, garota, eu estou pouco me fodendo

Juvia: Eu vejo você tentando chegar até mim

Eu vejo você implorando de joelhos

Garoto, eu estou pouco me fodendo

Então pare de tentar chegar até mim

Pode ir se levantando

Porque garoto, eu estou pouco me fodendo

Juvia: Pra você

Não, eu não ligo

Você fica relembrando de quando você era meu homem

Mas eu te superei

Agora você é algo do passado

Você vem com essa conversinha, mas eu não vou voltar

Os dois: Te mando embora

Não preciso do seu amor

Então pode tentar o quanto quiser

Seu tempo acabou, vou te dizer por quê

Vou te dizer por quê

Você diz estar arrependido, mas agora é tarde demais

Então para, some daqui, cala a boca

(Agora é tarde demais)

Porque se você acha que eu me importo com você

Bem garoto, eu estou pouco me fodendo (garoto, eu estou pouco me)

Eu vejo você tentando chegar até mim

Eu vejo você implorando de joelhos

Garoto, eu estou pouco me fodendo

Então pare de tentar chegar até mim (chegar até mim)

Pode ir se levantando

Porque garoto, eu estou pouco me fodendo


Ela saiu daquele palco mais rápido que o flash, envergonhada pelas coisas que falou e voltou pro seu lugar. Ele também não estava muito de acordo com aquela música.

Juvia: próximo!

Lyra: tá bom, então... Mira e Laxus, SOS (Mamma mia)

Todos: eita...

Lyra: o que foi?

Mira: nada.- eles subiram no palco.

Lyra: ok...ah, dessa vez o Laxus começa.


Laxus: Onde estão aqueles dias felizes?

Eles parecem tão difíceis de encontrar

Eu tentei te alcançar,

Mas você fechou sua mente.

O que aconteceu com nosso amor?

Eu queria entender

Costumava ser tão legal,

Costumava ser tão bom

Mas quando você está próximo a mim, querido

você não pode me ouvir

S.O.S

Amor que você me deu,

Nada ainda pode me salvar

S.O.S

Quando você se vai

Como eu posso até mesmo tentar prosseguir?

Quando você se vai

Mesmo que eu tente com posse continuar?

Mira: Você parece tão distante,

Contudo você está aqui

Você me fez sentir viva,

Mas temo algo sem vida

Eu realmente tentei compreender

Eu queria entender

O que aconteceu ao nosso amor,

Costumava ser tão bom

Os dois: Mas quando você está próximo a mim, querido

você não pode me ouvir

S.O.S

Amor que você me deu,

Nada ainda pode me salvar

S.O.S

Quando você se vai

Como eu posso até mesmo tentar prosseguir?

Quando você se vai

Mesmo que eu tente com posse continuar?

Mas quando você está próximo a mim, querido

você não pode me ouvir

S.O.S

Amor que você me deu,

Nada ainda pode me salvar

S.O.S

Quando você se vai

Como eu posso até mesmo tentar prosseguir?

Quando você se vai

Mesmo que eu tente com posse continuar?

Quando você se vai

Como eu posso até mesmo tentar prosseguir?

Quando você se vai

Mesmo que eu tente com posse continuar?


Levy: que climão...


Lyra: e por último... Lucy e Natsu.


Juvia: eu shipo!- Lucy ficou vermelha.


Lucy: Ser feliz pra mim não custa caro

Se você tá do lado, eu me sinto tão bem

Você sempre me ganha na manha

Que mistério cê tem

Natsu: Arrumei a mala há mais de uma semana

Só falta você me chamar pra eu fugir com você

Mudei meu status, já tô namorando

Antes de você aceitar, já te assumi pro Brasil

Os dois: Por que te amo, eu não sei

Mas quero te amar cada vez mais

O que na vida ninguém fez

Você fez em menos de um mês

Porque te amo eu não sei

Mas quero te amar cada vez mais

O que na vida ninguém fez

Você fez em menos de um mês


Lyra: bom, a aula acabou. Vocês foram muito bem, até amanhã.- todos saíram.

Levy: sensei...

Lyra: sim...?

Levy: você tinha outras intenções quando passou esse exercício, né?

Lyra: esperta como sempre...

Levy: como conseguiu reparar?

Lyra: acontece que eu trabalho com música, e música tem a ver com sentimentos. Que tipo de professora de música eu seria se não reparasse que: a Mira e o Laxus estão no meio de um mal entendido, a Lucy gosta do Natsu, a Erza quer matar o Jellal, a Juvia e o Gray estão muito confusos e você e o Gajeel...

Levy: tá, já saquei obrigada.- disse rápido e saindo antes que a sensei continuasse.





Notas Finais


Música da Angel:
Op 1 de norn9

Música da Kagura:
Op 1 de akame ga kill (skyreach)

Música de Jerza:
I hate you I love you

Música de Gale:
All your love on me

Música de Gruvia:
Dia lipa: IDGAF

Música de Miraxus:
Mamma mia SOS

Música de Nalu:
Te assumi pro Brasil ( eles n tão no Brasil, mas releva)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...