1. Spirit Fanfics >
  2. You Belong To Me >
  3. Capítulo 6

História You Belong To Me - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


vas happenin? oh, she's back! eu sei que eu tava sumida, inclusive me desculpa pelo sumiço. but como muitos de vcs ficaram pedindo pra mim postar e como eu sou uma boa pessoa (que some por uma semana sem dar nenhuma notícia 😍) eu vou postar hj. e sobre o meu sumiço, eu tava sem internet, e sem criatividade :( by the way, eu estou de volta. aproveitem o capítulo, boa leitura

Capítulo 6 - Capítulo 6


 

Acordei no dia seguinte e Charlie não estava do meu lado. Então levantei fui até o banheiro pra fazer minhas higienes. Depois de uns vinte minutos eu estava de volta no quarto. Vesti a mesma roupa do dia anterior, pois não pude fazer as malas, e fiz uma trança embutida no meu cabelo.

Enquanto arrumava meu cabelo, observei a marca que Puth deixou em meu pescoço e fiquei pensando sobre a noite passada. Fiquei me perguntando se aquilo significou algo para Puth, ou se foi apenas uma simples transa pra ele. Fui acordada de meus pensamentos quando vi uma senhora entrando no meu quarto.

- Você é a Sophie, né? – Ela perguntou de forma simpática. 

- Sim. Porque? – Perguntei confusa.

- Eu sou Susan, a ajudante do Charlie. E ele pediu pra mim ver se você já está acordada. – Ela respondeu.

- Ah, sim. Diz pra ele que eu já estou descendo. – Falei sorrindo sem mostrar os dentes. 

Terminei meu penteado e saí do quarto e quando estava indo em direção às escadas, eu escutei uma mulher gritando. Ela parecia muito brava. Eu ia voltar pro quarto, mas resolvi ficar nas escadas, pra entender o que estava acontecendo.

- COMO ASSIM VOCÊ QUER TERMINAR? DEPOIS DE QUASE UM ANO JUNTOS VOCÊ QUER ACABAR COM TUDO? – Ela gritou 

- Porra Charlotte, eu já te falei que eu tenho meus motivos pra terminar o caralho desse namoro. – Charlie falou estressado, se controlando para não gritar.

E essa foi a hora que me arrependi de não ter voltado pro meu quarto. 

- Como assim namoro? – Eu disse um pouco alto, rapidamente colocando a mão na boca. E obviamente Charlie e Charlotte aperceberam  minha presença.

- Quem é essa? – Charlotte perguntou vindo até mim. – É por causa dessa vadiazinha que você tá acabando o nosso namoro? – Ela continuou, apertando meu braço.

- Me solta! – Eu falei tentando me soltar de sua mão.

- Charlotte, sai de perto dela, sua puta. –  Charlie falou mais alterado que o normal.

- Por que você tá defendendo ela? Por acaso vocês transaram? – Ela perguntou pra Puth. 

- Nós transamos sim! Eu fiz sexo com o seu namorado, ou melhor, ex né? – Eu falei me soltando do braço dela. 

- Sophie, cala a boca porque só foi uma transa sem nenhum compromisso. – Puth falou seco.

O que Charlie falou me machucou de um jeito que eu não pude explicar. Porra, eu era virgem e me entreguei pra ele pra no final ele dizer que foi só "uma transa sem nenhum compromisso". Eu senti vontade de chorar, mas não ia fazer isso porque Charlie ficaria mais estressado, então fiquei calada esperando a discussão acabar.

- Charlie, quer saber? – Charlotte falou. – Você é um escroto filho da puta, por me trair com essa vadia e um dia depois terminar o nosso relacionamento. E outra, eu só estava com você por causa do sexo e do dinheiro. – Ela terminou de falar.

- Charlotte, vai embora. – Charlie falou com raiva.

- Não, eu não vou sair. 

- Sai da minha casa agora sua puta. – Puth disse segurando o braço dela e a levando até a porta.

Depois que ela foi embora, Charlie entrou em casa, mas não falou comigo. Então eu saí das escadas e fui em direção à mesa onde ele estava, pra comer algo e tentar conversar com ele.

- Então foi só uma transa para você? – Perguntei enquanto colocava um pouco de suco no meu copo 

Ele não falou nada, apenas pegou uma banana na fruteira.

- Você não vai falar nada? 

- Que caralhos você quer que eu fale? Foi apenas uma transa, Sophie, não significou nada. 

- É sério isso? Porra, eu era virgem e me entreguei pra você, eu disse que era sua pra no final você dizer que foi apenas uma transa. – Eu falei querendo chorar.

- Já acabou o drama? 

- Eu me arrependo profundamente de ter feito sexo com você, Puth – Respondi comendo um pedaço de bolo.

Ele se levantou e veio até minha direção.

- Eu sei que você não se arrepende de nada que aconteceu ontem. – Ele falou sussurrando e logo depois mordendo o lóbulo da minha orelha, fazendo eu me arrepiar.

- Aí Charlie, eu não vou mais discutir com você, sério. E vem cá, você vai me levar pra comprar roupa quando? Porque eu só tenho essa. – Falei tentando mudar de assunto.

- Eu ia falar com você sobre isso agora. – Ele respondeu voltando pra mesa. – Zayn tá chegando com a esposa dele, a Gigi porque ela vai te levar às compras.

- Okay. 

Assim que terminamos de conversar, Zayn e Gigi chegaram acompanhados de Harry, que estava falando no telefone.

- Oi gente. – Gigi falou – Essa é a garota que você falou? – Ela disse de forma amigável olhando pra mim.

- Sim, o nome dela é Sophie. – Charlie respondeu.

- Oi. – Falei – Quando nós vamos? – Perguntei.

- Pode ser agora? É porque daqui a pouco eu preciso buscar a Khai na casa da minha mãe.

- Por mim tudo bem. Vamos? – Eu falei me levantando.

Quando estávamos indo até a porta, Charlie chamou Gigi, entregou um dinheiro e falou algo no ouvido dela, mas não me importei muito. Entramos no carro e fomos para o shopping e conversamos bastante no caminho.

Chegamos no shopping e Gigi me levou em algumas lojas. Eu escolhi as roupas que eu queria e fui escolher as minhas roupas íntimas. Eu escolhi várias peças confortáveis, pois nunca gostei muito de lingerie. 

- Sophie, você não vai levar nenhuma lingerie? 

- Eu não gosto muito. Mas eu deveria levar? 

- Olha, eu nao sei se eu deveria te contar, mas o Charlie pediu pra você levar. 

- Ah é? Pois eu vou levar três, só pra provocá-lo. 

Levamos as roupas até o caixa, pagamos e fomos embora. Entramos no carro e o começo do caminho contou com um silêncio até que Gigi me faz uma pergunta.

- Sophie, desculpa a pergunta. – Ela falou. – Mas tem algo acontecendo entre você e o Charlie? 

- Olha, eu não sei. – Respondi. – Quero dizer, nós transamos ontem. – Continuei.

- Sério? Mas ele não namora com a Charlotte?

- Eles terminaram pouco tempo antes de vocês chegarem lá. Foi uma briga muito feia, ela gritou com ele, e até me meteu na briga. Aí no final o Charlie expulsou ela de lá. – Eu falei me ajeitando no banco do carro.

- Mas isso não me surpreende muito, Sophie. – Gigi disse.

- Por que? – Perguntei.

- Zayn e eu sempre acompanhamos o relacionamento deles e era muito tóxico e abusivo, eles sempre estavam brigando. – Ela respondeu olhando pra pista. 

- Nossa. – Falei perplexa.

- Eu sempre gostei muito de Charlie, mas nunca gostei da Charlotte. 

- Eu imagino. Ela acha que o Charlie terminou com ela por minha causa e até me chamou de vadia. – Eu disse lembrando da briga mais cedo.

-  E são por esses e outros motivos que eu não gosto de Charlotte Lawrence. – Ela falou.

Continuamos conversando até que chegamos na casa de Puth. Abri a porta e estavam todos os rapazes lá. 

- Sophie! – Niall falou assim que me viu e me abraçou.

- Oi Niall! – Falei retribuindo o abraço.

Enquanto abraçava Niall, olhei pra Puth. Ele estava conversando com Zayn, e ele me observava com um olhar um pouco duvidoso. Não sabia se esse olhar era de raiva, ou se ele tava me olhando daquele jeito porquê ele queria me comer. Acordei de meus pensamentos quando Niall separou o abraço.

- Eu e os rapazes estamos assistindo filme, quer sentar com a gente?

- Claro, por que não. – Respondi acompanhando Niall até o sofá.

Enquanto estávamos indo pro sofá, Puth continuava me olhando, mas fingi que não percebi. Me sentei ao lado de Niall e peguei um pouco de pipoca. Na metade do filme, Niall me abraçou de lado, e eu olhei pra ele confusa.

- O que você tá fazendo Niall? 

- Ué, eu não posso mais abraçar a minha amiga? – Ele perguntou rindo enquanto me olhava.

Nesse momento começamos a trocar olhares e percebi que Niall era muito bonito, fofo e atencioso. Quando menos percebi ele me deu um beijo, o que foi uma péssima ideia, já que Puth estava na sala e provavelmente ele iria fazer um escândalo.

- HORAN QUE PORRA VOCÊ ESTÁ FAZENDO? – Puth gritou do outro lado da sala.

- Desculpa Charlie, aconteceu sem querer. – Niall falou se afastando de mim

- Ah, então você tá me dizendo que sua boca foi parar na da Sophie sem querer, Niall?

- Charlie, foi minha culpa, para de gritar com ele. – Eu falei defendendo Niall.

- Sophie vai pro seu quarto. – Charlie disse estressado.

- Não 

- VAI PRA PORRA DO SEU QUARTO, CARALHO. – Ele gritou.

- EU TE ODEIO! – Eu falei gritando enquanto me levantava do sofá. 

Quando eu estava indo as escadas olhei pra Niall e percebi ele falando um "Desculpa".


Notas Finais


oi dnv. mais uma vez desculpa pelo o sumiço. esse capítulo ficou um pouco "nhé", mas foi o que me veio na cabeça. e também me desculpem se tiver algum fã da Charlotte Lawrence lendo, eu tbm gosto muito dela, eu só descrevi ela assim pq era assim que eu via ela no início do relacionamento dela com o char 💀 e uma notícia boa: >>se<< eu tiver criatividade, eu posto mais um ou dois capítulos amanhã. espero que tenham gostado, até o próximo ✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...