História .you changed my destiny (taekook) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


ᴏʟᴀ́, ɢɪʀʟᴢ ɴ ʙᴏʏᴢ
ᴇᴜ ᴛᴏ̂ ᴛᴇɴᴛᴀɴᴅᴏ ғᴀᴢᴇʀ ᴜᴍᴀ ʟᴏɴɢғɪᴄ ᴋᴋ (ᴘғᴠ ᴀᴄʀᴇᴅɪᴛᴇᴍ ᴇᴍ ᴍɪᴍ, ᴊᴜʀᴏ ϙᴜᴇ ᴠᴏᴜ ᴅᴀʀ ᴍᴇᴜ ᴍᴀ́xɪᴍᴏ)

ɪɴᴄʟᴜsɪᴠᴇ, ᴀ ғᴀɴғɪᴄ ᴇ́ ɪɴsᴘɪʀᴀᴅᴀ ᴇᴍ ᴛʜᴀʀɴᴛʏᴘᴇ, ᴜᴍ ᴅᴏʀᴀᴍᴀ ʏᴀᴏɪ ᴛᴀɪʟᴀɴᴅᴇ̂s ɴᴏ ϙᴜᴀʟ ᴇᴜ ᴀᴅᴍɪʀᴏ ᴍᴜɪᴛᴏ. ᴇ ɴᴀ̃ᴏ sᴇ ᴘʀᴇᴏᴄᴜᴘᴇᴍ, ᴇssᴇ ᴠᴀɪ sᴇʀ ᴏ ᴜ́ɴɪᴄᴏ ᴄᴀᴘ ᴄᴜʀᴛᴏ ᴘᴏɪs ᴇ́ ᴛɪᴘᴏ ᴜᴍᴀ ɪɴᴛʀᴏᴅᴜᴄ̧ᴀ̃ᴏ.

ᴇsᴘᴇʀᴏ ϙᴜᴇ ɢᴏsᴛᴇᴍ ᐖ

Capítulo 1 - .chapter one


AU 


Jungkook havia acordado a pouco tempo. Como de costume, tomou um banho, escovou seus dentes e tomou seu capuccino diário. Cumprimentou seu colega de quarto e foi direto pro campo de tênis como costumava fazer todas as manhãs. Estranhou o fato de ter poucas pessoas mas ignorou e começou a treinar sozinho mesmo. Guardou suas coisas em seu armário e começou a treinar. Depois de mais ou menos meia hora de atraso, seu melhor amigo Wat, chega. Porém, ele parecia assustado e ofegante já que corria até Jungkook.


— Jungkook, hyung, amigo! - parou para respirar já que o mesmo correu metros e mais metros até o campo.


— Hm, o que é? - perguntou sem olhar pra ele apenas dando algumas sacadas contra a parede.


— Você sabia que... - deu uma pausa pois aquilo poderia ser muito chocante.


— Desembucha, Wat. - falou, sem paciência.


— Que seu colega de quarto... é gay? - Jungkook deixou a bola juntamente com a raquete caírem e franziu suas sombrancelhas. sua expressão não foi só séria como também raivosa.


— O quê você disse? - sua voz ecoou pelo campo quase vazio.


— Sim, ele é gay. Pensei que já soubesse e... - foi interrompido quando Jungkook o ignorou totalmente e saiu de lá na mesma hora. - Oh, merda. Sinto que deveria ter ficado de bico calado. - e foi correndo atrás do amigo. Wat o encontrou em uma cafeteria onde sempre iam e viu o amigo em total fúria, ainda nervoso e bastante ofegante por tremer muito a perna num ato de tentar se acalmar. ele só tomava um copo d'água e nada mais. - Err... ei, amigão. Tente se acalmar, é sério. Isso não é tão ruim assim. 


— Não é tão ruim? Você está do lado desse gay então?! - o encarou sério, dava pra sentir seu olhar no fundo da alma.


— E-eu? Não! Mas o que você pretende fazer agora? - perguntou num tom calmo tentando esconder seu medo do mais novo.


— Não sei, mas eu não vou morar com uma bicha. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...