História You it's mine.... - Min Yoongi {Hybrid imagine} - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Açúcar Mal Humorado, Açúcar Querido, Híbrido, Imagine, Jikook, Lemon, Namjin, Suga, Vhope, Yoongi, Yoongi Is Bipolar
Visualizações 567
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yoy, foxes! Como estão?
Me desculpem pelo horário, queria ter postado mais cedo, mas faltou energia ;-;

Não tenho muito para falar agora, mas leiam as notas finais por favor.

Buena Lectura ~

Capítulo 15 - 15~ Saindo. Visitas. Preocupações


{Autora OFF/ Yoongi ON}

Ontem S/N estava estranha, ela não quis falar a ninguém o que tinha e nem saiu do quarto direito. Agora pela manhã preferi deixar ela sozinha, talvez precisasse de um tempo para poder falar algo.

- Yoongi... - ouvi sua voz, na porta do meu quarto, enquanto eu estava deitado apenas vendo ela. - Posso falar com você?

- Claro, S/N. Senta aqui. - sorri, dando sinal para ela entrar e se sentar ao meu lado. A mesma fez isso e suspirou, pensando no que ia dizer.

- Me desculpa por ontem, eu tive um sonho, ou lembrança, não sei, que me deixou atordoada... - falou baixo a última parte, mas pelo menos pude escutar.

- E sobre o que foi esse sonho? - falei, ela deitou sua cabeça em meu colo e me olhou um pouco corada.

- Meu primeiro dono… Eu me lembrei do que ele fazia comigo, não que eu tenha esquecido, mas... Eu não me lembrava com a mesma frequência. - ela sorriu de leve, corada. Sorri levemente e pus uma mão em sua bochecha, fazendo um pequeno carinho.

- Não me esconda nada, está bem…? - ela assentiu, ainda deitada me olhando. - E isso vale para mim também. Faremos o seguinte, o que quisermos perguntar um para o outro, vamos perguntar e o outro terá que responder. - Hm… Aceito. - ela sorriu, continuei com o carinho em sua bochecha, me aproximando devagar de seu rosto.

Depois daquela noite, nada foi a mesma coisa, estávamos diferentes, mas bem. S/N parecia envergonhada em falar comigo, e eu a mesma coisa. Não sabia mais nada, nem sobre mim, nem sobre ela.

Fui me aproximando, até selar nossos lábios devagar, transformando em um beijo leve e calmo. Eu não sabia o que tinha dado em mim, mas fiz S/N se sentar ao meu lado e depois deita-la na cama. Continuei a beijando, sem me preocupar com aquilo, até nos separarmos.

- Me desculpe, Pequena… - pedi, assim que nos sentamos na cama novamente.

- E-Esta tudo bem… - gaguejou corada, enquanto me olhava

- Hey… Que tal sairmos um pouco? - perguntei, S/N sorriu e assentiu

- Posso te pedir algo? - perguntou abanando um pouco sua calda

- Claro que pode. - respondi, vendo ela se animar um pouco mais

- Podemos ir visitar o Kook e o Jimin? - perguntou tímida, eu ri e a levantei junto comigo

- Claro que podemos, S/N. Na verdade, devemos - rimos juntos, selei sua boca rapidamente com meus lábios e saímos do quarto e fomos para sala.

Jin e Nam não estavam, infelizmente, então iríamos almoçar fora. Jin estava resolvendo as coisas do restaurante e Nam na faculdade. Nada demais.
 Peguei a chave da moto e dois capacetes, entregando um a S/N, que me olhou um pouco com medo. Fomos até o estacionamento do prédio e até a moto, assim que chegamos, S/N me olhou e começou a rir.

- O que foi, pequena? - perguntei, ela respirou fundo, tentando parar de rir.

- Desculpe… Não achava que Min Yoongi seria um tipo de motoqueiro. - ri, balançando a cabeça.

- Nossa, por que? - perguntei, me aproximando dela.

- Você parece um tipo de pessoa fofa e que quase não sai de casa. - brincou.

- Fofa? Tem certeza? - segurei sua cintura, a fazendo se aproximar de mim.

- Parece. Para quem não te conhece. - riu, me empurrando, segurei sua cintura mais forte a aproximando de mim. - Aish! Deixa de ser chato! - ela segurou meus ombros, me empurrando novamente.

- Eu vou te soltar… - ela sorriu esperançosa. - Mas vai ter que me dar um beijo para isso. - sorri, S/N me encarou feio e deu um beijo rápido na minha bochecha.

- Pronto. - ela sorriu, tentando se afastar, mas a segurei novamente.

- Um beijo de verdade… - repeti, ela revirou os olhos e se aproximou um pouco, selando nossos lábios em um beijo lento.

Nos separamos logo depois, e subimos na moto, depois de levar uns bons tapas no ombro, indo até a casa de Jimin e agora, de Jungkook. Mesmo novo, Jimin preferiu morar sozinho, se sentia melhor assim.

Chegando lá, quem abriu a porta foi Jungkook, o híbrido parecia triste e S/N também tinha percebido isso.

- O que você tem? - foi direta, assim que chegamos a sala.

- Eu estou bem, S/A… O Jimin que não está… - falou baixo, me aproximei deles e voltei minha atenção ao híbrido.

- O que ele tem, Jungkook? - perguntei, ele olhou rapidamente para as escadas e me olhou novamente.

- Eu, particularmente, não sei. Ele está estranho de uns dias para cá. Não quer comer nem beber nada. Quase não dorme e eu estou, ao menos tentar, cuidar dele… Não é nada sobre regime, como ele já fazia, é algo psicológico. - respondeu, eu assenti e fui até as escadas.

- Fiquem aqui, vou falar com ele. - subi as escadas correndo, Jimin não poderia estar assim novamente. Ah se não poderia.

Quando cheguei ao andar em cima, andei normalmente até a porta do quarto do meu maknae. Bati em espera a uma resposta, mas nada, nem um murmúrio. Segurei o trinco e girei, a porta estava aberta, então empurrei a mesma devagar e entrei no quarto.
Jimin estava dormindo em sua cama, parecia extremamente magro, seu rosto me parecia cansado e seus olhos inchados. Como pude deixar meu amigo daquele jeito?

Peguei meu celular e mandei uma mensagem para Tae, ele precisava vir aqui e colocar Jimin para cima. E só ele conseguiria fazer isso.

Sai do quarto e desci as escadas, logo chegando a sala. S/N e Jungkook estavam conversando, sentados no sofá, assim que me viram, S/N perguntou:

- E então, como ele está? - sua voz saiu um tanto preocupada, eu sabia que ela se preocupava com ele depois daquela conversa na cozinha.

- Ainda podemos consertar. Pedi para que Tae vinhesse para cá, então daqui a pouco ele estará chegando. Só aquele garoto pode por Jimin para cima. Ele e o Hobi. - respondi, ela assentiu junto a Jungkook.

- Acho melhor irmos… Não? - me perguntou timida, respondi um sim silencioso. Ela não estava bem no clima do local, entendi o porque dela querer sair.

- Sim, tem razão. Muito obrigado, Jungkook. - falei, ele sorriu levemente e abraçou S/N antes de sairmos.

Assim que saímos, peguei o capacete novamente e coloquei, entregando um a S/N que o pegou.

- Aonde vamos, Suga? - perguntou, um tom de curiosidade misturado com preocupação era notável em sua voz.

- Será um surpresa, pequena. - sorri, ela me deu língua e revirou os olhos.

Subimos na moto logo. Liguei a mesma e fomos ao centro de Seul.

Enquanto íamos, minha cabeça não parava de pensar, como eu poderia ter deixado que Jimin chegasse aquele estado…?






Notas Finais


Prontinho! Espero que tenham gostado.

Foxes, no último "capítulo" pedi para que mandassem perguntas para mim e os personagens, como especial de 100 favoritos.
Preciso das suas perguntas para prepara-lo, foxes. Estou contando com vocês ~

Podem deixar sua pergunta no comentário desse capítulo ou no outro. Vocês que escolhem.

Então... Beijineos ~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...