História You are the only exception - 3 Temporada de TOE - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Camila Mendes, Cole Sprouse, Demi Lovato, Riverdale, Selena Gomez, Sterling Knight, Sunny entre Estrelas, Wilmer Valderrama
Personagens Demi Lovato, Michael Clifford, Personagens Originais, Selena Gomez, Sterling Knight
Tags Dilmer, Stemi
Visualizações 36
Palavras 1.847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Hentai, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


IMPORTANTE: Tenho algumas ideias para historia que iria bem longe, mas preciso saber se vão acompanhar e se estão gostando, comentem com sua opinião.
Perdão possíveis erros não revisei e boa leitura.

Capítulo 43 - Egoísta


Stemi tinha chegado ao hospital e não encontraram Dallas, a enfermeira os informou que ela e Selena está com James no quarto, Sterling como todo seu jeito encantador convenceu-a deixar eles irem ao quarto também. Assim que entraram no quarto…

- Tia Demi - foi até ele rapidamente e abraçou.

- Que bom que está bem meu loirinho.

- É tão bom te ver.

- Digo o mesmo.

- E a Step?

- Ficou em casa.

- Mas ela vem hoje?

- Não sei James, o importante é se focar em sua recuperação.

- Tá bom - olhou para o Ster - Oi Sterling.

Ster: Que bom está bem James.

James: Mãe disse tudo o que fez nos últimos dias, obrigado.

Ster: Não tem que agradecer - olhou para Sely - Notícias do Duam?

Sel: ainda em cirurgia e sem previsão de terminar.

Dallas: Vai dar tudo certo.

Demi: Amiga não quer ir descansar?

Sel: Só quero ficar com meu filho.

James: Mãe precisa descansar e você também Dallas.

Dallas: Agora que eles chegaram vou.

Demi: Só espera o Gu ele vai trazer a Camila e o Cole.

Dallas: Não preciso esperar ele.

Demi: Dallas é só pra ele não voltar sozinho.

Dallas: Tá bom.

James: assim vocês voltam de uma vez - sorriu

Dallas: Já está cheio de graça.

James: Só não quero que ninguém perca tempo, depois desse acidente vi que não podemos perder nenhum tempo.

Ster: Como aconteceu o acidente.

Demi: Sterling, não é hora pra isso.

Ster: Des... - foi interrompido.

- Não tem problema tia, eu conto - respirou fundo - Estava sentando ao lado do meu pai, os rapazes estavam cantando e Jason tocava violão, meu pai pediu para pararem e colocarem o cinto, porém não o ouviram e eu queria levantar para se juntar a eles, porém ele não permitiu e colocou o cinto em mim, como nossa relação melhorou consideravelmente o obedeci - Sely sorriu - e o acidente em si foi muito rápido, antes de sentir o impacto, só senti meu pai me abraçando e depois senti um impacto muito grande e desmaiei, quando acordei meu pai me carregava para fora do ônibus e eu gritava de dor.

Ster: Seu pai já estava sangrando?

James: Lembro de sentir sangue escorrer na minha mão e ela estava apoiada em sua nuca, ele me colocou no chão…

FlashBack On

- Duam, está bem filho?

- NÃO, MINHA PERNA DOI MUITO.

- Filho - acariciou seu rosto - eu sei que está doendo provavelmente quebrou ela ficou presa entre os bancos.

- AIIIIIII DÓI DEMAIS - outras pessoas gritavam juntos.

- Filho calma - levantou sua perna a colocando em um destroço.

- PAI EU AMO VOCÊ.

- Também te amo filho, vai ficar tudo bem

Desconhecido: SOCORRO, ALGUÉM ME AJUDE.

- Escutou isso filho?

- Sim.

- É a voz de uma criança, vou lá.

- Não pai não me deixa.

- Filho preciso que seja forte, você vai ficar bem preciso ajudar a criança - deu-lhe um beijo na testa - amo você - saiu andando.

- PAI NÃO VAI - Duam subiu o barranco com um pouco de dificuldade - PAI VOLTA POR FAVOR, PAIIIIIIIIIIIII

FlashBack Off

 Aí apaguei e só acordei hoje.

Ster: Entendi, obrigado.

As mulheres voltaram “mimar” o James, Sterling disfarçadamente saiu do quarto e foi direto para o banheiro sentou-se no vaso sanitário e enfim deixou as lágrimas escorrerem dos seus olhos, o medo de perder do Duam só tinha aumentando se permitiu chorar tudo que não tinha chorado até aquele momento.

Já se passava do meio dia quando Gustavo chegou ao hospital com Megan, Cole, Camila e Chris. James dormia e Demi está com ele. Selena tomava um café quando viu Megan respirou fundo e abraçou sua filha…

Cam: Mãe notícias do pai? - abraçou com força.

Sel: Ainda em cirurgia - continuou abraçada com a filha - Megan.

Megan: Selena e James como está?

Sel: Bem, está descanso Demi está com ele. Cole - a olhou - melhor? - só assentiu com a cabeça.

Ster: - abraçou-o - Seu pai logo estará conosco mexendo nos carros - Cole deu um meio sorriso.

 

Depois de um hora James acordou e seus irmão foram para o quarto, Camila logo o abraçou com força, Cole só observava a cena e quando James o olhou…

-  Cole - olhou-o - É bom te ver

- engoliu seco - que bom que está bem.

Ficaram se olhando e o clima ficou meio constrangedor, Camila como só te deu um jeito na situação puxando assunto e novamente James como o que lembrava do acidente e decidiu postar um stories para seus fãs e desejar seus sentimentos à família de todos e no final do vídeo “... Eu nasci de novo e espero que meu pai também nasça e farei de tudo pra ser uma pessoa melhor e recuperar o amor da vida, Stephanie eu te amo - respirou fundo - Obrigado pela oração de todos…”

Cam: Maninho acho que exagerou.

James: Só fui sincero.

Cam: Não vai conseguir aquela chatinha - revirou os olhos - de volta assim.

James: Não fala assim dela, ela vai voltar pra mim.

Cole: Não tenha tanta certeza.

James: Por que está falando isso?

Cole: Por que já tem vários atrás dela, não é  verdade mini garota?

Cam: Pior que é  maninho.

James: Camila preciso que a traga aqui de qualquer jeito.

Cam: Nem me dou bem com ela.

James: Por favor maninha.

James insistiu até Camila prometer que tentaria, Cole ficou sentado mexendo no celular o tempo todo e se sentindo muito incomodado.

Dallas está bem cansada então depois de Gustavo ver seu sobrinho foram embora. Ela cochilava no carro o que deixou-o inquieto, pois esperava conversar, já que não conseguiu o que queria acariciou seu cabelo.

- voz sonolenta - Olha pra estrada Gustavo.

- sorriu - Só estou fazendo um breve carinho.

- virou-se pra ele - Sempre com essa conversinha.

- Sabe o que é pra sempre também?

- O que?

- Meu amor por você.

- respirou fundo - Gustavo.

- Dallas quero você de volta.

- olhou para estrada - Quer nada, tá assim só porque me viu.

- Dallas, não consigo fazer nada desde que me deixou.

- Gustavo conversamos e pedi pra ir comigo e você falou não

- Você me impôs algo.

- Só pedi para enxergar que vivi em prol de você todos esses anos e queria viver minha vida meus sonhos e você egoísta como sempre não quis.

- Egoísta? Valeu Dallas.

- Desculpa se não sabe lidar com a verdade.

O silêncio voltou a reinar no carro quando chegaram na casa, estava só Lili, Step e Kj, Joe e Dani tinham ido buscar a Gi. Dallas logo foi para o quarto descansar e Kj chamou seu pai para conversar na cozinha…

- E aí como foi pai?

- Nada bem Kj.

- Por que?

- Sua mãe me chamou de egoísta

- Eu falei pra você ir com a gente é não me ouviu.

- Não podia largar tudo aqui.

- O que adiantou ficar? Se não fez nada.

- Quando vocês se foram perder meu alicerce.

- Deveria ter ido atrás.

- Até ia, mas vocês estavam bem

- Não pai, nunca vi a mãe tão mal. Nos primeiros dias chorava, forçava o sorriso pra foto só pra não transparecer que estava sofrendo, perdeu a alegria que ela sempre teve.

- Eu… - o interrompeu.

- Você reconquiste-a, pois apesar de tudo ela ainda te ama e sei que podemos ser uma família de novo. - respirou fundo - Porém só tente reconquistá-la se realmente estiver disposto a fazê-la feliz. Pense vou levar algo pra ela comer.

Gustavo só assentiu com a cabeça,  seu filho tinha lhe falado coisas duras, ao mesmo tempo que tenta lembrar se realmente foi egoísta,  não podia estar mais orgulhoso do filho que era nítido que tinha virado um homem que cuidava de sua mãe, quando na verdade era pra ele estar cuidando dela.

Enquanto isso Step e Lili estão na sala vendo noticiário e passa o vídeo de James e quando termina Lili está com o olhar fixo em Step…

- Você está bem?

- respirou fundo - Estou.

- Quer conversar?

- Acho que não.

- Ele se declarou pra você.

- Há alguns dias atrás me traiu - levantou-se - Não é  um simples eu mudei e um eu te amo que vai mudar tudo isso. - saiu andando.

- Nossa - seu celular tocou.

Ligação On

- Oi amiga alguma novidade?

- Meu pai ainda está em cirurgia.

- Vai dar tudo certo e seu irmão?

- Você viu o vídeo?

- Sim e Stephanie também.

- Como ela ficou?

- Paralisada mas depois meia brava.

- Ai amiga tenho uma missão para você.

- Qual?

- James quer vê-la.

- Acho difícil.

- Ele fez eu prometer que ia tentar trazê-la aqui.

- Então tente.

- A missão é  você tentar trazer, inventa qualquer coisa.

- Camila é praticamente impossível.

- Sei que nada é  impossível para você. - Vou tentar não prometo nada

- Obrigada você é a melhor amiga que eu poderia ter, beijos amo você.

- Beijos amiga.

Ligação Off

Lili sabe que tem uma missão quase impossível, mas decidiu pelo menos tentar. Stephanie está no jardim, Lili se aproximou com um copo de suco ela pegou e agradeceu.

- Stephanie estava pensando.

- Em?

- Poderíamos ir no hospital.

- Já tem muito gente lá.

- Eu sei mas queria dar forças pró Cole, ele é todo fechado porém sei que está sofrendo muito e seu pai também.

- Isso é  verdade.

- Então vamos?

- Vamos.

- De uber?

- Sim, vamos deixar minha tia descansar, vou aproveitar e chamar o Kj aí ele deixa os pais sozinhos.

- Ótima ideia.

E assim fizeram, quando eles chegaram no hospital James está somente com sua mãe e irmã, os demais estão na sala de espera quando Cole viu Step se sentiu muito incomodado pois sabia que não está por ele, Lili foi até ele e o beijou Step na hora virou o rosto, Demi observou e sussurrou quando abraçou a filha…

- Lembra que te pedi.

- Sim.

- Que bom - deu um meio sorriso.

Lili foi até o quarto de James e depois de falar com ele contou pra irmã que Step está lá, logo ela contou a sua mãe que saiu do quarto e foi até a sala de espera e chamou Step para conversar…

- Step o James quer muito te ver.

- Não acho uma boa ideia.

- Você viu o vídeo que ele fez?

- Sim.

- Ele pode mudar Step e realmente te ama.

- Tia se me amasse não teria me traído.

- Às vezes cometemos erros, olha seus pais erram um com outro mais se amam tanto que voltaram.

- é diferente.

- Só vai ver ele por mim?

- Tá bom tia.

- abraçou-a - Obrigada.

 


Notas Finais


Comentários????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...