História You Can Call Me Daddy - Imagine Kim Taehyung Hot - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 1.129
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♡ ah, leiam o comentário que deixei fixado no último capítulo por favor ♡

Capítulo 49 - It's Okay


Fanfic / Fanfiction You Can Call Me Daddy - Imagine Kim Taehyung Hot - Capítulo 49 - It's Okay

- S/N - O que viu de tão interessante?
- Sehun - Você sabe.
- S/N - E? Vai contar pro Tae?
- Sehun - Logicamente.
- S/N - Não precisa, eu mesma conto.
- Sehun - O que???
- S/N - Não temos segredos entre nós Sehun.
- Sehun - Aish! Você é muito chata garota. - Me puxa pelo braço com força.
- S/N - Eu não entendo você. Por que age assim? Não podia ser só você mesmo?
- Sehun - Você acha que sabe algo sobre mim?
- S/N - Posso não saber, mas quando estava bêbado disse estar com saudades da sua mãe, ou seja, ainda se importa com a sua família.
- Sehun - Você é muito intrometida.
- S/N - Você deveria só ser você mesmo, pare de fingir ser forte.

- Vejo os olhos de Sehun encherem de lágrimas, parecia estar se lembrando de algo.

- S/N - Aconteceu alguma coisa? Acho que fui muito dura com você...
- S/N - Desculpe.
- Sehun - Você... está certa. - Começam a escorrer lágrimas em sua face.
- S/N - Vem aqui. - O abraço enquanto ele chora em meu ombro.
- S/N - Está tudo bem, você só precisa aprender a se expressar melhor, não precisa ter medo do que vão pensar, eu estou aqui.
- Sehun - Meu hyung realmente escolheu a namorada certa, queria ter essa sorte.
- S/N - Não se preocupe com isso agora, vou acordar o Tae e fazer um jantar gostoso para nós!
- Sehun - Só você mesmo para ter tanta energia...
- S/N - Ya! - dou um tapinha em seu ombro.
- Sehun - Olha só que ousada essa garota, me batendo até.
- S/N - Hm, bato mais se reclamar.
- S/N - Brincadeirinha hihihi.
- S/N - Já volto.
- Sehun - Ok.

- Vou até o quarto de Daddy, enquanto o mesmo ainda dormia.

- S/N - Daddy, você precisa comer algo, acorde.
- Daddy - Me deixe comer você primeiro...
- S/N - Até dormindo é safado.
- Daddy - Eu ouvi isso tá? Acabei de acordar.
- S/N - Vamos comer, farei o jantar para você e para o Sehun.
- Daddy - Como chegamos até aqui?
- S/N - Ah! Jimin veio até aqui e me ajudou a trazê-los.
- Daddy - Ahh.
- S/N - E aconteceu algo entre nós, não te deixaria sem saber disso.
- Daddy - Hmm, muito atrevida você.
- S/N - Eu pensei que ele era purinho...
- Daddy - Sei, se ele é puro eu sou um anjo.
- S/N - Mas você é.
- Daddy - Está tudo bem, eu sei que você ainda prefere a mim. Mas...
- Daddy - Acho que deveria discipliná-la.
- S/N - Por que?
- Daddy - Você não aguenta muitas provocações, farei algumas coisinhas para deixá-la mais resistente.
- Daddy - E se me desobedecer...
- S/N - Mas eu sou obediente.
- Daddy - Ainda não é o bastante.
- S/N - Nunca me tornarei obediente.
- Daddy - Por que?
- S/N - Porque sim!

- Daddy me puxa pela cintura e me aproxima dele.

- Daddy - Está muito ousada.
- Daddy - Sabe que é só minha?
- S/N - Sei.
- Daddy - Hm, não senti firmeza.
- S/N - Claro que sou sua Daddy!
- Daddy - Bom mesmo, não quero sentir que está confusa.
- S/N - Não me confundiria nunca, afinal tenho você. Hehe.
- Daddy - Mesmo assim devo discipliná-la, acho que já está muito bagunçado os meninos e você.
- S/N - Se pensa assim, mas você também está viciado em sexo a três não é?
- Daddy - Ya! Não vale usar meus argumentos contra mim.
- Daddy - Eu gosto sim, mas eu decido quando.
- S/N - Por que eu não posso?
- Daddy - Quem é o Daddy aqui?
- S/N - Você, mas eu também posso decidir!
- Daddy - Olha só como está desobediente.
- Daddy - Estou brincando, você pode decidir sim.
- Daddy - Mas sobre estar desobediente falei sério.
- S/N - Eu gosto de ser uma garotinha má.
- Daddy - Por isso será punida.
- S/N - Justo. Ah, Sehun não está muito bem eu acho.
- Daddy - Eu sei... Só não sei como conversar com ele.
- S/N - Tenho uma idéia, me deixe dormir na casa de Lisa e vocês podem conversar a vontade.
- Daddy - Ela foi adotada?
- S/N - Sim, ela me mandou uma mensagem.
- Daddy - Está bem, mas não quero saber que nenhum desses garotinhos na puberdade encostou em você.
- S/N - Eu quebro eles antes hihi.
- Daddy - Sei sei. Eu sei que está com saudade dela, então a levarei lá.
- S/N - Vê se conversa direito com o Sehun.
- Daddy - Vou tentar...
- S/N - Vai dar tudo certo! - o abraço e em seguida selo seus lábios.
- Daddy - Se está dizendo - Sorri.
- S/N - Tente conversar como quem não quer nada, fale sobre a comida que está preparando e aos pouquinhos entre em assuntos mais sérios.
- Daddy - Aigoo, como é tão experiente nessa idade?
- S/N - É que já passei por algumas coisas, então acabei aprendendo.
- Daddy - Não deixarei que passe por mais coisas ruins. Pequena.
- S/N - Também não deixarei Daddy.
- Daddy - Fico tão feliz que me conte tudo...
- S/N - Quero que sempre sejamos sinceros entre a gente sabe.
- S/N - Você sempre me faz feliz, então quero sempre fazê-lo feliz também.
- Daddy - Hmm, mas mesmo assim não deixará de ser disciplinada.
- S/N - Como você é mau. - faço biquinho.
- S/N - Mas eu gosto! Hehe. - Beijo seus lábios e ele prossegue com o beijo de forma lenta, parecia estar aproveitando.
- Daddy - Vamos descer? Deve estar ansiosa para ver sua amiga.
- S/N - Estou!
- S/N - Ah, eu acho que Sehun está passando por algo realmente difícil, não esqueça de perguntar.
- Daddy - Está dando muita atenção para ele. - Faz biquinho.
- S/N - Ele é seu irmão, você que precisa dar mais atenção para ele.
- Daddy - Me sinto tolo com você me dando sermão assim.
- S/N - Aigoo, está tão sensível, até parece estar de TPM.
- Daddy - Ya, eu sou macho!
- S/N - E isso o impede de ficar sensível?
- Daddy - Não, só queria dizer isso mesmo! - caímos na risada.
- S/N - Vê se come direito.
- Daddy - Está bem, você também. Se souber que me desobedeceu sua punição será pior.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...