1. Spirit Fanfics >
  2. You Complete Me >
  3. Duvidas e hospital

História You Complete Me - Capítulo 75


Escrita por:


Notas do Autor


Oii meus amores♥

Desculpa pela demora♥

Faculdade voltou e deu o que fazer pra eu conseguir escrever♥

Mas, espero que vocês gostem♥

Capítulo 75 - Duvidas e hospital


Hayley narrando

E tudo fez sentido quando eu percebi chateação e irritação deles ao ver ele preso. Fez sentido quando eu entendi o por que eles nunca ligaram pro que aconteceu com comigo... fez sentido quando eu entendi por que eles defenderam o Adam sem remorso nenhum. Só agora eu vi a semelhança... só agora, ali, eu vi os traços dos três.

Tudo... tudo... tudo fez sentido quando eu percebi que na verdade, o Adam que era filho deles.

Eu fico algum tempo parada enquanto vejo o carro da policia com o Adam sair daquele local, e o carro dos meus pais, ou de quem eu acreditava que eram meus pais sair também. 

A única coisa que soava naquele ambiente era o silencio. Talvez estivesse até muito barulhento o local que estávamos, mas talvez o silencio fosse somente na minha mente. Se eu não sentisse uma mão apertar minha cintura, eu poderia jurar que estava sozinha.

- Amor - sinto ele sussurrar no meu ouvido me trazendo a realidade.

Eu me viro saindo de meus pensamentos encarando eles.

Meu irmão tinha a mesma expressão que possivelmente eu estava também. Confusão pairava em seu rosto, era obvio que raiva, incredulidade, e muitos outros.

- Vocês estão bem? - Clare pergunta com receio.

Dylan ergue o olhar pra mim por um instante. Era obvio que não. Ele parecia que iria desmoronar ali a qualquer momento. E pelas minhas mãos que estavam tremulas, eu não estava muito diferente dele.

- Amor? - Shawn me chama novamente.

Eu suspiro por fim.

- Vai ficar tudo bem - eu falo tentando manter minha voz no controle - Essa história... eu e o Dylan resolvemos depois - eu falo - Acho que tem coisas mais sérias pra se preocupar - eu falo lembrando do Wade.

Eles concordam comigo.

Wade tinha tido uma crise de convulsão enquanto estávamos na audiência. Ele já estava mal a pelo menos três dias. Eu já estava agoniada e nervosa por conta da audiência. por saber que ele estava em um hospital.

Eu fui no carro com o Shawn e o Dylan foi com a Clare no carro dele.

- Você está bem? - Shawn pergunta preocupado conforme deu partida no carro.

- Vou ficar - eu forço um sorriso pra ele.

- Quer conversar? - ele pergunta com cautela.

Eu nego com a cabeça. 

- Hayley - ele fala com suavidade.

- Não quero falar disso... não agora - eu falo por fim.

Ele suspira por fim.

E realmente, eu não queria mesmo falar sobre aquilo naquela hora.

Demorou algum tempo até chegarmos no hospital, e em todo esse tempo eu não parei um segundo sequer de pensar no que eles tinham revelado pra mim e pro Dylan.

Chegamos junto com o Dylan e a Clare. Eles ficaram na recepção para dar nossos nomes e eu entrei procurando pelo Cameron.

Encontro o mesmo em uma sala de espera. Assim que me olha ele força um sorriso.

- Oi - eu falo pra ele - Como ele está? - pergunto aflita.

Cameron fica em silencio por alguns segundos.

- Fala - eu falo ficando nervosa.

 - Ele... vai ficar bem - ele fala com cautela.

Eu o encaro.

- Cam... vai me contar ou não?

Ele suspira por fim.

- Ele recobrou a memoria - Cameron fala de uma vez.

- Você está falando sério?

Ele afirma.

- Ele ja tinha lembrado de muitas coisas básicas... mas não de acontecimentos - ele leva a mão nos cabelos - O neurologista disse que ele deve ter ido a algum lugar ou visto alguma pessoa que liberou um gatilho.

- Adam - eu falo suspirando.

- Também pensei nisso - ele falou - O Adam passou por mim e por ele no corredor, e ele fez questão de lançar um sorriso cínico do Wade. Depois que ele passou, o Wade começou a ficar estranho. Ele reclamou de dor, muita dor. E quando eu dei por mim ele estava tendo uma convulsão.

Eu não sabia se ficava aliviada ou não.

- Eu fico feliz por ele ter recobrado a memoria - eu falo - Mas, tem coisas que se ele não se lembrasse seria melhor.

Cameron acabou concordando comigo. Ele lembrar do estupro, e lembrar que ele foi atrás do Adam e o Adam causou tudo....

- Você falou com ele? - pergunto.

- Falei, pode entrar, se quiser - ele fala apontando o corredor - Quarto 17.

Eu apenas sorrio lateralmente antes de sair daquele ambiente. O corredor estava muito, muito silencioso. E aquilo era até agoniante 

Eu abro a porta do quarto e depois de entrar, eu fecho a porta.

- Oii - Wade diz pra mim sorrindo lateralmente.

Ele estava sentado na cama naquele momento. Um pouco pálido pro meu gosto.

Ele bate com uma mão na cama e eu me sento ao seu lado.

- Como você está? - pergunto a ele.

- Ah, ja estive melhor - Ele fala sorrindo pra mim - E você, como está?

Eu acabo sorrindo.

- Já estive melhor - faço careta.

Ele acaba rindo.

- Está com dor? - pergunto a ele vendo sua feição mudar.

- Um pouco - ele fala - Mas o medico disse que é normal por conta dessa volta repentina de memoria... mas que vai passar logo - ele sorri.

- Wade... sobre o que aconteceu, eu... - ele me interrompe.

- Hay, ignora o que aconteceu, tudo bem? - ele fala - Eu fui atrás dele... eu - ele olha sério pra mim - Eu não consegui me controlar quando soube o que ele fez com você.

Eu respiro fundo.

- Eu e ele acabamos brigando. Mas não quero que se culpe pelo que aconteceu. Eu ja estou bem - ele sorri lateralmente - Acho que eu fiquei até mais bonito, não acha? - ele sorri olhando seu reflexo na tela do celular - Não tão bonito quando você, claro.

Eu acabo rindo.

- Senti falta desse humor seu - eu falo sincera.

Ele sorri mas logo me encara, por longos segundos, depois suspira.

- O que foi? - pergunto.

- Cameron me falou que o Adam foi preso - ele com um pouco de cautela - Acho que era o que todo mundo esperava, inclusive você. Mas, você não parece estar satisfeita. 

Eu respiro fundo.

- Acho que eu e o Dylan vimos a maior traição de nossas vidas - eu falo encarando o teto.

Ele me olha confuso.

- Seus pais terem apoiado o Adam? - ele pergunta.

Eu nego.

- Eles não serem meus pais.

Wade me olha ainda mais confuso. Fica alguns segundos em silencio assimilando o que eu acabei de contar.

- Ta falando sério? - ele pergunta baixo.

Eu afirmo com a cabeça.

- Nós discutimos na saída da audiência. Eu disse que eles acabaram com a nossa família... e eles contaram a verdade. Que eu e o Dylan não somos filhos deles. 

Ele apenas me encara com preocupação.

- Mas... - ele nega com a cabeça - Só disseram isso?

- Disseram muitas coisas na verdade - eu falo sentindo lagrimas surgirem em meus olhos.

- Sobre o passado? - ele pergunta.

Eu nego.

- Não falaram nada sobre isso... sobre o porque de estarmos com eles... ou sobre nossos pais de verdade... só... jogaram as coisas na minha cara e na do Dylan - eu falo com a voz falha -  Mas, é tudo incerto... é melhor não entrar nesse assunto agora.

Até porque eu não queria falar daquilo. Até porque eu esperava tudo, tudo deles. Menos que  minha vida foi uma mentira.

- Mas... minha preocupação com essa história é outra - eu falo.

- Com o que?

Eu nego com a cabeça.

- Deixa isso, Wade - eu falo - Eu vou... por as coisas em ordem... resolver isso.

- Resolver? - ele me olha confuso.

Eu desvio o assunto daquele que estávamos.

- Mas é melhor irmos pra casa - eu falo pra ele - Quando você vai estar liberado?

Ele sorri.

- Cameron só estava esperando vocês chegarem.

Eu afirmo com a cabeça.

- Melhor irmos então - eu falo pra ele.

***

Chegamos em casa em quinze minutos. Cameron foi com o Wade lá pra área da piscina. Clare estava com o Dylan, e o Shawn, depois de tanto eu insistir, ele foi com o Cameron também.

Acho que eu precisava de um tempo pra digerir o que aconteceu hoje... o Adam sendo preso, o Wade recobrando a memoria... e a descoberta que eu vivi em uma falsa família.

Eu troco de roupa e fecho as janelas do quarto e me jogo na cama encarando o teto. Eu tentava juntar peças na minha cabeça pra montar aquele quebra cabeça. Pra tentar achar momentos que deixavam obvio que eles não eram meus pais... claro que eu achei muitos momentos que deixava a desejar o comportamento deles, mas nada que deixasse obvio ou que revelasse nada.

Mas ali, na minha cabeça. Somente uma coisa estava me atrapalhando. Somente uma coisa estava me impedindo de conseguir dormir. Eu queria dizer ao Wade o real motivo da minha preocupação. 

Mas, não sei como meu corpo reagiria ou mesmo eu ao ouvir aquelas palavras saindo da minha boca.

Eu sei que eu fiquei o restante do dia no quarto sozinha, mas foi escolha minha isso, eu pedi um tempo. Mas, quando eu ja tinha passado por muito sono, eu percebi quando alguém entrou no quarto.

E percebi também que era o Shawn e conclui que era hora de dormir. Agradeci mentalmente por ter ele na minha vida. Por ele estar comigo enquanto eu passava pelos meus pesadelos.

Eu não sei ao certo como estava minha mente, mas ela foi se acalmando e eu dormi conforme a musica baixa que o Shawn estava sussurrando pra mim entrou na minha mente.

***

Eu sento na cama depois de ir no banheiro e fazer minhas higienes. Eu sentia meu estomago reclamar de fome, mas eu estava com zero vontade de comer alguma coisa. Só queria organizar todas as pecinhas que estavam soltas na minha cabeça. 

Na verdade só tinha uma peça que era a que era a que mais me preocupava. Era a que me tirou o sono ontem antes do Shawn chegar no quarto.

Shawn ja tinha descido quando eu acordei, e pela conversa, ele estava na cozinha com o Wade.

Ouço um barulho na porta e logo depois vejo o motivo da minha preocupação entrar pela porta.

- Bom dia - Dylan fala sorrindo pra mim - Como você está?

- Vou ficar bem... e você?

- Vou ficar bem - ele faz uma careta antes de sentar ao meu lado na cama encostado na cabeceira e passar um dos braços ao meu redor.

 Eu poderia aceitar o fato deles não serem meus pais. Apesar de ter sido uma mentira, apesar de eu ter certeza que eles são os pais do Adam, eu poderia aceitar aquilo.

Mas, eu não conseguiria aceitar se eles mentiram sobre o Dylan e eu sermos irmãos.

Por mais que naquela hora eles tivessem dito que sim, que eu e ele éramos irmãos... mas...eles já mentiram uma vez... o que me garante que tenham mentido sobre isso também?

- No que está pensando ? - ouço sua voz e olho pro mesmo.

- Nada demais.

- Hayley - ele me repreende.

- Será que... a gente é irmão mesmo? - pergunto.

Dylan me olha por longos segundos.

- Hayley - ele fala segurando meu rosto - Somos irmãos, não tem como a gente não ser, temos os mesmos traços... e eles mesmo disseram que somos, que ao menos isso é verdade - ele fala com tranquilidade.

Eu continuo quieta.

- Fica tranquila, okay? - ele fala - Não coloque coisas na sua cabeça, não deixe que eles façam isso - ele beija o topo da minha cabeça.


Notas Finais


Oii meus amores♥

Desculpa pela demora♥

Faculdade voltou e deu o que fazer pra eu conseguir escrever♥

Mas, espero que vocês gostem♥


Queria compartilhar com vocês minhas outras histórias. Espero que gostem!!!

A Irmã do Dallas - Shawn Mendes

https://www.spiritfanfiction.com/historia/a-irma-do-dallas--shawn-mendes-16962974


Amber Dallas irá morar com seu irmão e os amigos dele na tentativa de sair de uma depressão. Por quanto tempo ela vai esconder seu problema deles?

Ela resolveu não se relacionar com mais ninguém por um bom tempo. Mas e se Shawn, seu melhor amigo, mudasse esse seu pensamento?

O que teria feito ela entrar nessa depressão?

Quando ela iria perceber o que realmente sente por Shawn?



O melhor Amigo do Meu Irmão

https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-melhor-amigo-do-meu-irmao-7185156


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...