História You is my flower, Hoseok[Yoonseok] - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Hoseok, J-hope, K-pop, Shoujo, Suga, Yaoi, Yoongi
Visualizações 255
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BROTEYN

Capítulo 31 - [Capítulo 31: Why did you forgive him?]


Fanfic / Fanfiction You is my flower, Hoseok[Yoonseok] - Capítulo 31 - [Capítulo 31: Why did you forgive him?]

Yoongi

Eu realmente estava irritado, por um lado ele havia dito a verdade...

"...Pelo amor de deus se fosse com você eu entederia mas foi com o Hoseok e ele está pouco se fodendo pra o que aconteceu no passado..."

Eu sei que não foi comigo, mas tipo, aish eu não consigo enxergar o Taehyung como meu amigo...Eu não entendo por que o Hoseok ainda "gosta" dele...

- Hobi? - Ele arrumava uma mochila com uma roupa que o Jungkook havia buscado pra mim

- Oi meu amor - Ele para e se senta ao meu lado

- Por que você ainda...É amigo do Taehyung? Por que você o perdoou por aquilo? - Falo e ele começa a brincar com os dedos da mão

- Sabe, o Kim sempre foi meu amigo...Desde que éramos crianças, ele nunca me fez mal algum... - Logo o pato

- Mas Hoseok você não considera o que ele fez um "mal"? - Faço aspas aéreas com os dedos

- Quer saber? Não!... - Ele se levanta da cama e eu arregalo os olhos - O garoto gosta de mim a muito tempo Yoon, sei que não é apenas como amigo mas mesmo assim eu tenho consideração por ele, entende...Não quero perder a amizade dele, não por isso. Além do mais agora eu namoro você, e pode ter certeza ele não tem chance alguma comigo - Ele fala e logo solta um longo suspiro

- Está bem Jung Hoseok - Pego minha mochila e a jogo em minhas costas indo para a porta do quarto - Eu vou indo, você vai agora? - Pergunto voltando para o quarto

- Agora não... Você vai me esperar né? Tenho que fazer uma coisa - Ele chega perto de mim

- Não, vou para casa... -

- Mas você não está de carro Yoon... -

- Mandei o Jimin trazer para mim... - Ele logo corta minha fala

- Você não está em condições de dirigir - Eu rio ironicamente

- Eu tenho epilepsia, não sou paraplégico - Saio do quarto indo em direção a uma bancada para assinar alguns papéis e vejo ele partir na posição oposta

A curiosidade bateu...Quem além de mim ele iria visitar no hospital?

Chego na bancada que de longe vejo o Taehyung indo na mesma direção que o Hoseok, acho estranha essa reação mas resolvo não o seguir...Só quero ver no que irá render nessa história deles dois

- Espero que esteja melhor Yoongi - A moça que estava arrumando os papéis para assinar fala para mim

- Estou melhor sim Jiwoo, muito obrigada por a preocupação - Sorrio e ela retribui

Ela me dá alguns papéis então assino os mesmos

- Prontinho agora definitivamente está liberado, espero te ver novamente...Mas que não seja aqui de novo... Faça exatamente o que o Jooheon disse okay? - Ela fala com um tom de brincadeira mas ao mesmo tempo de ordem

- Claro omma - Saio rindo dali

A Jiwoo, minha prima favorita e a mais engraçada por sinal. Cuidava de mim quando eu era pequeno, e não saiu mais do meu pé quando descobrimos que eu tenho epilepsia.

Chego no carro e entro no mesmo, vejo que os meninos já tinham ido embora depois de milhões de explicações como "Eu vou ficar bem", "Eu consigo dirigir".

Dirijo até minha casa que ficava uns dez minutos do hospital, entro na mesma e subo para tomar um banho aquele cheiro horrendo de hospital estava em cada milímetro do meu corpo. Abro a porta do quarto e vejo que o copo e alguns comprimidos ainda estava ali no chão, saio pegando cada cápsula e jogando-as no lixeiro do banheiro.

Depois de terminar entro no banheiro para tomar outro banho.


Notas Finais


Sorry os errinhos e espero que tenham gostado :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...