História You fascinate me. -em pausa- - Capítulo 21


Escrita por: ~ e ~Luanegotica

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Acidentes Com Poderes, Hibridismo, Kiriki, Lobos Sentimentais, Maybe, Minokari, Necromantismo, Reimin
Visualizações 79
Palavras 1.287
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Deixa eu dormir em paz...


Fanfic / Fanfiction You fascinate me. -em pausa- - Capítulo 21 - Deixa eu dormir em paz...

- Minokari havia ido ao seu quarto com a intenção de dormir um pouco. Enquanto isso todos que estavam na sala estavam sem assunto. Subaru estava super feliz por sua mãe não ter "morrido" de verdade, já que com o despertar ela agiria da mesma forma que sua mãe. Yui estava se sentindo estranha depois de ver Minokari matar a própria mãe. Mas Yui deveria se acostumar, por que com o despertar próximo ela teria todas as memórias de Cordélia. E com isso as visões de cada morte de todas elas. Reiji estava em seu laboratório preparando um remédio para Minokari, "ela esta espirrando demais, deve ser apenas uma gripe" pensou Reiji. Shu estava deitado no sofá escutando música, e reclamava a cada palavra de Ayato com Yui. Ayato que nunca fora um namorado ruim (prefiro a mamãe Reiji XD) ficou perto de Yui este tempo para não deixa-la sozinha. Ainda que estivesse surpreso por ter sua prima como companheira e que a mesma tivesse o coração de sua mãe ele não se importava. O mais importante era " se você estiver bem, eu estou bem" pensava Ayato. Laito havia se retirado após a notícia, nunca gostara do fato que sua mãe voltaria antes da hora, mas não via outra coisa ao invés de provocar sua mãe no melhor momento. Kanato estava conversando com Teddy. Kanato nunca pareceu se importar com as psssoas, mas com Minokari era diferente. Ele olhava para cima na esperança de ver Minokari descendo as escadas para falar qualquer tipo de besteira. Já que, uma outra pessoa fora convidada para permanecer na mansão Sakamaki era preciso alguns preparos. Tais como: limpar a casa (que por sinal já estava limpa) arrumar a decoração, enfim parecia que o convidado dormiria no quarto de hóspedes. Coitado, nem sabe que o quarto era pintado de rosa; aquele era o quarto de Yui, mas ela passou a dormir no mesmo quarto que Ayato. (Dormir sei ^-^)       um tempo depois Reiji subiu as escadas, acompanhado de Yui. 

Yui- por que me trouxe junto? 

Reiji- se ela não quiser o remédio você vai segurar ela pra ela tomar. 

Yui- bando de gente bruta.

 (Aut: mamãe Reiji malvada XD) 

- os dois entraram no quarto de Minokari sem bater na porta, e foram recepcionados com um " bata na porta antes de entrar". Reiji achou estranho, pois ela fala dormindo. Não tinha como ela saber. Mas deixando o assunto de lado, Reiji chegou perto de Minokari e olhou fixamente para o rosto dela. Minokari estava de pijama, mas havia posto um casaco. Se uma "pessoa" está com frio em um dia de 29 graus com certeza é frescura ou está doente. Reiji confirmou sua teoria vendo que as bochechas de Minokari estavam vermelhas, como se tivesse com calor. Reiji pôs uma das mãos na testa de Minokari e confirmou que a mesma estava com febre. 

Reiji- quero que pegue um termômetro pra mim, está na terceira gaveta do meu armário mais escuro. 

Yui- ok, com licença -saio do quarto-. 

Reiji- acorda Minokari. 

Minokari-.... 

Reiji- chata... Acorda. 

Minokari- o.... Que..... foi? -disse de olhos fechados-. 

Reiji- tome seu remédio. 

Minokari- pra que? Eu estou doente? -perguntou seguida de um espirro-. 

Reiji- para falar a verdade não, mas está começando. 

Minokari- esse negócio tem gosto ruim? -me sento na cama-. 

Reiji- não sei, não sou eu que preciso tomar. 

Minokari- seu grosso. 

Reiji- tome logo, eu ainda tenho que esperar um convidado. 

Minokari- que convidado? -cheiro o remédio- por Zeus, que cheiro horrível. 

Reiji- eu não mandei você cheirar, mandei você tomar. 

Minokari- tá -tomo o remédio- agora me deixa dormir em paz. 

Reiji- onde está aquela imprestável? 

Yui- não me chame de imprestável, eu peguei o que pediu -entrego- você que tem muitos armários -saio do quarto-. 

Reiji- deixe eu ver a sua temperatura. 

Minokari- deixe eu enfiar isso no seu cu. 

Reiji- não estou brincando, levante o braço. 

Minokari- faz isso depois, eu estou com sono. 

Reiji- tsc -levanto o braço dela- se você tirar este termômetro eu vou jogar você na parede. 

Minokari- tenho preguiça de tirar. 

Reiji- virou o Shu? 

Minokari- o Shu não é a pessoa mais preguiçosa do mundo, admita. 

Reiji- é a pessoa mais preguiçosa dessa casa. 

Minokari- tanto faz. Pode tirar essa coisa logo? 

Reiji- só espere um pouco. 

Minokari- esse negócio me incomoda. 

Reiji- e quem disse que eu perguntei? 

Minokari- e quem disse que eu estava falando com você? 

Reiji- tch...-tiro o termômetro- 40 graus. 

Minokari- e......? 

Reiji- isso é horrivel. 

Minokari- foda-se mermão, agora vaza que eu quero dormir. 

Reiji- você tomará remédio mais tarde. 

Minokari- de novo? 

Reiji- de novo. 

Minokari- que merda. 

Reiji- pare de reclamar, eu que estou fazendo o seu remédio. 

Minokari- e quem disse que você precisa fazer? Pode ir na farmácia comprar. 

Reiji- preciso de paciência -saio do quarto- 

Minokari- e eu preciso dar um soco na sua cara, seu babaca infeliz -volto a dormir-. 

Hr (17:08) salão principal [_..._] 

Subaru- por que o Kino precisa ficar aqui? Já não basta nós oito não? 

Reiji- não é por "bastar" ele precisa de um descanso. 

Shu- ser príncipe do submundo e ficar ao lado dele deve ser um saco. 

Laito- coitadinho -irônico-. 

Yui- mais um irmão? 

Shu- exatamente. 

Ayato- engraçado que não temos irmã. 

Subaru- é bem estranho ter sete filhos homens direto. 

Reiji- eu não ia aguentar uma irmã. 

Shu- se ela ficasse quieta. 

Kanato- se ela fosse a minha boneca. 

Yui- vocês são uma família estranha. 

Ayato- então você também é, pois é Parte dela. 

Yui- -corada-. 

Subaru- quanta melação. 

Ayato- os incomodados que se retirem. 

Subaru- boa ideia -saio da sala-. 

Yui- eu vou ver como a Minokari está. 

Shu- o que aconteceu com ela? 

Reiji- ela está doente. 

Shu- achei que já fosse doente o bastante. 

Kanato- melhor comentário. 

Hr (17:27) quarto de Minokari [_..._] 

Yui- você parece tão calma -dou um beijo na testa dela e me deito-. 

- mal sabia Yui que a cabeça de Minokari estava revirada para baixo, Minokari acabara de ter um sonho (pesadelo)  horrível. 

        ~ flashback pesadelo~~

Minokari estava no meio da sala da mansão Sakamaki segurando uma katana. Suja de sangue Minokari olhou para os lados sem saber o que havia acontecido. Yuma, Ruki, Azusa, Reiji, Yui e Kiriki estavam mortos. O que diga a katana que estava seja de sangue. " fui eu?" se perguntou Minokari. " não é obvio que foi você? " perguntou uma voz baixa vindo de trás da escada. Quando Minokari chegou lá avistou Kou encolhido em um canto chorando. "Mas..... eu.... " Minokari não conseguia falar nada. "Não tem explicação, você deveria ter pensado antes. Sua assassina" terminou Kou. Então tudo ao redor de Minokari ficou escuro e ela foi para outra realidade. 

Hr (18:12) mansão Mukami [_..._] 

Kochiru- não é fácil ter que me separar da Ecchima, mas não tenho escolha -bato na porta-. 

Xxx- você deve ser Kochiru, certo? 

Kochiru- certo. E quem seria você? 

Xxx- meu nome é Ruki. 

Kochiru- oh, prazer. 

Ruki- qual é o seu sobrenome? 

Kochiru- Shawd, por que a pergunta? 

Ruki- só quero saber mesmo, você é o que da Minokari? 

Kochiru- prima, e você? 

Ruki- amigo. Venha vamos entrar. 

     ~~ os dois entraram~~... 

Ruki- estes são: Yuma, Kou e Azusa. 

Kochiru- ah, prazer. 

Kou- tem namorado M-neko-chan? 

Kochiru- tenho, tira o olho dela. 

Yuma- dela? 

Kochiru- e tem problema? 

Kou- não, só é estranho. 

Kochiru- assim como vocês heteros são estranhos. 

Ruki- vou acompanha-la ao seu quarto. 

Kochiru- não estou cansada para ficar no quarto. 

Ruki- eu insisto. 

Kochiru- tudo bem -sigo ele-. 

myaa o cap acaba aqui pq eu to com sono, eu posto mais amanhã ou depois de amanhã ;-; ^°^






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...