1. Spirit Fanfics >
  2. You e Moi >
  3. No British Club

História You e Moi - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi lindas, essa história é aleatória pois não vou seguir uma sequência eu vou escrever o que aconteceu antes ou depois das cenaa reais da novela😘

beleza??? Então boa leitura!

Capítulo 1 - No British Club


Fanfic / Fanfiction You e Moi - Capítulo 1 - No British Club

 

             ~☆ Santinha e Richard ☆~

 

 Eu sei, era muito tarde quando bati na porta de Richard pra pedir que me ajudasse, também sei que ele deve me odiar pelo mal que lhe causei 20 anos atrás, só que eu também sei que ele é um homem bom, não ia me deixar passando frio na rua. Por isso, sem ter a quem recorrer e com medo de minha irmã, lembrei de Richard, lembrei dos velhos e bons tempos, foi por isso que apareci na sua porta.  Foi difícil, mas no fim das contas ele resolveu me esconder no British Club, que é também a casa dele, que deveria ter sido nosso ninho de amor, só que não foi. Mas essa é uma outra história que eu, nesse momento, prefiro não me lembrar, pois já me sobe uma vontade enooorme de beber e de me danar. Se eu fizer isso, se encher a cara, Richard me expulsa daqui mas sem nem pestanejar.

   Estou escondida aqui há exatos 7 dias, e não tem uma santa noite, umazinha sequer que esses homens não façam uma barulheira danada, jogam a noite inteira, eu mal consigo pregar o olho e o pior é que Richard me proibe de espiar, nem que seja pela fresta da porta. Agora eu tô aqui, trancada no quarto, escutando o converseiro lá de baixo, doidinha pra assuntar o que tanto conversam, mas não posso. Oxente, mon Dieu, quanta humilhação pra uma dama só!!! Eu tô que não me aguento. Acho que vou espiar só um pouquinho, uma petit olhadinha, nada demais.

  Enquanto abro a porta escuto a voz de Pedro Afonso,  ando bem devagar pelo corredor e paro antes que alguém consiga me ver do salão. O chão está frio, estou descalça pois me esqueci de colocar os chinelos. Também esqueci o robe, estou apenas de camisola, isso é mais um motivo pra que nenhum homem me veja ali pois Richard me colocaria pra fora sem dó nem piedade. Seria um escândalo pra fama do British Club, mon Dieu. Então faço muito silêncio, sou bastante cautelosa pois quero ouvir o assunto da roda dos jogos.

- Richard é o solteirão mais convicto de Greenville! – Reconheço a voz de sr Aniceto, então escuto novamente a voz de meu cunhado, e ele tá concordando com o que foi dito.

- Ele precisa é arranjar uma moça pra se casar. – Oxente, não gosto nadinha do rumo dessa conversa fiada. Minha curiosidade é tanta, que eu arrisco colocar a cabeça pra fora pois quero muito dar uma espiadinha pra ver com meus próprios olhos a reação de Richard ouvindo aquilo. Ele está separando as cartas e no momento só balança a cabeça e rir sem graça, nem é um sim e nem um não. Eu tô que não me aguento mais.

- Amigos, nem ir à Casa de Campo o homem quer! – Parece que Pedro Afonso tá querendo arrastar Richard pro cabaré de Zenilda.

- Elementar meu caro Dr Pedro Afonso, ele não sabe o que tá perdendo.

- Pois fiquem todos sabendo que eu irei sim à Casa de Campo, e é nessa noite!!!

    Oxente, eu ouvi bem??? Richard disse que vai à Casa de Campo?? Estou confusa com o que sinto no momento pois a ideia de ver ele sair com outras mulheres não me agradou nadinha. Então volto atordoada pro quarto e me tranco chateada, me jogo sobre a cama dele e abraço o travesseiro que tem o seu cheiro, fecho os olhos e nego com a cabeça centenas de vezes. Possivelmente estou enciumada.

                                ~☆☆~

Adormeci e quando acordei não escutei mais o barulho lá da sala, quero saber que horas são, pois já deve tá tarde. Então abro a porta e novamente passo pelo corredor pra descobrir se o British Club já fechou. Felizmente descubro que sim e sei pelas luzes apagadas que Beraldo foi pra casa.

- Até que enfim!!! – Fico feliz com essa boa notícia pois finalmente posso descer e beber uma dose. Depois que encho o copo e dou a primeira golada, vejo o relógio na parede e ele marca quase uma da manhã. Uma da manhã e Richard fora de casa, se fosse meu marido eu não ia permitir que ficasse tanto tempo lá fora, na rua.

  Decido levar a garrafa toda e me sento na mesa, então puxo uma cadeira para apoiar meus pés e relaxo enquanto provo o puro das highlanders. Quase esqueço que não estou em meus aposentos e me deixo ficar mais à vontade, reclino a cabeça e jogo os cabelos para trás, só que nesse instante de paz e sossego, Richard entra pela porta e me dá o flagrante.

- Santa Maria???? – Sua voz doi nos meus típanos, então me desfaço de minha tão agradável posição.

- Richard, você já voltou??? – Dou uma de cínica pois não quero levar esbregue, mas sei que ele vai brigar comigo.

- O que você tá fazendo com essa garafa na mão???

- Moi?? Nada.

- Eu já lhe disse que da próxima vez que lhe pegasse bebendo você ia se embora daqui.

- Oxente, Richard, não tô fazendo nada demais. O que você queria, que eu ficasse o dia todo trancada no seu quarto enquanto todo mundo se diverte, é?

- É só você ir pra sua casa!!!!

- E você, pra onde foi???

- Não é da sua conta!!! Agora vá, volte pro quarto que eu quero me recolher!

Ele não quis falar sobre a ida à Casa de Campo, só que eu sinto o perfume da camélia na roupa amassada, eu sinto o aroma barato quando passo perto dele só pra provocar. De alguma forma aquela menina que eu fui no passado ainda tá aqui dentro de mim e sente algo por Richard, eu só não sei dizer o que é.

  Abandono o copo sobre a mesa e ando devagar, quase me arrastando pra que ele veja que eu estou ali, que sou mulher, quase esbarro nele só que Richard se afasta de mim, sai do meu caminho pra que eu não rele um fio de cabelo em seu corpo.  Então subo os degraus e volto para o quarto, estamos novamente longe, ou será que devo pensar que já não sentimos mais nada um pelo outro???


Notas Finais


Obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...