1. Spirit Fanfics >
  2. You in Believe Destiny? jikook (ABO) >
  3. "Meus filhotes" PARTE 2

História You in Believe Destiny? jikook (ABO) - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Oieh!
Então meu povo, deixa eu explicar um negócio. Eu não iria postar a visão do Jungkook, porém eu percebi que iria ficar confuso se eu pulasse essa explicação, então essa aí é a parte 2 do capítulo anterior, ok?


Boa leitura...<3

Capítulo 24 - "Meus filhotes" PARTE 2


Fanfic / Fanfiction You in Believe Destiny? jikook (ABO) - Capítulo 24 - "Meus filhotes" PARTE 2

Autora**

 

A cabeça de Jeon estava um turbilhão. Havia trabalhado em uma nova música durante horas, visitado a "namorada" e ido ao escritório do seu empresário. Tudo isso antes do almoço. Haviam acontecido milhões de coisas naquela semana e ele apenas queria algo que o relaxasse e o fizesse esquecer de tudo.

Seu empresário estava mais estranho que o normal e isso tinha o deixado intrigado. Ele perguntava sobre a gravidez de Seok toda vez que tinha oportunidade. As vezes chegava até a repetir as mesmas perguntas anteriores. E não eram perguntas comuns, eram bem estranhas na verdade. Coisas do tipo: "Descobriu algo sobre a gravidez de Seok?" "Seok fez algo de errado?" "Você foi na consulta com Seok?" E por ai vai. Namjoon também tinha percebido, e até chegou a fazer um comentário, mas logo tratou de mudar o assunto.


Outra coisa que o estava incomodando era a ardência no pescoço. Já faziam quase quatro meses que aquela ardência tinha aparecido. Pensou em ir ao médico, porém tinha muita coisa para se preocupar e isso não estava na lista de coisas realmente importantes, entretanto ele sentia algo diferente. Ele sentia como se tivessem feito um aranhão muito forte, mas ao olhar para o lugar da ardência ele não encontrava nada além do seu pescoço sem marca alguma ou aranhão. Antes ele não via necessidade ou importância naquilo, contudo ele havia mudado de opinião. Sim, poderia ser algo sério. Foi então que Jeon finalmente decidiu que iria ao médico no final da tarde para tentar descobrir o que estava acontecendo com seu pescoço.

 

Outra coisa que o deixou pensativo foi que faziam apenas dois dias que ele conseguia sentir de fato a presença de alguma criança em Seok. Tá certo, ela era uma beta e os betas que podiam engravidar- o que era considerado raro- passavam por muitas dificuldades. Desde falta de cheiro até falta de presença da criança, porém já estava começando a ficar estranho. Jeon era lúpus. Lúpus podiam sentir a criança ainda sendo fecundada. Diferente de outro alfas, Jungkook conseguia sentir qualquer tipo de gravidez e sabia quando uma pessoa estava grávida, entretanto com Seok era diferente. A  Beta se dizia grávida de 6 meses e não possuía uma uma elevação no ventre considerável para uma pessoa grávida de 6 meses. Jeon só pode sentir presença, mesmo que bem distante, 1 mês depois de assumir todo o namoro. Ele conseguia sentir um filhote, porém distante demais. Não era algo comum. Ele até havia tentando fazer com que ela fosse ao médico com ele para ver o que estava acontecendo, mas a mulher se negou a ir a qualquer hospital. Outra coisa que fazia com que o alfa refletisse era o fato de nunca ter visto uma ultrassonografia do bebê. Tá bom, ele não era o pai, entretanto ele queria ver como estava a criança e saber se estava tudo bem, afinal ele iria assumir a mesma como sua.
Seok apenas dizia que a menina - Ela disse ter descoberto em uma das consultas- estava bem e isso bastava. Apesar de bastante intrigante JK nunca tinha demonstrado interesse em saber mais sobre esse assunto. Mesmo sentido que tinha algo de errado, ele tentava colocar na própria cabeça que era melhor parar de ficar questionando tudo e todos.

 

Agora estava pensativo e intrigado, sentado sobre o banco do carro a caminho do restaurante de Seokjin, ficante de Namjoon. Kim Namjoon tinha uma relação séria, porém não oficial com Seokjin. Eles não ficavam com ninguém mais e passavam todos os cios juntos. Namorados? Não. Ficantes nas palavras dos Kim's. Complicado, Jungkook diria. Na cabeça de Jeon os dois eram namorados, porém quando colocados contra a parede os mesmos desmentiam e diziam que tinham uma amizade com benefícios. "A quem eles querem enganar?" Jungkook se perguntava porém não dizia nada e fingia aceitar a desculpa esfarrapada dos Kim's.

 

- Chegamos!- Escutou a voz grossa do Kim ecoar pelos seus ouvidos fazendo com que ele saísse de um transe. Olhou por fora do vidro avistando o restaurante e sorriu. Finalmente iria relaxar um pouco e fugir da rotina pesada por pelo menos algumas horas. Saiu entusiasmado do carro e começou a caminhar em direção a porta de vidro do prédio de Seokjin. Namjoon correu para alcançá-lo e tomou a frente abrindo a porta e entrando assim como JK. O sino tocou avisando que alguém estava entrando.

 

- Estamos fechados!- Jin ao menos se deu trabalho de olhar quem havia entrado no estabelecimento. Parecia distante e aéreo na visão de Jungkook.

 

- Que bom!- Namjoon respondeu e o ômega saiu do transe olhando para onde o alfa, dono da voz, estava. Em seguida olhou para Jungkook com uma expressão confusa tentando reconhecer ele.- Jungkook, Ele não está te reconhecendo! Tire o chapéu.

- Oh, eu tinha esquecido..- Disse enquanto tirava o chapéu e a máscara aproveitando para arrumar os cabelos. Exibiu seu sorriso de coelho e Seokjin arregalou os olhos colocando as mãos sobre a boca.


- Eita caralho!- Foi a única coisa pronunciada pelo mesmo. Jungkook correu para abraça-lo mesmo estranhando o comportamento de seu hyung.


- Que saudade que eu estava de você Jin hyung!- Apertou o ômega em choque em seus braços e ficou confuso. Seokjin estava com medo. Com muito medo. Ele sentia isso.- Hyung? Tem algo de errado?- Foi então que sentiu um cheiro. Um cheiro de morango. Tinha outra pessoa no restaurante. Alguém que ele não via a quase quatro meses. Se virou lentamente e lá estava. Park Jimin, caminhando em direção a saída devagar enquanto outro ômega olhava apavorado para a situação. O coração de Jungkook deu um salto e seu lobo ficou mais feliz do que nunca.- Jimin? Park Jimin?- Arregalou os olhos e abriu a boca em um perfeito "O"

 


- J-Jungkook!- O ômega parou no lugar em que estava e Jungkook sorriu largo. O clima estava tenso e Jeon podia sentir o medo de cada um dos ômegas ali, mas a sua alegria de encontrar o motivo de suas noites em claro depois de 4 meses era maior, então ele não se importou com o motivo do medo.

 

- Jimin!- Ditou alegre e caminhou rapidamente até o mais velho. Viu Jimin estremecer a sua frente e estranhou. Por que ele estaria com tanto medo? Caminhou um pouco mais a ponto de colar seu corpo ao corpo do pequeno ômega trêmulo.- Você está be.... Espera!- Algo havia lhe chamado a atenção. Ele conseguia sentir 3 cheiros diferentes. 3 cheiros completamente diferentes no mesmo corpo. Em um movimento rápido ele pós seu nariz sobre o pescoço do mais baixo. Sugou o ar com força. Seu lobo começou a se agitar dentro de si. Ele queria ser liberto de qualquer maneira. Jeon sentia a raiva e o extinto de proteção transbordando pelo corpo. Seu pescoço ardia de maneira absurda. Suas mãos suavam em nervosismo. Cheirou mais uma vez o pescoço do Park e pode ter certeza. Depois dali já não era Jungkook que comandava seu corpo e suas ações.- Meus filhotes....- O lobo de Jungkook mal se importou com os outros ômegas presentes no local. Sua voz saiu baixa porém grossa e aquilo já foi o suficiente para atingir os ômegas. Sua respiração estava desregulada e cada parte do seu corpo estava em completa confusão. Ele sentia que precisava proteger seus filhotes.- Meus filhotes!

 


- Jungkook, por favor.....- Namjoon tentou intervir e chamar pelo amigo o que foi em vão. Jungkook estava cego de ódio e seus olhos continham um tom de vermelho vivo. O Kim sabia que não tinha o que fazer. Alguém sairia machucado dali se tentasse de alguma forma afastar Jungkook do ômega baixinho. - Jungkook solta ele...- Tentou mais uma vez ao perceber que Park estava branco como um papel.

 

- Meus filhotes!- Jeon agarrou a cintura de Jimin com força e pode sentir as pernas do mais velho bambearem. Foi então que sentiu um corpo sobre seus braços e ouviu Namjoon gritar, porém não ouviu uma palavra do que foi dito. Sua mente deu um branco e sua visão ficou escura.

 


" Meus filhotes"

 

Ouviu seu lobo sussurrar e então apagou.

 

 

 

 

Next chapter......


Notas Finais


Bom, esse foi o capítulo. Espero que vcs tenham gostado e obrigado por ler até aqui. Até a próxima...

Bjs de luz❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...