História You Can't Love ME (Ziam) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Amor, Drama, Escola, Larry, Larry Stylinson, Mayne, Ziam, Ziam Mayne
Visualizações 103
Palavras 1.851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie.
Muita coisa pra rolar, no final vão entender o por que.

Capítulo 9 - Game On


Fanfic / Fanfiction You Can't Love ME (Ziam) - Capítulo 9 - Game On

A primeira ideia que Selena tinha tido para Zayn era de ele o ignorar, na hora o moreno concordou, achando que seria fácil já que estava com raiva de Liam, pensou que não seria tão difícil assim.

Mas estava errado.

Cada vez que desviava o olhar, que passava direto e que fingia que ele não existia doía. Fez essas coisas por tanto tempo que nem se lembrava mais como era antes disso tudo. Ele amava ver o sorriso de Liam, passar minutos o olhando, o admirando, mas não fazia isso mais. Mal sabia ele que Liam já não sorria com tanta frequência assim.

Não tinha certeza se o plano estava funcionando, mas estava tão perdido e sem rumo que só foi deixando as coisas rolarem, não queria ficar chorando pelos cantos ou deprimido, por mais que sentisse uma vontade imensa de fazer isso toda vez que Sofia se agarrava a Liam, e a garota parecia gostar de fazer isso especialmente quando ele estava por perto. Jurava que um dia havia a visto o beijando de boca aberta e o encarando.

Isso seria loucura demais, que motivos ela teria para fazer isso? Apesar de saber sobre o beijo dos dois na festa de Harry, parecia não saber do fora que Liam tinha o dado segundos depois.

Zayn também estava usando de sua popularidade, todo dia estava sentado com um grupo diferente, rindo alto, dançando no meio do refeitório, matando mais aula que o normal, e até tinha voltado a fumar maconha, não era um viciado, mas não se importava de fumar as vezes. Voltava aos velhos hábitos, e nem sabia o por que havia parado. Parecia feliz, mas não era assim que se sentia.

Naquele dia tinha decidido ficar com os amigos, sabia que os meninos estavam felizes por ver ele ‘bem’ e se divertindo, mas que também sentiam falta dele por perto. Ele mesmo sentia falta dos amigos, das únicas pessoas que pareciam realmente o entender.

— Parece que tem séculos que não vejo vocês – Niall disse se juntando a Louis e Zayn na mesa do refeitório.

— Não seja exagerado – Louis disse – nos vimos na sexta.

— Exatamente! Os finais de semana costumavam ser os nossos dias – Niall apontou para Louis – você só quer saber do Harry – apontou para o Zayn – e você... bom, eu não sei o que você anda fazendo.

Zayn riu.

— Ando me divertindo irlandês – bagunçou o cabelo de Niall – deveria fazer o mesmo!

— Temos conceitos diferente de diversão - Niall bufou – mas vocês se esqueceram do loirinho aqui!

Dessa vez os três caíram na gargalhada, e Louis e Zayn envolveram Niall em um abraço apertado, pedindo desculpas a ele, afinal, ele estava certo, na última semana haviam mesmo negligenciado a ele.

— Então... - Louis começou se afastando - você está mesmo superando o Liam?

Zayn havia passado a semana fazendo tantas coisas, que se esqueceu de contar aos amigos que estava tentando chamar a atenção de Liam.

— Não - riu – estou tentando causar ciúmes nele.

Niall e Louis se olharam.

— E como voltar a fazer todas essas coisas vai ajudar? - Niall perguntou.

— Não sei – Zayn foi sincero - também estou o ignorando.

— Isso eu sei – Louis riu – mas talvez isso esteja funcionando!

— Como? - Zayn e Niall perguntaram juntos.

— Ele não disse nada, mas sempre que você passa por ele sem falar nada e o ignora, ele fica resmungando e de cara fechada.

— Já é alguma coisa – Zayn disse – mas to achando a coisa toda muito lenta.

— Isso por que ainda não começamos! - Selena disse se sentando ao lado dele – bom dia meninos!

— Você também está envolvida nisso? - Niall perguntou – mas você quem disse que o Liam é hetero.

— Mudei de ideia – Selena deu de ombros.

— Como assim não começamos? - Zayn quis saber.

— Bom, ele já percebeu que você o está ignorando, e me atrevo a dizer que ele não está gostando disso – todos concordaram – agora você tem que mostrar a ele que quem ele quer é você, não a insuportável da Sofia.

Os meninos riram.

Passaram o resto do intervalo discutindo como seria a melhor forma de provoca-lo, sem parecer desesperado demais. E é claro que isso os rendeu boas risadas, o que chamou a atenção de todos, especialmente de Liam. Decidiram começar por algo simples, mas que faria diferença.

Os dois tinham aula de química juntos após o intervalo, e ao contrário do que tinha feito nas ultimas aulas, se sentou bem em frente a Liam, ignorando os olhares que recebeu por causa disso.

Para sua sorte era uma aula experimental, eles iriam mexer com um tubo de ensaio e Zayn viu a oportunidade perfeita para pôr o seu plano em prática, fingiu estar tão interessado no que sua dupla fazia que levantou da cadeira, ficando apoiado na mesa, para poder ‘enxergar melhor’ o que estava sendo colocado no tubo.

Mesmo sabendo que tinha outras pessoas o olhando, se inclinou o suficiente para que Liam tivesse uma boa visão de sua bunda, e sabia que Liam gostava dela, pela maneira como dançaram antes, e para deixar as coisas ainda melhores, dividia o peso entre uma perna e outra, fazendo um tipo de rebolado bem lento, e quando ouviu Liam tossindo descompensado, sorriu vitorioso.

— Você está bem? - perguntou fingindo inocência.

— Ótimo! - Liam mentiu, mas se lembrava muito bem da maneira que Zayn havia dançado com ele, quando seus corpos estavam grudados, e eles perdidos em um beijo profundo.

Queria poder beijar Zayn de novo, mas não podia. Agora estava com Sofia.

Xx

Louis se sentia feliz, de uma maneira que nunca tinha se sentido antes, não sabia se ficava animado por isso ou então assustado. O que Harry estava fazendo com ele? Até mesmo as pessoas ao seu redor notavam a diferença nele. Estava influenciando em seus treinos, já que parecia ainda mais inspirado por saber que tinha um par de olhos verdes o olhando.

Harry, ao contrário do que ele imaginava, respeitava seus limites e sempre era dócil com Louis, claro que ele queria algo a mais, um contato mais direto, mas Louis não conseguia se entregar assim tão rápido, não com tantas inseguranças.

Tentava não se importar com isso, tentava esquecer, mas não conseguia. Quando se olhava no espelho se achava gordo, as coxas grossas demais e algumas gordurinhas na barriga. Não podia deixar Harry vê-lo, provavelmente o outro sentiria repulsa do corpo de Louis, ainda mais com todas as pessoas que o cacheado havia estado.

Ele não poderia estar mais errado.

Só havia se passado duas semanas que os dois estavam juntos, não haviam dado um título a isso, mas não estavam se importando com isso. Harry se achava um pouco apressado, apesar do pouco tempo, era insana a maneira que desejava Louis, como queria ele perto o tempo todo, como queria aqueles lábios contra os seus até perderem o ar.

Já havia percebido algumas coisas em Louis, como ele não deixava Harry descer a mão para a sua bunda, ou apertar demais sua cintura... na verdade, não deixava nada que fizesse ele notar seu corpo. Se perguntava o porquê já que Louis tinha o corpo mais perfeito do mundo para ele, e o fato do garoto ser jogador de futebol e se exercitar tanto o deixavam ainda mais gostoso. Faria o possível para que Louis percebesse isso.

Era nisso que estava pensando em uma tarde de segunda feira, sentado na arquibancada do campo de futebol assistindo ao treino de Louis.

Já fazia isso há um bom tempo, antes de conquistar Louis, sempre gostou de ver o menor jogar, a maneira que a bunda dele ficava marcada pela bermuda, como ele se movia e como xingava e se estressava as vezes, o pacote completo fazia Harry ficar em êxtase, nem acreditava que podia beijar Louis no final do treino, ou nos sorrisos que o menor lançava para ele.

Se sentia nas nuvens, mas temia que algo o fizesse cair.

— Sabia que o encontraria aqui – Liam disse o tirando de seus pensamentos – você chega estar babando.

Harry riu irônico.

— O que está fazendo aqui? – perguntou – não deveria estar com Sofia?

— Não – Liam negou bagunçando os cabelos – eu não aguento mais um segundo perto dela.

— Nem faz tanto tempo assim – Harry riu – o que ela fez dessa vez?

— Ela fica tentando me beijar a cada segundo! Ainda mais quando tem alguém por perto, sabe que não posso recusar e fica se oferecendo.

Harry abraçou o amigo com carinho.

— Você vai surtar qualquer dia desses, mas vou estar aqui por você.

— Obrigado Hazz – Laim deixou-se ser abraçado, precisava de um carinho sincero.

— Por falar em surtar – Harry se afastou devagar – como tem estado as coisas com Zayn?

Ah Zayn... desde o dia que Sofia chegou havia o ignorado completamente. Não olhava para Liam, não falava com ele, fingia que o moreno simplesmente não existia. Até mesmo quando Harry estava com Liam e Louis aparecia com Zayn ele o ignorava, cumprimentava Harry e ia embora.

Não sabia o que sentir com isso.

— Péssimo, estou começando a achar que ele me superou.

— E isso é ruim?

— Não sei... – Liam parou para pensar, sentia falta dos olhares de Zayn, estava tão acostumado a ter o outro atrás dele, o encarando, o paquerando... também sentia falta dos beijos.

— Não me diga que... – Harry começou vendo o amigo pensativo – você se apaixonou?

— Não! – Liam foi rápido em negar – não, não mesmo, foram só beijos. Nada significante.

Tentou não pensar na maneira que Zayn estava exibindo a bunda para ele mais cedo, e em como ele teve que se segurar para não ficar duro, bem no meio da aula, apenas com aquela visão.

— Se você diz.

— Você tinha que falar sobre isso? – Liam se levantou – só queria um momento em paz.

Liam saiu do campo bufando, deixando para trás um Harry confuso, não havia falado nada demais. Liam precisava parar de fugir dos seus sentimentos e se entregar sem medo a eles, por mais que isso custasse algumas coisas, o amigo não podia viver infeliz e com medo para sempre. Não era justo.

Harry ouviu um apito que o tirou dos seus pensamentos. O treino tinha acabado e Louis vinha em sua direção.

— Sempre tão gostoso Tomlinson – disse o puxando para um beijo, mas Louis apenas lhe deu um selinho e se afastou.

— Estou suado – ele disse vermelho pelo esforço físico – eu só vim pedir para me esperar.

— Tudo bem – Harry beijou sua bochecha – te espero aqui.

Louis saiu e Harry se sentou admirando a vista, mesmo inconscientemente Louis andava rebolando e aquilo o enlouquecia.

Harry começou a mexer no celular e nem se deu conta de quanto tempo havia passado. Resolveu ir atrás de Louis para saber o porquê da demora, andava despreocupado pelo vestiário, que já estava completamente vazio, o que o deixou em alerta, onde estava Louis?

— ME SOLTA! - ouviu Louis gritar e saiu correndo.


Notas Finais


Game on por dois motivos, Zayn vai começar a provocar Liam e as coisas vão sair de controle.
E Louis... Bom, Louis está em apuros.
Obrigada por lerem! Aguardo os comentários!
Teaser do próximo capítulo: https://youtu.be/hOiQv-4RzL4


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...