História You can still call me by your name - Capítulo 39


Postado
Categorias Me Chame Pelo Seu Nome
Personagens Annella Perlman, Chiara, Elio Perlman, Marzia, Mr. Perlman, Oliver, Personagens Originais
Tags Drama, Filmes, Livros, Romance, Romance Gay
Visualizações 24
Palavras 958
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI MEUS AMORES
EU VOLTEI (um tiquinho atrasada mas voltei)
E voltei com surpresas, pq é sempre assim né.
Eu sumo e faço a Kátia cega mas não tem problemas..
Eu falarei mais lá nas notas finais e explicarei direitinho.
Estava com saudades de vocês e eu vou parar de enrolar antes que vcs me matem.

Fiquem com esse capítulo nada convencional e estranho (que eu amo).
Beijooooos e até as notas finais (CHEGAMOS A 180 FAVORITOS E JÁ JÁ ESTAMOS CHEGANDO A 190 EU TO MT FELIZ CREDO. OBRIGADA AMORES)

Capítulo 39 - Was everything not enough?


Fanfic / Fanfiction You can still call me by your name - Capítulo 39 - Was everything not enough?

Medo e nervosismo eram as palavras que definiam Oliver naquela manhã quando viu que Elio não estava na cama em que compartilhava. Foi o suficiente para levantar em um pulo.

A porta do quarto estava aberta.

Oliver começou a andar pelo mesmo sem ao menos pensar na possibilidade de que ele havia ido à padaria como ele fazia aos domingos..

Mas não era domingo e não havia cheiro de pão no primeiro andar.

Até que notou um pequeno papel deixado em uma parte que não costumava a ficar vazia no armário velho e antigo cujo qual estava aberto

"Oliver...

Eu não queria estar fazendo isso...

Pode acreditar, será pior pra mim do que já está sendo para você.

Ontem à noite, enquanto você dormia, eu saí e comprei uma passagem de trem para Roma...

Ficarei uma semana pois necessito resolver problemas pendentes e também é preciso que tiremos esse tempo para pensar em nós.

Estamos desgastados e eu nunca quis isso.

Eu te amo mais que tudo.

Você é o único que tenho agora e não quero te perder.

Voltarei antes que você acabe de ler a ultima palavra do meu livro favorito.

Elio"

Oliver levou aquela carta ao peito e deixou soltar uma lágrima.

Nunca tivera tanto medo de perder alguém

°CMBYN°

Quase do outro lado do país, Elio estava centrado em assinar todos aqueles papéis que haviam sido entregues a ele.

Finalmente seu sonho se realizaria e mal podia esperar por isso.

Realmente sentira que tudo estava dando certo em sua vida.

Até olhar diretamente para Elijah

No ponto de vista de Elio, era um homem muito educado e atencioso, mas tinha suas dúvidas.

Parecia perdido, apagado mas ainda assim muito bonito.

Elio tentava afastar esse tipo de pensamento pois já era quase casado e não podia sentir atração por outros homens

Tudo bem que não era frequente, mas ainda assim era um pensamento impuro em sua visão

Havia assinado um contrato de 3 livros durante 5 anos e não havia ninguém mais animado que Elio com esta notícia.

"Deveríamos comemorar!" Disse Elijah inocente, querendo apenas um pouco mais da companhia de Elio

Elio não achava uma boa ideia...

E sua expressão facial não deixava isso ser escondido.

Após alguns minutos de uma discussão interna, Elio aceitou o convite. Sendo relutante com sua própria vontade de voltar ao hotel e comemorar sozinho.

E neste mesmo momento, Oliver sentiu algo diferente enquanto estava sentando no pequeno banco que havia diante as teclas do grande piano que havia.

Não sabia se era saudades ou misterioso medo de perder seu grande amor, ou ambos, mas sentira algo realmente diferente naquele dia.

Oliver estava enganado em pensar que estava com medo ou saudades.

Ele queria sair, se divertir pelas ruas de Crema e sentir aquela liberdade e a adrenalina que já não tinha mais com Elio.

Mas não tinha coragem.

Ou era o que achava

°Horas depois°

Após algumas bebidas, conversas bobas com perguntas pessoais e uma leve amizade, Elio disse que precisava voltar a seu hotel com a desculpa de que voltaria a sua cidade no dia seguinte, mas a verdade era que Elio não queria ficar mais nenhum perto daquele homem que sentava ao seu lado.

Não por não gostar dele, e sim por terem muito em comum e sentir certa atração por ele. E gostar até demais.

"E-eu pago" Disse Elio já direcionado sua mão ao bolso de seu sobretudo escuro mas Elijah o impediu antes que o fizesse

"Não se preocupe, eu sei que está cansado. Não gaste seu dinheiro. Eu pago" sorriu levemente e deu uma piscadela

Seus dentes perfeitamente alinhados fizeram a cabeça de Elio girar, suas mãos tremerem e seu coração partir.

Elio sabia que aquela vida não era para ele e mal sabia se Elijah tinha sua mesma orientação.

Imagine, Elio tentar se envolver com um homem que se atraía por mulheres. Impossível

Fez questão de esquecer este pensamento, agradeceu e saiu mais rápido possível daquele pequeno pub em uma esquina qualquer, enquanto Oliver entrava em um barzinho em Crema pronto para ter, pelo menos, alguma diversão, algo diferente...

Ele não sabia mas iria cometer um dos seus maiores erros...

Após muitas bebidas e olhadas para a atendente que havia demonstrado interesse em Oliver. Em algum momento desta noite, foram parar em um banheiro sujo do bar.

Trocavam carícias, beijos, toques profundos até chegar ao ato sexual.

Mas Oliver estava enganado em pensar que seria tão fácil lidar com algo como este. Não era como se Elio fosse aparecer naquele exato momento, mas sua consciência estava pesada e não conseguia relaxar em nenhum momento.

Ele estava com uma mulher e isso era estranho para ele depois de muitos anos convivendo com homens...

Mas ele ainda sim continuou até o final, se torturando por se achar ingrato com tudo que Elio fazia por ele.

Após o término, Oliver saiu em disparada do bar mas estava bêbado demais e se perdeu pelo caminho

Então, decidiu ficar por ali mesmo, na pequena praça que existia ali perto.

°CMBYN°

Elio estava há mais de uma hora olhando para o teto do seu quarto de hotel

"Mas que merda foi aquela que aconteceu no bar?!" Se perguntava desde a hora que chegou

Mas logo viu que não teria respostas tão cedo pois ainda não tinha uma opinião formada sobre Elijah e nem queria pois sabia que isso levaria a outra situação.

Mesmo sabendo que isso poderia ser apenas imaginação. Mas pelo pensamento de Elio, é melhor previnir do que remediar...

Depois desses longos pesamentos, Elio decidiu dormir e tentar esquecer esses fatos.

O que ambos não sabiam era que esse, e somente esse momento, seria uma benção.

Eles demorariam a entender, passando pela maldição.

E isto é apenas o começo de uma linda história.

Porém, não disse que era de amor.


Notas Finais


ANJOS DA MINHA VIDA, eu não queria mas eu tive...
Pois é, crises existem e este casal está passando por uma delas.

E tenho algo a dizer meus conterrâneos, Elijah veio para ficar.
Creio que deve ser difícil definir se ele é uma boa pessoa ou só quer ser um c*zão fdp mas calma, ainda deve ter mais 50 capítulos e pretendo não deixar nada escondido (ou sim, não sei).

Mas então, realmente chegamos a 180 favoritos e eu chorei. Chorei muito e vou explicar o porquê...
Eu tenho como um dos meus principais amores a escrita. Desde muito pequena eu escrevia histórias fantásticas mas nunca fui muito de mostrá-las por vergonha. Mas chegou o Spirit e mudou isso na minha vida, chegaram *vocês* e mudaram isso na minha vida. Nunca imaginaria que uma história que eu adaptei chegaria a quase 200 favoritos e eu sou muito grata a vocês.
Muito mesmo.
Amo vocês and keep the faith (pq com um presidente desses é necessário de fé e paciência)

Voltando a história, vai dar tudo certo. É sério.
Não disse quando, não disse onde mas vai.
E eu já estou trabalhandinho no final dela.
Pois é amigos, vai acabar mas não tão rápido, i promise. Mas eu tenho projetos de outras fics que já estão iniciadas aqui, então leiam e me digam o que acharam.

Obrigada mais uma vez pela atenção e eu amo muito vocês.
(Comentem por favor, quero saber a opinião de vocês).


BEIJOOOOS E ATÉ LOGO❤️❤️❤️❤️❤️☄️


keep the faith, bitches.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...