História You Can Call Me Daddy - Imagine Kim Taehyung Hot - Capítulo 48


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 733
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♡♡♡♡

Capítulo 48 - Te darei prazer noona...


Fanfic / Fanfiction You Can Call Me Daddy - Imagine Kim Taehyung Hot - Capítulo 48 - Te darei prazer noona...

- Jimin - É difícil de explicar?
- S/N - É que estou pensando numa forma mais bonitinha de falar.
- S/N - Assim, você já olhou para alguma mulher bem bonita e a achou atraente, ou ficou excitado?
- Jimin - A-acho que sim.
- S/N - Isso é por que você se interessou, mas não só pela personalidade de alguém, mas pelo corpo, resumidamente seria desejar ter algum prazer físico com alguma pessoa.
- Jimin - Ooh, entendi noona. Algo assim? - Diz e fica por cima de mim.
- S/N - É-é mais ou menos assim.
- Jimin - Por que está vermelha?
- S/N - É que foi meio inesperado...
- Jimin - Noona, acho que talvez eu tenha interesse sexual em você... - Diz olhando para meus lábios.
- S/N - O-o que? Você está bem?
- Jimin - Estou.

- Jimin segura em meu rosto e me beija, ele sabia usar a língua muito bem, não parecia nunca ter beijado como ele disse, aquele beijo estava me deixando excitada.
- Jimin solta meu rosto e beija meu pescoço, distribuindo beijos.

- S/N - J-jiminnie, o que está fazendo?
- Jimin - Vou brincar um pouquinho com você noona.

- Jimin desce lentamente com uma de suas mãos até minha intimidade.

- Jimin - Por que aqui está molhado?
- S/N - É-é porque você- - Ele começa a massagear o local em movimentos rápidos.
- Jimin - Isso é bom noona?
- S/N - S-sim, mas onde aprendeu isso?
- Jimin - Sei mais coisas do que imagina hihi.
- S/N - Jiminnie... está me torturando.
- Jimin - Só estou dando prazer a minha noona. - Me beija novamente.
- S/N - Você vai ver. - Tento inverter as posições para ficar por cima dele, mas o mesmo era forte e me segurou.
- Jimin - Não pode noona. - coloca um de seus dedos sobre meus lábios, decido provocá-lo, abro a boca e abocanho seu dedo.

- Chupo o dedo de Jimin em movimentos lentos, mas passo toda minha língua por ele, Jimin estava hipnotizado me olhando.

- S/N - Onde será que eu deveria mesmo fazer isso?
- Jimin - Noona, se me provocar irei provocá-la também. - Coloca minha calcinha para o lado, insere a ponta de seu dedo em minha intimidade e faz movimentos lentos.
- S/N - Ya... isso é injusto.
- Jimin - O que você quer noona?
- S/N - A-awn eu quero mais Jiminnie.

- Jimin sorri vitorioso após eu pedir, e faz movimentos mais rápidos.
- Parecia que sua expressão inocente havia sumido, sendo substituída por um olhar sexy de desejo.

- S/N - Sempre achei que você fosse inocente Jiminnie.
- Jimin - Eu sou, mas você me descontrola noona.
- Jimin - Agora concentre-se em mim.

- Insere mais um dedo e faz movimentos de vez em quando rápidos, de vez em quando lentos, ele sabia como me fazer querer mais.
- Levo em minha mão até seu membro e o massageio por cima de sua calça, logo ouço Jimin arfar.

- S/N - Jiminnie, não quer que a noona cuide disso pra você?
- Jimin - Sim...

- Jimin se senta no sofá, abro o zíper de sua calça e retiro o tecido de sua peça íntima que ainda estava cobrindo seu membro.

- S/N - Te ensinarei coisas muito gostosas hoje.
- Jimin - E se eu já souber?
- S/N - Vamos ver. - passo a língua por toda extensão de seu membro.
- Jimin - O-oh noona, mais rápido com isso...
- S/N - Será que devo?
- Jimin - Você vai se arrepender quando eu te adentrar.
- S/N - Até parece que sabe de alguma coisa, que fofinho. - abocanho o membro de Jimin sem aviso prévio e vejo o mesmo fechar os olhos, depois de chupá-lo algumas vezes decido provocá-lo mais um pouco.

- S/N - Hmm, acho que já está bom não?
- Jimin - Agora mostrarei o que eu sei noona.

- Jimin me pega pela cintura e me senta em seu colo.

- Jimin - Quer brincar de cavalinho?
- S/N - Assim do nada?
- Jimin - Uhum, mas eu serei o cavalinho e você... - Jimin me levanta com delicadeza e me senta em seu membro.
- Jimin - Você pode brincar... ahh!
- Jimin - Não sabia que era tão boa assim noona...
- S/N - Você está tão diferente Jiminnie...
- Jimin - Farei você sentir muito prazer noona.

- Jimin segura em minha cintura e controla meus movimentos.

- S/N - H-hm Oppa...
- S/N - Você sabe fazer isso muito bem... - Jimin me faz quicar mais rápidamente, acabo arranhando suas costas em resposta, vejo o mesmo arrepiar.

- Chegamos ao nosso máximo.

- Jimin - Ahh S/N! - Diz meu nome de uma forma incrivelmente sexy.
- S/N - A noona te ensinou direitinho?
- Jimin - Ou eu te ensinei? - Me encara.
- S/N - Ainda não estou acostumada a vê-lo safado...
- Jimin - Ainda verá muitas vezes... - Diz baixo.
- S/N - O que?
- Jimin - Nada, melhor eu ir embora que já está tarde.

- Levo Jimin até a porta.

- S/N - Obrigado pela ajuda!
- Jimin - Eu que agradeço. - passa a língua por seus lábios.

- Jimin vai embora e vou até a cozinha beber água.

- S/N - Ya... o que foi isso?
- Sehun - Incrível não?
- S/N - S-sehun? O que faz aqui?
- Sehun - Estava passando e vi algumas coisas interessantes acontecerem. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...