História You Don't Own Me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Tags Daryl, Negan, Rick
Visualizações 133
Palavras 2.533
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente desculpa a demora kkkkk esses dias tão bem corridos mas ta ai um cap novinho

Capítulo 4 - Capitulo 4


VOCÊ OQUE?- beatriz pergunta gritando chamando a atenção de todos a nossa volta, estavamos na horta e hoje havia mais gente que o normal

Fala baixo sua idiota - reclamo com ela e ela começa a rir

Ele deve está puto com você, você é doida? ninguem encosta em negan - fala me alertando

Eu não ligo, pior que ta não fica - falo e solto um suspiro longo e pesado

Sempre dá pra ficar pior - ela fala e pisca pra mim - mas você já devia estar fazendo o trabalho, mãos a obra, boa sorte - fala e vai embora

Ela nem me disse o que eu tinha que fazer, olho em volta e vejo um homem alto e gordo vindo na minha direção

Olá, meu nome é marcelo, me acompanhe vou mostrar o que você vai fazer - fale e vai andando e logo eu o acompanho até pararmos em frente a umas mudas de.. n sei.. frutinhas - é simples, tudo que você tem que fazer é pegar o alicate e tirar a parte morta e pegar as frutinhas e colocar nesse pote, não estrague as coisas, bom trabalho - fala e se retira

Qual é... não é tão dificil , sento no chão perto das plantinhas e começo a fazer meu ''maravilhoso'' trabalho e faço ate que uma beatriz chega, eu ainda n havia terminado

Vem, ta na hora do almoço - me chama

Eu ainda não acabei - falo indicando com a mão as que ainda faltavam 

Deixa pra amanha, de tarde você fica na cozinha - me fala

Ta ok - me levanto e tento tirar a terra das minhas roupas..

Beatriz começa a andar e eu logo a acompanho

Não sei por que negan deixou você dormir la, ele nunca leva nenhuma mulher pra lá - fala curiosa - vocês fizeram algo?- pergunta e me lança um olhar malicioso

Não!- respondo rapida - não fizemos nada, ele só não confiava em mim pra deixar eu dormir com o pessoal dele - falo explicando

Não seria uma ideia melhor deixar você numa das salas? - fala se referindo as salas que usavam para trancar as pessoas

não sei, por que? - pergunto estranhando as perguntas dela

Nada - fala e desvia o olhar

O dia passa tranquilo, almoçamos e logo após comecei as minhas tarefas na cozinha.. as mulheres daqui são estranhas, vivem cochichando e isso sinceramente já esta acabando com minha paciência, engulo e continuo, terminando meu serviço no horario certo, o dia segue tranquilo... mesma coisa do dia anterior só que menos puxado, agora pelo menos estou alimentada, vou servir o jantar e estranho, nenhum sinal dele... ainda bem.. é melhor assim, o resto do dia passa e quando ja está tarde beatriz aparece

Oi - fala e dá um sorriso - vou te levar pra o quarto

Ah otimo - falo fingindo animação

Começamos a andar e paramos de frente a uma grande sala e quando ela abre a porta vejo varios pares de olhos a me olhar e inevitavelmente fico desconfortavel, puxo beatriz pra um canto e começo a falar com ela

Qual é... é um quarto pra todos? - pergunto

Sim.. eu te falei que era compartilhado - fala como se fosse obvio

Mas eu n imaginei que era literalmente... ouvi umas pessoas falando sobre quartos independentes..- falo simples

Isso é so pros salvadores, atualmente você é so mais uma trabalhadora, não recebe os mesmos beneficios - me explica

Ah otimo! - falo e reviro os olhos - e como faço pra me tornar uma salvadora? 

Negan não escolhe qualquer um, acho dificil um dia ele deixar você virar uma - fala sendo realista

Reviro os olhos e respiro fundo e logo olho em volta, as pessoas já não estavam olhando tão fixamente, bem a maioria pelo menos não

E onde eu durmo? - pergunto a beatriz

Ali - aponta pra uma cama no fundo do quarto - arruma suas coisas e vai dormir que amanhã tem tudo denovo - fala e se vira - e só mais uma coisa, não arrume briga.- fala e vai embora

Começo a ir em direção a minha cama e sinto alguns olhares, coloco minhas coisas na cama e me sento , na cama a um lado tem um cara... um homem deve ter uns 35 anos.. musculoso.. bonito até mas ele tá me encarando de uma forma estranha e me solta um sorriso, reviro os olhos e tiro minhas botas... nem tomei banho hj.. suspiro triste

Arrumo minha cama direitnho e logo vou me deitar.. to morta.. as pessoas estão conversando e me sinto um pouco deslocada, aparentemente sou a unica sozinha, deixo meus pensamentos e fecho os olhos ignorando as pessoas a minha volta e começo a dormir

ei! - me viro pra ver quem é e logo abro um sorriso vendo meu caipira favorito vim em minha direção ele chega perto e me da um abraço, daryl não era muito de demonstrar afeto em publico mas estava começando a fazer isso

Oi ! - falo ao me afastar dele - não foi com o rick? - pergunto 

Não, ele preferiu ir só - fala simples - estou preocupado com ele, desde que lori morreu ele anda muito estranho

è de se esperar, ele a amava - falo simples - já imaginou se fosse com você? - pergunto querendo ver a reação dele

Isso não vai acontecer! - ele responde rapido - não vou deixar nada de ruim acontecer com você - fala e me puxa me abraçando

As vezes é inevitavel, mas enfim tenho que ficar de vigia agora - falo me afastando dele

você e mais quem? - pergunta curioso

Vou sozinha - respondo e do um sorriso entendendo o que ele quer

Então no caso uma companhia não faria mal não é? - fala com um sorriso malicioso e começa a me beijar, eu amo o beijo desse homem, ele me deixa tão calma, é como se não estivessemos em pleno apocalipse, por um momento é so ele e eu me afasto um pouco

Vem - começo a puxar ele indo em direção a torre 

subimos as escadas e ao chegar la ele me abraça por trás e começa a beijar meu pescoço e um arrepio sobe, ele me vira e olha nos meus olhos e abre a boca pra falar algo

Mas oque? abro os olhos assustada e olho pro lado... eu mereço, acordo com um ronco alto demais, tento tapar meus ouvidos mas é impossivel, eu não acredito nisso, me reviro na cama e sem sucesso.. eu não consigo dormir com ronco! passo a madrugada toda assim até que vejo as pessoas começarem a se levantar e logo eu as acompanho, me levanto e coloco minhas botas estilosas, rio ao me lembrar de carl 

Flash back on 

Posso ir com você? - me pergunta com um olhar manhoso 

Não carl, seu pai não deixa - dou uma desculpa

ele não precisa saber ! - fala com uma voz implorando e solto um riso

Na proxima se ele deixar eu te levo! - falo e ele da um suspiro

Ele se senta do meu lado na cama e eu começo a calçar minhas botas

Botas estilosas! - ele fala e eu encaro ele brisando no comentario - eu vi uma dessa na tv uma vez, são estilosas! - fala simples com uma voz encantadora... começo a rir com o comentario  e ponho um braço em volta dele puxando ele pra um meio abraço

Sim, são- falo rindo - se quiser te arrumo um par do seu tamanho - falo e ele faz uma careta

Não, são para mulheres - fala com uma careta engraçada

Solto um riso e me levanto

Tenho que ir, cuide bem do seu pai, ele ta precisando - falo e ele assente

Cuidado - me fala e eu sorrio pra ele que sorri de volta

me viro e saio da cela

Flash back off

Era estranho... esses flashbacks estão cada vez mais comuns... suspiro triste.. eu sinto falta deles... eu estraguei tudo foi tudo minha culpa, penso e meus olhos se enchem de lagrimas que não deixo cair, eu não vou chorar, nunca mais.

Me levanto e saio do quarto indo em direção da horta... meu dia foi igual ao outro.. mesmas tarefas e mesmices, tendo um papo rapido com beatriz que insistiu pra que eu chamasse ela de bia, nenhum sinal de negan pra meu alivio

1 semana depois

Meus dias passaram rapido, e a mesma coisa dos outros exceto que agora tenho direito a tomar banho... tudo aqui é compartilhado até o banheiro, mas as mulheres e os homens tem horarios diferentes pra entrar, vi negan algumas vezes e sempre fico com a impressão que ele esta me observando, so to aqui a uma semana e não aguento mais essa rotina insuportavel, eu preciso sair! 

Entro no quarto, esqueci umas roupas minhas pra tomar banho, estava em hora de trabalho e não havia ninguem no quarto, me abaixo pra pegar a bolsa e escuto um barulho da porta sendo trancada e me levanto num pulo olhando pra onde o som veio e me deparo com o homem da cama ao lado... ele anda me observando muito nos ultimos dias ele começa a vim em minha direção com um olhar... que faz minha espinha gelar

Eu já estou indo - falo e saio de perto da minha cama indo em direção a porta mas ao passar por ele ele segura meu braço

Você é muito linda- fala me puxando pra perto dele - eu tenho reparado muito em você - fala me encarando

A ta, legal, eu tenho que ir - falo tentando me soltar e ele aperta mais ainda meu braço 

Não precisa ir, so está nos dois aqui - fala e se aproxima do meu ouvido

Essas coisas não acontecem aqui.. eu sei, negam tem essa regra e eles respeitam por aqui

eu não quero - falo e tento puxar meu braço mas ele continua segurando

Ele começa a me puxar pra perto dele

Me solta! - reclamo - negan não vai gostar disso - falo ameaçando ele

Eu não ligo - ele fala e puxa meu rosto e me beija a força mas eu o empurro olhando ele pasma

Corro em direção a porta mas ela ta trancada, vejo ele assobiar e ele mostra a chave com ele

Abre essa porta! - falo mandando

Eu acho que não - ele fala e vem em minha direção

Alguem abre aqui !- começo a gritar e bater na porta freneticamente  e sinto um puxão forte e sou arrastada até uma cama

Cala a boca, você vai estragar as coisas ! - ele fala e senta em cima de mim fazendo com que eu n consiga levantar

ME larga eu nao quero ! - grito e tento tirar ele de cima de mim mas ele é muito forte

Ele coloca uma mão na minha boca pra abafar meus gritos e com a outra segura meus braços e segura minhas pernas com as pernas dele, tento me debater mas ele segura forte

Você so esta me deixando mais excitado ! - fala e me sobe um nojo na hora - não quero bater nesse rostinho então fique quieta - fala me encarando

Ignoro ele e tento o empurrar de cima de mim mas logo sinto um soco no meu rosto que me deixa tonta por um tempo, tempo suficiente dele ter rasgado minha blusa e arrancado meu short me deixando apenas de roupas intimas e um resto de blusa, minhas forças logo voltam e empurro ele de cima de mim e corro pra a porta, batento freneticamente nela e gritando

Não adianta gritar!- ele fala - não tem ninguem por aqui, ninguem vai te ouvir - fala vindo na minha direção e procuro algo pra me defender, droga de lugar! so tem panos

Vejo ele vindo quase correndo em minha direção e tento me defender.. mas falho e sou jogada com tudo no chão batendo o rosto com tudo no chão e sentindo uma dor no meu nariz, ele fica atras de mim e começa a me acariciar.. ele me prende no chão e não consigo me mover

Me larga! socorro! - começo a gritar e ele tampa minha boca com a mão

calma.. já vai passar - fala e me lembro de tudo que passei... eu não vou sofrer isso de novo

Ei! quem tá ai - escuto uma voz masculina falar do outro lado da porta e o cara em cima de mim se distrai por um momento e eu mordo sua mão

Me ajuda! - grito e levo um soco

Cala a boca sua vagabunda, olha o que você ta fazendo - o cara grita me dando um soco no rosto e sinto o sangue escorrer por ele...

Abre a porta - o cara do outro lado fala batendo na porta

olha o que você fez! eles vão acabar comigo - fala e se levanta e antes que eu me levante ele agarra minha perna e da um chute como querendo quebra-la, uma dor horrivel me invade...

Me tirem daki ! - grito o maximo que posso

Abre já a porta - o cara do lado de fora ordena - Chamem negan urgente, e venham aqui no quarto 2 agora - o cara fala, provavelmente pelo radio

Eu vou morrer satisfeito pelo menos - ele fala e baixa a calça e vejo seu membro visivelmente excitado e antes do proximo passo a porta cai e vejo 2 homens indo em direção dele e derrubando

Observo aquilo incredula.. não acredito.. essas coisas sempre acontecem comigo, vejo um cara loiro.. com o rosto desfigurado em um lado eu sei quem é dwight ele olha pra mim e ao me ver seus olhos fazem uma expressão de surpresa e de pena ele tira a jaqueta que tava e coloca em mim e estende a mão e quando tento me levantar sinto a dor na perna.. e quando olho ela esta inchada e vermelha

Você ta bem? - ele pergunta e eu rio dele.. que pergunta obvia

Vejo uma figura entrar no quarto... negan ele olha com odio para o cara que estava sendo espancado pelos outros caras e logo ele direciona o olhar pra mim e seu rosto forma uma expressão surpresa, ele vem em minha direção 

A perna dela ta mal - dwight fala pra ele e ele olha pra minha perna

Pegue ela e leve ela pra o dr. carson, jaja vou la - ele ordena e me encara

Dwight me pega nos braços e me tira de lá antes de sair vejo negan indo em direção ao cara, deito minha cabeça no ombro de dwight, meu rosto ta doendo...

Entramos numa especie de consultorio... e vejo um homem vestido de doutor que me olha surpreso e vem em minha direção

O que aconteceu? - ele pergunta me olhando e dwight explica tudo pra ele

Qual seu nome? - ele me pergunta 

Leticia - invento um nome 

Certo leticia, vou cuidar de você não se preocupe - fala e me da um sorriso


Notas Finais


gente... não sei se estam gostando kkkkk deixem seu comentario ajuda muito e me incentiva a continuar ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...