História You can not cry - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Irina Shayk, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Irina Shayk, Justin Bieber, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Máfia
Visualizações 9
Palavras 2.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii eu de novo, esse o terceiro capítulo no mesmo dia sim é que eu tinha escrito então ne, como eu do ansiosa pra caralho quis postar

Essa da capa é a mazikeen

E o trailer da fanfic eu coloquei nas notas finas, playlist também

Capítulo 3 - Certain thing


Fanfic / Fanfiction You can not cry - Capítulo 3 - Certain thing

Ryan era meu melhor amigo, sabe aquele tipo de homem que tenta te pegar só que depois de um tempo ver que aquilo não vai dar em nada, então esse era o Ryan, ele era um gato,mais não era o meu tipo de homem , meu tipo de homem é mais aqueles idiotas que não presta, é bem que eu queria que Ryan fosse meu tipo, mais voltando pro Ryan,

     Conheço ele des dos meus dezoito anos, conheci ele na minha primeira vinda pro Canadá, quando Justin mim levou pro racha, ele estava lá,com sua ex  bia ela era bem legal, só que não aguento a pressão de ser mulher de bandido, então se separou dele, não é como se ele tivesse ficado arrasado pois ele nem ligo, pois de primeira o filho da puta deu em cima de mim sem nem lembrar que namorava.

   Ele é do tipo brincalhão, mais não na hora do trabalho,ele no trabalho fazia o verdadeiro impulso em pessoa ele atira depois pergunta.

    Entro nesse mundo depois que conheceu Justin, na verdade ele são amigos de infância, mais depois que descobriu que Justin fazia nem ligo só disso "tô dentro" lembro do Justin contando essa história quando chapado.

 

     Depois de entra ele não queria mais voltar atrás ele é um túmulo quando ele quer, lembro de uma vez que pegará ele pra saber coisa do mundo do Bieber o filho da puta foi resgatado todo machucado mais não abriu a boca por nada.

     Mais ele sabe ser tipo aquelas vizinha chatas, que dá vontade de mata, ele sabe ser fofoqueiro, amo quando ele fica falando o que os meninos fizeram ou fazem, lembro de uma história que ele conto de quando o Chris tava chapa pra caralho e pego um travestir, só ele sabia Chris pago não sei quantos pra ele ficar calado e mesmo assim no outro dia quando Christian acordo com uma baita dor de cabeça os meninos todos estavam rindo dele, e claro eu também.

   Naquele dia eu tinha quase certeza que Christian iria mata Ryan mais não ele está vivo ainda.

    Passei pela porta principal da casa/mansão, aquilo está um lixo, eles quebraram tudo que podia, chegando na sala encontrei um ser batendo em andre como se o mundo fosse acabar naquele momento

    Justin batia nele e o filho da puta tinha um sorriso no rosto enquanto fazia isso, Andre já estava irreconhecível, falava coisa sem sentidos como " o que você fizeram com ela" nem tão sem sentidos assim "ela não tem culpa de nada" e se ele souber que eu dei alguns tiro nela? "Vocês já me tem solte a"

    - a você fala da pobre mulher que vimos com você? - Bieber perguntou parando de bater, e eu estava para no batente da porta contemplando a visão maravilhosa que é te andre tô machucado - a mesma que estar com maze? Sinto muito mais acho que sua donzela não está mais nesse plano

   - o que você fez com ela sua vadia - nesse momento ele já estava tentando se soltar e ele já tinha me visto

  - eu? Eu não fiz nada meu amor - digo indo em sua direção - quem fez foi você, você que nos roubo, você que trouxe ela pra esse mundo, simplesmente você - digo pegando uma das facas que tinha encima da mesa de centro de sua sala

   - eu roubei? Vocês roubaram e mataram meu pau vocês, e voce mazikeen você sua vadia, você disse que me amava e roubou tudo que eu tinha, depois você volta e acaba comigo de novo matando minha mulher - nesse momento eu olha ele com tédio

     - Você acho que eu iria mim apaixonar por você,um ser desprezível,o único sentimento que eu tenho por você e nojo, é  nojo que eu sempre sentir quando olhava pra sua cara - assim que terminei de falar enfiei a faca em uma de suas pernas - e olha pra mim, você acha mesmo que eu ligo de ter partido seu coração, a única coisa que eu estou ligando pra esse momento e pra merda da carga que você roubou, mais que saber, fique pra você, já vai ser um prazer te matar.

   - você a matou não foi - Bieber chega perto de mim assim que coloco a faca de volta na mesa pegando um alicate - e a menina matou também ?

   - a criança ainda não, eu sai com pressa mais não se preocupe,ela não passa dessa noite - digo olhando direto pra andre

- sua vadia ela é uma criança - ele tenta se soltar novamente - ela não tem culpa, nenhuma delas

- mais me parece que a sua linda mulher tinha sim, ela é muito boa em guarda segredo, morreu sem abrir a boca, mais morreu - digo sorrindo

- eu vou matar vocês, matarei cada um de vocês - nesse momento todos que estão na sala começam a ri

- olha Smith você que está preso, quero ele morto agora, maze faça o que quiser mais quero ele morto ainda hoje não quero que esse filho da puta tenha a oportunidade de fugir

- sim senhor - digo em tô sarcástico indo em direção de andre com meu lindo alicate - lembra daquele vez que eu disse que faria questão de arrancar seus lindos dedos, pois então você não me levou a sério - digo pegando um de seus indicador e forçando com o alicate (que por acaso ótimo de corte) contando ele

e por um estande ache que não iria sair mais lá estava seu dedo no chão, com um homem gritando em minha frete como uma criança fiz esse procedimento com mais dois dedos até que cansei.

O homen que estavam na sala me olhava como aquela menina me olhava, com medo, ja os outros homens que Fazia a segurança me olhava como…não sei explicar seria com deslumbre não sei

- cansei, tive uma idéia tape os olhos dele com uma faixa - Bieber fumava um cigarro de maconha no outro lado da sala,ele tinha um olhar interrogação - que foi se é pra tortura que seja do meu jeito não?

- claro só o faça sofrer - ele tinha um sorriso psicopata nos lábios, o que me fez revirar os olhos

- sabe andre - ele já tinha os olhos tampado - eu li em algum lugar que quando se tortura uma pessoa vendada e pior do que quando ela ver - digo com a mais calma do mundo - eu li também que ferver a pessoa viva em óleo e muito doloroso e é uma das piores torturas, mais como eu não posso tirar daqui só poderei te vendar - falo indo até a mesa pego uma arma tiro suas balas, todos mim olhava com muita atenção - eu sei que teve seus motivos pra fazer o que fez, mais sabe porque está aqui sendo torturado? Em você sabe querido,me responde querido - falo passando a arma pelo seu rosto.

- por ter roubado vocês - ele disse em tom de desespero e cansaço

- não meu amor - digo agora passando minha mão em seu rosto em forma de "carinho" -você ou um de seus homens mataram alexi, você sabia que alexi era um de nos, ele era uma parte essencial de nos - alexi era o chefe da segurança - um de vocês o mataram e isso me deixou com raiva sabe porque - digo colocando a arma apontada pra sua cabeça e disparando, mais estava sem munição, o fazendo chorar, todos na sala tinha um sorriso no rosto de graça

- POR QUE VOCÊ NÃO ME MATA LOGO SUA VADIA - ele grita com raiva e desespero

- qual seria a graça de te matar agora - digo indo até a mesa deixando a arma e pegando o álcool que estava em cima dela - não valeria essas duas semanas que eu passei atrás de você - disse jogando o álcool no seu colo - não valeria a morte do pobre alexi - digo com calma pegando o esgueirou no meu bolso e jogo em cima dele OQue faz ele começar a pegar fogo, só dá cintura para baixo - não seria legal você morre assim nem - digo assim que pego o extintor de incêndio e apagando antes que ele morresse carbonizado

- por favor me mata logo - ele diz já chorando - me mata, não é como se você ligasse pra morte dele

- como assim ele tinha um maravilhoso oral - digo como se eu estivesse ofendida - então não sei como te matar, tenho tantas idéias mais nenhuma e tão legal

- que tal corta o pau dele - olho pra trás e lá estava Ryan com seu sorriso também diabólico - seria bem interessante não acha?

- bem legal essa idéia, mais ele não é tão grande pra fazer falta pra ele, lembro de quando estamos juntos eu tinha que me segurar pra não rir quando eu o via - digo olhando pro seus olhos que agora transborda raiva muita raiva

- e que tal um tiro na cabeça pra acaba com essa palhaçada e irmos pra casa já tô cansado - tinha que ser o chaz pra abrir a boca - você já brinco de mais, mata ele logo e vamos.

- tem razão, mate ele mazikeen - bando de estraga prazer

- OQue Bieber - digo vou até andre tiro a venda - quero que você ver quando eu te mando pro inferno - me afasto, atiro no seu pé, joelho e por fim sua cabeça bem na testa - eu queria ter fervido ele no óleo - digo passando por todos - e coloque fogo na casa quero tudo pegado fogo - digo a Paollo

- que tal irmos enche a cara - chaz diz assim que nos saímos da casa - tô precisando

- tô fora, tenho coisas pra resolver no Galpão ainda - digo indo até minha lamborghini

- qual é preciso da minha melhor amiga pra beber -Ryan fala fazendo drama OQue me faz revirar os olhos

- Ry não tô levando sua boca comigo, pode beber a vontade - ligo meu carro sem deixá ele responder.

Agora tenho que resolver a questão daquela menina, não sera problema nenhum mata lha

Não é como se eu gostasse de criança…. Meus pensamentos são interrompidos por uma ligação.

-- OQue você quer agora - digo assim que atendo minha irmã mais nova

-- tenho certeza que a mamãe te deu educação - e lá estava me milésima revirada de olho

-- deu sim halsey, mais o problema é que você não para de encher meu saco com essa suas ligações, agora fala o que você quer

-- eu quero ir pro Canadá, quero ficar com você ai

-- e pra isso você quer que eu conversa o senhor George pra deixar você vir

-- você é minha irmã tem que me ajuda

-- não, eu não tenho, e não irei pedir nada, você se virei com nossos pais aí

-- eu só a única aqui você no Canadá e Amber na fraca isso é uma injustiça comigo

-- o mundo não é justo com ninguém querida

-- por favor mazikeen, eu já tenho idade pra poder ajudar vocês, mais papai não me deixa, você e Amber quando fizeram dezoito foram pra algum lugar, e eu? Eu estou aqui presa nesse inferno

-- não seja dramática, a casa de Londres e estou maravilhosa, qualquer uma adolescente na sua idade mataria pra tá no seu lugar

-- mais só que eu mataria pra tá no seu

-- tá - digo já cansada - peça a mamãe usa aquela história de está cansada de e estar presa e pronto ela fala com o papai

-- e se não der certo

-- aí já é um problema seu irmãzinha - assim que falo desligo a ligação e saio do meu carro pois já tinha chegado vou direto pra sala onde a menina estava

- você vai me levar na me mamãe agora

- sim eu vou te mandar pra onde ela está - digo sacando a arma e apontando pra sua testa e dando um tiro certeiro

- quero essas salas limpas,as duas salas limpa - falo passando por um segurança que me olhava assustado - OQue foi, tudo bem mata uma mulher adulta mais uma criança não

- não senhora, me desculpe eu só não sabia que íamos mata 

 - só tem um problema, você não tem que saber de nada, determinadas coisa não são da sua conta - digo saindo e indo pro meu carro, preciso dormir.


Notas Finais


E então o que acharam, comentem OQue estão achando da fanfic, e eu espero MUITO que vocês esteja gostando

Link do trailer
https://youtu.be/PAJzU28A7f0

playlist de you can not cry
https://open.spotify.com/user/karollsalvatore-jb/playlist/1IYSOjMFJBB0EMBM0msFER?si=gGijemKkT9OxPR8j3rGf_A


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...