1. Spirit Fanfics >
  2. You are the Only >
  3. Lual

História You are the Only - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Olar galeris então era pra eu postar ontem porém eu esqueci da vida ontem kkkk Mas aqui está um capítulo bem frexquinho pra vocês 😘

Capítulo 5 - Lual


Fanfic / Fanfiction You are the Only - Capítulo 5 - Lual

Natsu on - 

Domingo, eu veria ela domingo de novo e eu não sei porque estou tão ancioso, será que pelo fato de eu simplismente nunca ter sentido nada de diferente por ninguém ? E talvez seja isso, Lucy tem alguma coisa que chama, claro ela que ela é linda isso é coisa laro a qualquer um que olhe pra ela, mas não é só sua aparência e sim sua conversa ela é leve espontânea, uma pessoa incrível e difícil conhecer pessoas leves e sinceras como ela. 

                ———***———


     Domingo 18:45 da noite     

Acordei morto, depois da noite que tive com meus amigos, sério festa antes do Lual deveria ser proibido, eles inventam cada uma só pra beber mais, e eu como bom amigo vou na onda né, levantei e vi que o sol já tinha ido embora, decidi tomar um banho pra ver se o corpo morto ia embora e um novo Natsu surgia. 


Depois do banho me senti obviamente melhor, fui procurar algo para comer e nada achei, é difícil morar sozinho, eu tenho que ir no mercado e eu que tenho que fazer minha comida difícil, sorte que eu morava ao lado de uma mercearia, vesti uma roupa qualquer e fui as compras, voltei pra casa fiz um macarrão com frango jantei bastante e deitei, peguei meu celular e decidi mandar mensagem pra Lucy. 

Mensagem on - 

19:32 / Natsu:  Boa Noite Lucy animada pro Lual? 

19:40 / Lucy:  Oi Boa Noite kk Confesso que não muito, mas vou por você ;p 

19:45 / Natsu: A sério ?  Chegar lá te animo d; Não esquece quer que eu te busque ? 

19:51 /  Lucy:  Espero em *-* kk  Se não for fora da sua rota passa aqui por volta das 20:30h vou começar a me arrumar agora se não já viu né ;p

20:00 / Natsu: Ok vai lá me manda sua localização que passo aí. Até agorinha ;)

 Mensagem Off .

- me arrumar né se não, não chego na hora - falei alto - tenho que parar de conversar sozinho 

Fui mexer no armário ver se eu achava alguma coisa, e percebi que preciso urgente lavar minhas roupas, achei uma roupa legal me vesti e fui se não me atraso pra pegar uma loira muito linda. 

Minutos depois ... 

Cheguei ao prédio dela e enviei mensagem falando que estava esperando ela na entrada do prédio, a loira disse que já estava descendo. 

Quando vi aquela loira com aquela roupa, que mulher linda, ousada ela logo deu um sorriso largo ao me ver. 

- Nossa tu tá lindo cara - disse a loira e me deu abraço apertado 

- Olha quem fala né - disse sem graça retribuindo o abraço - tu tá maravilhosa, então vamos ? 

Lucy concordou e seguimos para o Lual, fomos o caminho todo conversando, não demorou muito e chegamos, já estava lotado de gente, a musica boa tocada só no violão bem tranquila, descemos do carro e fui apresentar Lucy aos meu amigos, todos gostaram muito dele na verdade não tinha como não gostar. 

A noite foi passando em meio a danças comidas e bebidas e muita conversa. Por volta das 2h da manhã quase todo mundo já tinha ido embora só ficaram os mais íntimos passando o violão pra quem sabia tocar, Lucy insistia que era péssima cantora, mas fiz ela cantar 

- Lu faz assim, eu toco o violão e você canta pode ser? - disse sorrindo e ela concordou me disse a música que queria e começamos 

- ....  Se eu falo que eu quero um pouco de você

'Cê chega pra mim e fala que só quer viver
E eu quero um pouco mais, pouco mais de você
E eu quero um pouco mais, pouco mais de você
Me liga quando der nem que seja só pra me dizer
Mulher, eu não volto tão cedo mas só me liga pra me dizer
Frase decorada que só vê na TV .... 
- Caraca isso é porque você não canta bem né Lucy -   Disse e ela riu 
- Talvez eu só não quisesse cantar - deu uma risada sem graça - então amanhã eu trabalho cedo tem como me levar ? - perguntou a loira levantando 
- Tem sim loira, então galera vou indo até a próxima boa madrugada - me despedi do pessoal e Lucy fez o mesmo. 
O caminho até o apartamento dela foi bem silencioso assim que chegamos parei o carro na entrada. Lucy me olhou com um sorriso fofo e ao mesmo tempo malicioso e eu entendi bem o que ela queria, me aproximei dela ...
    - Lucy On 
 ... Ele se aproximou mais, apoiou um braço na lateral do banco do carro e a outra mão foi pro meu pescoço me aproximando ainda mais me dando um beijo e lógico dei passagem pra aprofundar ainda mais o beijo, um beijo quente e intenço, cheio de malícia, nunca tinha sentindo um beijo que me deixasse tão louca quanto o dele, em meio ao beijo Natsu foi descendo a mão que estava no pescoço até minha cintura puxando meu corpo pro dele, por pura falta de ar parei o beijo nos olhamos e eu simplismente disse : 
- Tá afim de subir? - eu não sei o que deu em mim mas eu não aguentaria nem mais um segundo sem senti-lo mais próximo 
- Certeza? - disse ele com sua voz rouca o que me deixou mais louca ainda 
Apenas sorri, como confirmação e desci do carro entramos no elevador e não demorou até o rosado me atacar novamente, com uma pegada bem mais intensa, paramos no meu andar e custamos sair do elevador e até eu achar a chave do apartamento parecia mais uma tortura, assim que abri a porta do apartamento Natsu a fechou atrás de mim, me prensou com força contra a porta me pegando em seu colo, senti sua intimidade pulsar contra minha, suas mãos deslisavam pelo meu corpo, uma de suas mãos agarrou um de meus peitos por baixo da blusa Natsu fez um caminho de beijos e .... 
   - LUCY? ... 

Notas Finais


MEO DEUS KKKKKK
Gente desculpa eu precisava por uma pegadinha kkkkk Mas prometo um capítulo amanhã bem gostosinho ❤️ A musica que a Lucy canta e “Ser - Carol Biazin “ ❤️ Só coloquei pois era a que eu estava escutando no momento


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...