História You do not love anyone(Imagine Taehyung) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Visualizações 18
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Lírica, Mistério, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Hot (18)


Fanfic / Fanfiction You do not love anyone(Imagine Taehyung) - Capítulo 8 - Hot (18)

Xxx- s/n- uma menina apareceu- você mandou muito bem, e a diretora esta te chamando na sala dela.-saiu.

-Vai pra sala, e me espera lá- nos levantamis e nos beijamos.

Tae- seu desejo é uma ordem meu amor

Saímos da quadra, kim foi para a sala, e eu fui até a diretoria, bati duas vezes e escutei um "entre", e assim adentrei a sala, vendo a diretora e a Seulgi, com o nariz com restos de sangue.

Diretora - bom, quem começou a discussão? 

- foi a Seulgi, não queria falar nada.

Slg- foi ela, ela quer me ferrar.

- ela começou me provocando, e eu só revidei, não tinha escolha, ela me xingou.

Diretora- tem argumentos contra isso senhorita Seulgi?

Slg-não senhora- abaixou a cabeça.

Diretora- então, s/n, pode ir pra sua sala, quero conversar em particular com a Seulgi

Saí saltitante pelos corredores, e então entrei na sala, e me sentei, logo Tae veio falar comigo.

Tae- levou advertência? 

- não, foi rápido, ela que vai se fuder.- rimos.

Na hora da saída, passei na casa do taehyung para pegar minhas coisas, e decidi almoçar por lá também, não quero ter que ver a cara da namoradinha do meu pai.

Tae- agora temos um tempo só pra nós- me abraçou por trás e mordiscou meu pescoço.

- tae, eu não tô no clima hoje oppa, deixa pra amanhã, amanhã eu venho e vou pagar por todas as nossas tentativas- me virei e selamos nossos lábios em um beijo rápido.

Tae- poxa- falou tristonho.- eu queria tanto.

- amanhã, que horas eu posso vir?

Tae- eu te busco na sua casa.

- ok, agora pede comida aí por favor.

Tae- tá tá, senhora bucho de betoneira- ele riu e eu lhe dei um leve soco no seu braço.

Depois de comermos , fomos para o seu quarto, jogar vídeo game.

Tae- vamos fazer uma aposta?

- ok, qual vai ser? 

Tae- se eu ganhar, você faz o que eu quiser, se tu ganhar eu faço o que você quiser, tudo isso por uma semana.

-se prepare pra perder

Quebra de tempo

Eu perdi, pedi revanche, e perdi de novo

- o que eu vou ter que fazer?- perguntei manhosa deitando no seu peito.

Tae- desculpa, eu não pensei ainda, mas vams começar tendo um foda bem gostosa- apertou a minha bunda com força, me fazendo soltar um leve gemido.

Subi em cima do mesmo, já o beijando, tirei sua camisa aos poucos, até ficar a mostra aquele abs não tão definido, mas lindo do mesmo jeito, logo log, eu já estava sem roupa, só com uma lagerie vermelha.

Tae- você está mais gostosa a cada dia- olhou meu corpo todo.- como eu perdi tanto tempo?, eu sou muito sortudo de ter você comigo, e poder fuder contigo o quanto eu quiser - sussurrou no meu ouvido.

- eu me fode com força, aproveite a sua sorte, aproveita essa corpo que é só seu- sussurrei no meu ouvido, logo mordendo o lóbulo da sua orelha.

Em um movimento rápido, me deitou na cama, ficou entre as minhas pernas e sem aviso prévio, começou a me chupar.

-aaawwww t-tae

Depois de um tempo, senti meu corpo estremecer, e enfraquecer, e gozei na boca do mais velho, que engoliu tudo.

Ele tirou sua roupa, e deixou a mostra seu membro, ereto, necessitando de atenção, ele colocou a camisinha no seu membro, e logo penetrou seu membro, grande e grosso na minha intimidade, me fazendo sentir dor, e prazer ao mesmo tempo, me fazendo soltar um gemido alto.

Tae- isso geme pro seu daddy- de um tapa forte na minha bunda

20

30

40

50, estocadas tae e eu gozamos, ele se retirou de dentro de mim e se deitou do meu lado.

Tae- eu te amo...

- eu amo mais- rimos

Quebra de tempo.

Cheguei em casa, e meu pai e a namorada dele, estavam no sofá, assistindo TV.

S.p- oi minha filha!

- oi.- joguei minha mochila no chão e me joguei no sofá, minha pernas estavam doendo muito, e minha intimidade também.






Continua? .....








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...