História You belong with me - ziam - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Boyxboy, Gay, Harry, Kylie, Larry, Liam, Louis, Niall, One Direction, Yaoi, Zayn, Ziam, Ziam Mayne
Visualizações 29
Palavras 2.641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Capítulo com música.
Espero que leiam ouvindo, a experiência será melhor.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction You belong with me - ziam - Capítulo 8 - Capítulo 8


A semana do show de talentos havia chegado, alguns alunos se encontravam tensos, outros ansiosos, já uns estavam relaxados sabendo que fariam uma boa apresentação.

Zayn estava um pouco relaxado, mas ainda assim nervoso. Ninguém, além de Liam, sabia que ele ia se apresentar na competição, nem seus amigos. Queria que fosse uma surpresa para Louis e Harry.

O moreno estava trabalhando duro em sua música, mesmo já tenho escrito toda a letra da canção, precisava arrumar os arranjos do violão para criar uma melodia compatível com a música. Não esperava que fosse sair algo perfeito, pelo contrário. Mas não queria fazer feio em frente a escola toda.

Louis e Harry quase haviam pego Zayn compondo sua música para a apresentação na semana passado, mas o moreno logo inventou algo e disse que era para a aula de artes de sua irmã, e que a menina tinha pedido para ele compor algo. Os meninos acreditaram e não voltaram a falar sobre, Zayn agradeceu por isso

Um lado bom dos dois namorados era esse meio bobo deles, eram enganados facilmente. Até mesmo por Zayn, que se considerava a pessoa mais abobalhada desse mundo. Louis zoava Zayn sempre que podia por ele ser meio desligado das coisas, mas o menor era ainda pior. Mas o Louis tinha um lado bem esquentadinho também, só Harry conseguia controlar o baixinho quando estava furioso com algo.

Harry, diferente de Louis, era muito calmo. Às vezes calmo até demais! Louis falava que seu namorado fumava maconha escondido dele e sem ninguém saber, mesmo sabendo que Harry é asmático. O cacheado apenas ria do outro. Zayn admirava muito o namoro dos dois, percebia que era algo forte e grande, e sabia que nada e nem ninguém iria separar os dois.

Muitas vezes Zayn já chegou a ouvir os dois pensando no futuro juntos, planejando casamento, mudar de país, e sentia um pingo de inveja dos dois por serem um casal tão lindo e que compartilhava uma coisa muito grande, chamada amor. Queria um pouco dessa experiência, mas sabia que estava longe de acontecer.

Sempre pensava em Liam em relação à esse tipo de coisa, mas sabia que o outro era quase que incansável para ele. Se bem que depois da cena do parque ele havia ficado meio balançado sobre isso, agora tinha certeza que Liam não era 100% hétero, mas ainda assim o outro namorava.

Resolveu deixar seus pensamentos de lado e se concentrar em terminar os arranjos da música. Porém, não demorou muito tempo para alguém o interromper.

— Zayn?

O moreno levantou a cabeça olhando rapidamente para sua janela. Conhecia muito bem o dono daquela voz.

— Oi, Liam — Se pôs de pé e foi se aproximou de sua janela.

— Tudo bem?

— Estou bem! — sorriu. — E você?

— Mais ou menos.

— Quer me contar o que houve?

— Lembra daquele lance com meus pais? – Zayn assentiu. — Pois é, está piorando. Eu não sei mais o que fazer. – suspirou pesado.

— Já falei para você que a culpa não é sua, Liam. Tem que parar de colocar todo o peso disso em suas costas.

— Eu sei, eu sei. Mas me sinto mal sem poder fazer nada. — se sentou na janela. — Já tentei sair com eles juntos para um jantar em família, mas sempre termina com os dois discutindo no restaurante e eu me sentindo um lixo.

— Por que não me procurou antes? Tentaria te ajudar.

— Porque foi logo depois que eu pedi desculpas a você por aquele acontecimento no parque, e eu sabia que as coisas não estavam como antes. Poderia ser estranho.

Zayn sabia que, mesmo com o pedido de desculpas do Liam, o clima entre os dois estava muito esquisito. Pouco se falavam, e Zayn era o que mais estava distante. Sentia vergonha ainda pelo ocorrido.

— Eu sei, mas eu não negaria ajuda a você, Liam. Nunca! — recebeu um sorriso gigante de Liam.

— Obrigado, Zee. — Zayn se derreteu com o maior o chamando assim de novo. — Mas enfim, não vamos falar mais sobre mim. Percebi que você estava com o violão. Fazendo música?

— Bem... sim! — sorriu — Eu estava preparando a música que irei cantar no show de talentos.

— Aposto que está incrível. — Zayn corou — Posso ouvir?

— Não! Quero que seja uma surpresa para todos.

— Certo!

O silêncio fez presente, e os dois jovens se encararam. Na verdade, Liam não havia despregado os olhos de Zayn desde que começaram a conversar. Ele queria saber como alguém poderia ser tão bonito. Bonito não... Lindo! Zayn era muito lindo, de acordo com Liam. Seus traços árabes faziam seu rosto uma completa perfeição.

Zayn não pensava diferente do outro, sempre teve um crush em Liam e isso o fez achar o maior a pessoa mais linda que ele conhecia. Queria ter a sorte de Kylie tinha, ter aquele homem só para você era um presente e tanto. E muitas vezes já viu a garota desperdiçar isso, Zayn só queria tê-lo para si.

— Você é tão lindo, Zayn. — Liam soltou repentinamente, fazendo o outro corar.

— Hã... Obrigado! — falou com a cabeça baixa para que Liam não notasse o tom avermelhado que estava seu rosto. — Você também é muito bonito, Liam.

Liam nada disse, apenas sorriu. Ele não sabia porquê havia dito isso, mas sentiu uma vontade grande de dizer, e, bom, ele fez. Reparou como Zayn corou e percebeu que poderia estar estragando tudo novamente.

— Bom, agora eu preciso ir. — falou saindo da janela. — Amanhã acordo cedo para treinar e já te atrapalhei demais hoje.

— Que nada, eu queria mesmo conversar com alguém — sorriu.

— Que bom, então! — devolveu o gesto. — Obrigado pela conversa de hoje, precisava desabafar com alguém.

— Quando precisar, é só chamar.

— Você pode me dar seu número?

— Claro. Anota aí — Liam pegou seu celular e Zayn disse os números.

— Agora vou indo. Até mais, Zee.

— Tchau!

Com isso Liam fechou a janela e em seguida a cortina. Zayn foi para sua cama e voltou a pagar seu violão para concluir o que fazia antes de Liam o chamar. Não muito tempo depois, seu celular vibrou e ele foi olhar o que era.

Número Desconhecido

Boa noite, lindo!

Xx L.

Sorriu para si mesmo e guardou o celular sem responder. Liam estava mexendo demais com sua cabeça, e isso não era bom. Mas não reclamaria. Nunca!


O resto da semana passou rápido. Zayn conseguiu concluir toda sua música, falou com Liam algumas vezes. E quando o dia da apresentação estava chegando, ele se sentia mais empolgado e nervoso ao mesmo tempo. Harry e Louis perceberam que o outro estava diferente, mas não disseram nada.

Zayn descobriu que Harry ia participar da competição também, ficou feliz pelo amigo porém continou calado sobre a sua participação. Queria ver os amigos surpresos, porque eles sabiam que Zayn tinha vergonha de multidão, quem dirá cantar em meio a várias pessoas.

A sexta-feira havia chegado, o dia do show. Não havia aula, porque os alunos tinham que se concentrar em suas devidas apresentações, e os professores ajudariam na organização do evento.

Zayn não manteve contato com ninguém durante o dia todo. Ensaiou sua música repetidas vezes, não queria errar nada na hora da apresentação. Alá que o livrasse de passar vergonha na frente das pessoas.

Por volta das 18:30, Zayn estava terminando de se arrumar. Ele usava uma camisa branca e por cima, um casaco azul com branco. A noite estava fria, mas não exageradamente. E para finalizar, calçava um tênis da nike. Louis não iria demorar para chegar em sua casa, haviam combinado de irem juntos. Porém, o baixinho primeiro pegaria Harry em casa.

Não demorou muito para Zayn ouvir a buzina do carro de Louis, passou um perfume rapidinho e saiu. Não demoraram muito para chegarem na escola. O evento iria acontecer no ginásio do colégio mesmo, era uma espaço grande.

O lugar já estava cheio assim que eles adentraram. As apresentações estavam marcadas para começar às 19:00 horas. Faltava uns 15 minutos para isso, então eles decidiram ir andar pelo local. Louis e Harry não se desgrudavam nunca, tinham suas mãos sempre entrelaçadas.

Andando mais um pouco, ele avistou Liam. Estava com rodeados dos amigos. Zayn observou o quão bonito ele estava com aquela roupa. Liam logo notou o moreno o observando, falou com os amigos rapidamente e caminhou em direção ao Zayn.

— Oi, Zee.

— Oi, Liam.

— Uau! Está muito bonito — sorriu e Zayn corou.

— Muito obrigado! Você também está bem bonito, se quer saber.

— Preparado para mostrar do que você é capaz lá em cima?

— Olha... estou sim! — riu.

— Que bom!

Antes de continuarem a conversa, a voz do diretor foi ouvida por todas.

— Boa noite à todos! — o diretor falou.

Recebeu um "Boa noite" de todos em resposta.

— Bom, as apresentações irão começar daqui a pouco e eu queria falar algumas coisas. Será em ordem alfabética, e cada participante só pode apresentar apenas uma coisa. Ou dança, ou canto, seja o que for. Mas apenas uma única coisa. Os jurados estão preparados para dar as notas, e o vencedor ou a vencedora será anunciado apenas no dia do baile. Então boa sorte à todos e vamos começar!

Quando terminou, todos bateram palmas. E Zayn voltou sua atenção para Liam.

— Agora vou procurar meus amigos para sentar com eles.

— Tudo bem, também vou ficar com os meus. — sorriu.

— Até mais, então. — disse se virando para sair, mas antes de fazer, Liam o puxou pelo braço.

— Espera. — se aproximou de Zayn e deu um beijo em sua bocheca — Boa sorte!

Zayn nessa altura do campeonato estava mais velho que um camarão, mas tentou parecer o mais normal possível.

— Obrigado! — dito isso, foi em direção aos amigos.

— O QUE FOI AQUILO? — Louis mal esperou Zayn chegar e já o puxou.

— O quê? — Zayn se fez de desentendido.

— Aquele PUTA BEIJO que ele te deu na bochecha.

— Ah, foi apenas para de desejar boa sorte. Nada demais!

— Nada demais, né. Aposto que você está morrendo por dentro.

Zayn não respondeu nada, apenas riu e se virou para o palco vendo que a primeira participante já estava entrando. Ele lembrou que seria em ordem alfabética e se tocou que seria o último a se apresentar, não conhecia outra pessoa da escola que tinha o nome começando por Z. Ótimo, pensou.

Mais ou menos no meio das apresentações, o nome do Harry foi chamado, deu um beijo em Louis e subiu ao palco. Ele cantou uma música chamada Medicine, e Zayn ficou surpreso ao saber que Harry tinha escrito a música, ele pensava que o cacheado fosse fazer um cover de alguém. Ficou feliz em saber que não era o único do seu grupo que tinha o dom para compor.

O penúltimo competidor estava terminando de se apresentar, e Zayn se encotrava tendo um ataque de nervoso. Respirou fundo para tentar se acalmar.

"Agora, para finalizar, teremos nossa última apresentação. Com vocês, Zayn Malik!"

Louis e Harry olharam para o moreno com um de olhar de "Como assim?", e com os olhos arregalados. Zayn sorriu para eles e foi em direção ao palco. Pegou um violão e se aproximou do microfone.

— Hum... Boa noite à todos! Eu irei cantar uma música que eu mesmo compus pensando em uma certa pessoa, ela se chama Sparks Fly — disse isso olhando para Liam — Espero que vocês gostem.

Logo começou a tocar o violão, não demorando muito para sua voz começar a preencher o local.

The way you move is like a full-on rainstorm
(O jeito que você se move é como uma completa tempestade)

And I'm a house of cards
(E eu sou um castelo de cartas)

You're the kind of reckless that should send me running
(Você é o tipo de despreocupado que deveria me fazer sair correndo)

But I kinda know that I won't get far
(Mas eu meio que sei que não iria chegar longe)

And you stood there in front of me
(E você ficou ai em frente a mim)

Just close enough to touch
(Apenas perto o suficiente para tocar)

Close enough to hope you couldn't see
(Perto o suficiente para esperar que você não visse)

What I was thinking of
(O que eu estava pensando)

Drop everything now
(Largue tudo agora)

Meet me in the pouring rain
(Me encontre na chuva torrencial)

Kiss me on the sidewalk
(Me beije na calçada)

Take away the pain
(Leve a dor para longe)

'Cause I see sparks fly
(Porque eu vejo faíscas voarem)

Whenever you smile
(Sempre que você sorri)

Get me with those brown eyes, baby
(Me surpreenda com aqueles olhos castanhos, amor)

As the lights go down
(Enquanto as luzes se apagam)

Give me something that'll haunt me
(Me dê algo que irá me assombrar)

When you're not around
(Quando você não estiver por perto)

'Cause I see sparks fly
(Porque eu vejo faíscas voarem)

Whenever you smile
(Sempre que você sorri)

My mind forgets to remind me
(Minha mente esquece de me lembrar)

You're a bad idea
(Que você é uma má ideia)

You touch me once and it's really something
(Você me tocou uma vez e isso foi realmente algo)

You find I'm even better than you imagined I would be
(Você descobriu que eu ainda sou melhor do que você pensou que eu fosse)

I'm on my guard for the rest of the world
(Eu estou em guarda para o resto do mundo)

But with you, I know it's no good
(Mas com você, eu sei que isso não é bom)

And I could wait patiently, but
(E eu poderia esperar pacientemente, mas)

I really wish you would
(Eu realmente gostaria que você)

Drop everything now
(Largue tudo agora)

Meet me in the pouring rain
(Me encontre na chuva torrencial)

Kiss me on the sidewalk
(Me beije na calçada)

Take away the pain
(Leve a dor para longe)

'Cause I see sparks fly
(Porque eu vejo faíscas voarem)

Whenever you smile
(Sempre que você sorri)

Get me with those brown eyes, baby
(Me surpreenda com aqueles olhos castanhos, amor)

As the lights go down
(Enquanto as luzes se apagam)

Give me something that'll haunt me
(Me dê algo que irá me assombrar)

When you're not around
(Quando você não estiver por perto)

'Cause I see sparks fly
(Porque eu vejo faíscas voarem)

Whenever you smile
(Sempre que você sorri)

I'll run my fingers through your hair
(Eu passarei meus dedos pelo seu cabelo)

And watch the lights go wild
(E ver as luzes desaparecerem)

Just keep on keeping your eyes on me
(Só continue mantendo seus olhos em mim)

It's just wrong enough to make it feel right
(Isso é apenas errado o suficiente para fazer parecer certo)

And lead me up the staircase
(Me leve para cima das escadas)

Won't you whisper soft and slow?
(Você não vai sussurrar suave e devagar?)

I'm captivated by you, baby
(Eu estou cativado por você, amor)

Like a fireworks show
(Como um show de fogos de artifício)

Drop everything now
(Largue tudo agora)

Meet me in the pouring rain
(Me encontre na chuva torrencial)

Kiss me on the sidewalk
(Me beije na calçada)

Take away the pain
(Leve a dor para longe)

'Cause I see sparks fly
(Porque eu vejo faíscas voarem)

Whenever you smile
(Sempre que você sorri)

Get me with those brown eyes, baby
(Me surpreenda com aqueles olhos castanhos, amor)

As the lights go down
(Enquanto as luzes se apagam)

Give me something that'll haunt me
(Me dê algo que irá me assombrar)

When you're not around
(Quando você não estiver por perto)

'Cause I see sparks fly
(Porque eu vejo faíscas voarem)

Whenever you smile
(Sempre que você sorri)

And the sparks fly
(E as faíscas voam)

Oh, baby, smile
(Oh, amor, sorria)

And the sparks fly
(E as faíscas voam)

Assim que terminou, foi aplaudido de pé por todos presentes. Exceto por Liam, que estava sentado, chocado, e com a boca aberta.


Notas Finais


finalmente a grande apresentaçãoooo.

meus amores, desculpem pela demora. eu estava em semana de prova e estava tudo muito corrido pra mim. espero que compreendam.

teria meio que um 'feriado' prolongado daqui para terça, e vou tentar atualizar novamente.
espero que estejam gostando.

desculpem qualquer erro nesse capítulo, eu não revisei ok.

até o próximo. xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...